quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Cavalaria da Polícia Militar realiza entrega de 7 toneladas em donativos para as vítimas das enchentes em Aquidauana

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul através da Cavalaria da PMMS, realizou na manhã de ontem (27) a entrega de 7 toneladas de itens arrecadados entre roupas, itens de higiene pessoal básica, alimentos não perecíveis (água mineral, leite em pó, etc.), brinquedos para as famílias atingidas pelas enchentes na região da cidade de Aquidauana.



o 1ºEsquadrão de Polícia Militar Montado foi recepcionado pelo prefeito de Aquidauana, Odilon Ribeiro, juntamente com Secretário de Governo, Wezer Lucarelli, o Secretário de Assistência Social, Marcos Chaves e a Superintendente Executiva de Saúde, Gabriella, que em conjuntos com os policiais militares realizaram um mutirão para descarregar os donativos recebidos.



Conforme o prefeito odilon “Nós estamos muito felizes em receber a visita do pessoal da Polícia Militar pra trazer essas doações, que agora mais do que nunca, é muito bem-vinda, visto a dificuldade que o município esta passando”.



O comandante da Cavalaria da PMMS, tenente-coronel Guilherme Dantas Lopes, disse que é uma alegria para todo o efetivo participar dessa campanha e poder proporcionar um pouco de conforto nesse momento difícil para as famílias beneficiadas. “Parabenizo toda minha equipe que não mediu esforço para mergulhar nessa campanha, onde todos se envolveram e deram sua contribuição. Isso mostra o compromisso social da Polícia Militar. Também quero agradecer a todos que fizeram suas doações e contribuíram para o sucesso da campanha”, afirmou tenente-coronel Guilherme.



A campanha de arrecadação de roupas, itens de higiene pessoal básica, alimentos não perecíveis (água mineral, leite em pó, etc.) para as famílias atingidas pelas enchentes que ocorreu na região da cidade de Aquidauana, deu início no dia 22 de fevereiro, onde segundo o Instituto de Meio Ambiente (Imasul), o nível do rio atingiu 10,42 metros e a prefeitura de Aquidauana decretou emergência por conta da situação caótica que tomou conta do município.

Nenhum comentário: