quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

DOF apreende Jeep Renegade furtado em São Paulo carregado com quase 600 quilos de maconha



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) recuperaram, na tarde de ontem (terça-feira), um veículo Jeep Renegade de cor preta com placas falsas de Curitiba (PR) carregado com 21 fardos prensados de maconha, com peso total de 577,4 quilos.

A apreensão e a prisão de quatro mulheres ocorreram durante o policiamento, em virtude da Operação Hórus da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), na rodovia MS-295, no sentido Amambai/Paranhos. 

Os policiais deram ordem de parada ao veículo Jeep Renegade que vinha em sentido contrário. A condutora não obedeceu e fugiu em alta velocidade.


Durante o acompanhamento tático, por alguns quilômetros, a mulher colidiu na traseira do veículo Renault Sandero prata, com placas de Almirante Tamandaré (PR), ocupado por duas mulheres que estavam como “batedoras de estrada” do Jeep Renegade. Com a colisão, o Sandero foi arremessado para fora da rodovia.

Imediatamente a equipe policial prestou socorro às crianças, que estavam no Sandero, levando-as até o Hospital de Tacuru (MS) onde foram atendidas e o Conselho Tutelar local, acionado. A condutora e a passageira do Jeep Renegade contaram aos policiais que foram contratadas pela condutora do Sandero, para pegar a droga em Paranhos e levá-la até a cidade de Eldorado (MS).


Durante a checagem dos agregados dos veículos (numeração de chassi e motor), os policiais descobriram um registro de Roubo/Furto do Jeep Renegade ocorrido na cidade de São Paulo (SP) no mês de março deste ano.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Tacuru, onde as quatro mulheres permaneceram à disposição da Polícia Judiciária.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Nenhum comentário: