terça-feira, 9 de junho de 2020

Secretaria de Justiça e Segurança Pública declara luto oficial pela morte dos policiais civis em serviço em Campo Grande



Sobre o crime, a secretaria destacou que equipes de diversas delegacias especializadas da Polícia Civil e da Polícia Militar estão em diligências e um dos criminosos foi capturado e encaminhado para o GARRAS.

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul emitiu nota lamentando o assassinato de dois policiais civis, na tarde desta terça-feira (9), em Campo Grande. Os dois estavam lotados na Delegacia de Roubos e Furtos, em Campo Grande.

''A Polícia Civil e a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp/MS) estão de luto e irão prestar todo apoio às famílias'', trouxe trecho da nota.

Conforme a nota, Antônio Marcos Roque da Silva, 39 anos, estava na Polícia Civil desde 2006 e Jorge Silva dos Santos, 50 anos, desde 2002.

Covardia
Antônio e Jorginho foram mortos a tiros, por volta das 17h desta terça-feira (9), na rua Joaquim Murtinho, no Itanhangá Park.

Os dois agentes haviam prendido dos suspeitos, porém, um deles estava armado e atirou nos policiais. Ele e o outro fugiram da viatura descaracterizada. Um dos criminosos foi recapturado logo depois, mas Ozeias Silva Morais roubou um carro e fugiu. 
O veículo foi achado abandonado horas depois no bairro Nhá Nhá. Oseas teria roubado outro carro e seguido para a região sul da cidade.

Nenhum comentário: