quinta-feira, 30 de maio de 2019

Instrutora de projeto social da Polícia Militar realiza palestra sobre confecção de jogos pedagógicos em universidade


A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, por meio da Sargento PM Luciene de Fátima Oliveira Castro, instrutora do projeto social de educação para o trânsito do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, CEMATRAN, foi convidada para ministrar uma palestra sobre confecção de jogos pedagógicos aos alunos da Disciplina de Psicologia do Desenvolvimento do Curso de Licenciatura da Universidade Católica Dom Bosco. A palestra foi realizada na noite de ontem (29/05).

A sargento PM Luciene é bacharel em Educação artística pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e pós graduada em arte e educação pelo Libera Limes. Na conclusão da pós-graduação apresentou um trabalho sobre Arte e Trânsito: um aprendizado. Ela criou mais de 25 jogos didáticos para o projeto Cematran e nas ações sociais, as próprias crianças ensinam ao público e conscientizam por meio lúdico.



O educador do Curso de Licenciatura da UCDB, Professor Me. Renan da Cunha Soares Junior, destaca que o CEMATRAN é uma das referências na construção de jogos de temas transversais relacionados a cidadania e ao trânsito com a prática docente.

A policial militar destaca que a palestra direciona os jovens alunos que estão no início de preparação para o mercado de trabalho e muitas vezes precisam de idéias, de ações criativas para desenvolver o material que irão fazer em sala de aula, mostrando que a interação ajuda na parte prática.

A palestra já foi realizada na cidade de Bodoquena e para o público do Sest/Senat. Os jogos são conhecidos em todo estado pela prática educativa, transformadora e integradora na parte pedagógica.

Vale ressaltar que o Centro Educativo de Múltiplas Atividades de Trânsito – CEMATRAN, propicia ao aluno a percepção da importância do respeito às leis de trânsito, educar e orientar crianças e adolescentes, formando cidadãos que sejam multiplicadores na segurança no trânsito, participando de campanhas e blitz educativas, colaborando com as autoridades estaduais e municipais na educação para o trânsito.
Assessoria de Comunicação da PMMS

terça-feira, 28 de maio de 2019

28 de maio Aniversário do Departamento de Operações de Fronteira - DOF

Criado em 28 de maio de 1987, o Departamento de Operações de Fronteira – DOF tem demonstrado ser uma força essencial no enfrentamento aos crimes transfronteiriços, principalmente na prevenção e combate às diferentes formas de violência que são potencializadas pelo Tráfico de Drogas, Contrabando e Descaminho.

Para o trabalho de enfrentamento à criminalidade, desenvolvido pela SEJUSP/MS, o DOF cumpre um papel fundamental atuando, fortemente, tanto na Fronteira e na Faixa de Fronteira, que possuem locais de extrema dificuldade de alocação de recursos, como áreas rurais de difícil acesso e estradas vicinais que servem de rota alternativa para o crime organizado, como também nos 53 municípios sul-matogrossenses conflagrados combatendo, diuturna e incansavelmente, as mais diversas práticas delituosas.

O DOF é reconhecido nacionalmente, inclusive sendo modelo de polícia integrada e especializada nas atividades de policiamento em área de fronteira.

No mês em que completa 32 anos de existência, o DOF já acumula quase 40 toneladas de maconha; 43 quilos de cocaína; 113 quilos de Skank; mais de 66.000 pacotes de cigarro apreendidos; 250 pessoas conduzidas para o Sistema Prisional; 252 veículos apreendidos; 51 recuperados produtos de Roubos/Furtos; 30 armas de fogo; e, 571 munições de diversos calibres.

O Tenente-Coronel Marcos Paulo Gimenez - Diretor do DOF parabeniza todos os seus integrantes e ex-integrantes que, através do comprometimento, abnegação e resiliência construíram e ainda constroem uma Unidade de extremo valor desejando vida longa à Águia da Fronteira.