segunda-feira, 4 de maio de 2020

Caminhão carregado com quase nove toneladas de maconha foi apreendido pelo DOF na região de Itaquiraí

A ação policial resultou da integração da Operação Hórus entre forças da Segurança Pública na Fronteira



Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam um caminhão Mercedes Benz 1113, de cor branca e placas falsas de Naviraí (MS), carregado com oito mil e quilos de maconha. A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante uma operação conjunta com uma equipe da Força Tática do 12º Batalhão Polícia Militar e uma equipe da Polícia Federal.

Os policiais realizaram um patrulhamento ostensivo na Rodovia MS-180, região de Itaquiraí, momento em que visualizaram o caminhão que seguia pela rodovia tendo um veículo Fiat Palio à sua frente. No momento da abordagem, o condutor e passageiro do Fiat Palio tentaram fugir, mas foram abordados pelos policiais. Dois ocupantes do caminhão também tentaram fugir, porém, o condutor foi detido.

O caminhão estava carregado com grande quantidade de fardos do entorpecente, que pesaram 8.500,00 quilos. A comunicação entre os ocupantes do Palio e do caminhão se dava através de rádios de comunicação instalados nos veículos. Os ocupantes do Fiat Palio foram contratados como batedores de estrada para repassar informações sobre o policiamento da Rodovia aos ocupantes do caminhão.

O condutor do caminhão, um homem de 24 anos de idade, disse que trouxe o entorpecente de Capitán Bado, Paraguai até a cidade de Amambai, e de lá levaria o caminhão até Naviraí (MS). O destino provável da droga seriam os Estados do Paraná, São Paulo e Minas Gerais.

A ocorrência foi registrada em entregue na Delegacia da Polícia Federal de Naviraí, onde os três homens permaneceram à disposição da Polícia Judiciária.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

Nenhum comentário: