quinta-feira, 1 de março de 2018

Polícia Militar segue com a 3º fase de recrutamento para o próximo curso de formação de sargentos

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) através da Diretoria de Recrutamento, Seleção e Promoção (DRSP) realiza nesta semana o recebimento de documentos de candidatos ao Curso de Formação de Sargentos (CFS) previsto para iniciar-se na segunda quinzena de março nos polos de Campo Grande e Dourados. As vagas oferecidas são destinadas somente aos cabos integrantes do Quadro de Praças da PMMS (QPPM), que atenderem aos requisitos exigidos no edital n. 1/CFS/DRSP/PMMS/2018 – turma 25ª, disponível no diário oficial nº 9.588 de 02/02/2018.
Chefe do Estado Maior Geral e o chefe da subdiretoria de recrutamento e seleção recebem candidatos ao CFS

O processo seletivo tem âmbito interno e passa agora pela 3ª Fase (apresentação de documentação), destinando-se a selecionar candidatos ao curso de formação de sargentos e tendo por finalidade formar policiais militares para o cargo de sargento PM, mediante aquisição de conhecimentos necessários ao desempenho do cargo.
DRSP recebe documentos de candidatas ao curso

O policial militar promovido à graduação de 3º Sargento PM exercerá a atividade fim, sendo auxiliar dos oficiais em educação, instrução, disciplina e administração e lhe incumbe ainda assegurar a observância ininterrupta das ordens vigentes, angariando a confiança dos seus chefes e a estima e o respeito dos seus subordinados, que compreenderá dentre outras atividades:
  • Policiamento ostensivo e preventivo geral, urbano, rural, Ambiental, de trânsito e rodoviário estadual como Comandante de equipe de serviço;
  • Monitorar na instrução do elemento de tropa que lhe competir ou lhe for confiado;
  • Participar ao seu comandante direto as ocorrências que se verificar com o pessoal a seu cargo;
  • Comandar o Grupamento de tropa (GPM) que regularmente lhe competir ou que lhe seja confiado;
  • Atender ocorrências e apresentá-las à autoridade competente;
  • Redigir documentos;
  • Atuar como escrivão em Sindicâncias e Inquéritos Policiais Militares;
  • Atuar como auxiliar em seções administrativas;
  • Atuar como encarregado de Investigação preliminar;
  • Excepcionalmente, em razão da necessidade no serviço poderá ser empregado na atividade-meio;
  • As atribuições aqui elencadas não esgotam o assunto.

Nenhum comentário: