quarta-feira, 27 de junho de 2018

Projeto "Bom de Bola, Bom na Escola" da PMMS realiza manhã de lazer para crianças na sede da AME-MS

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Diretoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (DPCOM) realizou na terça-feira (26/06) uma manhã de lazer para as crianças e adolescente do projeto “Bom de Bola, Bom na Escola”, na sede da Associação dos Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul (AME-MS), localizada na Rua do Sul, nº 220, Bairro Coophamat.


A manhã de lazer foi realizada pela DPCOM/PMMS em parceria com a AME-MS, que gentilmente cedeu o espaço para o evento e ocorreu como forma de premiação para os alunos destaques do projeto, contando com a presença dos professores do programa Robson Marques, Diego Teixeira, Thiago Amaral, Wilker Lima, Joel Pereira e Diego dos Santos que são formados em Educação Física, bem como dos policiais militares Cabo PM Alex Lopes Nantes, Cabo PM Wilson de Souza Gomes e Soldado PM Marcelo Rodrigo Schuller de Almeida, que são atuantes no Bom de Bola.


O projeto Bom de Bola, Bom na Escola é coordenado atualmente pelo Major PM Air Cícero Silva Cansanção e funciona desde abril de 2010, atendendo mais de 2.382 adolescentes e possui como premissa principal promover a inclusão social através da parceria entre a Polícia Militar, Família e Escola.

O Coordenador do projeto, Major PM Cansanção menciona que “o programa caracteriza-se como uma ação de polícia comunitária e visa a oferecer aos jovens com idade entre 10 e 17 anos a possibilidade de realizar escolhas saudáveis, afastando os adolescentes das drogas e da violência, promovendo a paz e praticando a cidadania através do esporte.”

Para o Diretor da DPCOM, Coronel PM Thonny Audry Lima Zerlotti: “O Bom de Bola, Bom na Escola tem como objetivo integrar a sociedade e a Polícia Militar, aproximando os jovens e suas famílias, valorizando e difundindo a cultura e a paz, o esporte e o lazer”.


O Comandante-Geral da PMMS, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta parabenizou os responsáveis pelo projeto e reafirmou a importância das Ações Afirmativas de Polícia Comunitária como uma forma de parceria entre a Polícia Militar e a População do Estado.

terça-feira, 26 de junho de 2018

Polícia Militar de Mato Grosso do Sul realiza a passagem de comando do Estado-Maior-Geral

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul realizou nesta manhã (26/06), a solenidade militar de Passagem de Comando do Chefe do Estado-Maior-Geral da PMMS do coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva para o coronel PM Renato Tolentino Alves, no auditório do Tribunal Regional do Trabalho.

Nos últimos meses, o coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva visitou diversas unidades da PMMS, tanto na capital quanto no interior, objetivando ver “in loco” a necessidade de cada local, bem como o anseio de cada policial que teve a oportunidade de dialogar. Na ocasião apresentava os trabalhos que estavam sendo realizados pelas seções do Estado-Maior-Geral e demonstrava o planejamento estratégico do quadriênio 2019-2022 sobre ingresso continuado de novos policiais militares, promoções, dentre outros.



Foram prestadas homenagens ao Coronel Rogério, em reconhecimento aos bons serviços prestados, sendo uma homenagem da equipe do Estado-Maior-Geral e a outra homenagem da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul.



O coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva deixa o comando e repassa ao sucessor, o coronel PM Renato Tolentino Alves, a importância de se realizar planejamentos a longo prazo dentro da instituição, visando fornecer melhores condições de trabalho para a tropa.

Destacou ainda que “é bom ser importante, mas o mais importante é ser bom” referindo-se ao tempo que esteve como Chefe do Estado-Maior-Geral atuando para melhorar as instalações, regulamentar os procedimentos operacionais e as promoções dos integrantes da tropa, sempre com o objetivo de motivar toda corporação.



O Comandante-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, parabenizou o Coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva pelo excelente trabalho realizado em prol de todos os integrantes da corporação, e no ensejo, felicitou o novo Chefe do Estado-Maior-Geral, Coronel PM Renato Tolentino Alves, desejando sucesso e continuidade nas ações.
Assista agora o vídeo de despedida feito para o Coronel Rogério.

CHOQUE da Polícia Militar prende dupla com quase meia tonelada de maconha em caminhonete roubada

Dois homens foram presos em flagrante por policiais militares do Batalhão de Choque da Polícia Militar na tarde desta terça-feira (26), no Portal Caiobá, região sul da Capital, após serem flagrados transportando 475 quilos de maconha, divididos em 424 tabletes, em uma caminhonete com queixa de roubo em Goiás.

Segundo os policiais, a descoberta da droga se deu através de uma denúncia anônima. Ao chegarem no imóvel indicado, os policiais encontraram o veículo, uma Nissan Frontier prata com placa de Campo Grande, com o lacre de Goiás, apontando para uma possível adulteração. Em uma simples verificação visual e uma revista já foi possível encontrar a carga, formada por 424 tabletes.

Um dos homens identificado como Aparecido de Jesus Florentin marques, 20 anos estava dentro da casa e assumiu que juntamente com o seu comparsa Diogo Henrique Pompeu da Silva, 21 anos buscou a referida carga de droga em Bela Vista - MS com o apoio de Izaque da Silva Martins, 29 anos que fez a função de batedor em um veículo GM Corsa branco até a capital.

Durante a checagem dos nomes e dos veículos junto ao sistema foi constatado que Izaque já é procurado pela Justiça de São Paulo, pois consta um mandado de prisão da cidade de São Pedro contra ele. Os dois presos confessaram o crime, dizendo que foram buscar a mercadoria ilícita em Bela Vista, na fronteira com o Paraguai, para ser distribuída na capital.

A dupla foi conduzida à DEPAC Piratininga, região sul, e a droga e os veículos foram apreendidos pelo DENAR. O terceiro indivíduo continua sendo procurado e pode ser preso a qualquer momento.
Veja o vídeo do momento da apreensão da carga de droga.

segunda-feira, 25 de junho de 2018

O muro..., por Fábio Trad Filho

Não é difícil perceber certo nível de frieza humanitária em Donald Trump
Veio da “terra da liberdade” um exemplo de arbitrariedade que remonta tempos bárbaros de escravidão e de desprezo ao ser humano pela condição de raça em (des) razão de uma xenofobia desvairada que só pode estar a serviço dos que não tem coração.

Não é difícil perceber certo nível de frieza humanitária em Donald Trump, mas o bilionário norte americano superou toda expectativa quando decidiu implementar a novel “política de tolerância zero” para separar e encarcerar aos gritos de desespero, crianças de 02, 03, 04, enfim, com a mais tenra idade e inocência de seus pais e de suas mães.

Deve se dizer que, estes pais, não estão tentando melhor vida nos EUA por gosto e plena admiração ao modelo de vida norte americano, ao wellfare state, não estão deixando seus lares para conhecer a Disney ou conhecer o famoso hot-dog ianque. Estão largando suas casas, suas famílias, porque as raízes que têm apodrecem a cada ano, e isto ocorre, e muito, em decorrência do agressivo sistema econômico global em que os EUA, através do FED, é, aliás, o protagonista.

Esta política de nós x eles, promovida por D. Trump e sua assessoria política e de imprensa, remonta, para os que conhecem a história, evidentemente àquele que ostentava um bigode famoso, a diferença é que este promovia o ódio aos judeus, enquanto aquele, com seu topete loiro promove o ódio a todo e qualquer refugiado, que tente encontrar na terra da “liberdade” um recomeço. Que ironia.

Sempre me assustou, um país com a importância econômica e cultural (feliz ou infelizmente), como os EUA, ter como presidente alguém com a personalidade como a de Donald Trump, entretanto, observando a conjuntura política internacional, noto que ele faz parte de um contexto perigoso que a história cíclica fez renascer.
"Está na moda ser segregacionista, ufanista, xenófobo. Eu caminho na direção contrária."
Ora, se existem pessoas de terceiro mundo imigrando, ou tentando imigrar, para países de primeiro mundo, muito disto se deve ao fato de residirem em países falidos ou destruídos, pela economia mundial ou pelas bombas, ambas manejadas pelos que se dizem “a humanidade civilizada”.

E mais, quem está recebendo a maior parte dos refugiados no mundo nem de longe é os EUA, tampouco a Europa, quem mais recebeu refugiados e imigrantes foram a Turquia, o Paquistão e o Líbano, seguidos por Irã, Etiópia e Jordânia.

De forma que o argumento Trumpista de que deve “proteger seu país da invasão de criminosos cruéis e forasteiros” assemelha se à antiga fábula de destruir um país para lhe conferir “democracia americana”, em troca de alguns galões de petróleo, evidentemente.

Trump quer construir um muro, um muro em um país fundado com os princípios iluministas.

Estes dizeres que colacionarei estão gravados na estátua da liberdade. Está lá para quem quiser conferir, o poema “O Colosso” de Emma Lazarus:
[...] “Dai-me os seus fatigados, os seus pobres,

As suas massas encurraladas ansiosas por respirar liberdade

O miserável refugo das suas costas apinhadas.

Mandai-me os sem abrigo, os arremessados pelas tempestades,

Pois eu ergo o meu farol junto ao portal dourado.”
Construa o muro, D. Trump, cumpra sua megalomaníaca promessa, mas destrua a estátua da liberdade e construa o muro com os destroços, com as pedras, com os ossos, com o cadáver do que um dia possa ter sido a “terra da liberdade”.

domingo, 24 de junho de 2018

Bandidos forasteiros são presos pelo CHOQUE tentando furtar R$ 2 milhões de cofre de banco na Capital

Três suspeitos de 17, 19 e 21 anos foram flagrados por militares do Batalhão de CHOQUE da Polícia Militar na madrugada deste domingo (24) tentando furtar uma agência localizada na Avenida Eduardo Elias Zahran, em Campo Grande. Um quarto envolvido fugiu e o grupo afirmou que intenção seria furtar R$ 2 milhões dos cofres do banco.

Conforme boletim de ocorrência, os suspeitos são de Goiás e Brasília e chegaram em Campo Grande justamente para cometer crimes. O grupo, com cerca de dez pessoas, se comunicava através de um grupo no WhatsApp e uma garota, que mora na Capital, seria quem passava as informações à quadrilha.

A polícia vai investigar se algum funcionário da agência estava envolvido no crime, pois os suspeitos sabiam exatamente as quantias que estavam divididas nos três cofres no interior do banco.

Segundo um dos autores, o valor de R$ 2 milhões seria dividido entre a quadrilha, sendo R$ 200 mil para cada um, e o adolescente receberia mais R$ 5 mil para ficar vigiando enquanto os comparsas agiam.

Os três foram encaminhados para a DePAC (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e, junto com eles, foram apreendidos diversos materiais usados no furto, como alicates, marretas, fios, serra e discos para usar na máquina. Além disso os policiais apreenderam um veículo VW Gol e uma capa confeccionada pelos autores, que seria usada para burlar os sensores de alarme da agência.
Mariane Chianezi e Mariana Rodrigues do Midiamax

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Por um triz: BOPE resgata jovem que passava pelo "Tribunal do crime do PCC"

Um jovem de 19 anos que passava pelo ‘Tribunal do crime do PCC’ na noite desta quinta-feira (21), no São Jorge da Lagoa, em Campo Grande, foi libertado por equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais). Quatro pessoas foram presas.

O delegado Rodrigo Camapum disse ao Jornal Midiamax que a denúncia anônima de que um rapaz havia sido sequestrado e levado amarrado até uma casa do bairro mobilizou equipes do Bope por volta das 21 horas.

Com o endereço, os policiais chegaram até a casa e ouviram conversas. Em um determinado momento, um dos presos disse: “se não confessar, vai morrer”. Nesse momento os militares invadiram a casa.

Dentro da casa, os policiais flagraram quatro homens de 18, 23 e 46 anos, sendo que um deles estava armado com um revólver calibre 38. A vítima estava amarrada pelos pés e com as mãos livres.

Os quatro autores negaram que estavam fazendo ‘Tribunal do Crime’ e afirmaram que estavam no local só para consumirem drogas. A vítima disse aos policiais que só seria espancada e não morta.

Mas a polícia acredita que interrompeu mais um dos julgamentos do PCC. Segundo o delegado, quando o BOPE chegou, os criminosos ainda estavam na fase de ‘interrogatório’.

Os homens foram presos e levados para a delegacia.

CRESCENDO COM AS MUDANÇAS

Chega um momento no qual devemos ingressar no nosso íntimo, na nossa morada e ao aceitarmos as mudanças que vem acontecendo conosco a cada dia estaremos germinando frutos da esperança, da solidariedade e do respeito ao próximo.

Precisamos abastecer nossos estoques de alegria, de amor, de acolhida e de paz interior distribuindo para todos que buscam viver a vida na fé, na plenitude e na esperança as sementes da paz e do bem as quais irão transformar o mundo em que vivemos.

Que a esperança seja sempre iluminada por Deus mostrando o melhor caminho a seguir pelas estradas da vida.

Um ótimo dia e um excelente final de semana com muita paz e alegria nos corações!!

quinta-feira, 21 de junho de 2018

TUDO TEM O SEU TEMPO

Vivemos muito tempo nadando contra a correnteza desprendendo uma energia incrível que poderia ser utilizada para outros projetos de vida.

Tudo isto na verdade é sinal da insatisfação, da incompreensão, da inaceitabilidade e da recusa em perceber que na vida tudo tem seu tempo para que nossos sonhos se tornem realidade.

O ideal seria que buscássemos o acolhimento e a aceitação de que somos falíveis passíveis de erros e que podemos sim melhorar a nossa qualidade de vida com muito amor, fé e carinho.

Belíssimo dia!!

quarta-feira, 20 de junho de 2018

"Contra acordão": em nome da democracia, Fábio Trad anuncia pré-candidatura ao governo de Mato Grosso do Sul

Deputado federal teme um provável "acordo de gabinetes" entre atuais pré-candidatos
O deputado federal Fábio Trad (PSD) e, por enquanto pré-candidato à reeleição, anunciou nesta quarta-feira (20), que pode concorrer ao Governo de Mato Grosso do Sul em caso de desistência de um dos três principais postulantes. O parlamentar acredita que com a saída de um deles o processo eleitoral se tornaria menos democrático e mais próximo de um "acordão".

A divulgação de uma possível pré-candidatura foi feita durante entrevista ao programa de rádio Jornal da Hora – 92,3 FM.

''Serei candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, caso ocorra acordo malcheiroso com a desistência de um dos candidatos: Odilon, Reinaldo ou Puccinelli'', promete.

A decisão, segundo Fábio, seria difícil para ele porque renunciaria sua reeleição à Câmara, no entanto, considera que há algo mais importante em jogo.

''Sei que tenho poucas chances, no entanto vou sacrificar a reeleição a deputado federal para restaurar a democracia e o respeito à população'', refletiu. Ele finaliza dizendo que o eleitor não pode ser enganado por algo que chama "acordo de gabinetes" entre os atuais pré-candidatos.

FLORESCENDO

Que durante nossa jornada saibamos florescer nos corações, que é possível transformar o mundo começando com gestos e atitudes singelas de carinho, compreensão, diálogo e fé.

Que Deus nos dê muitas sementes da concórdia, da fortaleza, da perseverança e do amor ao próximo para semearmos a cada novo dia.

Um ótimo dia de grande e abençoada colheita!!

terça-feira, 19 de junho de 2018

AMANHECEU...

Reconheço que a cada novo alvorecer aprendo mais um pouquinho quando de mente e coração abertos acolho e guardo na memória todos aqueles que deixam aqui registrados de maneira indelével suas mensagens de alegria, respeito, amizade, compreensão e entusiasmo na possibilidade permanente de encontrarmos o caminho do bem, do amor e da paz.

Ótimo dia na presença daquele que nos guarda!

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Bandido furta salão de beleza e leva até câmera de monitoramento mas imagens ficam registradas

Bandido ainda não identificado furtou um salão de beleza na madrugada desta segunda-feira (18), no Jardim Tijuca, e fugiu levando até a câmera de monitoramento do estabelecimento comercial.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a dona do salão chegou ao local na manhã de hoje e encontrou a fechadura da porta de vidro quebrada e, a segunda porta que dá acesso ao salão, que é de metal, cerrada. Segundo relatado à polícia, o local estava todo revirado.

O ladrão fugiu do local levando quatro chapinhas de cabelo avaliadas em R$ 600 cada, dois secadores que valem R$ 700, além da câmera de monitoramento.

O que o ladrão não sabia é que as filmagens eram guardadas em um pente de memória interno e foram entregues à polícia, veja o vídeo abaixo:


O caso foi registrado na 6ª Delegacia de Polícia Civil da Capital.

LANÇANDO SEMENTES

Hoje é um dia especial no qual levamos nas costas uma mochila carregada de sementes. Durante a caminhada pelas estradas da vida vamos abrindo a mochila e retirando pouco a pouco as sementes, lançando-as nas margens para que cresçam e floresçam.

Pode ser que não retornemos pelos mesmos caminhos, mas saberemos que depois de um longo tempo, quem por ali passar poderá ver árvores estrondosas com grandes sombras suavizando o caminho, flores das mais diversas cores a alegrar a jornada e a certeza de que muitos encontrarão o alimento principal fruto da espiritualidade, da paz profunda e do amor.

Um ótimo dia e uma belíssima semana com ética, paz e bem.

domingo, 17 de junho de 2018

BOPE mata um e prende o restante da quadrilha que “começavam” no ramo de furtos a bancos

O grupo que invadiu uma agência do Banco do Brasil na noite de ontem (16), em Terenos, estava começando no ramo de furtos a bancos, de acordo com o comandante do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), major Wilmar Fernandes, que coordenou a operação no município. O caso aconteceu a 200 metros da delegacia de Polícia Civil da cidade.

No total, seis criminosos participaram diretamente da ação. Thiago Velasques de Souza, 31 anos, morreu em troca de tiros com a polícia. Adventor Brune Brandão, 46 anos, Denilson Moraes de Oliveira, 22 anos, Marilene Gonçalves da Silva, 44 anos, e Daniela Regina de Oliveira, 33 anos, foram presos. Um continua foragido.

Segundo o major, o BOPE foi acionado por volta das 21h. A informação era de que duas pessoas em atitudes suspeitas estavam dentro do banco. "Parte do grupo havia entrado para cobrir os sensores e colocar algo na porta para que ela não fechasse depois de um certo horário ”, explica.

Dois suspeitos que davam cobertura aos comparsas foram presos no entorno da agência. Um deles ainda conseguiu avisar os outros sobre a presença da polícia na cidade e os que estavam dentro do banco conseguiram fugir. Um dos integrantes da quadrilha armado com revólver 38 trocou tiros com a equipe policial e acabou ferido.

- Tatuagem com os dizeres "Banco Central" chamou a atenção de policiais envolvidos na ocorrência
(Foto: divulgação/Bope)
- Hoje de manhã ainda havia marcas no caixa eletrônico que os bandidos tentaram furtar dinheiro
(Foto: Bruna Kaspari)

Ele foi socorrido ao hospital da cidade, mas não resistiu. Foram apreendidos: um maçarico, um pé de cabra, um revólver 38 e um Chevrolet Corsa Sedan (de cor cinza). “Eles estavam começando no ramo. Não tinham poder aquisitivo. Normalmente uma quadrilha estabilizada usa explosivo - dispositivo caro que precisa de alguém para manusear”.

Tatuagem - Thiago Velasques tinha uma tatuagem do Taz Mania no braço. O personagem carrega um fuzil em uma das mãos com a inscrição Banco Central, agência que há 13 anos sofreu o maior furto a banco da história do país. Quase R$ 165 milhões foram levados da caixa-forte, em Fortaleza, no Ceará.

Ladrões entraram no banco por meio de um túnel e levaram mais de três toneladas em notas de R$ 50 passando por baixo de uma das mais movimentadas vias do Centro de Fortaleza, a Avenida Dom Manuel. O túnel partia de uma casa alugada pela quadrilha e tinha 90 metros de comprimento. O crime só foi descoberto no dia seguinte.

CHOQUE prende militar do exército brasileiro após envolvimento em assalto que terminou com morte de seu comparsa

Foi preso na manhã deste domingo (17) um quarto envolvido no assalto a um mercado no Nova Campo Grande, de propriedade da mãe de um policial militar do Batalhão de Choque, que resultou na morte de um dos assaltantes.

Matheus de Almeida Pereira é soldado do CMO (Comando Militar do Oeste) e foi preso na Moreninhas III. Ele foi identificado com o condutor do veículo Gol prata, que teria auxiliado o trio durante a tentativa de assalto.

Ele informou aos policiais que estava de férias da corporação. O outro participante do crime que teve sua identidade revelada foi identificado como Roberto Barbosa Junior, o Juninho. Ele morreu após fugir por duas quadras em uma perseguição policial.

Segundo as informações mais detalhadas sobre o caso, a tentativa de furto teria ocorrido por volta das 21h. O policial militar teria ido a loja de sua mãe, e contou à Polícia que viu Juninho e outros dois indivíduos encapuzados tentando arrombar um caixa.

O PM disse que o grupo estava armado. Ao perceberem a reação do policial, um dos assaltantes teria dito “não corre, se não você toma tiro”.

O policial então voltou para casa e buscou seu revólver, e depois retornou ao mercado, se identificando como policial militar. O trio então fugiu e correu por duas quadras, entrando em um terreno baldio. Na entrada do matagal, o policial conseguiu imobilizar um dos assaltantes.

Segundo os relatos, o PM teria deixado o bandido sob custódia junto de seu pai, e entrou no mato em busca dos outros dois fugitivos. Um deles foi encontrado no meio do terreno, dizendo que não estava armado.

Enquanto dava voz de prisão ao rapaz, o terceiro integrante do grupo, o Juninho, teria disparado contra o PM, dando início à troca de tiros. Uma equipe policial chegou para dar reforço. Os policiais entraram no matagal, e encontraram Roberto ferido, de porte de uma arma.

O rapaz foi socorrido ainda com vida e encaminhado à Santa Casa, porém não resistiu aos ferimentos. Os outros dois integrantes do trio foram presos e encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

O PM disse que um veículo Gol prata teria dado apoio aos assaltantes, porém o condutor, já identificado, teria fugido. A mãe do policial contou também que assaltos na região são constantes, e que seu mercado já teria sido roubado por doze vezes.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Na última semana ações da Polícia Militar apreenderam mais de 346 mil pacotes de cigarros avaliados em mais de 10 milhões de reais

A Polícia Militar de Mato Grosso Sul em ações rotineiras de policiamento ostensivo apreendeu nos últimos seis dias, quatro carretas e dois caminhões baú com mais de 346 mil pacotes de cigarros contrabandeados, totalizando cerca de R$ 10.383.000,00 (dez milhões e trezentos e oitenta e três mil) em prejuízos para o crime organizado.

A primeira apreensão aconteceu durante fiscalização na rodovia MS-418, no dia 09 deste mês, pela Polícia Militar Ambiental de Porto Primavera. Na abordagem o condutor apresentou aos policiais uma nota fiscal de farinha de trigo, entretanto na verificação foi constatado que a carreta estava carregada com 922 caixas de cigarros.

Nesta quarta-feira (13), policiais militares de Naviraí (MS) após receberem denúncia via 190, deslocaram para rodovia MS-141 e abordaram uma carreta onde foram encontradas aproximadamente 900 caixas de cigarros. Ao ser questionado, o condutor informou que pegou a carreta na cidade Iguatemi (MS) e que seu destino era o Estado de São Paulo.

Já na madrugada de quinta-feira (14), uma equipe móvel da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) durante policiamento e fiscalização de trânsito na rodovia MS-180, apreendeu uma carreta com 1.500 caixas de cigarros. Ao ser abordado, o condutor da carreta apresentou uma nota fiscal de bolacha, porém, ao revistar a carga, os policiais militares rodoviários localizaram as caixas de cigarros contrabandeados.

Ainda na tarde desta quinta-feira, por volta das 15 horas, a equipe policial militar de Terenos (MS) recebeu denúncia via 190 que alguns veículos estavam em atitude suspeitas na estrada entre os municípios de Terenos e Dois Irmãos do Buriti (MS). Em diligências pelo local foram apreendidas uma carreta bitrem e dois caminhões baú carregados com cerca de 3.600 caixas de cigarros.

O Comandante-Geral da PMMS, coronel Waldir Ribeiro Acosta, parabeniza os policiais militares envolvidos nas ocorrências e destaca que a Polícia Militar diuturnamente tem realizado ações contra o contrabando e o descaminho, e somente no ano de 2018 já tirou de circulação mais de 687 mil pacotes de cigarros, o que representa um enorme prejuízo para o crime organizado instalado nas fronteiras de nosso Estado.

A liberdade está sob ameaça dos insensatos

A contundente e oportuna defesa da liberdade de imprensa feita, em seminário recente, pela Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministra Cármen Lúcia, ao mesmo tempo em que reafirma, por voz autorizada, postulado essencial à democracia, nos adverte para uma questão preocupante: sempre que os sensatos precisam tratar com frequência de liberdade, seja ela de imprensa ou de qualquer outra natureza, é porque esta mesma liberdade está sob ameaça dos insensatos.

A propósito, a própria ministra Cármen Lúcia alertou para a necessidade de vigilância contra as diferentes formas de ameaça à liberdade de imprensa e ao direito à livre expressão do pensamento.

Ao lembrar que o Brasil ainda figura entre os países onde a profissão de jornalista é tantas vezes agredida e vilipendiada, a presidente do STF diz ser incompreensível que, aos trinta anos de vigência da Constituição, “esse tema ainda esteja em nossas agendas”.

“Mata-se muito jornalista no Brasil, atacam-se fisicamente jornalistas e suas famílias”, bradou, no mesmo seminário, o colega deputado Miro Teixeira. Jornalista de profissão, Miro Teixeira denunciou o constrangimento à atividade jornalística, configurado nos incontáveis pedidos de indenização por danos morais, impetrados por agentes públicos que se consideram injuriados por críticas da imprensa.

Levantamento do Conselho Nacional de Justiça aponta nada menos que 2.373 processos contra veículos de comunicação nos últimos vinte anos.

Esse número representa apenas 4,5% dos trezentos mil processos envolvendo o exercício do jornalismo! O que significa que a esmagadora maioria dos acionados judicialmente é formada por profissionais, muitos deles ameaçados por ações indenizatórias milionárias e flagrantemente intimidatórias.

Nestes tempos, quando as tais ‘fake news’ vicejam como praga ameaçadora à verdade essencial à informação, a imprensa livre e independente, o jornalismo exercido com liberdade e destemor, é o único e eficaz antídoto contra as manipulações e invectivas, perfidamente oferecidas como verdades aos muitos incautos.

Imprensa livre não é passaporte para uma espécie de jornalismo irresponsável que, descompromissado com as fontes, investe na calúnia e na mentira como alavancas comerciais para maior vendagem.

Entretanto, é preferível suportar os danos de uma imprensa audaciosamente imprudente a ter que conviver com um jornalismo mutilado, intimidado e ameaçado por sicários da livre informação.

Comandante-geral da PMMS recebe medalhas dos Estados do Amazonas e do Acre durante seminário em Brasília


O Comandante-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Waldir Ribeiro Acosta, foi agraciado com as seguintes comendas: Medalha Tiradentes da Polícia Militar do Estado do Amazonas (PMAM) e Medalha de Mérito Luiz Galvez da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), na tarde de ontem (14/06) no Seminário Nacional de Segurança Pública que ocorreu em Brasília (DF), o evento teve início na quarta-feira (13/06) com audiência do Presidente da República, Michel Temer, e Ministro Extraordinário de Segurança Pública, Raul Jungmann.

A Medalha Tiradentes da Polícia Militar do Estado do Amazonas é concedida de acordo com o decreto n° 3.397 de 31 de março de 1976, às pessoas que prestaram relevantes serviços ao Estado (AM) e instituição policial militar o tanto quanto por seus esforços de comprovada dedicação e zelo.

A Medalha de “Mérito Luiz Galvez”, concedida de acordo com o decreto n° 4.761 de 24 de maio de 2016 pela Polícia Militar do Estado do Acre, em reconhecimento aos serviços prestados à causa pública e notável colaboração para o progresso e renome da Corporação.

Por oportuno o comandante-geral, coronel PM Waldir aproveitou o ensejo e entregou a Medalha Tiradentes ao Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado do Amazonas, Cel QOPM David de Souza Brandão e ao Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado do Mato Grosso, Cel QOPM Marcos Vieira da Cunha. A Medalha Tiradentes foi criada pelo decreto nº 1.542 de 25 de fevereiro de 1982, é destinada a homenagear civis e militares que tenham prestado assinalados serviços à corporação, e policiais militares que, no seio da classe, tenham se destacado pelo seu valor pessoal e profissional de modo a contribuir para o aperfeiçoamento e projeção da instituição no âmbito nacional e estadual.

O Comandante-Geral da PMMS, coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, sentiu-se satisfeito em participar do Seminário destacando que “as forças de Segurança Pública vêm unindo conhecimento para combater a criminalidade e o evento deu a oportunidade de Mato Grosso do Sul compartilhar suas experiências na área”.

SABEDORIA DA VIDA

A cada novo dia precisamos fazer uma constante reflexão para afastarmos os obstáculos e renovarmos nossa vida com a generosidade, simplicidade e sabedoria necessárias para iluminar o nosso caminho.

O tempo que vivemos é para buscarmos agregar as pessoas, fortalecer as amizades, unir a família num constante diálogo, para que juntos consigamos transformar a realidade que nos cerca numa sociedade fraterna, inclusiva, distributiva e solidária.

Ótimo dia com muita luz em nosso caminho.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

PELOS CAMINHOS DA VIDA

Precisamos percorrer o processo verdadeiro que é o caminho pelas estradas da vida, já que em cada passo, estaremos desenvolvendo um projeto de vida capaz de clarear e nos fazer enxergar que sozinhos não chegaremos a lugar algum.

A dimensão que devemos percorrer é aquela quando vamos ao encontro de nós mesmos, quando nos comprometemos com nossas próprias escolhas, quando deixamos ao outro sempre o caminho aberto com novas alternativas.

É possível que aconteçam erros em nossas próprias escolhas, mas com serenidade e equilíbrio estaremos sempre num constante aprender a reaprender a encontrar novas propostas para que consigamos superar os desafios que surgem na vida.

Belíssimo dia com muita paz e alegria.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Desinteresse dos brasileiros com a Copa do mundo pode estar relacionado aos maus exemplos de alguns políticos

Às vésperas do início da Copa do Mundo da Rússia, o deputado federal Fábio Trad (PSD-MS) subiu à tribuna do plenário da Câmara para fazer uma análise a respeito do resultado de uma pesquisa realizada semana passada pelo Datafolha, que aponta desinteresse de 53% dos brasileiros pela competição.
*Desinteresse pela Copa atinge 53% no país, mostra Datafolha
O desencanto do povo brasileiro com um acontecimento que de quatro em quatro anos sempre mobilizou todo o país atingiu a pior média desde 1994, quando o Datafolha fez a pesquisa pela primeira vez e, segundo o parlamentar, é resultado de diversos fatores.

“Óbvio que a situação econômica, o desemprego, a crise orçamentária doméstica nas famílias brasileiras, todos esses fatores levam a esse desalento. E a paixão maior do povo brasileiro, que é o futebol, está de certa forma eclipsada em virtude de todas essas agravantes que estão se abatendo sob o ânimo do povo brasileiro”, ponderou Fábio Trad.

O deputado, porém, fez questão de salientar a corrupção sistêmica, o descrédito nas instituições políticas, além da Lava Jato e a Copa do Mundo de 2014, que fizeram parte de um mesmo jogo, com superfaturamentos em cinco estádios de futebol que totalizaram mais de 1,5 bilhão de reais, fraudes envolvendo empreiteiras e políticos relevados pela operação da Polícia Federal.

“Eu não posso deixar de dar razão àqueles que descreem parcialmente da capacidade da classe política de resolver os problemas do país. O povo quer duas coisas do político: que trabalhe e que não roube. O problema é que aqueles que trabalham muitas vezes roubam. E há aqueles que não roubam mas também não trabalham. Aí fica difícil!”, lamentou o parlamentar, que convocou a Câmara dos Deputados a assumir uma missão de protagonismo em prol de uma agenda positiva para o país.

“É possível sim, até o período eleitoral, compormos uma agenda positiva para que aprovemos projetos de lei de interesse do povo brasileiro, que fomentem o emprego, que melhorem a Saúde, a Educação, a Segurança Pública. Façamos desta Casa um instrumento de esperança e de alento para a população brasileira. Isso é possível!”.

O PALCO DA VIDA

O palco da vida é um espaço no qual podemos observar, imitar e experimentar as mais diferentes sensações em qualquer tempo e lugar.

Uma travessia cheia de tramas, vaidades, aparências que geram um enorme vazio em nossas vidas pelo simples fato de que devemos buscar aquilo que realmente fortalece e preenche o nosso ser com ações de respeito ao próximo e de solidariedade.

A cada novo dia precisamos fazer uma constante reflexão para afastarmos os obstáculos e renovarmos nossa vida com a generosidade, simplicidade e sabedoria necessárias para iluminar o nosso caminho.

O tempo que vivemos é para buscarmos agregar as pessoas, fortalecer as amizades, unir a família num constante diálogo para que juntos consigamos transformar a realidade que nos cerca numa sociedade fraterna, inclusiva, distributiva e solidária.

Excelente dia com muita paz no coração.

terça-feira, 12 de junho de 2018

FOCO, FÉ E ESPERANÇA!

Não percamos de vista nossos sonhos, façamos a cada passo uma caminhada sólida, concreta, idealizadora e transformadora na qual todos nós somos autores e personagens indissociáveis desta fantástica, singela e profunda palavra chamada vida.

Que a alegria renasça em nossos corações e que Deus ilumine e guie os passos na força da fé e da esperança.

Um ótimo dia de paz e alegria!!

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Polícia Militar divulga o resultado das ações entre os dias 04 e 10 de junho em Mato Grosso do Sul


Na manhã desta segunda-feira (11/06), a PMMS divulgou o balanço das ações realizadas na última semana, compreendendo o intervalo do dia 04 a 10 de junho de 2018.

Confira os resultados do Balanço Semanal:
13.194 Pessoas abordadas 
9.046 Veículos abordados 
55 Veículos recuperados (roubo ou furto)
344 Veículos removidos durante fiscalizações de trânsito 
16 Armas de fogo apreendidas 
110 Capturas de foragidos 
511 Pessoas conduzidas às delegacias 
21 Notificações ambientais 
1.394 Autos de infração de trânsito lavrados 
6,390 Quilos de drogas apreendidas (maconha, cocaína, pasta base, crack e haxixe)
46.232 Pacotes de cigarros  
O Comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, destacou que “esses dados resumem as atividades da corporação e demonstram que estamos atuando para minimizar os danos à sociedade, cumprindo o que a lei determina. Continuaremos com nossas ações de prevenção, bem como as de repressão imediata, ou seja, agiremos, logo ao tomarmos conhecimento de qualquer ação delituosa, para o bem de toda a população de Mato Grosso do Sul”.

Com emendas de Fábio Trad, CHOQUE da Polícia Militar terá ônibus equipado e construção de um Batalhão


Grande defensor da segurança pública e ciente da dedicação dos policiais militares no combate contra a criminalidade, o deputado federal Fábio Trad (PSD), atendendo a solicitação do Comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Mato Grosso do Sul Coronel Waldir Ribeiro Acosta, assumiu o compromisso de liberar recursos financeiros para a corporação.

O encontro foi esta manhã no gabinete do deputado Fábio Trad em Campo Grande onde esteve o Comandante-geral da PMMS Coronel Waldir Ribeiro Acosta, para a assinatura e entrega dos ofícios ao deputado que se comprometeu em destinar as duas emendas que juntas totalizarão R$ 1.650.000,00, para atender a construção de um batalhão e a compra de um ônibus adaptado especialmente para o transporte de tropas militares de elite.

Os policiais militares do Batalhão de CHOQUE cujo lema é “PELA PAZ E PELA ORDEM”, possuem treinamento específico para utilizar esse tipo de veículo militar (ônibus), que será utilizado para ocorrências de controle de distúrbios civis e de alto nível de complexidade, equipado com canhão de jato d'água e portas auxiliares, o veículo também é dotado de pneus e latarias especiais, e pode transportar uma grande quantidade de combatentes.

A VIDA

A vida é um espetáculo a céu aberto que devemos aprender a agradecer todos os dias. Tantos aprendizados, ensinamentos, histórias vividas e vivenciadas.

A vida é assim repleta de ilusões, incertezas, alegrias, grandes vitórias e uma jornada inesquecível na qual temos a possibilidade de sermos os construtores desta história.

A cada amanhecer precisamos ser mais observadores de tudo que nos cerca e seguirmos adiante pelas estradas da vida com humildade e nas descidas conseguiremos visualizar os verdadeiros amigos que nos socorrem a qualquer instante.

A caminhada segue e cada um com seu ritmo vai contornando os obstáculos e enfrentando os desafios que só pertence a quem acredita que é possível fazer o melhor na esperança de que estaremos juntos construindo um mundo solidário, inclusivo e fraterno.

Um ótimo dia e uma excelente semana com muito diálogo e harmonia!!

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Homicídios no Brasil: vamos enfrentar esse problema?


Nesta semana o 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgou um número estarrecedor: nada menos do que 62.517 pessoas foram assassinadas no Brasil em 2016, o que significa uma taxa de 30,3 mortes violentas e intencionais para cada cem mil habitantes.

Os números dessa barbárie continuada configuram autêntica e sórdida ‘guerra’ pois revelam que, nos últimos dez anos, 553 mil pessoas foram assassinadas no Brasil, cuja trágica taxa de homicídios é trinta vezes à registrada na Europa.

Um outro número expõe a brutal dimensão da tragédia sem fim que banaliza o valor da vida humana em nosso país: entre 1980 e 2016, 910 mil pessoas foram assassinadas por arma de fogo.

Sim, estamos falando de quase um milhão de brasileiros assassinados à bala em 36 anos, estatística confrangedora de uma guerra civil continuada. Número que, por si só, pela sangrenta brutalidade que encerra, deveria calar os que se postam contra o Estatuto do Desarmamento.

Em que pesem a vergonha moral, o constrangimento humano e a culpa social que lançam sobre todos nós, estatísticas como essa soam como um brado de alerta, uma contundente advertência de que precisamos deter essa maré montante de crimes contra a vida que, sem qualquer exagero, nos leva a pôr em questão o próprio processo civilizatório, cujo maior fundamento é o respeito à vida como valor essencial.

Contudo, o contraponto a essa indesejável, porém oportuna advertência, é a radicalização, automática e oportunista, de segmentos conservadores, e até reacionários, que defendem, erroneamente, o acirramento da repressão policial como antídoto contra a violência.

O combate à criminalidade, em especial aos crimes contra a vida, exige, sim, policiais bem treinados, bem equipados e bem remunerados.

Porém, a redução da violência é tarefa que transcende às atribuições das forças policiais, e se impõe como responsabilidade de toda a sociedade, especialmente de suas elites políticas, intelectuais e econômicas.

Infelizmente, os muitos que defendem combater a escalada do crime pelo uso desmesurado do poder repressivo do Estado não se dão conta de que tal expediente desagua, com trágica frequência, em inadmissível “licença para matar” em nome da lei.

Não há antídoto contra a violência criminal fora do regramento do estado democrático de Direito. E este jamais estará sujeito a manipulações que, em momentos de exacerbação da criminalidade como este que vivemos, se insinuam como soluções milagrosas, tão falsas quanto perniciosas.

O sangue dos 123 mil brasileiros assassinados nos anos 2016 e 2017, e dos mais de onze mil mortos no primeiro trimestre deste ano, é nódoa indelével, que envergonha a todos nós.

Pretender vinga-la ou lavá-la com a defesa de um absurdo punitivismo pretensamente preventivo, ou com a radicalização da repressão policial desmedida, seria o caminho mais curto para ampliar a tragédia social e humanitária que as estatísticas de hoje prenunciam.

Concluo com uma constatação lapidar do professor José Luiz Ratton, Coordenador do Núcleo Sobre Políticas de Segurança da Universidade Federal de Pernambuco:

“A persistência escandalosa das elevadas taxas de mortalidade por homicídio no Brasil constitui evidente problema público que, a despeito da retórica de todos os governantes brasileiros dos últimos anos, nunca entrou de forma consistente no centro da agenda pública nacional.”

PAUSA PARA RECOMEÇAR

Que possamos viver a cada pausa com serenidade, paz interior, amor ao próximo e respeito, que possamos reconstruir aqueles tijolos que com o tempo sofreram um desgaste natural e foram ruindo, mas que agora podemos remodelá-lo para que a vida se renove em nossos corações.

E você já escolheu qual será a sua próxima pausa? Ou vai deixar a vida te levar?

Se tens muitos contratempos é hora de dar uma pausa para recomeçar.

Que Deus esteja iluminando nosso caminho sempre.

Desejo um excelente dia e um final de semana só de alegrias.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Batalhão de CHOQUE prende quadrilha com armas, carros roubados e quase DUAS toneladas de maconha

Sete homens que integram uma quadrilha de tráfico de drogas foram presos em flagrante por policiais militares do Batalhão de Choque, na tarde desta quinta-feira (7), na Vila Albuquerque, região sul da Capital, no momento em que se preparavam para fazer o transporte de uma carga de 1.707kg (um mil e setecentos e sete quilos) de maconha.

Segundo os políciais, o caso aconteceu por volta das 13h30. Uma denúncia anônima levou ao endereço do galpão usado pelo bando para estoque e embalo das drogas.

O flagrante ocorreu no momento em que os suspeitos partiam rumo a destino ainda não esclarecido em quatro veículos, dois deles carregados com a droga: uma Tucson, com denúncia de roubo em Goiânia (GO), e uma picape. Dois Fiats Unos faziam a 'escolta'.

Com a quadrilha, foram apreendidos uma espingarda calibre .22 e um revólver calibre .38, ambos municiados e com a identificação raspada. Os tabletes da droga estavam marcados com letras que seriam as iniciais dos compradores da maconha.

Nenhum dos sete detidos teve a identidade revelada. Segundo os militares, dois deles são considerados foragidos, por crimes também não informados. O caso é registrado neste momento na Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), no bairro Tiradentes, região leste de Campo Grande.

Fábio Trad lidera pesquisa de intenção de voto para deputado federal em Mato Grosso do Sul

A pesquisa foi registrada pelo Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-02574/2018 e registro estadual número 4644/2018
Na manhã desta quinta-feira (7) o Instituto Ranking divulgou, uma pesquisa de intenção de votos para Deputado Federal. A pesquisa percorreu 30 municípios e entrevistou 1200 eleitores entre 30 de maio a 5 de junho.

Fábio Trad lidera com 2,08% das intenções de voto, ocupando a segunda posição esta Rose Modesto com 1,82% das intenções de voto e em terceiro Geraldo Resende com 1,75% das intenções de voto. Levando-se em conta a margem de erro de 2.8% para mais ou para menos. A pesquisa disponibilizou 41 nomes para consulta popular.

A pesquisa foi realizada por amostragem, com aplicação de questionário, estruturada em entrevistas presenciais nas casas dos possíveis eleitores e por abordagem pessoal em lugares com maior circulação de pessoas.