sábado, 26 de setembro de 2020

Carreta com mais de quarenta mil pacotes de cigarros do Paraguai foi apreendida pelo DOF na BR-163



Dourados (MS), Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã de ontem, uma carreta baú de cor branca com placas de Abelardo Luz (SC) carregada com 42.500 pacotes de cigarros de origem estrangeira, sem a documentação de regularidade fiscal.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um deslocamento na rodovia BR-163, quando os policiais seguiam para a cidade de Dourados.

Os militares visualizaram o momento em que o condutor da carreta retornou bruscamente e adentrou, em velocidade acima do normal, no pátio de uma cerealista. A carreta estava abandonada e com a chave na ignição. O condutor não foi localizado. Durante a vistoria constatou-se o carregamento de grande quantidade de caixas de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), para posterior agendamento e entrega na Receita Federal de Ponta Porã.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Fatores de academia podem transformar sedentários em apaixonados por exercícios físicos



As pessoas desejam ter mais saúde, ficar mais bonitas e ter disposição para aproveitar a vida. Algumas começam a frequentar academias em busca desse resultado e, depois, de repente, desistem da atividade física. Entenda os fatores que podem alterar o ciclo e transformar sedentários em novos adeptos aos exercícios com regularidade.  
 
Até o começo deste ano, a publicitária Natália Pereira Mendes, 30 anos, não se imaginava frequentando uma academia. Então, optou em conhecer a metodologia de 30 minutos diários de exercícios funcionais. “Nunca gostei do clima de academia. Nunca me adaptei a musculação. Sempre gostei de dança e exercícios mais agitados. Na Life30, o que me conquistou foi a dinâmica dos exercícios, saber que podem ser adaptados e que não há problema em não conseguir fazer o exercício logo no início. Clima descontraído e a força que o instrutor dá nas aulas ajuda muito”, comentou. 
 


Assim, ela se tornou uma referência. “Comigo já vieram duas colegas de trabalho. Logo no primeiro mês, foram quatro quilos de ganho de massa muscular. Reparei que mudou a minha postura, acabaram as dores da fibromialgia, aumentou a minha disposição e a estrutura do corpo melhorou como um todo. Eu não tinha nada de massa magra e eliminei 12,5kg de gordura. Menos 24 centímetros de circunferência. Agora, com quatro meses de rotina na Life30, percebo como o corpo já tem definição e como já adquiri resistência. Hoje faço os exercícios com facilidade e mais gás. Só tenho a agradecer!”, disse a publicitária.  
 
Atualmente, segundo dados do Ministério da Saúde, 30% da população brasileira são fisicamente ativas e apenas 2% fazem exercícios com frequência. Onde está a falha dos incentivadores das atividades físicas? Os atuais “viciados” em exercícios com regularidade respondem a essa pergunta. “Eu me sentia descolada numa academia, fora dos “padrões” estéticos reinantes. Hoje me sinto à vontade e feliz”, destacou Ana Luiza da Silva.  
 


O tratamento no coletivo não agradava a empresária Isabela Rocha em academias tradicionais, ela procurava um ambiente com orientação e correção regular dos exercícios. Já o empresário Múcio Marinho, 48 anos, argumenta que a falta de resultados é o que desanima o aluno. “Você se esforça e não vê mudanças no seu corpo, aí desiste. Na Life 30, você observa que quem tem frequência é contagiado pelo ambiente e acaba obtendo excelentes resultados”, afirmou.  
 
O diferencial, realmente, nesta luta contra o sedentarismo, segundo a vendedora Josiane Leite Estêvão França, de 41 anos, é a energia do local. Ela ficou quase três meses afastada da Life 30 por problemas de saúde pessoal, depois, o marido foi infectado pelo novo coronavírus e, em seguida, a mãe dela. Após vencer essas batalhas, ela retornou às atividades e deixou a todos entusiasmados com o seu depoimento. “Fiquei muito emocionada, porque amo treinar e amo estar com essa turma. São pessoas maravilhosas, acolhedoras, que realmente nos ajudam a vencer os desafios, nos ajudam a acreditar que sim é possível emagrecer e a recuperar a sua alta confiança”, disse Josiane.

Neiba Ota 

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Senador Nelsinho Trad conquista mais R$ 38 milhões da União para MS

Recursos para obras da BR-419 e para o Corredor Rodoviário Bioceânico



O senador Nelsinho Trad conseguiu o empenho de R$ 38 milhões, na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, para obras em Mato Grosso do Sul que serão liberados ainda neste ano. Desses valores, R$ 20 milhões para o projeto da Rota Bioceânica e R$ 18 milhões vão atender a pavimentação da BR-419, importante ligação entre as regiões norte e sudoeste do Estado.

De acordo o senador Nelsinho Trad, por solicitação do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, o parlamentar apresentou a emenda da BR-419 e foi aprovada. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) já tem realizado as obras de pavimentação da BR-419 que ligam as regiões norte e sudoeste de MS. “Ao todo, serão pavimentados 224 quilômetros da BR-419 e o Dnit divulgou que 45% dos serviços executados para lote 1 (do km11 ao 66) foram finalizados, com aproximadamente 15 km concluídos e até dezembro vão entregar mais 20 km com a construção de mais duas pontes, totalizando quatro. Esses novos recursos darão maior celeridade às obras, reforçando o caixa para sua execução”, comentou o senador.



A BR-419 vai se interligar à rodovia BR-163 (em Rio Verde) e à BR-262 (Aquidauana). “Será uma nova rota turística e de escoamento da produção agropecuária de Mato Grosso do Sul. Estamos trabalhando em Brasília pelo desenvolvimento do nosso Estado”, destacou o senador Nelsinho Trad.
Rota Bioceânica

A Rota Bioceânica se tornou uma das principais bandeiras de atuação do senador Nelsinho Trad. Recentemente, durante a sabatina dos diplomatas Reinaldo Salgado e Paulo Roberto Soares Pacheco, para exercer os cargos de embaixadores, respectivamente, na Argentina e no Chile, o senador Nelsinho Trad divulgou a importância da Rota Bioceânica para esses dois países e ao Brasil e o quanto ambos poderão contribuir para a realização desse projeto.



“Mesmo após 12 horas de sabatinas, eu não deixo de divulgar a Rota Bioceânica”, comentou.

Assim, o parlamentar vem se empenhando para conquistar recursos federais. Há anos, segundo ele, existe o projeto da Rota Bioceânica, mas nunca se transformou em realidade. “Desta vez, conseguimos incluir emenda de minha autoria, no valor de R$ 20 milhões, aprovada pela Comissão de Infraestrutura do Senado Federal e autorizada pelo Governo Federal”, escreveu em suas redes sociais.



Os R$ 20 milhões serão destinados para as seguintes obras do corredor bioceânico ,que atendem diretamente MS:

- Restauração com adequação de capacidade da BR-267, do km 577 ao km 678,10.

- Intervenções de adequação de plataforma da pista com implantação de 212.150 m² de acostamentos.

- Implantação de 10,62 km de faixas adicionais.



Segundo o senador Nelsinho Trad, o valor da emenda servirá para a contratação integral das obras de restauração com adequação de capacidade, adequação de inserções em nível; e restauração de pavimento da pista existente na Rodovia BR-267/MS, com licitação planejada para o mês de novembro de 2020. “Logo em breve, a Rota Bioceânica será uma realidade que vai atender o nosso país e, principalmente, para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul!”

Neiba Ota 

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Pajero capota com mais de uma tonelada de maconha e cai nas garras do DOF



Dourados (MS), 22 de setembro – Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã de hoje, um veículo Pajero Sport de cor preta com placas falsas de Cassilândia (MS) carregado com 64 fardos prensados de maconha, com peso de 1.269,800 quilos mais 27,5 Kg de Skank.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo na rodovia MS-379 região de Dourados.

Os militares localizaram o veículo capotado e abandonado. Realizadas diligências nas imediações, porém, nenhuma pessoa localizada. Durante a checagem dos agregados do veículo (numeração de chassi e motor) descobriu-se que as placas verdadeiras são do município de Cascavel (PR).

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), em Dourados. Estima-se um prejuízo ao crime em mais de dois milhões de reais.



O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Três bandidos são mortos em confronto com o DOF



Amambai (MS), 21 de setembro – Na madrugada de hoje, bandidos invadiram uma residência em Naviraí (MS), renderam uma família e fugiram levando alguns pertences e uma camionete Toyota Hilux. Eles seguiam com o veículo para a cidade paraguaia Capitán Bado na tarde de hoje, quando avistaram uma barreira do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), na MS-289, entre Amambai e Coronel Sapucaia, receberam ordem de parada, mas abandonaram a camionete e fugiram para uma mata atirando contra os policiais.

Pouco depois, os militares conseguiram localizar os bandidos, que novamente atiraram contra a guarnição. Os policiais revidaram à injusta agressão e os três bandidos foram atingidos, que em seguida foram socorridos pelos policiais até o hospital de Amambai, onde morreram pouco depois. Foram apreendidas três armas de fogo e a camionete roubada.

SeComSoc
DOF/Sejusp

domingo, 20 de setembro de 2020

Carreta carregada com mais de três toneladas de maconha foi apreendida pelo DOF na BR-163



Itaquiraí (MS), Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de sábado, uma carreta carregada com 3.040,00 quilos de maconha.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo na rodovia BR-163, região de Itaquiraí.

Os militares abordaram o condutor da carreta, um homem de 45 anos de idade, que informou o transporte de uma carga de milho, mais de 30 toneladas e que o veículo apresentara problemas mecânicos.

Durante a vistoria, os policiais localizaram vários fardos prensados da droga. O homem disse que pegou o veículo já carregado no Assentamento Itamarati, município de Ponta Porã e que foi contratado para entregá-lo na cidade de Esteio (RS). Os 35 mil quilos de milho foram descarregados em uma cerealista em Naviraí.

Uma equipe da Polícia Militar do 12º Batalhão de Polícia Militar auxiliou na escolta da carreta com a droga até a Polícia Federal.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Federal de Naviraí, onde o homem permaneceu à disposição da Polícia Judiciária.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

DOF apreende mais de 130 quilos de maconha em residência abandonada de Ponta Porã



Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de sexta-feira, vários volumes prensados de maconha com peso total de 133 quilos.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo na cidade de Ponta Porã.

Os militares tinham a informação de que haveria droga em uma residência abandonada, no Residencial Ponta Porã I. No local, os policiais não encontraram moradores e constataram que o imóvel estava aberto. A droga foi localizada em um dos cômodos da edificação.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil de Ponta Porã.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

Fox que seguia para Amambai com mais de meia tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF na MS-386



Amambai (MS), Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de sexta-feira, um veículo VW Fox de cor preta carregado com 644 volumes prensados de maconha, com peso total de 509 quilos, mais 20 volumes de Skank com peso de 10 quilos.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo na rodovia MS-386, região de Amambai.

Os militares deram ordem de parada ao condutor do Fox que, ao ser abordado, contou que foi contratado para entregar a droga em Amambai, em um local ainda desconhecido. Disse que contava com o apoio de um veículo de cor branca, que fazia o serviço de batedor de estrada; e que não foi localizado. A comunicação entre os dois condutores era através de aplicativo de mensagem por telefone celular.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil de Amambai onde homem, de 18 anos de idade, permaneceu à disposição da Polícia Judiciária.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

sábado, 19 de setembro de 2020

Além do combate às queimadas, senador Nelsinho Trad estuda sobre preservação cultural e econômica do Pantanal

Parlamentar ouviu propostas da Associação Memória Pantanal
 


O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) se reuniu, em videoconferência, com a diretoria da Associação Memória Pantanal – Casa de Cultura- nessa sexta-feira (18), para defender a preservação e o patrimônio pantaneiro. Na próxima semana, o parlamentar, como relator e membro, da Comissão do Senado Federal que acompanha as ações de enfrentamento aos incêndios no Pantanal, estará em Corumbá e já está mapeando ações que poderão ser preventivas nos próximos anos contra essas queimadas. “Queremos receber projetos e análises de pantaneiros sobre a situação do Pantanal”, disse o senador Nelsinho Trad.
 
Segundo o presidente da Associação Memória Pantanal, Moacir Saturnino de Lacerda, é preciso fazer um resgate cultural e econômico da região. Para o grupo, o ideal seria a retomada do Trem do Pantanal e a construção de teleférico no Morro do Paxixi para desenvolver o turismo pantaneiro e garantir mais recursos para sua preservação ambiental. “Já apresentamos essa proposta ao Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas”, comentou.
 
O primeiro secretário da entidade, Lairson Ruy Palermo, esclareceu que na região pantaneira há excelentes profissionais de arqueologia e da Cultura prontos para contribuir pela conservação ambiental e cultural e, também, para mais divulgação ao turismo em outros países. “Só precisamos de espaço para falar, por exemplo um pacote turístico poderia ser incluído como projeto também no programa da Rota Bioceânica”, propôs Palermo.
 
Participaram também da associação: o segundo Secretário Jackson Garay Ribeiro de Oliveira, o primeiro tesoureiro Carlos Vera, segundo tesoureiro Carlos Iracy Coelho Neto, diretor de consultorias André Luiz Pereira Alvez, diretora Geral dos Polos Histórico-Culturais – Aparecida Bueno Nogueira , os membros do conselho fiscal Celso Higa, Johny Medeiros e Jorge de Barros Weber.
 
Para o senador Nelsinho Trad, que abraça as duas bandeiras – Rota Bioceânica e Pantanal - pretende estudar as propostas. “Vamos trabalhar sim pelo nosso Pantanal”, afirmou e convidou o grupo para acompanhá-lo em visita à região pantaneira.​

Neiba Ota 

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Senador Nelsinho Trad batalha por mais R$ 91 milhões para Campo Grande investir em corredores de ônibus

Capital já conquistou R$ 120 milhões para asfalto na região do Rita Vieira, revitalização do corredor gastronômico da Avenida Bom Pastor e informatização e modernização da frota do município com ações do parlamentar de MS




O senador Nelsinho Trad (PSD) se reuniu nesta quinta-feira, em Brasília, com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Duarte Guimarães, para batalhar por mais R$ 91 milhões para Campo Grande.

Esse contrato do Programa Avançar Cidades, para  obras de infraestrutura urbana nos corredores exclusivos de transporte coletivo da Capital, poderia ser liberado com os outros quatro contratos assinados nessa manhã que somam cerca de R$ 120 milhões de investimentos do Finisa e Pró-Cidades. Mas, havia uma pendência que o parlamentar sul-mato-grossense pediu a correção. “Solicitei à Caixa para anexar o novo projeto de lei, de número 32, de primeiro de setembro deste ano, que autoriza o município a fazer convênios com a Caixa e assim, autorizar o financiamento”, destacou o senador Nelsinho Trad.

Sem essa documentação, a Prefeitura de Campo Grande não teve a aprovação do contrato. “Estamos batalhando para que a tramitação seja agilizada, pelo menos a aprovação, e que a contratação seja após as eleições, como determina a legislação eleitoral”, disse o senador.
 
Assinaturas
Campo Grande já garantiu R$ 124 milhões de investimentos do Finisa e do Pró-cidades. Os quatro contratos foram assinados na Esplanada Ferroviária entre prefeitura e a Caixa. A assessora do senador Nelsinho, Cornélia Manes, que acompanhou articulações nos ministérios, representou o parlamentar na cerimônia.

O primeiro contrato assinado, de R$ 24 milhões, prevê revitalização da Avenida Bom Pastor (um corredor gastronômico). O segundo contrato, de R$ 45 milhões, vai assegurar asfalto para Rita Vieira e região (10 km recapeamento e 10 km drenagem). O terceiro é de R$ 27 milhões para renovação da frota, hoje com veículos da década 70, que terá 282 novos veículos.

O último contrato de quase R$ 30 milhões em investimentos para tecnologia. Serão colocadas as condições para fibra ótica e construção do centro de monitoramento da Agetran e da Guarda Municipal. “Estamos trabalhando por Mato Grosso do Sul”, enfatizou o senador em suas redes sociais.
 
O superintendente da Caixa, Moacir do Espírito Santo, discursou e informou que o senador Nelsinho Trad contribuiu para a aprovação e a liberação dos contratos dos Programas Finisa e Pró-cidades para todo o País. “Ele favoreceu não só Campo Grande, mas todos os estados brasileiros, quando fez articulação no Tesouro Nacional pela liberação dos recursos que estavam travados”, disse o superintendente.



Reportagem: Neiba Ota
Fotos de Brasília: Asse​ssoria da Caixa
Fotos de Campo Grande: Denilson Secreta

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Senador Nelsinho Trad é o relator da comissão para proteger o pantanal



O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) foi escolhido para ser o relator da Comissão Temporária Externa para acompanhar as ações de enfrentamento aos incêndios detectados no bioma Pantanal e seus desdobramentos, instalada nesta tarde pelo Senado Federal. Além dele, fazem parte da comissão: o senador de Mato Grosso Wellington Fagundes (PL) e as senadoras de Mato Grosso do Sul Simone Tebet (MDB) e Soraya Tronicke (PSL).

Ficou estabelecido na reunião que o grupo terá o prazo de noventa dias para acompanhar as ações de enfrentamento. “São necessárias providências para evitar novos focos de incêndios, a limpeza dos locais já atingidos, a proteção das populações diretamente atingidas, da economia, da fauna e da flora e um plano preventivo para evitar mais estragos ao Pantanal”, comentou o senador Nelsinho Trad.

Segundo o regulamento, a comissão poderá propor medidas legislativas, realizar audiências e projetos e, também, deverá fiscalizar os trabalhos da Operação Pantanal. Uma das propostas é a criação de um estatuto para proteger uma das maiores riquezas do mundo.

O senador Nelsinho Trad citou que Mato Grosso do Sul decretou na última terça-feira o decreto de situação de emergência em todo Estado e teve a presença do ministro Rogério Marinho, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), que assinou o documento de liberação de R$ 3,8 milhões para ações contra as queimadas. “O valor deverá ser executado em até 180 dias, a partir dos quais o governo sul-mato-grossense terá 30 dias para prestar contas dos gastos”, comentou o senador.

O parlamentar Nelsinho Trad propôs visitas no local para acompanhar os trabalhos e, principalmente, a elaboração de um projeto preventivo. “Todo ano, enfrentamos esse problema. Desta vez, foi a pior seca dos últimos 50 anos e não podemos permitir mais nos próximos anos”, destacou o senador.

Neiba Ota 

Carreta carregada com 50 mil pacotes de cigarros foi apreendida pelo DOF em Mundo Novo MS



Mundo Novo (MS), 16 de setembro – Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam um Cavalo Trator acoplado a um Bitrem carregado com 50 mil pacotes de cigarros de origem estrangeira contrabandeados do Paraguai.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo na região de Mundo Novo.

Os militares deram ordem de parada ao condutor da carreta, que desobedeceu e tentou fugir até sair da pista e abandonar o veículo, ainda em movimento, sendo alcançado e detido pelos policiais.

A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Mundo Novo (MS). O homem, de 43 anos de idade, foi entregue na Polícia Federal de Naviraí (MS).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

Hilux carregada com uma tonelada e meia de maconha foi apreendida pelo DOF na MS-156



Dourados (MS), 16 de setembro – Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam uma camionete Toyota Hilux de cor preta e placas falsas de Dourados (MS) carregada com 1.500,000 Kg de maconha e 8,700 Kg de Skank.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo na rodovia MS-156, região de Dourados.

Os militares deram ordem de parada ao condutor da camionete, que desobedeceu e fugiu, em alta velocidade. Durante as buscas na região, uma segunda equipe do DOF foi acionada. Dois veículos foram localizados em um canavial. Assim que perceberam a aproximação dos policiais, dois homens fugiram e não foram localizados.

Os dois veículos estavam sem as chaves de ignição. A viatura guincho do DOF foi acionada para rebocar os veículos até Dourados, onde constataram a droga na camionete, bem como, as placas falsas e os sinais de identificação adulterados.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), em Dourados.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

domingo, 13 de setembro de 2020

Parque aquático da AME-MS, retorna suas atividades nesta semana com restrições sanitárias



Neste sábado (12), as atividades do parque aquático e quiosques da Associação dos Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul (AME-MS) retorna o atendimento com restrições sanitárias impostas pelo município, devido a pandemia de coronavírus.

Segue abaixo a resolução das medidas de biossegurança que devem ser seguidas pelos associados.

RESOLUÇÃO 01/AME/MS/DAGCS/2020/MEDIDAS/BlOSSEGURANCA

O Diretor Administrativo e o Gestor do Clube Social da AME/MS – Associação dos Militares Estaduais, infra-assinados, no uso das atribuições estatutárias e ainda com fulcro na Portaria n. 027, de 11 de setembro de 2020, exarada por sua senhoria Thiago Monaco Marques, Presidente da Entidade, que autorizou a partir de 12 de setembro de 2020 a reabertura do clube social com restrições sanitárias, resolvem:

Artigo 1º - Baixar, em consonância com os Provimentos Municipais, Estaduais e Federais, a presente resolução concernente à adoção de medidas de biossegurança, a fim de combater a contaminação e proliferação da COVID 19 no interior do clube social da AME-MS. São elas:

a) o funcionamento do clube social aos sábados das 09h00min às 18h00min e domingo das 8h às 18h;

b) o acesso ao clube será restrito a associados e dependentes, após a obrigatória aferição da temperatura corporal na portaria do clube e assinatura do termo de responsabilidade pelo associado;

c) durante a pandemia não serão permitidos convidados;

d) o uso de máscara individual é obrigatório em todos ambientes do clube, exceto durante as refeições e adentrar as piscinas;

e) o limite máximo de 50 pessoas no interior do parque aquático, não sendo permitida aglomeração entre grupos familiares distintos, respeitada ainda distância segura desses grupos;

f) não compartilhar objetos de qualquer natureza;

g) constante higienização das mãos;

h) respeitar o espaço que será delimitado nos quiosques reservados para os grupos familiares;

i) manter cordial tratamento para com os funcionários, diretores ou membros do poder público que comparecerem para a fiscalização;

j) as reservas dos quiosques serão feitas exclusivamente por agendamento (67) 3027-1434.

Artigo 2º - Esta Resolução entra em vigor na data de sua assinatura.

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Mexa-se por você!

“Atividade física pode se tornar o vício do bem e salvar a sua vida”, diz o treinador Eder Wagner 



Suar a camisa faz bem à saúde física e mental. Depois de alguma atividade física, a sensação de bem estar é imediata. Assim, a engenheira agrônoma, Fernanda Moraes Faria, de 39 anos, começou a se exercitar em 2014 e nunca mais parou. “Eu não estava satisfeita comigo mesma, escolhi me movimentar e tudo foi melhorando. Quem faz exercícios percebe a melhora na qualidade de vida, na capacidade funcional e até no humor”, comentou.

Diariamente, o treinador Eder Wagner, da Life 30. Fit, um programa de 30 minutos de exercícios todo dia, explica que a atividade funcional está associada à redução do estresse oxidativo que pode causar riscos à saúde, como doenças, de envelhecimento precoce e morte celular. “Investir em atividade física, é investir em você, na sua saúde”, afirma.



A explicação do professor de Educação Física vem ganhando novos aliados, para atrair mais adeptos aos exercícios. Recentemente, pesquisa desenvolvida pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), divulgada pela imprensa, revela que o hormônio irisina, liberado pelos músculos durante a atividade física, pode ter efeito terapêutico em casos de Covid-19. “Não restam dúvidas de que recomendar a prática de atividade física regular pode nos proteger de possíveis consequências da contaminação durante a pandemia. Por isso, convido a todos a praticar a atividade física com medidas de biossegurança”, destaca o treinador Júnior Lourenço.



Interessado em treinos experimentais gratuitos? Entre em contato pelo telefone 9 9884-5418.

Neiba Ota 

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Senador Nelsinho Trad se reúne com vice-presidente Hamilton Mourão para reativar Parlamento Amazônico



O senador Nelsinho Trad se reuniu ontem (2) com o vice-presidente Hamilton Mourão para tratar da reativação do Parlamento Amazônico. "Temos que assumir a narrativa sobre a região e demonstrar as ações do Brasil para o controle e preservação do ecossistema. O Parlamento Amazônico vai ajudar nessa missão", enfatizou o senador.

Em conversa com Mourão, o senador Nelsinho Trad recordou as ações desenvolvidas para reativar o Parlamento Amazônico. "Em dezembro, oito embaixadores dos países da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica me convidaram a assumir essa reativação, demonstrando a necessidade de retomada desse diálogo", disse.

Com esse compromisso, em fevereiro, o senador Nelsinho Trad participou da reunião formal da  Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA )e sugeriu que a reunião dos Parlamentos que reativaria o Parlamaz acontecesse em 21 de maio, em Brasília. A proposta foi aceita pelos representantes. O senador programou ida em abril ao Peru, Equador e Colômbia para conversar com os Presidentes dos Parlamentos pessoalmente e unir todos nessa causa. No entanto, as duas iniciativas tiveram de ser adiadas em razão da pandemia. 
 
Mas, o projeto continuou sendo discutido pelo senador Nelsinho Trad. Em julho, ele participou de reunião dos presidentes dos Parlamentos latino-americanos e falou sobre o tema. Em agosto, enviou carta aos presidentes dos Parlamentos para retomar as agendas, de maneira on-line. 
 
Após ouvir o senador, o vice-presidente também defendeu a união de esforços em prol das ações de preservação da Amazônia e a melhor divulgação para a sociedade dessas iniciativas e respectivos resultados.



Reportagem: Neiba Ota
Fotos:  divulgação vice-presidência da República​

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Turismo de MS terá R$ 1,6 milhões de recursos federais



Investimentos foram liberados por intervenção do senador Nelsinho Trad que já conseguiu R$ 95,8 milhões neste ano para os 79 municípios de MS. O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) conquistou R$ 1,6 milhões de recursos federais para cinco empreendimentos turísticos em Mato Grosso do Sul.

Os valores foram liberados pelo Ministério do Turismo para os municípios de Bonito, Costa Rica, Jardim, Nova Andradina e Rochedo. “Após a pandemia, vamos ter pontos atrativos no Estado para movimentar a economia de Mato Grosso do Sul”, comentou o senador Nelsinho Trad.

De acordo com o senador, o município de Bonito foi contemplado com R$ 624 mil para obras de pavimentação nas seguintes ruas: Stardi Carlos Xavier; Vitalina Vargas Machado; Ramão Matos; Darci João Bigaton; Filintro Muller; Olivio Flores e 15 de Novembro, que vão contribuir para a receptividade aos turistas. “O asfalto vai atender a população de Bonito e a todos visitantes que passam pelo município”, disse.

O turismo na região norte, segundo o senador Nelsinho Trad, terá um avanço com a conclusão do empreendimento do Parque Ecológico em Costa Rica. 



O Ministério do Turismo liberou R$ 355.095,00 para a terceira etapa de obras no parque. “Conseguimos a liberação dos R$ 975 mil previstos no projeto de infraestrutura turística dessa obra, essa foi a última parcela paga. Quando totalmente concluído, o parque de Costa Rica será um dos pontos turísticos mais visitados da região norte”, destacou.

Para o município de Nova Andradina, o senador Nelsinho Trad interveio e obteve a liberação de R$ 365.625,00 para conclusão da infraestrutura e obras do centro de convenções, que recentemente foi inaugurado pela Prefeitura de Nova Andradina. “Todos os valores previstos para esse empreendimento (na ordem de R$ 1.023.750,00) foram liberados pelo Ministério do Turismo. Só faltavam essas duas últimas parcelas: R$ 97.500,00 e R$ 268.125,00, que foram liberadas agora.”



Praças 
Jardim e Rochedo terão novas praças. O Ministério do Turismo liberou R$ 195 mil para revitalização da Praça Tancredo Neves e R$ 136 mil para o município de Rochedo, nas obras de revitalização de entrada da cidade e da praça no Bairro José de Souza Brandão. 

“Estamos trabalhado por todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul em Brasília; além das minhas emendas individuais, trabalho desde o primeiro dia do meu mandato para liberar recursos represados de ex-parlamentares. Tem recurso que estava parado há vários anos, e que estaria perdido se não fôssemos atrás, bater na porta dos ministérios, enviar ofícios e apresentar a documentação necessária. Assim, liberamos R$ 79.502.828,51 em 2019 e, até agora, R$ 95.897.704,92 até o momento”, enfatizou o senador Nelsinho Trad.

Reportagem: Neiba Ota
Fotos: assessoria prefeitura de Costa Rica

domingo, 30 de agosto de 2020

Comboio de motocicletas com mais de 700 quilos de maconha foram apreendidas pelo DOF



Amambai (MS), Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na madrugada deste domingo, sete motocicletas de origem estrangeira, sem placas de identificação carregadas com 20 fardos de maconha, com peso total 709 quilos.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um bloqueio policial na rodovia MS-485, região de Amambai.

Os militares ouviram os veículos em deslocamento, com os faróis apagados. Durante a abordagem os condutores abandonaram as motocicletas e fugiram para a mata, às margens da rodovia. Realizadas buscas nas imediações, porém, nenhuma pessoa localizada.
A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil de Amambai.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

quinta-feira, 27 de agosto de 2020

DOF “derruba” carreta bitrem com mais de 33 toneladas de maconha, a maior apreensão de drogas já feita no Brasil


Um prejuízo de R$ 50.335.000,00 ao crime. 

Policiais do Departamento de Operações de Fronteiras (DOF) realizaram uma grande apreensão de maconha. A carga foi pesada em 33,3  toneladas.

Os policiais do DOF abordaram um caminhão Bitrem, em uma estrada vicinal que dá acesso à rodovia MS-166, município de Maracaju. Dois homens foram presos. A ocorrência será encaminhada para a Defron, em Dourados.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Campo Grande é enaltecida em Congresso de Direito Internacional

Senador Nelsinho Trad (MS) participa de abertura de evento e destaca os 121 anos da Cidade Morena
 


O senador Nelsinho Trad (PSD/MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), participou nesta quarta-feira da abertura do 18º Congresso Brasileiro de Direito Internacional, parabenizando Campo Grande, a Capital de Mato Grosso do Sul, que sediaria o evento. “Minhas primeiras palavras são de agradecimento pelo convite que me fez o Professor Doutor Wagner Menezes, presidente da Academia Brasileira de Direito Internacional, para participar da abertura deste 18º Congresso Brasileiro de Direito Internacional, que se realiza este ano, graças ao sistema de rodízio adotado, na nossa querida Campo Grande. Mas, desta vez, virtualmente. Por coincidência, minha cidade que comemora hoje 121 anos ganhou esse presente (o congresso on line)”, destacou o senador.

Para o parlamentar sul-mato-grossense, é gratificante contribuir para o ensino no país. Na sexta-feira (28), às 15h de Brasília, o senador Nelsinho Trad ministrará palestra sobre a Rota Bioceânica. “Um dos aspectos do congresso que me entusiasmou bastante é a forma como ele é organizado. O Congresso é feito “artesanalmente”, como diz sua própria organização, por professores e alunos, sem o envolvimento direto de empresas e sem o objetivo de lucro. Ele é resultado, portanto, da união de forças desses professores e alunos com pesquisadores, instituições de Ensino Superior e patrocinadores que acreditam nesse trabalho, nos seus resultados efetivos para o debate do Direito Internacional e na sua importância para a sociedade brasileira”, disse o senador.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Francisco Rezek, enfatizou a importância do reconhecimento do senador Nelsinho Trad sobre o congresso e a sua participação. “Precisamos virar a página infeliz e recuperar para o Brasil a sua imagem de independente, atenta aos seus interesses. Nesse caminho, a presença do senador Nelson Trad Filho neste congresso é simbólica, tem efeito semiótico, extraordinário. Além de suas belas páginas da biografia, principalmente por ocupar a presidência da Comissão de Relações Exteriores. Ali se concentra uma parcela expressiva do poder moderador, do domínio administrativo, quando os poderes se atropelam. Missão histórica nesse momento tão difícil, de colocar freios em roupantes, quando necessários. Em seu homólogo, todos nós estamos  convencidos de sua presença nos é uma garantia de preservação da observância do direito internacional e da arte da diplomacia”, discursou o ministro.

Com o coração voltado às suas origens, o senador Nelsinho Trad respondeu ao ministro que herdou de seu avô imigrante libanês, cônsul Assaf Trad, o gosto pela atuação na diplomacia. “Meu avô tinha o tino diplomático de acolher os patrícios, oriundos do Líbano ao Brasil, acredito que aprendi com ele a ser acolhedor”, comentou o parlamentar, em seu discurso.



O 18º Congresso Brasileiro de Direito Internacional, organizado por renomadas universidades e instituições de investigação brasileiras, tem como tema deste ano: biodiversidade, mobilidade e integração. Acadêmicos e profissionais de Direito vão discutir os assuntos até o próximo dia 29. Em edições anteriores foram realizadas nos seguintes estados brasileiros: Paraná, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Ceará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraíba. “O Congresso é o mais importante e expressivo evento sobre Direito Internacional do país e um dos maiores eventos na área no mundo e esperarmos leva-lo no próximo ano sem pandemia para Bonito, em Mato Grosso do Sul”, disse um dos organizadores, professor Wagner Menezes.

Neiba Ota 

terça-feira, 25 de agosto de 2020

Hilux furtada em São Paulo foi recuperada pelo DOF em Dourados



Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) recuperaram uma camionete Toyota Hilux prata furtada em São Paulo.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo no Jardim Novo Horizonte, em Dourados.

Os militares, com a informação de uma camionete com droga, chegar no local onde uma mulher, de 21 anos de idade, disse ser a proprietária da residência. Questionada sobre a camionete estacionada falou que pertencia a um amigo de seu esposo. Os policiais foram autorizados, pela mulher, a vistoriarem o veículo, onde localizaram um registro de Furto ocorrido na cidade de São Paulo, no dia 19 de maio de 2020.

A mulher permitiu uma busca na residência, onde os policiais localizaram um cofre com a quantia de R$ 18.800,00 (dezoito mil e oitocentos reais).



A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron) onde a mulher permaneceu, acompanhada de seu advogado, à disposição da Polícia Judiciária.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

Hilux roubada no Paraná seria entregue em Ponta Porã mas foi recuperada pelo DOF



Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) recuperaram na madrugada desta quarta-feira, uma camionete I/TOYOTA/HILUX SWSRXA4FD roubada na data de ontem na cidade de Morumbi (PR). A proprietária da camionete foi mantida em cárcere privado por dois sequestradores, juntamente com mais três pessoas da família, enquanto o veículo era trazido para o Paraguai.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um bloqueio policial na rodovia MS-156, região de Amambai.

Os militares do DOF deram ordem de parada ao condutor da camionete, que desobedeceu e fugiu, em alta velocidade. Durante o acompanhamento tático, o veículo foi abordado alguns quilômetros à frente. O condutor, um homem de 22 anos de idade contou que data de ontem, por volta das 22h, ele e mais dois comparsas roubaram a camionete na cidade de Morumbi (PR), onde mantiveram a família refém.

O homem disse, ainda, que foi contratado para entregar a camionete na cidade de Ponta Porã.
A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil de Amambai, onde o homem permaneceu à disposição da Polícia Judiciária.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

Caminhão com 21 mil pacotes de cigarros foi apreendido pelo DOF em Itaquiraí



Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, um caminhão Ford Cargo de cor branca carregado com 21.000 pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo próximo a um Assentamento Rural, na região de Itaquiraí.
Os militares visualizaram o caminhão, com placas de Curitiba (PR), abandonado em uma estrada vicinal próximo a uma mata. Durante a vistoria localizou-se a carga de cigarros de origem estrangeira, da marca GIFT.

A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Mundo Novo.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Senador Nelsinho Trad abre painel de discussões sobre rota bioceânica em seminário do Parlasul



Por proposição do senador Nelsinho Trad (PSD/MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, o Parlamento do Mercosul vai promover nesta segunda-feira a partir das 9h de MS o seminário internacional sobre a Rota Bioceânica. “É uma oportunidade do mundo conhecer a Rota Bioceânica, que vai trazer mais desenvolvimento para o Brasil e, principalmente, para o nosso Mato Grosso do Sul”, destaca o senador Nelsinho Trad, que vai abrir o painel de debates sobre o corredor bioceânico e é presidente da representação brasileira do Parlasul no Congresso.

De acordo com os organizadores do evento, o Parlamento do Mercosul, tem hoje três espaços econômicos em processo de consolidação no mundo (América do Norte, Europa Unificada e Ásia – Oceânia –Pacífico). Pela consolidação de uma aliança estratégica sul-americana entre o Mercosul e a Aliança do Pacífico não podem ficar de fora do acordo do formato de vinculação global do Bloco Ásia-Oceania-Pacífico, especialmente pela particularidade de ser o projeto da rota bioceânica, ainda em processo de desenvolvimento. “Defendemos o projeto em reuniões do Parlasul e fomos ouvidos”, explicou o senador Nelsinho Trad.

Para o parlamentar sul-mato-grossense, a rota bioceânica é um salto de competitividade para o Brasil, Paraguai, Chile e Argentina. “Trata-se de um corredor rodoviário bioceânico que liga os oceanos Atlântico e Pacífico. O traçado tem início em Porto Murtinho e segue até o porto de Antofagasta, no Chile, passando por Mato Grosso do Sul, norte do Paraguai e Argentina. Esse corredor vai gerar oportunidades: de Antofagasta a Xangai, viagem que dura cerca de 54 dias, levará 42 com a rota. Haverá redução do tempo de viagem e de custos”, esclareceu.

Programação
A abertura do evento será feita pelo chefe do Ministério de Relações Exteriores da República Argentina Guillermo Justo Chávez, dando às boas vindas aos participantes. Depois, a mesa diretora do Parlasul, o presidente, senador da Argentina Oscar Laborde e o vice, deputado do Brasil Celso Russomano, e demais membros vão se manifestar sobre o evento.

Por volta das 10h30 de MS, será dado o início ao painel de expositores. O primeiro a ministrar palestra sobre a Integração da América do Sul com o mundo é o senador Nelsinho Trad; após será a vez do governador de Chaco, na Argentina, Jorge Milton Capitanich. Depois, vão também falar sobre o corredor bioceânico: da delegação argentina Cecília Brito e o coordenador de assuntos econômicos do Brasil, ministro João Carlos Parkinson.

Haverá discussões ainda sobre a questão do transporte e dos setores produtivos até 15h de MS, com envolvimento de todos os países do Mercosul. “Será uma jornada de muito aprendizado”, considera o senador Nelsinho Trad.​

Neiba Ota

domingo, 23 de agosto de 2020

Ranger roubada no Paraná foi recuperada pelo DOF durante a Operação Hórus



Dourados (MS), 23 de agosto – Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) recuperaram na manhã de ontem, uma camionete Ford Ranger de cor branca roubada na cidade de Campina Grande do Sul (PR), no dia 5 de junho de 2019.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo na rodovia MS-379, região de Dourados.

Os militares visualizaram a camionete parada às margens da rodovia, com as portas abertas e sem os bancos traseiros. Durante a checagem dos agregados do veículo constatou-se que as placas afixadas, de Dourados (MS), eram falsas sendo as verdadeiras do município de Quatro Barras (PR). A viatura Guincho do DOF foi acionada para rebocar a camionete até Dourados.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron).



O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

Gol carregado com mais de 30 quilos de maconha que seguia para Botucatu foi apreendido pelo DOF



Bataguassu (MS), 23 de agosto – Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam na madrugada de ontem, um veículo VW Gol cor branca carregado com 31,100 quilos de maconha.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um bloqueio policial na região de Bataguassu.

Os militares deram ordem de parada ao condutor do veículo GM Celta preto, que seguia com uma mulher e uma adolescente de 17 anos. Logo em seguida abordaram o condutor do VW Gol, onde estavam os 38 volumes prensado do entorpecente em compartimentos ocultos.

Os ocupantes do Celta foram contratados como batedores de estrada para o condutor do Gol, que pegou a droga em Campo Grande (MS) e entregaria em Botucatu (SP).

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil de Bataguassu (MS), onde os detidos permaneceram à disposição da Polícia Judiciária.



O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Fábio Trad é eleito melhor deputado pelo júri do Prêmio Congresso em Foco



O deputado Fábio Trad (PSD-MS) foi eleito o melhor deputado de 2020 na escolha do júri especializado do Prêmio Congresso em Foco. Trad está em seu terceiro mandato como deputado federal e tem atuação ligada à discussão de assuntos jurídicos no Congresso Nacional.

"Eu gostaria de falar da angústia e da esperança, que são duas potencias afetivas que hoje dominam a população brasileira. Angústia porque ainda não vi o Brasil ser de todos os brasileiros. Um país que tem minério, petróleo, agua doce, salgada... mas ainda não é de todos os brasileiros. E a esperança é nela que eu me agarro, eu durmo em paz com ela. Com a esperança eu acho que ainda vale a pena e tem sentido ser deputado federal", disse Trad em seu discurso de agradecimento.

Nesta 13ª edição do Prêmio Congresso em Foco, o júri especializado, que é formado por representantes de quatro segmentos da sociedade, também elencou como melhores parlamentares do ano os deputados Tabata Amaral (PDT-SP), Alessandro Molon (PSB-RJ), Carmem Zanotto (Cidadania-SC), Felipe Rigoni (PSB-ES), Fernanda Melchionna (Psol-RS), Luisa Canziani (PTB-PR), Marcelo Ramos (PL-AM), Marcelo Freixo (Psol-RJ) e Margarete Coelho (PP-PI).

Os vencedores do Prêmio Congresso em Foco 2020 foram anunciados em cerimônia virtual realizada na quinta-feira (20) transmitida pela página do Congresso em Foco. O vencedor desta categoria foi anunciado por Marcelino Rodrigues, presidente  da Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais (Anafe) e Wagner Parente, CEO da BMJ consultores e associados.

O júri
O júri é uma das três formas de escolha dos vencedores do Prêmio Congresso em Foco 2020, junto com a votação da internet e a dos jornalistas. O objetivo do júri é fazer uma avaliação especializada dos parlamentares, de acordo com a visão e o posicionamento de vários segmentos da sociedade.

Por conta disso, o corpo de jurados foi formado com o objetivo de garantir pluralidade, com representantes de quatro diferentes segmentos da sociedade: o acadêmico, o empresarial, o trabalhista e o terceiro setor,além de um representante do Congresso em Foco.

O Prêmio Congresso em Foco 2020 teve como jurados um dos membros da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências dos Países em Desenvolvimento, Carlos Nobre; da presidente da Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais (Abrig), Carolina Venuto; da presidente-executiva e co-fundadora do Todos Pela Educação, Priscila Cruz; da coordenadora da assessoria do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), Viviane Ponte Sena e do editor-executivo deste site, o jornalista Edson Sardinha.

Na avaliação feita pelo júri, os principais critérios levados em consideração foram: assiduidade em sessões deliberativas; participação nos debates do Parlamento; apresentação de propostas legislativas; capacidade de articulação política; combate à corrupção e uso consciente dos recursos públicos; além da defesa da democracia e do desenvolvimento sustentável.

domingo, 16 de agosto de 2020

Senador Nelsinho Trad retorna de missão humanitária a Beirute com proposta para agilizar acordo de livre comércio do Líbano com o Mercosul



O senador Nelsinho Trad (PSD/MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado Federal, que participou da comitiva brasileira em missão especial designada pelo governo federal ao Líbano, na última quarta-feira (12), retornou ontem a Brasília (DF). Da viagem, transportado pela Força Aérea Brasileira durante dois dias de ida e volta e 23 horas de permanência em Beirute, o parlamentar sul-mato-grossense traz uma proposta diplomática de autoridades do Líbano para o Brasil, de apoio brasileiro ao acordo de livre comércio do país Oriente com o Mercosul.

Segundo o senador Nelsinho Trad, a distância entre o Brasil e o Líbano é de aproximadamente 10 mil quilômetros, porém os dois países têm laços fortes. De acordo com estimativas do Itamaraty, hoje são mais de 10 milhões de descendentes libaneses no Brasil. “Essa população é maior do que a formada no Líbano de 6 milhões de pessoas. Neste ano, já são 140 anos do início oficial da imigração libanesa para o Brasil”, comentou o senador, descendentes de imigrantes libaneses.

A ideia de tratado de livre comércio entre Líbano e Brasil teve início em 2010, segundo o senador Nelsinho Trad. O assunto não avançou devido à falta de negociações por parte do Líbano, mas atualmente o cenário político mudou e há esse interesse. “Hoje, as autoridades me pedem como presidente da Comissão de Relações Exteriores, para que do lado brasileiro possa acelerar o livre comércio do Líbano com o Mercosul, vou apresentar o assunto ao ministro Ernesto Araújo e, na primeira oportunidade que eu tiver, vou falar com o presidente Bolsonaro”, comentou o senador.



De acordo a Presidência da República, o presidente Jair Bolsonaro virá a Corumbá (MS), na próxima terça (18), para inauguração da Estação Radar de Corumbá, no aeroporto da cidade. Nessa agenda presidencial, o governo federal já enviou convite oficial ao senador Nelsinho Trad para acompanhá-lo nessa viagem. “É a oportunidade de apresentar essa sugestão, que pode ser uma tentativa de reequilibrar a balança comercial entre os dois países”, exemplificou o senador.

Missão humanitária 
Além de 6,2 toneladas de alimentos, medicamentos e insumos básicos de saúde (antibióticos, corticoides, analgésicos, ataduras, seringas, cateteres, máscaras cirúrgicas e 300 ventiladores pulmonares), o Brasil doou mais 4 mil toneladas de arroz que estão sendo transportadas para o Líbano a bordo de navios. A explosão no porto de Beirute em um armazém, onde cerca de 2.750 toneladas de nitrato de amônio estavam armazenadas, provocou cerca de 200 mortes, 6 mil feridos e mais de 300 mil desabrigados. “Realmente foi uma missão recheada de resultados e emoções muito fortes, um bairro inteiro destruído, vizinho do porto de Beirute, a tragédia só não foi maior, porque o silo, onde armazenava o nitrato, amorteceu o impacto da explosão, e toda rede elétrica ficou danificada”, relatou o senador Nelsinho Trad.



Nas ruas de Beirute, segundo o senador Nelsinho Trad, onde há destroços, existe também lição de um povo batalhador. “Você observa o voluntariado do Líbano, várias pessoas voluntários se apresentando para ajudar a reconstruir Beirute. O primeiro impacto é de tristeza, porque os libaneses tinham muito orgulho do porto, um dos locais mais bonitos do Líbano. Mas, se vê também muita vontade de vencer. Beirute é a fênix do Oriente, tem essa vocação de ressurgir após a destruição. Eu saí de lá com o coração cheio de esperança, vi o pôr do sol e senti a presença de Deus e de um povo guerreiro”, compartilhou o senador Nelsinho Trad.

Comitiva
Na sexta-feira, antes da partida, a comitiva, chefiada pelo ex-presidente Michel Temer, se reuniu com o primeiro ministro interino do Líbano, Hassan Diab. “Ele renunciou com outros quatro ministros após a explosão, mesmo interino, até a escolha de um novo executivo do Líbano, e está respondendo pela pasta. A população do Líbano está revoltada com os seus governantes e eu espero que a paz volte a reinar no Líbano e que haja a democracia no país”, comentou o senador Nelsinho Trad.



Participaram da delegação brasileira: o ex-presidente Michel Temer, os senadores Nelson Trad Filho e Luiz Pastore, o secretário de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Flávio Viana Rocha, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, entre outros membros designados pela Presidência da República. Com a comitiva brasileira, também viajaram peritos brasileiros em explosões e incêndios que permanecerão lá por um mês, para auxiliar nas investigações sobre as causas dessa explosão.

Reportagem: Neiba Ota
Fotos: National News Agency

sábado, 15 de agosto de 2020

Carreta carregada com mais de 17 toneladas de maconha foi apreendida pelo DOF em Caarapó



Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam na tarde de ontem, um caminhão Scania branco acoplado a duas carretas carregadas com 17.340,000 quilos de maconha.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um patrulhamento ostensivo na cidade de Caarapó.

Os militares visualizaram o caminhão com a porta do motorista aberta, aparentemente abandonado. Populares disseram que um homem correu assim que percebeu a aproximação da viatura do DOF. Durante a vistoria, os policiais descobriram o entorpecente oculto na carga de 20 toneladas de milho. Realizadas buscas nas imediações, porém, o condutor não foi localizado.
As carretas foram descarregadas em uma cerealista da cidade, onde constatou-se vários fardos prensados do entorpecente. Durante a checagem dos agregados do veículo descobriu-se que as placas afixadas no Cavalo Trator e nas duas carretas eram falsas.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), em Dourados.



O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

SeComSoc
DOF/Sejusp