quinta-feira, 31 de outubro de 2019

NÃO ESPERE ENVELHECER PARA SER FELIZ

A caminhada pelas estradas da vida nos revela que quando fazemos tudo com amor, simplicidade, fé e alegria contagiante conseguimos vencer os obstáculos abrindo assim novos caminhos que nós conduzam a paz interior e a sabedoria.

A vida é uma grande dádiva que devemos valorizar a cada novo amanhecer.

Que Deus nos conceda a energia positiva para realizarmos vencermos as lutas diárias.

Aproveite os milésimos de segundos diariamente, não espere chegar a velhice para viver intensamente.

Faça tudo com o coração conectado para realizar boas obras e deixe teu espírito livre, leve e harmonizado com todos.

Uma ótima quinta-feira para ser feliz e não perder mais tempo com situações e discussões infrutíferas.

Coronel Rogério

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Operação Hórus: DOF apreende Pampa carregada com 52 pneus contrabandeados



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de terça-feira, um veículo Ford Pampa, com placas de Campo Grande (MS) carregado com 52 pneus de origem estrangeira, sem a documentação de regularidade fiscal.

A apreensão ocorreu durante abordagem policial para fiscalização na região de Maracaju (MS). A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã (MS).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

PARTILHAR E COMPARTILHAR

A mente é aquela que nos leva a refletir e buscar uma visão correta sobre todas as coisas.

A cada novo pensamento positivo conseguimos na prática realizar o bem que é a melhor forma de mantermos a mente, o espírito e a alma elevados e preparados para o fortalecimento da nossa singela existência e assim poderemos continuar a contribuir para uma sociedade mais justa, solidária e inclusiva.

Que a força da fé, do amor e da esperança se renove a cada novo amanhecer para seguirmos em frente pela estrada da vida.

Uma ótima quarta-feira para partilhar e compartilhar as boas obras com o próximo.

Que Deus ilumine e abençoe nossa jornada!!

Coronel Rogério

terça-feira, 29 de outubro de 2019

“DETALHES” - por Manoel Afonso

Poucos sabem; o deputado federal Fabio Trad abriu mão do apartamento funcional em Brasília, carro e auxílio moradia e desistiu da sonhada aposentadoria especial. 

Em 2018 esteve presente a todas as 64 sessões e em 2019 compareceu as 86 realizadas. Usou da tribuna 73 vezes, é ficha limpa e não responde a qualquer procedimento. 

Acaba de ser incluído pelo instituto Arko Advice como um dos 30 líderes influentes do Congresso, onde a sua qualificação pessoal substitui a estrutura do poder, deixando sua marca nas mais diferentes situações.

Versátil e coerente, nosso parlamentar continua se destacando como líder numa casa de centenas de personagens.

Durante a Operação Hórus DOF captura um foragido da Justiça em Dourados



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam, na manhã desta terça-feira, V. S. de 46 anos de idade que estava foragido da Justiça. 

A prisão ocorreu durante o policiamento para fiscalização da Operação Hórus, na cidade de Dourados (MS). Ao checar os dados pessoais no Sistema de Cadastro Criminal, os policiais localizaram o Mandado de Prisão a cumprir expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul.

A ocorrência foi registrada e entregue, juntamente com o homem capturado, na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Dourados (MS).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Lendas do Castelinho de Ponta Porã estão eternizadas na memória do Estado de Mato Grosso do Sul

O prédio está passando por uma reforma para não ceder ao desmoronamento. Entretanto, no início do mês de outubro de 2019, dependendo do aval dos órgãos estaduais, o projeto de reforma de estrutura do prédio histórico foi paralisado por 90 dias, de acordo com publicação no DOE (Diário Oficial do Estado)

As lendas urbanas são histórias que comumente mexem com o imaginário dos curiosos e que são ainda muito praticadas pelas gerações mais antigas da região fronteiriça e pelo Brasil. A cidade de Ponta Porã, ligada por Pedro Juan Caballero à divisa entre o Brasil e o Paraguai, não foge à regra.

Um dos prédios mais antigos da região, o Castelinho de Ponta Porã já foi prédio federal de Getúlio Vargas na década de 40, quartel militar e até um presídio. Hoje, o prédio histórico, abandonado e em ruínas, coleciona histórias de causos curiosos e que desafia até os mais corajosos.

História Arquivo pessoal de Luiz Alfredo Marques Magalhães, publicado no livro Um Homem de Seu Tempo 2011. Membros do Aero Clube de Ponta Porã, ao fundo o castelinho que serviu de sede do Governo do Território Federal (1945).

O Castelinho de Ponta Porã foi construído na década de 1920 com recursos federais e contribuições da Companhia Matte Laranjeira. Sua construção durou quatro anos, de 1926 a 1930. Foi a base governamental na fronteira erguido próximo à antiga estação Noroeste do Brasil. Entre 1943 e 1946 foi sede do governo do Território de Ponta Porã, criado no governo Vargas, conforme o Decreto-lei n.º 5 812, quando foi instituída a política de Território Federal no Brasil, tendo como governador o militar Ramiro Noronha.

Em 1950, passou a abrigar a cadeia pública e o quartel da 4ª Companhia Independente da Polícia Militar. No final da década de 1990, com a transferência da corporação a novo prédio, o castelinho ficou sem função e hoje tem recursos liberados para sua transformação em museu para guardar a história da fronteira.

“Com o fim do Território Federal, o Castelinho passou a ser utilizado como quartel e cadeia, para abrigar os prisioneiros da região fronteiriça, que futuramente dependendo do grau de periculosidade eram encaminhados nesses tempos para a Capital Cuiabá ou a cidade de Campo Grande”, conta o pesquisador e historiador Yhulds Giovani Pereira Bueno.

A Dama do Castelinho Foto de Albert Braud, 1926. Arquivo pessoal de Luiz Alfredo Marques Magalhães, publicado no livro Um Homem de Seu Tempo 2011.

No fim da década de 50 a Linha da Férrea caminho ao Noroeste do Brasil já estava em pleno funcionamento na região de fronteira, tendo como sua última parada a cidade de Ponta Porã. No local, a estrutura de manutenção ou oficina de máquinas se localizava mais ao centro da área destinada a estação ferroviária e próximo ficava a P.A. (Pernoite e
Alimentação), uma espécie de ponto de apoio aos funcionários da Noroeste, que tinham que ficar muitos dias para realizar seus trabalhos.

Dentro da P.A., um restaurante era gerido por um casal que preparava as refeições dos funcionários diariamente. O rodízio de pessoal era constante e necessário para manter a grande estrutura da estação. Segundo moradores da região, poucas casas existiam pela região conhecida como vila áurea ou Peguaho, que significa em tupi guarani "lugar distante”.

A rotina seguia normalmente, até que um acontecimento trágico mudou a rotina da Noroeste de Ponta Porã, no início da década de 60: um assassinato chocou os moradores. A mulher que fazia as refeições dos funcionários da Noroeste matara seu marido, com inúmeras facadas.

“Muito se especulou sobre o que levou a tal fatídico e sinistro desfecho, de um relacionamento que para quem observara na época aparentemente de um casal normal, claro que tinham suas diferenças conjugais. Nos dias e semanas que se passaram, muitos foram os curiosos, que visitavam o castelinho para observar a mulher que ficara em cárcere, e hora ou outra aparecia na grade da janela”, conta o historiador Yhulds Bueno.

Apelidada pela população local como “Dama do castelinho”, o fato ficou ainda mais conhecido pela região fronteiriça, por ser a primeira mulher presa na cadeia. Reza a lenda que a viúva ficava horas olhando pela grade da janela, sem esboçar uma única palavra até proferir um grito assustador misturado com choro e lamento, que levava a crer no seu remorso e arrependimento.

Quase 70 anos se passaram e a história continua gravada na memória dos moradores mais antigos da região, que acreditam que tal “Dama” habita o castelinho em ruínas, e quem passa em frente de tal estrutura no fim de tarde, pode escutar os lamentos e ver o vulto da dama observando o horizonte pela grade da janela. Poucos se arriscam a passar em frente da estrutura depois do entardecer, e não só por ela.

A lenda do Sargento do 4º BPM Arquivo pessoal de Nilza Terezinha: Foto do acervo de seu pai Itrio Araújo dos Santos conhecido como (cabo Itrio). Soldados do destacamento do 11º RC na década de 40.

“Essa lenda que se tornou um causo é baseado em testemunhos vivos de quem presenciou estes acontecimentos, arquivos vivos que preferem ficar no anonimato. Respeitando os mesmos, foi realizado o resgate através de uma narrativa deste fato intrigante, que perpetua na região de fronteira na cidade de Ponta Porã até os dias de hoje”, ressalva o historiador Yhulds Bueno.

O 4º Batalhão da Polícia Militar utilizou por longa data o prédio histórico do Castelinho antes de ser realocado para o prédio localizado na Rua Antonio João, 2244, na área central de Ponta Porã. Na década de 70 sua localização era considerada afastada do centro da cidade, segundo relato de ex-integrantes da corporação, o patrulhamento da região de fronteira era difícil.

O contingente do 4º BPM era de poucos policiais nesses tempos e as escalas de serviços eram duras para poder suprir a necessidade da pequena cidade de fronteira. As dobras eram inevitáveis e quem distribuía as escalas era um sargento que realizava os serviços internos gerais. O mesmo utilizava uma máquina de escrever datilografando e registrando todos os acontecimentos vinculados ao Batalhão, além de realizar rondas para auxiliar nas escalas de serviço.

O sargento morreu durante o atendimento de uma ocorrência na década de 70, mas os então subordinados ainda sentiam a presença do mesmo no batalhão, inclusive fisicamente. Muitos os polícias que serviram no 4º Batalhão escutavam o clicar da máquina de escrever no mesmo ritmo que o sargento realizava suas tarefas e quando se dirigiam para observar a origem do barulho, o mesmo desaparecia.

“O abrir e fechar de gavetas, como se o sargento ainda estivesse realizando seus afazeres era corriqueiro nesses tempos, que os PMs antigos nem se importavam mais com esses acontecimentos sobrenaturais. O fato ainda é mencionado nos dias atuais não só por soldados antigos da corporação já aposentados. Muitos, que preferem ficar no anonimato, confirmam a presença de alguém que acorda com batidas quem esta repousando no dormitório como se estivesse chamando para o serviço, ou sente a presença que acompanha pelos corredores do batalhão”, conta o pesquisador.

Em 2012 uma Campanha para o Castelinho virar museu da Polícia Militar foi desencadeada através de um abaixo assinado on-line, clique aqui e confira a matéria.
Campanha para Castelinho virar museu da PM

É permitida a reprodução desde que citada a fonte: https://www.marcoeusebio.com.br/coluna/campanha-para-castelinho-virar-museu-da-pm/21214?a=coluna&b=campanha-para-castelinho-virar-museu-da-pm&c=21214
Copyright © Marco Eusébio - Entrelinhas da Notícia
Campanha para Castelinho virar museu da PM

É permitida a reprodução desde que citada a fonte: https://www.marcoeusebio.com.br/coluna/campanha-para-castelinho-virar-museu-da-pm/21214?a=coluna&b=campanha-para-castelinho-virar-museu-da-pm&c=21214
Copyright © Marco Eusébio - Entrelinhas da Notícia

VIVA ANTES QUE SEJA TARDE

Quando choramos, nossas lágrimas devem servir para nos fortalecer.

Quando erramos, o ideal seria pedir perdão, desculpa e renovar nosso ser.

Quando tropeçamos nosso sentimento deve ser de coragem para jamais desistir.

Quando as doenças afetam nosso corpo, a sensibilidade aflora e pensamos o quanto somos frágeis, mas também nos leva a reflexão daquilo que podemos fazer para nos tornar pessoas melhores.

Quando amigos e familiares viajam para outra dimensão, ficamos tristes, indignados e inconformados, mas sabemos que desde que mundo é mundo a qualquer instante podemos partir, o que permanece são os legados de esperança, de lembranças, de amor e de carinho que carregaremos conosco para distribuirmos pelo caminho.

Aprender a desfrutar da vida como ela é, irá nos ensinar a conviver com a força espiritual que nos faz vencer as perdas, trazendo o acolhimento, o conforto e a superação para ajudarmos o outro.

Que o nosso sofrimento possa ser a força propulsora do amor que suaviza os impactos e nos faz triunfar nas relações diárias de paz, diálogo e fé, na certeza de que Ele estará conosco.

Uma ótima terça -feira de luz nesta vida misteriosa e inspiradora.

Coronel Rogério

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

“Operação Hórus” - na região de Maracaju DOF apreende dois veículos com contrabando que seguiam para Goiânia



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã desta segunda-feira, dois veículos carregados com cigarros e brinquedos de origem estrangeira, sem a documentação de regularidade fiscal.

A apreensão ocorreu durante abordagem policial para fiscalização na região de Maracaju (MS). Inicialmente os policiais abordaram o veículo Fia Uno onde condutor e passageiro transportavam brinquedos. 


O segundo veículo abordado, um GM Corsa, estava com 1.550 pacotes de cigarros. Disseram que levariam a mercadoria para a cidade de Goiânia (GO) e que se comunicavam através de rádio comunicador. A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Federal de Dourados (MS), onde os detidos foram autuados por Contrabando e Descaminho.


O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Departamento Jurídico da AME-MS conquista absolvição de mais um associado perante a Justiça Militar Estadual

Um associado procurou a ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DE MATO GROSSO DO SUL, AME-MS após ter sido denunciado na Justiça Militar Estadual, por lesão corporal.

Ao tomar conhecimento dos fatos, a defesa evidenciou nos autos que os militares estavam de serviço, de forma prévia, além de nominalmente escalados, e na data do ocorrido atenderem uma ocorrência de “denúncia de venda de entorpecentes”, porém o envolvido, por não concordar com a abordagem, fez acusações, totalmente incabíveis contra a guarnição.

Com estas informações, o Departamento Jurídico da entidade trabalhou em favor do sócio, demonstrando que a peça acusatória em que se basearam as imputações, de supostas infrações penais, eram inconsistentes e totalmente sem fundamentação.

Como resultado dos trabalhos da AME-MS, a Justiça Militar Estadual decidiu, pela absolvição do associado.

Visando preservar direitos fundamentais e prerrogativas da profissão, a associação conta também, com a Comissão de Direitos Humanos da entidade, CDH AME-MS que acompanha casos que envolvam militares estaduais.

Celta carregado com maconha que iria para Minas Gerais foi apreendido pelo DOF



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã desta segunda-feira, um veículo GM Celta com placas de Ribeirão das Neves (MG) carregado com 160,4 quilos de maconha, distribuídos em 170 volumes prensados escondidos em compartimentos ocultos do veículo.

A apreensão ocorreu durante abordagens da Operação Hórus na região de Caarapó (MS). O condutor do veículo, G. D. M. de 30 anos de idade, contou aos policiais que foi contratado para pegar a droga em Amambai (MS) e levar até a cidade de Pará de Minas (MG).

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde o homem foi autuado por Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

DOF intercepta “Bonde do contrabando” composto por 9 veículos abarrotados de produtos do Paraguai saindo de Ponta Porã



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de sexta-feira, dez veículos carregados com produtos de origem estrangeira, sem a documentação de regularidade fiscal.

A apreensão ocorreu durante abordagem policial para fiscalização da Operação Hórus, na região de Ponta Porã (MS). Os veículos estavam carregados com 105 pacotes cigarros, 50 pneus, 4 caixas de óculos mais 200 unidades; três pneus para motocicleta, 50 pacotes roupas íntimas masculinas, 40 câmaras de pneus, 25 caixas de essência para narguilé, 4 fardos de tapetes e 7 volumes de brinquedos, uma caixa de acessórios para aparelhos de celular, uma caixa de produtos para maquiagem e 30 piscinas infláveis.

A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã, onde os detidos foram autuados por Contrabando e Descaminho.



Autores
S. P. D. (29) – condutor Corsa Wind branco 
A. H. S. (32) – condutor VW Gol branco
F. C. P. (37) – condutor Honda Civic
W. W. M. O. (30) – condutor Palio Fire branco
L. A. G. (38) – condutor Fiat Siena cinza
J. R. S. (36) – condutor Uno Mille azul
C. M. S. F. (54) – condutora Uno Mille azul
R. C. P. (36) – condutor GM Classic prata
J. P. A. (40) – condutora Chevrolet Prisma prata 

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

DOF captura um foragido da Justiça em Ponta Porã



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam, na tarde de terça-feira, E. A. P. de 46 anos de idade que estava foragido da Justiça. 

A prisão ocorreu durante o policiamento para fiscalização da Operação Hórus, na região de Ponta Porã (MS). Ao checar os dados pessoais no Sistema de Cadastro Criminal, os policiais localizaram o Mandado de Prisão a cumprir expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Jardim (MS).

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã (MS).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Após fugir do bloqueio policial do DOF condutor capota veículo na região de Santa Rita do Pardo



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã de sexta-feira, um veículo Renault Sandero de cor preta e placas de Campo Grande (MS) após o condutor fugir do bloqueio policial.

A apreensão ocorreu durante abordagem do bloqueio policial para fiscalização da Operação Hórus, na região de Santa Rita do Pardo (MS). O condutor não obedeceu à ordem e parada dos policiais e fugiu, em alta velocidade.

Durante o acompanhamento tático, o veículo foi localizado capotado e abandonado às margens da rodovia. O condutor não foi localizado. O veículo foi guinchado até a Delegacia de Polícia Civil de Bataguassu (MS).


O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

DOF apreende três veículos carregados com mais de dois mil e duzentos pacotes de cigarros contrabandeados na região de Ponta Porã



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã de sexta-feira, três veículos carregados com 2.250 pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A apreensão ocorreu durante abordagem o policiamento para fiscalização da Operação Hórus, na região de Ponta Porã (MS). Os veículos seguiam juntos no sentido Ponta Porã ao Distrito de Lagunita. Os condutores disseram que adquiriam os cigarros na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero e levariam até Dourados (MS). 

A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã (MS).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

APRENDENDO SEMPRE

Como é bom ir aprendendo a cada dia que a verdadeira felicidade encontra-se justamente no nosso equilíbrio, na paz interior, na sabedoria e na fé.

O caminho que construímos deve ser de respeito ao próximo e de compreensão já que devemos fazer tudo aquilo que gostaríamos que fizessem para nós.

Acredito que na simplicidade das palavras, nos gestos, nas atitudes e no saber ouvir mais, conseguiremos compreender melhor aquilo que realmente queremos e desejamos transmitir como uma prática constante de fazer o bem.

E assim vamos percebendo que o relógio da vida é aquele que vem do fundo da alma onde emana todos os dias aquela energia positiva, cheia de esperança que ilumina o nosso caminho e dá a oportunidade de buscarmos incessantemente uma vida repleta de fé, diálogo, harmonia e novos conhecimentos.

Que Deus ilumine nossa jornada a cada percurso que fazemos nesta estrada da vida. Um excelente dia e uma ótima de semana com muita alegria!!!

Coronel Rogério

domingo, 27 de outubro de 2019

Fundo de Assistência Feminina da Polícia Militar recebe prêmio UNIDERP de excelência



O Fundo de Assistência Feminina da Polícia Militar (FAF) foi homenageado na última quinta-feira (24/10) na edição do Prêmio Uniderp FM, pelo excelente trabalho desenvolvido na categoria Ação Social. 

A entidade que é administrada pela esposa do Comandante da PMMS Sra. Aparecida Galende Acosta presta assistência social e apoio psicossocial a todos os integrantes da corporação e seus familiares gratuitamente. 

O Comandante Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul Coronel Waldir Ribeiro Acosta fez questão de enfatizar que esse reconhecimento deve ser estendido a todos os integrantes da grande família PMMS que são a razão da existência do FAF.

O Subcomandante da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul Coronel Edmilson Lopes da Cunha também marcou presença com sua esposa no evento.

História do FAF
Na Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, o Núcleo de Assistência Psicossocial, é realizado pelo Fundo de Assistência Feminina ao Policial Militar do MS - FAF/PMMS, presidido pela cônjuge do Comandante-Geral da PMMS bem como por meio de Programas e Projetos são desenvolvidos e voltados para policiais militares, seus familiares e pessoas da comunidade.

O FAF foi idealizado em 09 de novembro de 1985, por esposas de policiais militares, e declarado Serviço de Utilidade Pública Municipal conforme Lei 2.418 de 10 de novembro de 1987 e de Serviço de Utilidade Pública Estadual conforme Lei nº 3.424, de 04 de outubro de 2007. É regido por Estatuto próprio, registrado em Cartório, sobrevivendo exclusivamente de doações de sócios voluntários (próprios policiais militares) e doações esporádicas da comunidade em geral.

Por ser uma entidade Filantrópica Civil de Assistência Social, tem por finalidade principal atender o bem estar dos policiais militares ativos e inativos, seus familiares e pessoas da comunidade, atendendo no plantão de 24 horas.
 
Realiza diversos atendimentos como: auxílio de materiais ortopédicos, medicamentos de alto custo, cestas básicas, alimentação especial, educação, assistência nutricional, social, psicológica, auxílios funerários, enxovais de bebê, terapias ocupacionais, orientações, encaminhamentos a profissionais afins, auxílio para reestabelecimento da saúde, visitas domiciliares e hospitalares, entre outros.
 
Os profissionais do FAF/PMMS executam suas atividades na sede administrativa, nos domicílios, hospitais e em outros locais que se fizerem necessários, procurando suprir as necessidades sociais e psicológicas do policial militar e da sua família; estimulando o potencial individual e coletivo dos integrantes da Corporação Policial Militar.
 
Em geral, o setor do Serviço Social é o primeiro contato entre o usuário e o FAF, tendo por objetivo a avaliação inicial para analisar a classificação de risco e grau de necessidade de cada situação, sempre atendendo o Código de Ética e Sigilo Profissional, sendo um respaldo legal e normativo, definindo assim o dever de lealdade para com o usuário, enfatizando a importância de preservar a imagem de quem procura o FAF/PMMS.
 
Os valores recebidos dos policiais militares associados voluntariamente tem como base o valor de 0,20% (zero vírgula vinte por cento) do NÍVEL I.
 
Rua: Rodolfo José Pinho nº 1506, Jardim São Bento  
Campo Grande/MS CEP: 79004-690 - Quartel da Policlínica  - Bloco C
Fone/Fax: 3341-5902 / 3341-9348
Celular Plantão 24 horas: 99965-7324
Email: fafpmms@hotmail.com

sábado, 26 de outubro de 2019

Senador Nelsinho Trad consegue liberação de R$ 2 milhões para nove municípios de MS

Anastácio, São Gabriel do Oeste, Glória de Dourados, Porto Murtinho, Nova Andradina, Campo Grande, Nova Alvorada do Sul, Caarapó e Costa Rica são contemplados com recursos federais
Em uma semana, o senador Nelsinho Trad conseguiu a liberação de R$ 2.028.030,34 reais de recursos federais para nove municípios de Mato Grosso do Sul: Anastácio, São Gabriel do Oeste, Glória de Dourados, Porto Murtinho, Nova Andradina, Campo Grande, Nova Alvorada do Sul, Caarapó e Costa Rica. Desse montante, o Fundo Nacional de Educação vai destinar mais de R$ 1.011.557,86, o Ministério da Cidadania R$ 78 mil e outros R$ 938.472,48 vêm do Fundo Nacional de Saúde (Funasa).

Sete municípios estão sendo contemplados com recursos do Ministério da Educação. Nesta sexta-feira (25), o senador Nelsinho Trad recebeu o comunicado de que serão liberados R$ 338.282,36 para creche/pré-escola de Caarapó e R$ 121.208,85 para o Ceinf Eldorado em Costa Rica. No começo da semana, o FNDE já liberou por intermédio do senador terá R$ 288 mil para conclusão da creche/ pré-escola ao município de Anastácio, R$ 53 mil para nova escola de São Gabriel do Oeste, R$ 76 mil para escola da Aldeia Alves de Barros de Porto Murtinho e R$ 33 mil para ampliação do laboratório de ciências, da Escola Estadual Professora Izaura Higa, no Bairro Cidade Morena, em Campo Grande.

Além desses recursos, o Ministério da Educação liberou R$ 102 mil para construção da quadra escolar coberta no Assentamento Bebedouro, em Nova Alvorada do Sul. “Excelente presente para a população de Nova Alvorada do Sul que comemora neste fim de semana 28 anos de fundação”, comentou o senador Nelsinho Trad. Com o intermédio do parlamentar sul-mato-grossense, o Ministério da Cidadania também destinou R$ 78 mil para Glória de Dourados adquirir equipamentos e a Funasa liberou R$ 938.472, 48 para obras de saneamento básico em Nova Andradina. “Estamos trabalhando em Brasília por Mato Grosso do Sul”, afirmou o senador.​

Neiba Ota

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

A VIDA É ASSIM....



A vida é assim vai nos levando igual às folhas sopradas pela força dos ventos. A vida é assim ora leve, suave como uma pluma, ora pesada parece que carregamos muitos fardos em nossas costas.

Nós sabemos que ela é assim rebelde, travessa, com ou sem pressa, enfim transitória já que o dia certo, na hora certa iremos fazer uma viagem sem volta, sem mais delongas.

Se a vida é assim quiçá vivamos com toda intensidade do mundo, com fé, amor, sabedoria e que possamos agradecer a Deus pela imensa oportunidade de poder conviver com a família, amigos e colegas de uma grande história na qual somos os personagens que esculpimos cada página do nosso próprio livro da vida.

Que Deus nos conceda mais uma vez a alegria de poder andar pela estrada da vida fazendo o bem a cada novo alvorecer.

Um excelente dia com todas as riquezas que somente a amizade sincera nos proporcionará.

E um final de semana com muitas alegrias.

Coronel Rogério

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Durante a Operação Hórus condutor foge de bloqueio do DOF e deixa veículo parcialmente destruído



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na madrugada desta quinta-feira, um veículo Ford KA de cor cinza com registro criminal de Apropriação Indébita registrado na cidade de São José dos Pinhais (PR), na data de 29 de agosto de 2019.

A apreensão ocorreu durante uma abordagem do bloqueio policial para fiscalização na região de Sidrolândia (MS). O condutor desobedeceu à ordem de parada dos policiais e fugiu, em alta velocidade. Durante o acompanhamento tático, o veículo seguiu com os faróis apagados, por uma estrada vicinal.

Durante o acompanhamento tático o condutor perdeu o controle de direção e colidiu com uma cerca de arame às margens da estrada. Os policiais encontraram o veículo abandonado. A pessoa que o conduzia fugiu e não foi localizada.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Sidrolândia.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

“Operação Laburu” da Polícia Militar em conjunto com a Polícia Civil, SEMADUR e Vigilância Sanitária ocupam a região central de Campo Grande



Na data de hoje (24), o 1º Batalhão de Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, em conjunto com a Polícia Civil – 1º DP, SEMADUR e fiscais da Vigilância Sanitária, desencadearam a Operação Laburu, com objetivo de combater o uso e o tráfico de drogas nas imediações do antigo terminal rodoviário de Campo Grande e demais pontos sensíveis da área central, além da verificação de possíveis irregularidades em alguns hotéis localizados na região da antiga rodoviária.


Além do combate ao tráfico, a ação teve como objetivo fiscalizar determinados hotéis que serve de ponto de apoio para o tráfico de drogas e outros delitos, recapturar foragidos da justiça, apreender armas e outros objetos de crimes, além de promover uma maior sensação de segurança aos comerciantes e moradores locais. A operação teve início às 08h da manhã e encerrou às 12h.


Durante a Operação Laburu 69 pessoas em atitudes suspeitas foram abordadas, além de 22 veículos dentre carros e motos, 03 (três) indivíduos foram recapturados por estarem evadidos do sistema prisional, 02 (dois) indivíduos por portar drogas para consumo e 03 (três) hotéis foram notificados por estarem irregulares.



Assessoria de Comunicação do 1ºBPM

SUBA OS DEGRAUS E ESTENDA TUA MÃO

Procure sempre estar na vida das pessoas como a neblina está nos vales, como o orvalho das manhãs, como o horizonte está neste infinito sem fim.
Mesmo que muitas vezes estejamos cansados, viva cada dia com entusiasmo, amor naquilo que faz, dedicação e força de vontade.

Suba as escadas degrau por degrau não tenha pressa de chegar, estenda as mãos para próximo, reflita sempre sobre todas as ações para que consigas ir adquirindo experiências na certeza de que poderás fazer melhor e muito mais por todos.

Transforme as coisas pequenas em grandiosas, que encontremos  Deus na oração de bem servir e que tenhamos a sensibilidade de compreender que a felicidade consiste em ter uma vida singela, ao lado da família e amigos com saúde, equilíbrio e espiritualidade.

Não importa a distância que devemos percorrer para concluir nossa caminhada, mas sim a forma como iremos dar cada passo.

Que a cada passo possamos deixar registrado a alegria de viver e poder compartilhar o quanto a vida é bela quando aprendemos a partilhar e compartilhar com o nosso semelhante.

Que Deus nos ilumine nesta quinta-feira!

Coronel Rogério

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Novo estudo classifica Fábio Trad como um dos líderes do Congresso Nacional

Denominado "Elite Parlamentar", o estudo, divulgado hoje, qualifica o deputado como uma das 30 lideranças "informais" da Casa e “especialista”, parlamentar atuante e com capacitação específica para debates técnicos.


Trinta dias após ser eleito top-ten do Congresso em Foco, Fábio Trad novamente foi apontado como um dos deputados que integram a elite do legislativo e influenciam as decisões do Executivo e deixam sua marca no processo deliberativo do Congresso Nacional em 2019.

De acordo com a Arko Advice, empresa com 37 anos de experiência de análise política, Fábio Trad integra a "Elite Parlamentar", seleta lista de 30 deputados considerados “lideranças informais”, ou seja, que não estão previstas na estrutura de poder formal do Congresso Nacional. Em outras palavras, parlamentares que possuem qualificações pessoais ou decorrentes da representação de interesses de outros líderes políticos, grupos de pressão, bancadas de interesse ou, ainda, de outras expressões de poder da sociedade.

Único deputado do Mato Grosso do Sul entre os 30 citados, Fábio Trad é classificado pelo estudo como “especialista”, que possui qualificação específica para debater temas tais como assuntos jurídicos, infraestrutura, economia, entre outros. São conhecidos, na tipologia empregada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), como formuladores.

Ao todo, somando também as lideranças chamadas “formais”, a Elite Parlamentar é formada por 110 parlamentares, sendo 74 deputados federais e 36 senadores.
Trabalho de excelência –  Em 2019 o deputado federal Fábio Trad tornou-se o deputado sul-mato-grossense mais premiado da história, com dez reconhecimentos de quatro diferentes empresas e organizações.

Já em seu primeiro mandato (2011-2015) foi destaque na categoria especial “Parlamentares de Futuro” do Prêmio Congresso em Foco de 2012, ficando entre os cinco deputados com até 45 anos mais bem votados pelos internautas. Em 2018, Trad novamente figuraria entre os primeiros, desta vez na categoria especial “Defesa da Advocacia Pública”.

Em 2019 Fábio Trad recebeu dois prêmios do Congresso em Foco: “Valorização dos Bancos Públicos” e “Melhores Deputados Federais”, ficando entre os dez melhores deputados do Brasil, segundo júri especializado.

Outra instituição que periodicamente reconhece a atuação parlamentar de Fábio Trad desde seu primeiro mandato é o Diap. Constituída por quase mil entidades sindicais de trabalhadores de todos os estados do País, há 26 anos a instituição mapeia, a partir de critérios objetivos, os deputados e senadores que conduzem o processo decisório no Poder Legislativo. São os “100 Cabeças” que, segundo o Diap, detém mais habilidade para elaborar, interpretar, debater ou dominar regras e normas do processo decisório e político.

Em 2019, pela terceira vez (segunda seguida), o deputado Fábio Trad constou entre os 100 mais influentes do Congresso. Em sua primeira legislatura, em 2013, já figurava na lista dos “parlamentares em ascensão”, ou seja, aqueles com trajetória ascendente e que poderiam em breve fazer parte da elite do Poder Legislativo. Com destaque na mídia, em 2014 ele estreou na lista dos “100 mais” do Diap após entregar o novo Código de Processo Civil – sancionado no ano seguinte pela presidente Dilma Rousseff – presidindo por quase três anos a comissão especial na Câmara que debateu e redigiu um texto composto por mais de mil artigos.

O Diap divide os “100 Cabeças” em quatro aptidões, quais sejam a capacidade de articulação, debate, negociação e de formulação.  Entre os deputados mais influentes de 2019, somente 7 são formuladores, virtude considerada a mais rara do parlamento. Novamente, a exemplo de 2018, Trad foi apontado pelo Diap como um dos “formuladores”, os mais produtivos e, via de regra, “dotados de saber, qualidade intelectual e especialização”.

No ranqueamento do portal Políticos.Org, Fábio Trad encerrou 2018 com a maior pontuação entre os 594 representantes do Congresso Nacional (somados aí os 513 deputados e 81 senadores). Foram 143 pontos, um a mais que o segundo colocado, Eduardo Barbosa (PSDB-MG), com 142; e a senadora Ana Amélia (PP-RS), com 119.

“Ele teve atuação exemplar, tanto nos votos como nos pronunciamentos e, além dos critérios analisados no ranking, sempre mostrou-se muito coerente nos seus posicionamentos e pronunciamentos na tribuna. Esperamos que sirva de exemplo tanto aos (deputados) que estão entrando no Congresso como aos que vão continuar”, disse o diretor executivo do Ranking de Políticos, Renato Dias.

O portal Políticos.Org considera cinco critérios para a pontuação dos parlamentares, como a presença nas sessões e reuniões de comissão; nível de utilização de privilégios do cargo, como verba indenizatória; qualidade legislativa; processos judiciais; e formação universitária.

Pesou a seu favor também o fato de ser ficha limpa e não responder a nenhum processo judicial, além de apresentar um gasto de verba indenizatória abaixo da média geral dos demais parlamentares e abrir mão de privilégios inerentes ao cargo, como aposentadoria especial, apartamento funcional, carro oficial e auxílio-mudança.

Presença - Entre os 7% do Brasil – e único de Mato Grosso do Sul – com assiduidade máxima na Casa, o parlamentar esteve presente em todas as 64 sessões ordinárias e extraordinárias realizadas em 2018 no plenário da Câmara. Somente em 2019 já foram 86 sessões, nas quais Fábio Trad esteve em 100% das ocasiões. Nas 96 reuniões das comissões, 95 presenças.

Neste ano também foi um dos parlamentares que mais marcaram posição no plenário da Câmara sobre assuntos que mexem com a vida de milhões de brasileiros e brasileiras. Utilizou 73 vezes os microfones nas sessões, quase o triplo dos demais parlamentares do Mato Grosso do Sul somados (25). Nas comissões, fez 29 pronunciamentos, metade de toda a bancada sul-mato-grossense (somada).

Daniel Machado

Senador Nelsinho Trad é um dos três parlamentares de MS eleitos como Elite Parlamentar 2019



De 110 parlamentares, sendo 74 deputados federais e 36 senadores eleitos como lideranças no Congresso Nacional, três são de Mato Grosso do Sul. O senador Nelsinho Trad (PSD), a senadora Simone Tebet (MDB) e o deputado federal Fábio Trad (PSD) foram consagrados com o título Elite Parlamentar 2019 pela Arkos Advice, pesquisa divulgada nesta semana pela instituição.

O resultado da avaliação, segundo o analista da Arko Advice, um dos responsáveis pela publicação, se baseia na conceituação e identificação de “lideranças formais”, aquelas previstas na estrutura de poder da Câmara dos Deputados e do Senado Federal com atuação significativa e as “informais” sem esses cargos, porém atuantes. “O senador Nelsinho Trad se insere na Elite Parlamentar 2019, de acordo com nossa metodologia, na qualificação de liderança formal, visto que ele preside a Comissão de Relações Exteriores, uma das mais importantes da Casa face a agenda política do país”, explicou Queiroz.

Na presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), a senadora Simone Tebet também foi eleita liderança formal. “Nem todos os cargos formais qualificam seus ocupantes como líderes ou parlamentares influentes. Essa atribuição de influência se dá mediante a observação dos seguintes critérios: a) decisão sobre a agenda e encaminhamento de deliberações; b) liderança partidária com peso político segundo o número de liderados; c) presidência e relatoria das comissões nas quais tramitam as principais matérias da agenda legislativa no Congresso, podendo ser comissões especiais ou técnicas”, citou o analista Queiroz.

O deputado federal Fábio Trad conquistou o título de especialista como liderança informal. “Especialistas são parlamentares que possuem qualificação específica para debater temas tais como assuntos jurídicos; infraestrutura, economia, entre outros. São conhecidos, na tipologia empregada pelo Diap, como formuladores”, explicou Queiroz.

Para o senador Nelsinho Trad, o nome divulgado na Pesquisa Elite Parlamentar 2019 é a consequência do trabalho. “Como presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, venho defendendo os interesses do nosso Estado e país. Não falto a uma sessão e atendo a todos os embaixadores e representantes dos municípios de Mato Grosso do Sul”, enfatizou.

Neiba Ota

DOF prende três homens por furto de ração animal na região de Vicentina



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam, na noite de ontem (terça-feira), três homens que furtaram cinco bags de ração animal.

As prisões ocorreram assim que os policiais do DOF tomaram conhecimento do crime. Iniciaram patrulhamento e buscas na região, onde abordaram dois homens, que confessaram a prática delituosa juntamente com um terceiro envolvido.

Na residência do terceiro homem, os policiais localizaram uma camionete F4000 de cor prata utilizada no furto, que estava carregada com o produto. Durante buscas na região, a equipe localizou o terceiro envolvido, que assumiu sua participação junto aos dois primeiros abordados.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde os três homens foram autuados pelo crime de Furto.


O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Passageiro de ônibus foi preso pelo DOF transportando maconha



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam, na tarde de ontem (terça-feira), S. S. S. de 18 anos de idade com duas porções de uma substância entorpecente, aparentemente maconha, com peso total de 300 gramas.

A prisão ocorreu durante abordagens da Operação Hórus na região de Laguna Carapã (MS), a um ônibus de passageiros que fazia o itinerário entre Coronel Sapucaia e Dourados. O homem disse que saiu do presídio de Amambai, trocou seu aparelho de celular pelo entorpecente e que pretendia levá-lo até a cidade de Caarapó (MS).

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde o homem foi autuado por Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Foragido da Justiça foi capturado pelo DOF com crack em Dourados



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam, na noite de ontem (terça-feira), R. M. N. de 24 anos de idade com duas porções de uma substância entorpecente, aparentemente crack, com peso total de 18 gramas, mais a quantia de quatrocentos e doze reais em espécie.

A prisão ocorreu durante abordagens da Operação Hórus na cidade de Dourados (MS). Durante a checagem dos dados pessoais, juntos ao Sistema de Cadastro Criminal, os policiais localizaram um Mandado de Prisão a cumprir expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Dourados.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

FORTALECER O ESPÍRITO

Os sofrimentos fortalecem o nosso espírito, a reflexão trás consigo a essência da alma e toda ação positiva tem origem no amor incondicional, já a negativa vem da ambição.

Que procuremos nos desapegar das coisas buscando sempre na sabedoria, na iluminação e na capacidade de transformarmos nossas vidas fazendo o bem a cada amanhecer.

Precisamos acalmar nossos espíritos aplacando as aflições, tristezas e incertezas fazendo germinar em nós a real razão da nossa existência com ações positivas que nos trarão resultados extremamente positivos.

Que nossas emoções e sentimentos possam florescer em nossos corações frutificando sempre a alegria de viver, amar e sorrir para a vida e assim seguirmos pelas estradas com serenidade e equilíbrio sempre ouvindo mais, respeitando o próximo para seguirmos crescendo sob todos os aspectos.

Assim com os pés no chão, os sonhos transformando-se em realidade e a convicção de que ao fazermos as coisas boas com simplicidade estaremos indo no caminho correto da paz e do bem.

Que Deus ilumine para que juntos consigamos fazer o melhor para todos. 

Uma ótima quarta-feira!!

Coronel Rogério

terça-feira, 22 de outubro de 2019

DOF captura um foragido da Justiça em Ipezal

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) prenderam, na manhã desta terça-feira, C. S. R. de 24 anos de idade que estava foragido da Justiça pelo crime de Homicídio.

A prisão ocorreu durante o policiamento para fiscalização da Operação Hórus, na região de Ipezal (MS). Durante a checagem dos dados pessoais no Sistema de Cadastro Criminal, os policiais localizaram o Mandado de Prisão a cumprir expedido pela Comarca de Angélica (MS).

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Angélica.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Operação Hórus - DOF apreende cigarros contrabandeados e abandonados às margens de rodovia



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de ontem (segunda-feira), 192 pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai e que foram abandonados em sacos pretos às margens da rodovia.

A apreensão ocorreu durante o policiamento para fiscalização da Operação Hórus na faixa de fronteira. A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã (MS).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Pneus e cigarros contrabandeados do Paraguai foram apreendidos pelo DOF durante a Operação Hórus na região de Ponta Porã



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de ontem (segunda-feira), um veículo VW Gol de cor branca carregado com 48 pneus e 20 pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai.

A apreensão ocorreu durante abordagem do bloqueio policial para fiscalização, da Operação Hórus na região de Ponta Porã (MS). A condutora, G. S. A. de 23 anos de idade, disse aos policiais que foi contratada para pegar a mercadoria na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero e entregar em Campo Grande (MS).

A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã (MS), onde a mulher foi autuada por Contrabando.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

TURBULÊNCIAS: VAMOS ENFRENTÁ-LAS?



Contagie a vida, se anime e deixe fluir as coisas bonitas do interior irradiando para o mundo que nos rodeia.

Faça tudo com a alma sem medo de ser feliz. Se tiver turbulências, enfrente-as com sensibilidade, serenidade, sabedoria e fé.

Se algumas pessoas falam de você, não se preocupe, continue a falar sobre projetos que carregam a força do bem e que melhoram a qualidade de vida da sociedade.

O que realmente importa é fertilizar a terra, adubar, semear e deixar que a energia vital floresça no seu devido tempo, balançando as estruturas do mundo com a força do choque que rompe com o sistema ultrapassado e gasto pelo tempo, gerando impactos positivos e conectados com  pessoas que primam por um mundo novo, solidário e próspero.

Que Deus nos conceda a possibilidade de realizarmos as verdadeiras mudanças que emanam da alma e do coração.

Uma ótima terça-feira de luz e paz.

Coronel Rogério

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Uno carregado com caixas de essência para narguilé contrabandeadas do Paraguai foi apreendido pelo DOF



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã de sábado durante a Operação Hórus, um veículo Fiat Uno de cor azul e placas de Itaquiraí (MS) carregado com várias caixas de essência para narguilé contrabandeadas do Paraguai.

A apreensão ocorreu durante abordagem do bloqueio policial para fiscalização na região de Maracaju (MS). O condutor, J. A. F. V. de 35 anos de idade, disse que foi contratado como freteiro. A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Veículo que transportava 115 quilos de maconha com destino a São Paulo foi apreendido pelo DOF



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã desta segunda-feira, um veículo Fiat Strada de cor prata carregado com 147 volumes prensados de uma substância entorpecente, aparentemente maconha, com peso total de 115 quilos.

A apreensão ocorreu durante abordagens do bloqueio policial para fiscalização na região de Ivinhema (MS). 

O condutor, A. D. S. de 38 anos de idade, ao ser abordado pelos policiais disse que já teve passagem policial par tráfico de drogas e apresentou um alvará de soltura expedido pela Comarca de Itaquiraí (MS).

Durante a vistoria, os policiais localizaram o entorpecente escondido em compartimentos ocultos na carroceria do veículo. O homem disse que foi contratado para pegar o entorpecente em Naviraí (MS) e entregar na cidade de Teodoro Sampaio (SP). 

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema, onde o condutor foi autuado em flagrante pelo crime de Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Veículo furtado em São Paulo foi recuperado pelo DOF durante a Operação Hórus na região de Caarapó



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na noite de ontem (domingo), um veículo Chevrolet Agile de cor branca e placas de São Paulo (SP) com registro de Furto na cidade de Santo André (SP), no dia 26 de dezembro de 2018.

A apreensão ocorreu durante abordagens da Operação Hórus na região de Caarapó (MS). Os policiais deram a ordem de parada para três veículos. Os condutores desobedeceram e fugiram em alta velocidade. 

Durante o acompanhamento tático, os policiais abordaram o GM Agile, um Fiat Ideia, com placas de São Paulo (SP) e um Fiat Palio Weekend com placas de São Bernardo do Campo (SP). Os condutores disseram que foram contratados para entregarem os veículos na cidade de Amambai (MS).

Durante a checagem da numeração do chassi e motor dos veículos, os policiais descobriram o registro do Boletim de Ocorrência tendo o GM Agile como objeto de crime de Furto.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Caarapó, onde o condutor do Agile foi autuado por Receptação e os condutores do Fiat Idea e do Palio Weekend, por Desobediência.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Durante a Operação Hórus DOF apreende veículo com droga na região de Caarapó



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na noite de ontem, um veículo HB20 de cor preta e placas de Araraquara (SP) carregado com 32 volumes prensados de uma substância entorpecente, aparentemente maconha, com peso total de 29,4 quilos.

A apreensão ocorreu durante abordagens do bloqueio policial para fiscalização na região de Caarapó (MS). Inicialmente os policiais abordaram o condutor do HB20 preto onde encontraram o entorpecente. 

O suspeito disse que o condutor do veículo Fiat Punto vermelho, também com placas de Araraquara (SP), fazia o serviço de “batedor” sendo o responsável em repassar informações sobre o policiamento na rodovia.

A equipe iniciou um acompanhamento tático e conseguiu abordar o condutor do Fiat Punto em um posto de combustível, já na cidade de Dourados. 

O suspeito de 27 anos de idade confirmou ser o responsável em repassar informações sobre o policiamento na rodovia ao condutor do HB20 carregado com a droga.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde os dois homens foram autuados em flagrante pelo crime de Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Pneus contrabandeados do Paraguai foram apreendidos pelo DOF durante a Operação Hórus



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de ontem (domingo), um veículo Fiat Strada de cor branca e placas de Paraguaçu Paulista (SP) carregado com 30 pneus contrabandeados do Paraguai.

A apreensão ocorreu durante abordagem do bloqueio policial para fiscalização na região de Caarapó (MS). O condutor, um homem de 36 anos de idade, disse aos policiais comprou os pneus em Pedro Juan Caballero com a intenção de revendê-los na cidade de Paraguaçu Paulista. 

A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã (MS).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

PACIÊNCIA E BONDADE: ALIMENTOS DA ALMA



Quando temos vontade em fazer as coisas, sempre haverá um caminho a seguir. Tudo dependerá da nossa força interior, do nosso compromisso, do equilíbrio e da energia positiva em atingir as metas propostas.

A caminhada nos possibilita a oportunidade de criamos o nosso próprio ritmo e a certeza de que é possível completarmos nossa missão quando temos fé, amor, bondade e serenidade.

Por isto não é preciso ter pressa mas sim saber fazer esta caminhada com o espírito elevado, a força do nosso trabalho e o respeito a cada personagem que cruza em nossas vidas.

Vamos deixar fluir no coração a tolerância, a compreensão, a sabedoria e o respeito ao próximo.

Todos podemos mudar os destinos das nossas vidas ou manter aquilo que compreendemos que faz bem para o nosso espírito, afinal de contas cada mudança de percurso, cada passo a ser dado só depende de nós e da vontade em viver a vida na sua mais intensa plenitude de amor e alegrias.

Que Deus nos mostre o melhor caminho. Uma ótima segunda-feira e uma semana com muito diálogo, fé e paciência!!

Coronel Rogério

domingo, 20 de outubro de 2019

Veículo com mercadorias contrabandeadas do Paraguai foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus



Em detrimento da Operação Hórus, que conta com forças federais e forças do Estado de Mato Grosso do Sul, Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na madrugada deste domingo, um veículo GM Kadet Ipanema, com placas de Itaporã (MS) carregado com óculos, essência de narguilé, relógios e brinquedos de origem estrangeira, sem a documentação de regularidade fiscal e sanitária.

A apreensão ocorreu durante abordagem do bloqueio policial para fiscalização no município de Ponta Porã (MS). O condutor, J. R. S. de 36 anos de idade já foi autuado anteriormente pela mesma prática.

A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã (MS).

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp