segunda-feira, 16 de setembro de 2019

DOF e CHOQUE apreenderam 800 quilos de maconha após perseguição e capotamento de caminhonete

Caso ocorreu no início da manhã desta segunda-feira (16) na MS-040, em Campo Grande
Traficante ainda não identificado capotou uma caminhonete Chevrolet S-10 no início da manhã desta segunda-feira (16) na MS-040, em Campo Grande, durante uma perseguição policial. O veículo estava carregado com aproximadamente 800 quilos de maconha.

De acordo com informações do Batalhão de Choque da Polícia Militar, a operação foi realizada em apoio ao DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e foi desencadeada após denúncia anônima.

Segundo a polícia, o traficante seguia sentido a cidade de Bataguassu por volta das 5h30, quando recebeu ordem de parada. Ele tentou fugir e, durante a perseguição, perdeu o controle da direção da caminhonete e capotou. Ele parou na entrada de uma chácara às margens da rodovia.

O traficante foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e escoltado por uma viatura do Choque. A caminhonete, que ficou totalmente destruída, estava carregada com aproximadamente 800 quilos de maconha. Os tabletes da droga ficaram espalhados no local.

Além do motorista da caminhonete, uma mulher de 25 anos e dois homens, de 22 e 32 anos, também foram presos. Eles seguiam um Renault Sandero e Fiat Strada como batedores. À polícia, o trio revelou que a droga seria levada para São Paulo.

DOF e CHOQUE apreenderam 800 quilos de maconha após perseguição e capotamento de caminhonete

Caso ocorreu no início da manhã desta segunda-feira (16) na MS-040, em Campo Grande
Traficante ainda não identificado capotou uma caminhonete Chevrolet S-10 no início da manhã desta segunda-feira (16) na MS-040, em Campo Grande, durante uma perseguição policial. O veículo estava carregado com aproximadamente 800 quilos de maconha.

De acordo com informações do Batalhão de Choque da Polícia Militar, a operação foi realizada em apoio ao DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e foi desencadeada após denúncia anônima.

Segundo a polícia, o traficante seguia sentido a cidade de Bataguassu por volta das 5h30, quando recebeu ordem de parada. Ele tentou fugir e, durante a perseguição, perdeu o controle da direção da caminhonete e capotou. Ele parou na entrada de uma chácara às margens da rodovia.

O traficante foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e escoltado por uma viatura do Choque. A caminhonete, que ficou totalmente destruída, estava carregada com aproximadamente 800 quilos de maconha. Os tabletes da droga ficaram espalhados no local.

Além do motorista da caminhonete, uma mulher de 25 anos e dois homens, de 22 e 32 anos, também foram presos. Eles seguiam um Renault Sandero e Fiat Strada como batedores. À polícia, o trio revelou que a droga seria levada para São Paulo.

SIMPLICIDADE PARA CRESCER

A cada novo dia a vida nos ensina o quanto devemos ter compreensão, serenidade e sabedoria para seguirmos pelo caminho.

Precisamos também compreender a nós mesmos, assimilar nossas limitações e buscar alcançar a realização pessoal e profissional sempre se pautando pelo respeito, sem querer ser melhor que o outro, mas simplesmente termos a possibilidade de participarmos de um projeto evolutivo, construtivo e democrático em prol da nossa sociedade.

Na verdade o que importa é trabalharmos em equipe, com espírito aberto e capaz de aprender e reaprender sempre num constante processo de ensino-aprendizagem.

Assim como o artesão que num pequeno pedaço de madeira o transforma numa bela escultura, consigamos neste dia seguir seu exemplo moldando nossas ações na prática de fazer o bem pelo bem inspirados na alegria, na dedicação e na força espiritual.

Que o entusiasmo, a energia positiva e a fé sejam fatores determinantes para que continuemos a trilhar pela estrada contemplando as formas de vida e reconstruindo as relações de amizade, companheirismo e de coletividade capazes de efetivamente povoar este deserto de insensatez, individualismo e indiferença num verdadeiro oásis de paz interior, tolerância e respeito ao próximo.

Que Deus ilumine nossa jornada!!! 

Uma ótima segunda-feira e uma semana de muitas realizações.

Coronel Rogério

domingo, 15 de setembro de 2019

Fabio Trad defende uma reforma prisional mais abrangente junto ao projeto de lei que acaba com "cela especial"

Deputado federal Fábio Trad comentou o projeto em discussão na CCJ, sob a presidência da senadora Simone Tebet
Para o deputado federal Fábio Trad, do PSD de Mato Grosso do Sul, antes de definir o projeto que tira a cela especial os congressistas deviam se debruçar em uma reforma abrangente no sistema penitenciário do país.

A proposta é examinada pela CCJ (Comissão de Constituição de Justiça), colegiado conduzido pela senadora sul-mato-grossense Simone Tebet, do MDB. Dali, o projeto pode seguir direto para a análise da Câmara dos Deputados.

Hoje, a lei diz que o encarceramento especial do criminoso com curso superior (cela separada dos presos comuns) é possível enquanto o preso não for definitivamente condenado. A medida se estende aos governadores, prefeitos, parlamentares, magistrados e oficiais militares.

Autor da proposta, o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) acha que a lei em vigor, criada em 1941, quase 80 anos atrás, fortalece as desigualdades.

“Conceder esse privilégio pelo simples fato de se ter um diploma de nível superior é dizer a maior parcela da população brasileira, constituída de analfabetos, pessoas que estudaram até o ensino fundamental ou até o nível médio, que elas são inferiores à camada privilegiada da sociedade, que teve acesso ao ensino superior”, disse à Agência Senado.

Já o deputado federal Fábio Trad disse que “antes de tratarmos das prisões dos “doutores”, precisamos enfrentar a questão da “ppp” [parceria público-privada (quando uma empresa particular administra o serviço público)] do sistema penitenciário”.

Ele afirmou também que “o STF (Supremo Tribunal Federal) já declarou o sistema prisional brasileiro inconstitucional, de maneira que defendo uma ampla reforma no sistema penitenciário brasileiro para que todas as pessoas, independentemente de cor, raça, cultura, orientação sexual, instrução e religião, tenham direito a privação da liberdade em uma situação que respeite a sua dignidade como ser humano”.

O TopMídiaNews, tentou, em Brasília, ouvir mais parlamentares da bancada de MS, mas até o fechamento desse material, não tinham retornado.

Celso Bejarano - Top Mídia News 

sábado, 14 de setembro de 2019

Veículo carregado com maconha que seguia para o Espírito Santo foi apreendido pelo DOF em Ponta Porã

A prisão dos dois ocupantes do veículo ocorreu durante abordagem do policiamento para fiscalização na cidade de Ponta Porã (MS). G. N. A. (24) e R. A. S. (25) apresentaram versões controversas sobre a vinda do Estado do Espírito Santo até o local. Durante a vistoria no veículo, os policiais descobriram a droga em compartimentos ocultos. Os dois homens presos disseram que o entorpecente pertencia a uma pessoa no Espírito Santo e que foram contratados para entregar o veículo e a droga em seu Estado de origem.

Os Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) fizeram a apreensão, na noite de quinta-feira, o veículo Fiat Stilo carregado com vários volumes prensados de maconha, com peso total de 38,4 quilos, juntamente com os dois autores foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã, onde foram autuados em flagrante pelo crime de Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Casal em Van transportando droga para São Paulo foram presos pelo DOF na saída de Ponta Porã

As prisões ocorreram durante o bloqueio para fiscalização na região de Ponta Porã (MS). O veículo Van transportava passageiros com itinerário de Ponta Porã a Campo Grande (MS). Durante a vistoria no nas bagagens, os Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) localizaram duas malas com a droga e prenderam em flagrante, na noite de quarta-feira, M. M. S. (40) e M. M. B. (27) transportando vários volumes prensados de maconha, e de skank.

O homem de 40 anos transportava uma mala com 13,4 Kg de maconha e 7,5 Kg de Skank e disse que foi contratado para entregar na cidade de Sorocaba (SP). A mulher de 27 anos disse que foi contratada para entregar a mala com 20,2 Kg de maconha em São Paulo (SP). Ambos pegaram o entorpecente na linha de fronteira de Ponta Porã com Pedro Juan Caballero.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã, onde o casal foi autuado em flagrante pelo crime de Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Escort carregado com cigarros e pneus contrabandeados do Paraguai foi apreendido pelo DOF

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde de quarta-feira, um veículo Ford Escort carregado com 162 pacotes de cigarros e 31 pneus contrabandeados do Paraguai e sem a documentação de regularidade fiscal e sanitária.

A apreensão ocorreu durante o bloqueio para fiscalização na região de Maracaju (MS). A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Polícia Militar Ambiental autuou 17 incendiários e multas ultrapassam R$ 1,8 milhões

Provocar incêndio em matas ou florestas já gerou um total de R$ 1.834.794,65 em multas, além de 17 autuações, entre pessoas físicas e jurídicas, neste ano em Mato Grosso do Sul, segundo balanço divulgado hoje (12) pela Polícia Militar Ambiental (PMA). O governo do Estado decretou, ontem, estado de emergência em razão do avanço do número de focos de queimadas este mês.

Conforme a PMA, de janeiro até hoje, queimada provocado por ação humana incendiou área de 1.508 hectares em 11 municípios do Estado, sendo 1.085 hectares foram em canaviais, 290 hectares em pastagem, 63 hectares em área de vegetação protegida de preservação permanente (APP) e 60 hectares em vegetação nativa comum.

Das 17 autuações, cinco foram por incêndio no perímetro urbano.

Município de Batayporã é onde foram aplicadas maiores multas, totalizando R$ 953 mil, com 28 queimadas em Área de Preservação Permanente e 812 em canaviais.

Na sequencia, aparece Aral Moreira, com incêndios que destruíram 34,11 APPs e 87,7 pastos, gerando multa de R$ 323 mil.

Corumbá, que concentra o maior número de focos de queimadas no Estado, não teve muitas multas aplicadas, somando R$ 32 mil, a maioria por provocar incêndio em área de vegetação nativa.

Também foram aplicadas multas nos municípios de Bela Vista ( 1.254,65), Dourados (R$ 3.540,00), Campo Grande (R$ 2 mil), Três Lagoas (R$ 10 mil), Nova Alvorada do Sul (R$ 273 mil), Bonito (R$ 224 mil) e Jaraguari (R$ 8 mil).

Além de mata, provocar incêndio em mata ou floresta pode gerar prisão em flagrante, com pena prevista de dois a quatro anos de reclusão. A multa varia é de R$ 1 mil por hectare ou fração em área agropastoril, ou vegetação não protegida por lei, e R$ 5 mil por hectare em vegetação protegida.

Tanto no perímetro rural como urbano, o infrator também poderá responder por crime de poluição, com pena prevista de um a quatro anos de reclusão, bem como ser multado administrativamente entre R$ 5 mil e R$ 50 mil. Em todos os casos, os infratores poderão sofrer ação civil para reparação dos danos ambientais

RESPONSABILIZAÇÃO

Conforme a PMA, o trabalho é criterioso para punir os verdadeiros culpados pelos incêndios, tendo em vista que muitos proprietários rurais têm as fazendas atingidas por incêndios originários de margens de estradas, muitas vezes colocados por outras pessoas ou alguém que quer executar a limpeza ilegal do terreno com fogo.

Ainda segundo a Polícia Ambiental, desde o dia 9 deste mês as equipes realizam levantamento em área de 1.181 hectares, entre área agropastoril e vegetação nativa, no sentido de localizar o possível culpado e autuá-lo.

Durante o período de estiagem, de 1º de julho a 30 de setembro, os órgãos ambientais não expedem licença para a queima controlada em Mato Grosso do Sul, estendendo-se até 31 de outubro no Pantanal. Além disso, nenhum município autoriza realização de queima em perímetro urbano em qualquer período.

SER FELIZ: DEPENDE DE VOCÊ



A reflexão é um momento sublime na qual podemos rever, repensar e reestruturar nossas vidas. 

O caminho é uma jornada longa na qual devemos realizar todos os dias uma reflexão profunda do que somos, queremos e almejamos.

De toda sorte que ao fazermos nossas próprias escolhas pautadas na livre convicção do nosso pensamento consigamos concretizar a cada instante num verdadeiro processo contínuo de grandes aprendizagens e ensinamentos, sempre fazendo o bem.

Cada um pode e deve buscar dentro de si a própria felicidade e não projetar nos outros o que realmente gostaria de fazer ou deixou de fazer por motivos diversos. 

Ser feliz é poder estar de bem consigo próprio, crescendo na essência da vida e transmitindo aos outros o quanto podemos ser solidários, fraternos e inclusivos.

Que neste alvorecer possamos agradecer a Deus por todas as experiências que já tivemos boas ou ruins, pela alegria de poder estar junto à família, colegas e amigos e assim desfrutar o sabor da vida nas suas mais diferentes formas.

Que na reflexão possamos reestabelecer o equilíbrio, a fé e a paz interior para seguirmos unidos pelo bem comum.

Ótima quinta-feira de luz, paz e bem.

Coronel Rogério

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Senador Nelson Trad defende projeto que coloca no mesmo nível em salas de audiência: juízes, promotores e advogados

Parlamentar sul-mato-grossense relatou proposta que defende igualdade no Judiciário e recebeu elogios de advogados da CCJ


O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) apresentou nesta manhã o relatório para aprovação do projeto de lei 3528, de 2019, de autoria do deputado federal Carlos Bezerra (MDB/MT) que prevê normas sobre a posição topográfica dos advogados durante audiências de instrução e julgamento. “Defendo o tratamento igualitário no Poder Judiciário, conforme a lei da isonomia na Constituição Federal”, afirmou o senador Nelsinho Trad. 

No projeto, se altera o artigo 6º da Lei nº 8.906, de 4 de julho de 1994, que dispõe sobre o Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). 

Assim, ficarão estabelecidas normas sobre a posição topográfica dos advogados durante audiências de instrução e julgamento. “Nos procedimentos de jurisdição contenciosa ou voluntária, os advogados do autor e do requerido devem permanecer no mesmo plano topográfico e em posição equidistante em relação ao magistrado que as presidir,” citou o relator do projeto, Nelsinho Trad, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Após a leitura da proposta, o senador Rogério Carvalho (PT/SE) declarou apoio a alteração. “O advogado, o promotor e o juiz devem ter as mesmas prerrogativas no processo, não pode ocorrer desrespeito a função. Eu sou médico e parabenizo o senador Nelsinho, também, médico por ser o relator desse projeto, não há garantia de direito sem isonomia de condição de defesa”, enfatizou. 

Para a presidente da CCJ no Senado, senadora Simone Tebet (MDB/MS) o projeto não é para o advogado e, sim, “à defesa do defensor”. “Parabenizo o senador Nelsinho Trad, é de grande relevância os princípios que devem ser preservados”, destacou a senadora. 
O relatório foi aprovado pela comissão com elogios dos advogados da CCJ, além da senadora Simone, o senador de Minas Gerais, Rodrigo Pacheco, enalteceu esse parecer. Agora, segue para discussão no plenário. Caso seja aprovado, deverá retornar à Câmara federal para se tornar lei.
Neiba Ota

AME-MS participa de l Simpósio de Direito Militar do Conesul

Nesta terça e quarta-feira (10 e 11), o Diretor de Relações Institucionais da ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DE MATO GROSSO DO SUL, AME-MS, Antonio Ramos de Oliveira está representando a entidade no  I Simpósio de Direito Militar do Conesul. que   acontece em Dourados.


O objetivo do Simpósio é difundir a ciência, aperfeiçoar a atuação do advogado Militar, do agente público operador do Direito e de que trabalha no meio. A participação AME-MS tem por objetivo, absorver novos conhecimentos, para com isto, melhorar cada vez mais o atendimento jurídico junto a seus associados.

Diversos temas e problemáticas relacionados à Segurança Pública estão sendo  debatidos, e os palestrantes convidados são oriundos de quatro Estados diferentes da federação, são eles: Presidente da Comissão de Direito Militar da 4ª Subseção, Advogado Douglas Patrick Hammastrom; Ministro do Superior Tribunal Militar, General do Exército Odilson Sampaio Benzi; Promotor de Justiça MG, Doutor em Ciências Jurídico-Sociais Joaquim José Miranda Júnior; e Diretor-Presidente do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisa de Direito Militar (INBRADIM), Murilo Ferreira dos Santos.

A evento foi organizado pela 4ª Subseção Dourados/Itaporã, por meio da Comissão de Direito Militar, da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul.

Assessoria de comunicação da AME-MS

Tenente Monaco recebe comenda do Mérito Policial Militar em evento na ALMS



Na noite desta terça-feira (10) durante sessão solene na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS). O presidente da ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DE MATO GROSSO DO SUL, AME-MS, Thiago Mônaco Marques foi agraciado com a Medalha “Jair da Cruz Abreu Holsbach”.


A comenda é concedida a homens e mulheres integrantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso do Sul que se destacam pelo profissionalismo e em reconhecimento aos bons serviços prestados ao povo sul-mato-grossense.


O proponente do evento foi o vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e de Defesa Social, Deputado Cabo Almi, onde um total de 40 pessoas foram agraciadas com a Medalha.


“Quero parabenizar vocês que abdicam de tantas coisas em nome da nossa sociedade. Quando vejo vocês recebendo essa medalha, é uma forma de eternizar a memória do meu pai “, afirmou Anderson Leão Nogueira Holsbach que é filho do Sargento que dá nome à medalha (militar falecido em 1989).
“Obrigado Senhor pela disposição em lutar pela segurança das pessoas e obrigado ao amigo Deputado Cabo Almi pela indicação”, declarou Thiago Monaco.

Assessoria de comunicação da AME-MS

LUTE POR UM MUNDO MELHOR



Quantas lutas já tivemos nesta estrada, quantas amizades construirmos e quantos sonhos já realizamos.
Alguns não tem ideia de que cada tijolo erguido foi forjado com suor, trabalho, amor e dedicação dia após dia.

Assim seguimos a jornada com suas saliências, depressões, curvas perigosas e pedras, mas na certeza de que com determinação, foco e respeito estaremos sempre na trilha certa.

Não podemos perder tempo com aqueles que não criam, inovam e constroem projetos de vida para melhorar a qualidade vida de todos.

Nem devemos ficar esperando que tudo aconteça, devemos sim criar novos caminhos, novos horizontes, enfim a luta continua com perseverança, concentração, humildade e a capacidade para revigorar nossas forças, mesmo quando pensamos que o mundo está contra nós, na verdade é aí que o ser humano consegue acreditar em si e superar seus próprios limites.

Acredite sempre que o amor, a fé e a esperança estão dentro de nós e devemos apenas irradiar para o mundo o quanto a vida é bela para ser vivida na sua plenitude.
Que Deus ilumine nossa jornada.

Uma ótima quarta-feira com muitas alegrias.

Coronel Rogério

terça-feira, 10 de setembro de 2019

Ecosport furtado e “entupido” com mais de 800 quilos de maconha caiu nas garras do DOF



A apreensão ocorreu durante o policiamento para fiscalização em uma estrada vicinal na região de Iguatemi (MS). Ao perceber a presença policial, os dois ocupantes do Ecosport abandonaram o veículo e se esconderam na vegetação às margens da estrada.


Os Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) fizeram essa apreensão, na manhã desta segunda-feira (9), o veículo Ford Ecosport de cor preta carregado com os 33 fardos de maconha, totalizaram o peso de 844 quilos.


Logo em seguida um homem de 23 anos de idade, condutor de uma motocicleta Honda CG 150 de cor preta foi abordado e disse que foi contratado como batedor de estrada para o veículo Ecosport e que a comunicação com os ocupantes do Ecosport, era através de aparelhos de rádio comunicador; que pegaram o veículo, já com a droga, na cidade de Coronel Sapucaia (MS) e entregariam em Itaquiraí (MS).


Durante as buscas pelos dois fugitivos houve troca de tiros com os policiais e os dois homens foram alvejados e, imediatamente, levados até o Hospital Municipal de Iguatemi onde foram atendidos, mas não resistiram aos ferimentos. Foram apreendidos um revólver Taurus com seis capsulas deflagradas, um revólver Rossi com cinco capsulas deflagradas, dois rádios de comunicação além do entorpecente já mencionado.

Durante a checagem da numeração de chassi e motor, os policiais descobriram um registro de Roubo/Furto do veículo Ecosport, bem como a placa adulterada da motocicleta e a numeração de seu chassi, raspada. Os ocupantes do veículo Ecosport não portavam documentação de identificação. 

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron) onde o condutor da motocicleta foi ouvido e autuado, em flagrante, pelo crime de Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

PARA HOJE: ARCA



Para hoje tenho uma caminhada incrível a realizar vencendo as angústias, aflições, rancores e buscando na profundidade do meu ser encontrar a paz profunda, o sossego desejado e a simplicidade para perceber aquilo que serei capaz de fazer.

Para hoje sei que cada milésimo de segundo desaparece rapidamente, então preciso saborear os momentos da vida com a alma, a mente e o coração dispostos a viver ao máximo sempre buscando fazer o bem.

Para hoje renovo meu espírito na luta constante pela justiça social e o bem comum, sei que é difícil, nunca impossível.

Para hoje deixo aqui registrado aos meus amigos e amigas a ARCA - uma Atitude Real de Carinho e Amor  - conectada de alma para alma na certeza de que juntos estamos fazendo o melhor. 

Uma ótima terça-feira para sentir a luz e a alegria do bem viver.

Que Deus abençoe nossa jornada de lutas diárias!!

Coronel Rogério

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

Caminhão carregado com quase meia tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF em Ponta Porã



apreensão ocorreu durante uma abordagem do bloqueio policial para fiscalização, na região de Ponta Porã (MS). O traficante, N. C. R. de 51 anos de idade, disse aos policiais que veio de Minas Gerais até Ponta Porã para fazer uma mudança. Durante a vistoria no interior do compartimento de cargas, os policiais localizaram o entorpecente dentro de caixas de isopor.


Os Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) fizeram essa apreensão, na manhã desta segunda-feira, o Caminhão Mercedes-Benz carregado com 16 fardos de volumes prensados maconha, com peso total de 438,700 quilos foram entregues na Delegacia da Polícia Federal de Ponta Porã, onde o traficante foi autuado, em flagrante.


O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
 
Assecom/DOF/Sejusp

VIVA O AQUI E AGORA



A dinâmica da vida é como os ponteiros de um relógio que giram marcando o tempo e a história das nossas vidas.

A fase mais marcante da vida de cada um é aquela na qual estamos vivendo, o aqui e o agora nada mais, passado ou futuro apenas ficam nas lembranças ou projetos.

O que realmente importa é saborearmos estes dias com o alvorecer e o pôr-do-sol, com os espinhos que escondem as belas flores do nosso jardim, com o fortalecimento das amizades e com a capacidade de olharmos a grandeza do Universo e tudo o que ele nos oferece.

Cada novo dia, uma nova história quando procuramos colocar nossos projetos de vida em prática com muita dedicação, empenho, fé e serenidade.

Somos impelidos pela força dos ventos, da natureza, das tempestades a seguirmos adiante pelas estradas e a cada obstáculo vencido surge um novo aprendizado que poderemos utilizá-lo mais adiante.

Que possamos aproveitar as energias positivas, a alegria de viver, o amor, a doação e o respeito ao próximo para trilharmos sempre no caminho da fé, do bem e da paz.

Lembre-se daqui nada levaremos, e o relógio da vida não para de girar, então faça o bem e viva intensamente.

Que Deus ilumine nossa jornada de lutas diárias. 
Uma ótima segunda-feira e um semana sensacional.

Coronel Rogério

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

AME-MS EM AÇÃO: Associado absolvido na Justiça Militar

Um associado procurou a ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DE MATO GROSSO DO SUL, AME-MS após ter sido denunciado na Justiça Militar Estadual, por falsidade ideológica e inobservância.

Com estas informações, o Departamento Jurídico da entidade trabalhou em favor do sócio, demonstrando nos autos, que a peça acusatória em que se basearam as imputações de supostas infrações penais, feitas em desfavor do associado, eram inconsistentes

A defesa, pontuou que as provas coligidas nos autos não comprovam inconcussamente que o réu praticou a conduta penal insculpida que não existia provas suficientes que sustentassem qualquer tipo de condenação.

Como resultado dos trabalhos da AME-MS, a Justiça Militar Estadual decidiu, pela absolvição do associado julgando improcedente as acusações.

O Departamento Jurídico da entidade tem trabalhado incansavelmente em diversas ações coletivas e individuais na defesa dos interesses dos associados.

Visando preservar direitos fundamentais e prerrogativas da profissão, a associação conta também, com a Comissão de Direitos Humanos da entidade, CDH AME-MS que acompanha casos que envolvam militares estaduais.

Polícia Militar Ambiental autua em R$ 4,5 mil proprietário rural por exploração ilegal de madeira

Em uma operação nas propriedades rurais do município de Paranaíba, Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado autuaram ontem (5) à tarde, um proprietário rural por exploração ilegal de madeira em sua propriedade.

O infrator realizou na fazenda o corte de 15 árvores da espécie aroeira sem autorização ambiental e exploraria a madeira. Ele ainda não havia iniciado a transformação das toras e galhos das árvores, porém, a madeira foi apreendida.

O pecuarista (65), com domicílio jurídico em São José do Rio Preto (SP), foi autuado administrativamente e multado em R$ 4.500,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de seis meses a um ano de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS - (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Polícia Militar prende trio de traficantes com dez quilos de maconha e materiais eletrônicos sem procedência

Por volta das 17h30min desta quinta-feira (5) uma equipe da Força Tática do 10º Batalhão de Polícia Militar prendeu três traficantes, de 30, 34 e 37 anos, no bairro Dom Antônio Barbosa, por tráfico de drogas, após localizar em posse dos mesmos 15 tabletes de maconha, totalizando 10,350 quilos.

Os policiais faziam rondas pela região do grande Lageado quando abordaram a condutora de uma motocicleta e encontraram com esta quatro tabletes de maconha que a mesma disse estar levando até o bairro Caiobá a pedido de seu namorado que se encontra preso e que teria adquirido o produto em um endereço localizado na rua Adelaide Maia de Figueiredo. No local indicado os policiais localizaram um casal, verificando que ambos se encontravam foragidos da justiça, e encontraram enterrado no quintal da casa mais 8,350 quilos de maconha, divididos em 13 tabletes.


Na residência havia ainda aparelhos de TV, diversos aparelhos de telefone celular e caixas de som, cuja procedência os autores não souberam informar. Diante dos fatos os autores receberam voz de prisão e foram conduzidos até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Piratininga, e a droga encaminhada até a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar).

Mude a Vida com 30 minutos de atividade intensa por dia

Coach e treinador físico Eder Wagner lança o desafio para quem deseja emagrecer até o verão

Faltam dois meses para chegada da estação mais quente, nessa época as academias e os parques começam a ficar lotados.  As pessoas investem em exercícios para obterem o corpo "esbelto" para os passeios e festas de fim de ano. 



O coach e treinador físico, Eder Wagner, especialista em emagrecimento e alta performance, alerta que o ideal é emagrecer em média no máximo 2kg por semana. "A redução de peso entra na rotina e não pode ser radical, de preferência associada à atividade física", comentou.

Para atingir o objetivo, Eder Wagner sugere usar a mente a favor e montar estratégias. "Você espera perder 10kg, divida esses 10kg em 16 semanas. Você precisará, então, perder 625 gramas por semana. Essa será a sua meta. Fica mais fácil e saudável. Quando chegar o fim de ano, você terá cumprido sua meta, explica.

"Quem pratica esporte, sente a superação de seus limites e tem a sensação de prazer! Apenas 30 minutos de exercícios fazem a diferença”, disse Eder Wagner.



Transformação

A funcionária pública Renata Clotilde Zanda Bodstein, de 42 anos, enfrentou trombose cerebral em 2014. Ela estava obesa e estressada. Após essa experiência, decidiu tomar atitudes saudáveis e, aos poucos, começou a se exercitar.



Em 2017, Renata aceitou o desafio da W30 de meia-hora de atividade intensa de segunda à sexta. De 78kg, a servidora passou para 64kg e aprendeu, segundo ela, lições para vida toda. “A mudança está em você, só você pode ganhar disciplina, emagrecer, ter equilíbrio e saúde; esses 30 minutos transformaram a minha vida”, diz Renata.

JUNTOS POR UM MUNDO MELHOR



Precisamos aproveitar cada instante de nossas vidas com alegria e compreensão, buscando aperfeiçoar nosso modo de ser e existir na certeza de que assim estaremos vivendo cada dia com intensidade, amor, fé e sabedoria na construção de um mundo melhor. 

A caminhada é longa e frutífera mas se soubermos assimilar as experiências vividas e vivenciadas com serenidade reaprenderemos a enxergar o mundo com uma nova perspectiva.

Fazer o bem é uma forma de expressar nossa gratidão por termos a possibilidade de contribuirmos no processo de transformação para uma sociedade solidária, inclusiva, fraterna e participativa.

Uma excelente sexta-feira, um ótimo feriado e que Deus ilumine nosso caminho.

Coronel Rogério

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Nota da AME-MS sobre a mudança de jornada de trabalho dos servidores públicos

A ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DE MATO GROSSO DO SUL vem a público, manifestar solidariedade a todo funcionalismo público estadual, que através de seus representantes, moveram ação judicial, questionando a alteração da jornada de trabalho de seis horas para oito horas diárias, sem a devida contrapartida por parte do Governo do Estado.

Nesta quarta (4), no TJMS, quatro dos doze desembargadores, se posicionaram favoravelmente a causa dos servidores estaduais, que, desde 1º de julho, estão cumprindo a jornada de oito horas diárias, porém após pedido de vistas, o mérito da ação será julgada em data posterior.

A AME-MS entende que houve sim uma vitória parcial e espera que os demais Desembargadores, façam justiça e cumpram a Constituição Brasileira, pois a atitude do Executivo de aumentar a carga horária, sem dar as condições dignas de trabalho, sem reciprocidade financeira concernente, sem a devida estrutura para que os trabalhadores possam fazer suas refeições, “fere de morte” Direitos Constitucionais.

Enfim, a Diretoria da entidade, manifesta apoio total e irrestrito ao funcionalismo público de MS, e estaremos atentos e ombreados com os demais sindicatos que defendem os direitos dos servidores públicos de Mato Grosso do Sul.

[Opinião] “Censura na ALMS !”: Deputados querem proibir o cidadão de usar a tribuna

Nesta quarta (04) os Deputados Estaduais da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) aprovaram por dez votos favoráveis e oito contrários em primeira votação o projeto de lei que pode proibir o uso da tribuna da casa de leis, por cidadãos ‘comuns’.

Nesta primeira votação, é verificada a constitucionalidade do projeto, e segundo o texto aprovado, apenas deputados poderão usar a palavra em nome de entidades, sindicatos, organizações, representantes de classes, movimentos sociais e populares, pelo período improrrogável de até 15 minutos.

Além disso, não será permitido o uso da tribuna quando a matéria não disser respeito, direta ou indiretamente, ao Estado. Agora, a proposta deverá ser votada para análise de mérito para ser sancionada ou não.

“Cercear aqueles que representam a sociedade civil organizada através das organizações é um absurdo! Nós representantes de categorias, quando usamos a tribuna da casa de leis, buscamos apoio dos Deputados, e em nossa fala, por várias vezes, tornamos público a omissão do Estado em nos conceder direitos constitucionais, como por exemplo a reposição inflacionaria, que há cinco anos nos é tolhida. Por isso não concordamos com este projeto totalmente antidemocrático. ” Pontuou Thiago Monaco, presidente da Associação dos Militares Estaduais de MS (AME-MS).

GM Classic carregado com cocaína foi apreendido pelo DOF na região de Ponta Porã



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde desta terça-feira, um veículo GM Classic com placas de Ribeirão Preto (SP) carregado com 42 quilos de pasta base de cocaína e 10,5 quilos de cocaína.

A apreensão ocorreu durante uma abordagem do bloqueio policial para fiscalização, na região de Ponta Porã (MS). O veículo seguia de Ponta Porã para Maracaju. Durante a vistoria, os policiais descobriram compartimentos ocultos com o entorpecente.

O traficante , G. P. P. C. L. de 20 anos de idade, disse que foi contratado para pegar o veículo, já com a droga, em Ponta Porã e levá-lo até Campo Grande (MS).

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde o infrator da Lei foi autuado, em flagrante, pelo crime de Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

Gol carregado de contrabando do Paraguai foi apreendido pelo DOF na região de Dourados



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na manhã desta quinta-feira, um veículo VW Gol branco carregados com 115 garrafas de bebida alcoólica, 120 pacotes de cigarros e 10 pneus, adquiridos no Paraguai sem a documentação de regularidade fiscal.

A apreensão ocorreu durante abordagem do policiamento para fiscalização no perímetro urbano de Dourados (MS). O veículo e a mercadoria foram entregues na Defron, para posterior encaminhamento à Receita Federal de Ponta Porã. Após ser ouvido J. P. M. de 35 anos de idade, foi liberado.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

VOCÊ PODE, VOCÊ CONSEGUE

Tudo pode acontecer durante nossa caminhada, mas quando aprendemos a compreender o outro, dialogar, ter respeito ao próximo e contribuir na construção da nossa sociedade estaremos assimilando os melhores ensinamentos que a vida pode nos oferecer.

Adquirir a capacidade da perseverança, da bondade e da sabedoria demonstra que podemos conviver em harmonia com todos e subir degrau por degrau sem a necessidade de passar por cima e ainda temos a possibilidade de estender a mão para que outros consigam subir os degraus com fé, tolerância e amor.

Nesta breve jornada precisamos compreender que tudo é passageiro, que o ontem já passou e viver o aqui e agora fazendo o bem, apenas o bem será muito gratificante, produtivo e contagiante.

Que a caminhada seja voltada para a compreensão da real razão da nossa existência, que nossos gestos, atos e atitudes sejam materializados pela constância da prática do bem e que os nossos sonhos se tornem realidade quando efetivamente contribuírem para o benefício de todos.

Que o amor incondicional pela vida nos possibilite a cada manhã germinar nos corações as sementes da concórdia, da paz interior e da fé na certeza de que juntos seremos fortes para caminharmos unidos na busca incessante da esperança e da paz.

Que Deus com sua infinita bondade desarme o coração das pessoas e alimente sua alma para a construção contínua de uma sociedade inclusiva, solidária e fraterna.

“Tente mover o mundo - o primeiro passo será mover a si mesmo.” Platão 

Uma ótima quinta-feira!!

Coronel Rogério

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Presidente da AME-MS participa de reunião com o Governo de MS sobre calendário de promoções e cursos para os militares estaduais



Na manhã desta quarta (4) o presidente da Associação dos Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul, Thiago Monaco Marques, compareceu a uma reunião na Secretária de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), juntamente com as demais lideranças representativas das Associações dos policiais militares e bombeiros militares, e dos Comandantes Gerais do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar.

Na reunião, representando o Governo, o Secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov) Eduardo Corrêa Riedel e a pauta versou sobre o andamento das publicações dos processos de promoção dos integrantes das corporações, que estão atrasadas.

Foi exposto aos presentes um calendário de Publicação das promoções e cursos:

PMMS

Praças
As promoções referente a dezembro de 2018 e abril de 2019, serão publicadas ainda nesta semana;
Referente a junho de 2019, serão publicadas até o final do ano.

Oficiais
As promoções referente a dezembro de 2018, serão publicadas ainda este ano;
Referentes a abril, junho, setembro e dezembro de 2019 serão publicadas até abril de 2020;
*Curso de Formação de Sargentos- (CFS/PMMS) Abertura de um curso até o final do ano;
* Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS/PMMS) Abertura de um curso até o final do ano, com a previsão de matérias EAD (ensino à distância);
*Curso de Habilitação de Oficiais (CHO/PMMS) foi solicitada a abertura do curso e atualmente está aguardando deliberação governamental;

CBMMS

Praças
As promoções referente a dezembro de 2018 e março de 2019 serão publicadas ainda esta semana;
Referente a julho de 2019 serão publicadas até o final do ano.
Os 15 subtenentes que concluíram o Curso de Habilitação de Oficiais em março de 2019 serão nomeados 2º Tenente QAO ainda esta semana.

Oficiais
As promoções referente a dezembro de 2018 serão publicadas até o final do ano.
Referentes a março, julho, setembro e dezembro de 2019 serão publicadas até abril de 2020.

“Durante a reunião, reivindicamos ao representante do Governo do Estado, que as promoções atrasadas sejam colocadas em dia o mais rápido possível, pois entendemos que a promoção é um direito estatutário e garantido por lei, e inadmissível, termos que ficar “lutando” por um direito que já é nosso. Frisamos que queremos que o governo cumpra sua promessa, de estabelecer uma política de reestruturação de carreiras, pois com isso teremos valorização salarial para os ativos e para os heróis inativos, que tanto já fizeram por este Estado.” Declarou Thiago Monaco presidente da AME-MS.

Mulheres que pediam carona foram presas pelo DOF com quase 30 quilos de maconha em Ponta Porã



As prisões ocorreram na região de Ponta Porã (MS). As duas mulheres estavam às margens da rodovia e pediam carona. Durante a vistoria nas mochilas, os policiais localizaram o entorpecente. Elas contaram que foram contratadas para entregar a droga em Campo Grande.

Os Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) efetuaram a prisão de B. S. (19) e D. C. R. (27) com duas mochilas carregada com vários volumes prensados de maconha, com peso total de 29,580 quilos.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã, onde as mulheres foram autuadas, em flagrante, pelo crime de Tráfico de Drogas.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp

AMIGOS BONS É COISA RARA

Filósofo grego Aristóteles dizia: - Meu melhor amigo é aquele que, ao me desejar boas coisas, o faz para o meu bem.

Pensamento perfeito para os tempos atuais, irradiar coisas boas para os amigos e amigas, acompanhar seu crescimento e estar presente em todos os momentos.

Tenho amigos espalhados pelo Brasil afora, nos conectamos pelas palavras que tocam a alma e transmitimos com energia pura o quanto queremos bem um ao outro.

A grande verdade que amigos podem ficar distantes por muito tempo, mas o reencontro é como se o tempo estivesse parado, por incrível que possa parecer voltamos com os mesmos risos, brincadeiras e abraços que só amigos verdadeiros sabem dar.

Quando realmente somos amigos devemos cuidar uns dos outros; não importa se o momento é alegre ou triste, mas a constância das nossas boas ações preocupados com o bem estar do próximo deve ser o nosso maior objetivo.

Sempre disse: Amigo é aquele que chega quando todo mundo já se foi, pois, é nesta hora que mais precisamos de um ombro, um abraço fraterno e acolhimento.

Saibam que a porta jamais se fechará se o espírito continuar a habitar a nossa existência e estivermos unidos em um só coração.

Aproveitem esta quarta-feira para rever os amigos, colocar a conversa em dia, rir, chorar, abraçar, sentir o encontro das almas e renovar as energias para que consigamos humanizar o mundo que está se tornando robotizado, perdendo a sensibilidade e o calor humano.

Que Deus nos conceda a humildade e a compreensão para estarmos ao lado daqueles que mais amamos.

E você que palavra ou frase deixaria para um amigo?

Coronel Rogério

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Fábio Trad compõe grupo de trabalho que analisará pacote anticrime e anticorrupção (PL882/19) e (PLs 10372, 10373/18)

Entre os pontos mais questionados estão a audiência de custódia por videoconferência, o acordo de não persecução e as excludentes de ilicitude


Uma reunião com representantes de instituições ligadas ao Direito Penal foi realizada na manhã desta terça-feira (3) na Câmara dos Deputados. 

O objetivo foi abrir um canal de diálogo com o Grupo de Trabalho (GT) que analisa o pacote anticrime e anticorrupção (PL 882/19), proposto pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro; e os PLs 10372 e 10373/18, do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes; e ouvir os especialistas para aprimorar os textos. 

Entre os parlamentares do grupo de trabalho marcaram presença os deputados Luiz Carlos Gomes, proponente e mediador do encontro; Margarete Coelho (PP-PI), que também é coordenadora do GT; Capitão Augusto (PR-SP), relator; Fábio Trad (PSD-MS); Lafayette de Andrada (PRB-MG); Marcelo Freixo (PSOL-RJ); Paulo Teixeira (PT-SP); Adriana Ventura (Novo-SP); e o deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG). 

Um dos pontos mais criticados do texto é que propõe a possibilidade de uso da tecnologia de videoconferência para a realização de audiência de custódia. A audiência cumpre o disposto no artigo 7.5 da Convenção Americana de Direitos Humanos, aplicável ao momento da prisão, que estabelece que “toda pessoa detida ou retida deve ser conduzida, sem demora, à presença de um juiz”

No entanto, para os representantes do Instituto de Defesa do Direito de Defesa do Estado de São Paulo, a audiência de custódia realizada por videoconferência, de forma remota, compromete o contato entre o acusado e seu julgador, que deve ser pessoal e presencial, e pode prejudica o parecer do juiz. 

Outro tema bastante debatido no pacote anticrime é o artigo 28-A, que estabelece o acordo de não persecução e de aplicação imediata de pena (o chamado “plea bargain brasileiro”). 

Segundo o representante da Ordem dos Advogados do Brasil, subseção São Paulo, o objetivo do artigo é atingir crimes de médio potencial ofensivo, porém o mesmo carece de alguns aprimoramentos em sua redação no que tange à progressão e ao limite das penas. 

O advogado defendeu também um maior equilíbrio de forças entre o Ministério Público e o instituto de Defesa, uma vez que a maioria das pessoas que respondem processos criminais no Brasil é carente e necessita de um maior acesso às defensorias públicas, que estão somente em 40% das comarcas do país. 

“É preciso fazer cumprir a Emenda 80, que propõe que as defensorias estejam em 100% das comarcas do Brasil até 2022”. Durante a reunião, as excludentes de ilicitude (artigo 23 do Código Penal) foi alvo de críticas de alguns especialistas. 

Entre as excludentes, o estado de necessidade, a legítima defesa, o estrito cumprimento do dever legal e o exercício regular de direito. O artigo propõe que “não há crime quando o agente pratica o fato”

O diretor do Instituto Sou da Paz destacou que a aprovação de tal instituto jurídico (artigo 309-A do texto) é temerária em um momento em que, segundo dados por ele citados, aumentou-se a letalidade policial de 15% a 20% somente no primeiro semestre deste ano. 

Ele apresentou também um levantamento do Tribunal de Contas da União entre 2000 e 2016 que apurou que, considerando o ordenamento atual do sistema penal e processual penal, o Brasil terá mais 386 mil detentos encarcerados até 2035 (crescimento de 294%). 

Com esse crescimento, seriam necessários R$ 4,5 bilhões em obras de engenharia (de novas prisões e penitenciárias). Por fim, o diretor da Associação de Delegados do Brasil reclamou mais participação da categoria nos processos judiciais. 

"O projeto está sendo aperfeiçoado de acordo com critérios técnicos fundamentados em estudos criminológicos de alta densidade teórica e prática", analisou o deputado Fábio Trad, que também é o presidente da comissão que está debruçada sobre a reforma do Código de Processo Penal brasileiro. 

Estiveram presentes na reunião representantes da Associação dos Magistrados Brasileiros, da Associação dos Delegados de Polícia de São Paulo, do Instituto de Defesa do Direito de Defesa de São Paulo, do Ministério Público de São Paulo, do Instituto Sou da Paz, da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal, da Associação de Juízes Federais, da OAB-SP, da Associação Paulista de Defensores Públicos, da Associação Nacional de Defensores Públicos, do Centro de Referência Legal do Artigo 19 e associações de Direitos Humanos.

Ao perceber a presença do DOF traficante abandona Palio com mais de 400 quilos de maconha



A apreensão ocorreu durante uma abordagem do bloqueio policial para fiscalização, na região de Ponta Porã (MS). Ao se aproximar e perceber o bloqueio policial, o condutor efetuou uma manobra de retorno e fugiu, em alta velocidade. Os policiais iniciaram um acompanhamento tático por alguns quilômetros, mas o condutor abandonou o veículo e fugiu para a mata às margens da rodovia. A equipe realizou uma busca no local, porém, o traficante não foi localizado.


Os Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) então apreenderam o veículo Fiat Palio de cor cinza, com placas falsas de Campo Grande (MS), carregado com grande quantidade de volumes prensados de maconha que contabilizaram o peso total de 422 quilos.


No veículo os policiais encontraram, além do entorpecente, mais duas placas falsas. Durante a checagem da numeração de chassi e motor, os policiais descobriram as verdadeiras placas do veículo.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron).


O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assecom/DOF/Sejusp