quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

SENAD apreende no Paraguai, mais de duas toneladas de cocaína de facções brasileiras

Droga estava com dois homens e uma mulher presos na região de Yby Yaú
a 90 km de Ponta Porã
Fardos de cocaína e dois dos três traficantes ao lado de agentes da Senad (Foto: Divulgação)

Agentes da SENAD (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai apreenderam 2.200 quilos de cocaína na tarde desta quarta-feira (6) na fronteira com o Brasil. A droga foi encontrada na zona rural de Yby Yaú, no Departamento de Concepción, a 90 km de Ponta Porã.

Três traficantes foram presos em flagrante e identificados:
  • Pánfilo Barrios
  • Mario Ramón Ibáñez López
  • Sandra Zunilda Coronel
Autoridades paraguaias acreditam que a droga, vinda da Bolívia, pertence a uma das facções criminosas brasileiras instaladas na fronteira com Mato Grosso do Sul.

Um detalhe chamou a atenção da polícia nessa apreensão, é que os pacotes de cocaína tem o selo da maçonaria.

Essa é a segunda grande apreensão de cocaína em menos de um mês na região. Em Janeiro, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu 940 quilos de cocaína na BR-463, em Ponta Porã.

A droga seria do PCC (Primeiro Comando da Capital) e do narcotraficante Sérgio de Arruda Quintiliano Neto, o Minotauro, preso segunda-feira (4) em Balneário Camboriú. Pistas surgidas após a apreensão ajudaram a Polícia Federal a localizar o bandido no litoral catarinense.

A apreensão desta quarta em Yby Yaú foi divulgada no Twitter pelo ministro chefe da SENAD, Arnaldo Giuzzio. Segundo ele, os presos são dois homens e uma mulher. Eles estão sendo levados para Assunción, a capital do Paraguai.

Nenhum comentário: