quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Digno de ser seguido como exemplo político, Fábio Trad renuncia ao auxílio mudança de 33 mil reais


Deputado federal reeleito protocolou decisão contra benefício, o qual classificou como "questionável penduricalho"
O deputado federal Fábio Trad (PSD), reeleito ao cargo para novo mandato em 2018, renunciou ao chamado auxílio mudança, que direciona a cada parlamentar 33,7 mil reais para custear a ida a Brasília.

Ele protocolou e enviou documento ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), em que oficializa a decisão.

“Surpreso com a notícia de que deputados e senadores vão receber um tal de “auxílio mudança” em fevereiro[…] Protocolo neste ato minha renúncia a este ‘questionável penduricalho’, uma vez que não faço e não farei uso de apartamento funcional”, destacou.

A ajuda de custo é paga aos senadores para cobrir gastos com mudança e transporte no início e no final do mandato, mas alguns parlamentares anunciaram que vão abrir mão do benefício. O valor corresponde a um mês de salário de um deputado federal e cumpre decreto legislativo criado em 2014.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Fábio Trad é eleito o melhor parlamentar do ano pelo projeto Ranking do site políticos.org

Ele superou 593 políticos que atuaram em 2018 no Congresso Nacional. A organização não-governamental, que criou o ranking, faz comparações dos políticos de todo o Brasil.
“Classificamos os senadores e deputados federais do melhor para o pior. Sabemos que existe uma enorme quantidade de corruptos e incompetentes na política brasileira. No entanto, se votarmos em massa nos melhores (ou menos piores), incentivaremos uma melhoria no panorama político do Brasil. Nossa meta é oferecer informação para ajudar de forma objetiva as pessoas a votarem melhor, levando em consideração principalmente o combate à corrupção, privilégios e desperdício da máquina pública. Somos um site particular criado por dois administradores de empresa. Não somos filiados a nenhum partido político ou grupo de interesse”, diz trecho de texto que explica o ranking do site políticos.org.

De acordo com o estudo, Fábio Trad tornou-se o melhor parlamentar do ano numa disputa apertada com o colega Eduardo Barbosa, deputado federal de Minas Gerais. Fábio conquistou 143 pontos e Eduardo, 142.

Note como Fábio destacou-se na bancada sul-mato-grossense, em Brasília, deixando muito para trás os parceiros sul-mato-grossenses.

Depois dele quem mais se sobressaiu no ranking dos melhores parlamentares do país, foi a senadora Simone Tebet (MDB), que ficou com a 93ª posição.

E, depois dela, o senador também emedebista Waldemir Moka, que obteve pontos que o assegurou o 112º lugar.

Já os futuros ministros do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) a deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) e Luiz Henrique Mandetta ficaram bem distantes de Fábio.

Tereza, que assume em janeiro o ministério da Agricultura, foi posicionada como 179ª no ranking dos melhores parlamentares deste ano; já Mandetta, escolhido como ministro da Saúde a partir do ano que vem por Bolsonaro, alcançou a 259ª posição.

ALERTA

O site políticos.org informa a importância do projeto do ranking dos melhores:

"Consertar os problemas brasileiros só pode ser feito pelas vias políticas, ou seja, votando e implantando leis boas. Como os políticos são os maiores beneficiários da situação atual, não é fácil fazê-los votar leis que prejudiquem a si mesmos. A boa notícia é que mesmo os políticos mais corruptos também dependem de votos, portanto, se a população votar melhor, consequentemente teremos políticos melhores e, aos poucos, pode-se aumentar a qualidade dos nossos representantes públicos. Com o tempo, se conseguirmos dezenas de milhões de eleitores acompanhando o Ranking, além de colocar para fora os corruptos, ainda criaremos um forte incentivo aos demais políticos para se comportarem bem, pois saberão que se trabalharem mal, perderão pontos no ranking”.

Para demonstrar confiabilidade na escolha dos melhores parlamentares do ano, o políticos.org, diz de onde sai a renda que banco o levantamento:

“O ranking é uma iniciativa particular dos fundadores, que são também os principais financiadores do projeto. Recebemos também doações voluntárias de pessoas físicas. Entendemos que esse site é uma contribuição para melhorar a cidadania no Brasil e queremos permanecer sempre independentes. Além disso, se alguém quiser contribuir com nosso trabalho, basta nos enviar informações sobre os políticos e ajudar na divulgação de nosso site e redes sociais”.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Fábio Trad apresenta projeto que estimula reaproveitamento de resíduos sólidos


A intensa geração de resíduos sólidos representa um dos maiores desafios da atualidade. Por conta do crescimento econômico e populacional e avanços tecnológicos, uma maior quantidade de resíduos é produzida e os recursos naturais tornam-se cada vez mais escassos.

Desta maneira, tendo em vista o constante crescimento populacional e o acelerado desenvolvimento dos setores industriais, é preciso buscar soluções e inovações para o manejo e destinação final adequada dos resíduos sólidos gerados. A opção de se reutilizar resíduos como matéria-prima para outras indústrias gera redução de gastos financeiros e de impactos ambientais, além dos benefícios para a saúde humana.

Com o objetivo de estimular essa prática, chamada de coprocessamento e aproveitamento energético, foi protocolado nesta terça-feira (4) na Câmara dos Deputados um projeto de lei (PL 11.102) que propõe incentivo fiscal a empresas que atuarem nessa área.  

O texto, do deputado Fábio Trad (PSD-MS) visa ampliar a suspensão de contribuição para o PIS/PASEP e da Cofins sobre resíduos destinados ao aproveitamento energético e ao coprocessamento.

“O impacto financeiro da renúncia de receita seria irrelevante para a União, algo em torno de R$ 2,2 milhões, um milésimo por cento da receita corrente líquida de 2018”, sustentou o parlamentar, utilizando-se de dados da Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados.
Segundo o deputado, a aprovação do projeto seria uma oportunidade de a União minimizar os efeitos daquilo que ele classifica como “subsídio ao desperdício e penalização da cadeia produtiva”Isso porque atualmente o lixo que vai ao aterro sanitário dos municípios não paga impostos. Já o lixo limpo, triado para reciclagem, paga múltiplos impostos.

“Para inverter essa situação seria necessária a participação dos estados, pois a União não pode interferir no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias). Cabe-nos, no entanto, ampliar as isenções sobre os tributos federais”.

O PL do deputado Fábio Trad aprimora as leis 11.196/05 e 12.305/10, que regulamentam e definem o aproveitamento energético de resíduos sólidos como uma das formas de destinação ambientalmente adequada dos mesmos, inclusive listando, entre os objetivos da Política Nacional de Resíduos Sólidos, o incentivo à recuperação energética de resíduos.

Um exemplo, largamente utilizado em países da União Europeia, Estados Unidos, Japão, Suíça e Alemanha, é o licenciamento de fornos rotativos de produção de clínquer, componente básico de cimento. Com o processo de queima, em condições industriais controladas, resíduos sólidos que antes seriam descartados em aterros passam a ser integrados à fabricação do cimento e de outros que exijam elevadas temperaturas. Nesses fornos, os resíduos entram como combustível secundário, auxiliando a geração e calor, o qual destrói os compostos mais tóxicos, e concomitantemente incorpora a cinza gerada à argila e calcário, formando o clínquer.

As vantagens desse tipo de destinação são evidentes, eliminando grande volume de poluentes e incorporando os resíduos ao cimento de forma segura.

Nelson Trad é homenageado em biografia que conta sua trajetória

Um intelectual, político fiel à sua essência, ético, líder, desportista, conselheiro e exemplo na família. Vários são os predicados citados por quem conheceu Nelson Trad. Sete anos após sua morte, ele recebe uma grande homenagem da família, com o lançamento de sua biografia, “Nelson Trad – Uma Vida Pra Valer” (Editora Letra Livre), escrita pelo jornalista Oscar Ramos Gaspar.

Em 23 capítulos, reunidos em 270 páginas, o autor discorre, de forma não linear nem cronológica, sobre a trajetória do homem, político e pai, que criou e educou cinco filhos: Nelson Trad Filho, Fátima Trad, Marcos Trad, Fábio Trad e Tetê Trad, ao lado da companheira de vida, Therezinha Mandetta Trad.

Segundo o autor, foram quase dois anos colhendo mais de 70 depoimentos que lhe permitiram traçar o perfil humano, o percurso político e a carreira profissional de um dos mais brilhantes criminalistas de Mato Grosso do Sul.  “Refazer o percurso de Nelson Trad foi um desafio intelectual grande. Mesmo eu, que já havia tido o prazer de conhecê-lo, de privar de alguns poucos jantares ao lado dele, só nós dois conversando sobre política, mesmo achando que eu o conhecia um pouco, esta descoberta, este desafio foi altamente compensado por descobrir uma personalidade extraordinária”, explica o autor.

A biografia, segundo quem a escreveu, não tem a pretensão de esgotar a vida de Nelson Trad. “Seria absurdo. Meu desejo é que sirva de portas para que alguns acadêmicos e professores se aventurem por uma vida que é altamente interessante e que merece ser muito pesquisada; é sobre valores, a independência de um homem que brigou contra tudo. Ele foi preso, acusado de ser comunista e agitador. Mas ele nunca foi isso e, depois, se reergueu”.

No livro estão a vida pessoal, os anos de formação e de militância estudantil no Rio de Janeiro, seu casamento com dona Therezinha Mandetta Trad e a chegada dos primeiros filhos, o início de sua carreira de advogado, precocemente brilhante, sua iniciação política, resgatando o estudante libertário e combativo, e a precoce e promissora carreira política truncada pela ditadura militar – que lhe cassou o mandato de vice-prefeito e suspendeu seus direitos políticos por uma década.

A paixão de Nelson Trad pelo futebol, o resgate de seus direitos políticos com a Anistia e, a partir daí, a retomada de sua carreira política, sempre fiel ao trabalhismo getulista. Estes  são aspectos abordados e que projetam ainda sua cultura notável e o senso de humor que, às vezes, beirava a mordacidade, como diz o biógrafo.

DE FILHO PARA PAI
O filho primogênito, Nelson Trad Filho, conta que o livro nasceu da necessidade de resgatar a história da trajetória não só política, mas também pessoal e social do pai. “Em cada lugar que nós, descendentes, íamos, tinha sempre alguém com uma história para contar, com o Nelson Trad. A família chegou à conclusão que esta história tinha que ser colocada para a sociedade conhecer, estes depoimentos, estas passagens,  momentos da história do País”.

Nelson Trad teve quatro mandatos como vereador, saiu para ser vice-prefeito de Antônio Mendes Canale, depois foi cassado pelo Regime Militar e ficou 10 anos inelegível, voltando como deputado estadual e depois federal.

Nelsinho Trad, agora eleito senador, define o pai como uma pessoa extremamente rígida nos padrões éticos e morais, e extremamente fiel aos seus princípios. “Eu me lembro bem que, quando havia alguma situação que pudesse ferir sua ideologia, o seu modo político de pensar, ele logo a enfrentava para poder fazer valer aquilo que pensava”

Fiel a apenas dois partidos políticos – PTB, no qual se filiou em 1957, e MDB – Nelson Trad foi um político de renome nacional. “Acho que ele é, sob todos os aspectos, um político de tamanho nacional mesmo, seja pela formação político-ideológica, pela coerência partidária ou pela percepção da problemática nacional. No  Congresso Nacional, nunca foi um deputado do baixo clero, sempre esteve no centro das grandes discussões e debates”, define o biógrafo.

Para Nelsinho Trad, um dos lados mais marcantes da personalidade do pai era ser um aglutinador. “Todos da família sempre estavam em torno dele – os irmãos, a irmã, os filhos, sobrinhos, netos. Enfim, todos aqueles que tinham alguma ligação com a família sempre procuravam o Nelson Trad para poder se orientar, se balizar, se aconselhar”.

Nelson Trad nasceu em outubro de 1930 e morreu em 7 de dezembro de 2011, aos 81 anos.

O livro “Nelson Trad – Uma Vida Pra Valer” será lançado no dia 7 de dezembro, às 18h30min, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo (Parque dos Poderes). A verba arrecadada com a venda será destinada a três instituições: Los Angeles Futebol Clube, Sirpha – Lar dos Idosos e Cotolengo.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Bandidos fazem arrastão no Nova Lima e morrem em troca de tiros com o CHOQUE


Dois bandidos, de 21 e 24 anos, que faziam um arrastão no bairro Nova Lima, em Campo Grande, morreram em uma troca de tiros com policiais do Batalhão de Choque na noite desta quinta-feira (29).

Após os dois fazerem um arrastão foi pedido apoio de equipes do Batalhão de Choque, já que testemunhas que estavam na rua contaram que a dupla estava armada. Eles invadiram uma escola na Rua Ida de Baís, na tentativa de se esconderem. Os policiais entraram na instituição de ensino, sendo que um dos militares foi pelo telhado e o outro pelo chão.

No telhado, um dos policiais flagrou o bandido armado. Foi dada voz de prisão a ele. O homem atirou contra o militar, que reagiu a tiros. No chão, o outro autor foi localizado. Ele também efetuou disparos contra o militar, que revidou.

A dupla foi socorrida para uma unidade de saúde no Nova Bahia, mas os suspeitos morreram. Na delegacia, uma das vítimas reconheceu os ladrões que tinham roubado seu Corolla no dia 25 deste mês. No dia do roubo do Corolla, os bandidos chegaram a agredir uma criança que morava na casa.

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Polícia Militar recebe viaturas, robô anti-bombas e equipamentos para reforçar a segurança em MS

Oito novas viaturas vão reforçar os trabalhos da Polícia Militar em Mato Grosso do Sul. Os veículos foram entregues pelo Governo do Estado, na tarde desta terça-feira (27), para sete municípios.

Um caminhão guincho e um kit robô antibomba completam a lista das aquisições que complementarão os serviços das equipes de segurança pública.

A entrega foi durante cerimônia na Governadoria, no Parque dos Poderes. Segundo o governo, os R$ 913 mil que serviram para compra dos novos veículos foram retirados do valor arrecadado com multas de trânsito no ano de 2017. As viaturas foram entregues para os municípios de Amambai, Bonito, Brasilândia, Camapuã, Cassilândia, Coxim, Sonora e Jardim. Além de uma viatura, Amambai receberá um caminhão guincho.

Presente na cerimônia, o secretário de segurança pública, Antônio Carlos Videira, comentou a aquisição do kit robô antibomba. Segundo ele, o material avaliado em R$ 3 milhões foi cedido pela SENASP (Secretaria Nacional de Segurança Pública), vindo de Brasília.
Coronel Waldir Ribeiro Acosta
Comandante-geral da Polícia Militar de MS
A princípio, os equipamentos ficam no Estado pelo prazo inicial de 120 meses, reforçando as atuações do BOPE (Batalhão de Operações Policiais Especiais), que está completando 15 anos de criação.

Voltado para operações que envolvem bombas e explosivos, o kit é composto de um robô Icor pequeno porte, 02 trajes blindados, um canhão disruptor, cordas, ganchos, 02 máscaras e mochilas de proteção respiratória, 72 cartuchos de canhão 20mm e um raio-x portátil.

Ainda no evento, o governador Reinaldo Azambuja afirmou que novas aquisições devem ser feitas já no início do ano que vem. Pelo menos 50 novas viaturas devem ser adquiridas, um investimento de aproximadamente R$ 6 milhões. “Melhorar a segurança pública é um grande desafio, mas o Estado tem conseguido reduzir os índices de violência”, completou o governador.

Resultado da 3ª fase dos concursos da Polícia Militar e Bombeiro Militar de MS, está na edição de hoje do DOE

Candidatos considerados inaptos podem interpor recurso até quarta-feira
O Governo do Estado divulgou edital nesta terça-feira (27) o resultado preliminar da terceira fase dos concursos públicos do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. A fase corresponde ao exame de saúde e os candidatos considerados inaptos podem interpor recurso a partir desta terça-feira (27) até as 17h da quarta-feira (28).

Os candidatos poderão consultar o motivo de sua inaptidão e interpor recurso administrativo por discordância do resultado, acessando a área do candidato. Para interpor recurso, candidatos podem usar documentos, como laudos médicos ou exames. Neste caso, é preciso encaminhar a documentação digitalizada em pdf.

Já para quem está na lista do edital e foi considerado apto na terceira fase, será convocado para a próxima fase, que é o exame de capacidade física, previsto para acontecer entre os dias 8 e 12 de dezembro.

Acesse o edital no Diário Oficial do Estado, a partir da página 5.

sábado, 24 de novembro de 2018

Contrabandistas tentam subornar PM´s e acabam presos em flagrante por corrupção

Suspeitos trafegavam pela MS-141 em ziguezague e foram denunciados por outros condutores.

Dois homens de 24 e 44 anos foram presos na madrugada deste sábado (24) por contrabando, corrupção ativa, desobediência e resistência. A dupla fazia o transporte de grande quantidade de mercadorias contrabandeadas do Paraguai e foram descobertos após zigue-zague na MS-141, no Distrito de Nova Casa Verde.

Durante patrulhamento ostensivo e preventivo equipe de Força Tática recebeu uma denúncia de que uma caminhonete Ford Ranger, prata, trafegava em ziguezague pela MS-141. Os policiais localizaram o veículo e emitiram sinais sonoros e luminosos, que foram desobedecidos.

O condutor tentou fugir, mas foi alcançado. Ele e o passageiros são residentes de Pirapozinho-SP. Em revista pessoal foi encontrado com o condutor R$ 9.800,00 e com o passageiro, R$ 308,00. Durante revista no carro, na carroceria da caminhonete foram encontradas 30 caixas de bebida, 03 malas de fibra, 01 furadeira marca e 01 máquina de cortar cabelo profissional.

Todos os produtos eram de origem Paraguaia e não possuíam documentação de importação. Os suspeitos se contradisseram nas respostas quanto ao destino da mercadoria e ofereceram dinheiro aos policiais. Foi dada voz de prisão aos indivíduos, que resistiram.

Durante a ocorrência, o celular do passageiro não parava de tocar, e perguntado ao mesmo do que se tratava, ele afirmou participar de grupos do WhatsApp, onde o intuito era informar se o trajeto que faziam estava livre de fiscalização, para que demais veículos com mercadorias contrabandeadas pudessem chegar ao seu destino. As mercadorias foram levadas ao quartel do 8º BPM de Nova Andradina para, posteriormente, ser encaminhada à Receita Federal.

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Projeto social da AME-MS propicia lazer a crianças e adolescentes da capital

Cumprindo seu papel social, a Diretoria da Associação dos Militares Estaduais (AME-MS), tem desenvolvido um Projeto, junto aos estudantes das escolas públicas de Campo Grande, com o objetivo de propiciar lazer a crianças e adolescentes da nossa capital.

Dentro de um calendário mensal é estabelecido pela Diretoria da entidade, um dia da semana, onde o projeto visa oferecer lazer a nossa juventude campo-grandense, onde é disponibilizado o espaço do complexo de multi atividades da entidade, que conta atualmente com três piscinas e um tobo-água.

Nesta mês a unidade atendida foi a Escola Municipal Dr Eduardo Olímpio Machado. Esta iniciativa já atendeu milhares de crianças das Escolas Municipais e Estaduais de Campo Grande.

Maiores informações com o Ten BM Fernando Jorge Brandão Ferreira, Gestor do Clube e Diretor de Patrimônio e Obras da AME-MS, pelos telefones 3027-1434 e 996779422.

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Polícia Militar realiza abertura do Curso de Força Tática do Batalhão de CHOQUE

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, através do Batalhão de Polícia Militar de CHOQUE, realizou na manhã de segunda-feira (12.11) a abertura do II Curso de Força Tática na cidade de Aquidauana.
O Curso tem por objetivo capacitar e padronizar a atuação das equipes de FORÇA TÁTICA da PMMS na atuação como segundo esforço nas ocorrências dos Batalhões de Área e Companhias Independentes, realização de patrulhamento motorizado em áreas de alto índice de ocorrências e de maior potencial, bem como a primeira intervenção em situações críticas.
No primeiro dia de curso, foi ministrada a aula inaugural pelo Sr. Tenente-Coronel Marcos Paulo, Subcomandante da Academia de Polícia Militar da PMMS, além de instruções sobre Direitos Humanos, Legislação Aplicada à Força Tática e Armamento e Munição.
A previsão de duração é de 30 dias, o qual ocorrerá na área de atuação do 7º Batalhão de Polícia Militar.

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Mato Grosso do Sul implantará os primeiros colégios da Polícia Militar em 2019

Duas cidades em Mato Grosso do Sul serão as primeiras a receber um Colégio Tiradentes, instituição de ensino administrada em conjunto com a Polícia Militar. Chapadão do Sul e Paranaíba já estão em estágio avançado no processo e os colégios devem ser implantados já em 2019.

Uma comissão ainda deve analisar a implantação das escolas em outras cidades do estado. De acordo com o Comandante-Geral da PM, o Coronel Waldir Acosta, colégios nos estados de Goiás, Amazonas, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul servem de modelo para a implantação em MS.

Segundo o coronel, os colégios Tiradentes possuem modelos de gestão compartilhada: enquanto as questões pedagógicas ficam por responsabilidade da diretoria da escola, a formação da cidadania é gerida pela Polícia Militar. Ele ainda explica que não são criadas novas escolas, mas há o compartilhamento da gestão com colégios que já existem no estado.

Os colégios Tiradentes devem ser abertos à comunidade, logo contemplam tanto os filhos de policiais militares quanto alunos em geral.

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Mais uma arma de fogo é retirada de circulação pela Polícia Militar em Rio Brilhante

Após ameaçar o amigo da ex-mulher, homem de 54 anos acabou preso pelos Anjos da Lei
Ele foi preso com uma pistola calibre .22, no bairro Catulino Rodrigues, em Rio Brilhante. Ele é suspeito de ter invadido a casa da ex-mulher e expulsado o amigo dela da residência.

Conforme o boletim de ocorrência, o amigo da mulher denunciou o caso à Polícia Militar, assim que foi retirado da casa pelo homem armado.

Os combatentes da PM entraram na casa e foram recebidos pela moradora, que confirmou que o homem estava no local. O suspeito foi chamado, confirmou que retirou o amigo da residência, mas negou que tivesse mostrado arma de fogo.

O caso ocorreu na noite dessa quinta-feira (8). O suspeito foi questionado sobre a pistola e apontou o local onde a arma estava, em cima do guarda-roupas. Ele foi autuado em flagrante por posse de arma de fogo e ameaça.

Aprovados nos concursos da Polícia Militar e Bombeiro Militar são convocados para fase de exames médicos

Os candidatos serão submetidos aos exames médicos que serão realizados de 17 a 19 deste mês
O governo de Mato Grosso do Sul, por meio do Diário Oficial do Estado, edição desta sexta-feira (9), convocou os candidatos aprovados no concurso para preenchimento de vagas para a Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Nesta fase do certame, os concorrentes serão submetidos aos exames médicos.

No publicado é dito que a avaliação presencial será realizada no período de 17 a 19 deste mês, em Campo Grande, por Junta Médica Especial constituída por profissionais da área designados especificamente para este fim, sob a responsabilidade da Fapems (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura de Mato Grosso do Sul).

O local onde os candidatos vão fazer os exames fica na Academia de Polícia Civil, a Acadepol, na rua delegado Osmar de Camargo, no Parque dos Poderes. Os candidatos precisam pagar R$ 270,20 pelos exames, do contrário podem ser eliminados.

O candidato deverá agendar sua avaliação presencial, no período das 13h do dia 9 de novembro, esta sexta-feira até às 17h do dia 14 de novembro de 2018, horário de MS, acessando a área do candidato no endereço www.fapems.org.br.
Veja relação dos candidatos que devem fazer o exame clicando aqui

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Major da Polícia Militar chega em 1º lugar na Corrida de Orientação dos Jogos Brasileiros das Instituições de Segurança Pública

Representando a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul na primeira edição dos Jogos Brasileiros de Segurança Pública – I JOBIS, que está sendo realizado em Florianópolis – SC, na categoria H Aberto de Corrida de Orientação, o major PM Anderson Machado Padilha, se consagrou campeão absoluto na modalidade nesta manhã (02/11), obtendo o 1º lugar.

A Delegação da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul conta com vinte e nove policiais para competir no I Jogos Brasileiros das Instituições de Segurança Pública.

Além da Corrida de Orientação a instituição participará nas seguintes modalidades: futebol society master, atletismo, tênis, natação, corrida rústica, judô, jiu-jitsu e tiro esportivo.

Os Jogos Nacionais das Instituições de Segurança Pública iniciaram no dia 1º de novembro e finaliza no dia 10 de novembro de 2018.

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Fábio Trad tem papel fundamental como relator do projeto de proteção aos animais

Texto prevê detenção de três meses a um ano e aumento de até um terço da pena em caso de morte do animal
Abusar, maltratar, ferir e mutilar animais, sejam eles silvestres, domésticos, nativos ou exóticos, está prestes a se tornar crime no Brasil, com sanções e detenção de três meses a um ano, além de multa e aumento de um sexto a um terço da pena, em caso de morte do animal.

Este é o teor de um Projeto de Lei (3141/12), que criminaliza as práticas de zoofilia (prática de atos libidinosos contra animais) e que aguarda votação em plenário após aprovação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara (CCJC).

O projeto contou com o apoio fundamental do deputado federal Fábio Trad (PSD-MS), relator do texto na principal comissão da Casa.

“O presente PL está em consonância com nações já mais desenvolvidas em matéria de Direito Animal, tais como os países nórdicos e os EUA, os quais já possuem políticas voltadas para o combate da zoofilia desde os anos 1990”, disse o deputado federal Fábio Trad (PSD-MS) ao aprovar a constitucionalidade e o mérito do texto durante a sessão da CCJC.

O parlamentar aproveitou a ocasião para elogiar o autor do projeto, o deputado federal Ricardo Izar (PP-SP), nacionalmente conhecido por sua atuação na defesa do direito animal.

“Ninguém mais defende os direitos dos animais nesse parlamento que o deputado Ricardo Izar, mas entendo até que ele foi parcimonioso na notificação da pena. De qualquer forma, fica aqui o reconhecimento pelo acerto do projeto, no entanto faço questão de registrar a advertência de que há espaço para aumentar a pena, respeitando os princípios da racionalidade e da razoabilidade”, finalizou Fábio.

O PL 3141/12 altera artigo 32 da Lei 9605, de 1988, de Crimes Ambientais que dispõem sobre as sanções penais da prática de atos lesivos à fauna.

Além disso, o projeto também prevê sanções a quem provocar, pela emissão de efluentes ou carreamento de materiais, o perecimento de espécimes da fauna aquática existentes em rios, lagos, açudes, lagoas, baías ou águas jurisdicionais brasileiras, com pena de detenção de um a três anos ou multa, ou ambas, incorrendo nas mesmas penas quem causar degradação em viveiros, açudes ou estações de aquicultura de domínio público.

Também passíveis de pena estarão aqueles que exploram campos naturais de invertebrados aquáticos e algas sem licença, permissão ou autorização da autoridade competente, bem como quem fundeia embarcações ou lança detritos de qualquer natureza sobre bancos de moluscos ou corais, devidamente demarcados em carta náutica.

sábado, 27 de outubro de 2018

Muito prazer, Deputado! Meu nome é Jaraguari!

Bom, já que insistem eu vou falar, aliás escrever porque o papel eterniza e o que tenho a dizer precisa resistir ao vento para se firmar na história. Meu nome é Jaraguari e tenho 65 anos. Não me considero jovem, mas adolescente mesmo, cheio de paixão e viço, pronto a encarar qualquer desafio que me impeça o crescimento.

Muitos me conhecem pela placidez dos meus cantos. Alguns até me comparam com a melodia de uma seresta que encanta com a elegância melancólica de sua métrica. Se eu fosse uma cor, houve quem dissesse que eu seria muitas delas, assim como o arco-íris que se projeta logo depois das “chuvas de manga” quando umedecem meus campos férteis.

Sim, sou muitos em um, por isso os olhares simplistas não conseguem me decompor, tornando-me alvo de preconceitos e estigmas. Se eu me importo com isso ? Claro que não, porque sei que o melhor verso não é o que melhor rima, mas o que mais diz ao coração do poema. Eu sou a uma poesia em forma de cidade. Basta saber me olhar!

E foi um desses olhares rasos que, semana passada, me fez novamente conhecido pela distorção do preconceito. Estava eu trabalhando com meus filhos concentrado em apressar o progresso quando ecoou a voz irônica de um deputado decidido a realçar minha suposta pequeneza. Disse ele ao vivo em entrevista que o Bolsonaro é tão incompetente que não conseguiria nem mesmo me administrar...

Mais uma facada em minha autoestima? Se o objetivo do deputado foi o de apequenar-me como exemplo maior (ou menor?) de insignificância geo-política, lamento informá-lo que essa carapuça não visto. Caro deputado, existe uma grande diferença entre ser uma pequena cidade e ser uma cidade pequena. Aliás, a mesma entre grande homem e homem grande.

Sou uma pequena cidade, mas meu povo jamais me deixou ser uma cidade pequena. Não cresço por gigantismo descontrolado, afinal de que adianta ser grande com uma alma pequena? E olha que falando em alma, as manhãs da minha inspiraram o despertar musical do menininho que canta e é aplaudido por milhões de pessoas.

É verdade que sobre meu chão vivem menos de dez mil pessoas, mas lhe garanto deputado que nenhum deles me troca por outro recanto deste mundo de meu Deus. Sabe por que? Porque nascer em meus braços não é para muitos, mas para os escolhidos.

Portanto, deputado, antes de continuar me reduzindo ao tamanho do respeito que tem por Bolsonaro, faço-lhe um convite: venha me visitar mais vezes, talvez assim passe a me conhecer melhor.
Sou do tamanho do mundo porque sou grande para quem importa.

Eu sou Jaraguari!

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

PROCON notifica a CTRCG após constatar violação de direitos do consumidor na rodoviária da capital

Atentos a reclamação de consumidor, publicada pelo site Top Mídia News, a equipe do PROCON Campo Grande, no início da noite, realizou uma fiscalização no estacionamento da rodoviária municipal e constatou violação de direitos do consumidor.

A matéria jornalística informava que determinado consumidor teve seu veículo retido e foi obrigado a pagar o valor de uma diária, mesmo utilizando tempo muito inferior a esse, porque teria perdido o Ticket do estacionamento.

A empresa será notificada e responderá a processo que pode terminar com a aplicação de multa.

Entenda o caso que motivou a fiscalização 👉 "Abuso: rapaz perde ticket de estacionamento, tem carro detido e paga multa para ser liberado"

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA AME-MS

(PORTARIA nº.43/Presidência/2018)

O presidente da ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DE MATO GROSSO DO SUL – AMEMS, no uso de suas atribuições legais, e em conformidade com o art. 14, letra “b” § 1º do Estatuto Social;

RESOLVE:

Art. 1º – Convocar a todos os associados desta entidade de classe, em condições de votar, para a ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, a ser realizada no dia 22 de outubro 2018, às 15h30m em primeira convocação e às 16h em segunda convocação, na sede da entidade sito a Rua Senador Queiroz, 1247, Bairro J. Leblon, Campo Grande/MS, para discutir e deliberar a seguinte ordem do dia:

01) deliberação acerca do imóvel da Regional Dourados;

02) Assuntos Gerais.
Art. 2º – Esta portaria entra em vigor nesta data.


Campo Grande, MS, 15 de outubro de 2018.


quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Fábio Trad é relator de projeto que cria um marco na valorização dos profissionais da educação

Proposta na área foi aprovada pela Câmara dos Deputados e agora segue para análise do Senado
deputado federal Fábio Trad (PSD/MS) afirmou que o projeto de lei sobre diretrizes na educação escolar básica cria “marco regulatório” e valoriza profissionais da área. O parlamentar foi relator da proposta apresentada pela deputada federal Dorinha Rezende (DEM/GO) e aprovada pela Câmara Federal.

De acordo com o projeto de lei, profissionais da educação são os que exercem a função de docência ou suporte pedagógico, que é a direção e administração escolar, planejamento, inspeção, supervisão e orientação educacional. A medida cria planos de carreira e ingresso por meio de concurso público de provas e títulos, entre outras medidas.

“Foi uma honra que assumi com muita responsabilidade, afinal trata-se de um momento histórico. Esse projeto de lei estabelece um marco regulatório para a devida valorização dos profissionais da educação escolar básica, garantindo, na forma da lei, planos de carreira, com ingresso via concurso público de provas e títulos àqueles das redes públicas”.

A proposta prevê, ainda, que os planos de cargo e carreira estimulem o desempenho e desenvolvimento profissionais, além de formação continuada para atualização dos profissionais e condições de trabalho que favoreçam o processo educativo.

Na defesa do projeto, o deputado Fábio Trad destacou também as diretrizes que servirão de base para os planos de carreira dos profissionais da educação escolar pública, como a organização da carreira considerando a possibilidade de progressão funcional periódica e desenvolvimento profissional e a inclusão de requisitos para a evolução na carreira. A medida foi aprovada na Câmara dos Deputados e seguirá para análise do Senado.

Após Fábio Trad reassumir o mandato, balanço mostra que MS melhorou sua posição no ranking nacional

Balanço das atividades divulgado pela Câmara dos Deputados mostra que se na média nacional o desempenho dos parlamentares deixa muito a desejar, no que diz respeito ao Mato Grosso do Sul a população parece ter finalmente ter encontrado ao menos um motivo para comemorar. Com uma bancada formada por oito representantes, o Estado melhorou a sua posição no ranking nacional após o deputado Fábio Trad ter reassumido o mandato, em dezembro do ano passado.

Os números divulgados demonstram a sua boa performance e um desempenho acima da média, resultado de um trabalho cuja aferição aparece justamente no momento em que a classe política está em sua pior fase na avaliação da população.

“Fomos surpreendidos com a divulgação desses resultados, principalmente pela posição que conquistamos, mas é imperioso admitir que eles reforçam em nós a crença de que é possível fazer a boa política, direcionando as ações parlamentares sempre com o objetivo de cumprir os compromissos que assumimos com a população. Os números nos deixam muito felizes e mostram que estamos no caminho certo”, disse Fábio Trad.

Com relação aos projetos apresentados por todos os 8 parlamentares sul-mato-grossenses, Fábio Trad é de longe o mais atuante. No total, foram 17 projetos apresentados, mais do que a soma do que apresentaram os demais deputados do Estado juntos. E são todas iniciativas importantes, na defesa dos idosos, pessoas deficientes, consumidores, mulheres vítimas de violência e Segurança Pública, dentre outras áreas.

Com relação aos gastos do gabinete, a chamada “cota parlamentar”, a média do deputado Fábio Trad é menos da metade que a dos sete demais deputados sul-mato-grossenses: R$ 104 mil contra R$ 212 mil. Em Brasília, abriu mão do uso de apartamento funcional, mora em hotel, e de carro oficial, locomove-se utilizando Uber e táxi.

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Estatísticas da Polícia Militar apontam queda na maioria dos crimes em MS

Mato Grosso do Sul teve queda de 9% na quantidade de crimes registrados no primeiro semestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado. 

Conforme as estatísticas da Polícia Militar, o estado teve 38.301 ocorrências em junho, em torno de 3,8 mil a menos que em 2017.

A maioria dos casos é de furto. Essa infração soma 20.185 ocorrências, o que corresponde a metade do total. Houve redução de 2,4% na quantidade de registros desse tipo.

Com relação aos roubos sem morte, a PM registrou 9.965 ocorrências, das quais 238 foram cometidas em residências, 3.977 aconteceram em vias públicas e outros 309 vitimaram estabelecimentos comerciais. Em comparação com 2017, houve queda de 13%.

No grupo dos crimes contra a vida, houve 235 homicídios dolosos (redução de 5,2% em relação ao ano passado), 118 homicídios culposos no trânsito (-10,6%), 13 latrocínios (-13,3%) e 18 feminicídios. Este último teve crescimento de 12,5% entre os dois períodos comparados com dois casos a mais em 2018.

Campo Grande segue a mesma tendência do estado com relação aos números gerais. Houve queda de 4% no volume total de crimes, mas nos seis primeiros meses deste ano, a Capital viu crescer em 7,7% o número de furtos na cidade e em 250% a quantidade de latrocínios, que saltou de 2 para 7 em números absolutos.

Sobre o número de roubos seguidos de morte, o comandante-geral da PM, coronel Waldir Acosta, afirma que a elevação se deu pela quantidade de vítimas que reagiram aos assaltos que foi acima do normal, mas recorda que todos os casos foram investigados e resolvidos pela Polícia Civil.

“Com relação ao furto, nós temos buscado combater isso, ressaltando também que tivemos um aumento da nossa população de um ano para outro e isso acaba refletindo no aumento dos crimes”, explica.

O comandante ressalta que trabalhos voltados ao combate do tráfico de drogas são feitos para reduzir esses índices, já que a maioria dos pequenos roubos serve para angariar moeda de troca para entorpecentes.

O Comandante-geral comemora a queda nos índices e atribui o resultado ao trabalho de motivação dos militares. “Nossa riqueza é o material humano. O policial só faz a apreensão e a prisão se ele estiver motivado e fazendo as abordagens. Tivemos, além disso, várias operações que proporcionaram essa redução criminal”, pontua.

Ele reconhece também que os resultados só foram possíveis pela união de todas as forças de segurança. “É um trabalho em conjunto”.

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Batalhão de CHOQUE prende quadrilha que cometia assaltos com Clio roubado na Bahia

O Batalhão de Choque da Polícia Militar prendeu quatro suspeitos de uma “onda” de assaltos em Campo Grande. Armado, o grupo usava um Renault Clio, com registro de roubo da cidade de Euclides da Cunha, na Bahia.

A prisão foi possível após vítimas de roubos relatarem características dos suspeitos e o carro usados nos crimes. Durante rondas pela avenida Aracruz, no Parque dos Novos Estados, equipe do Choque se deparou com um veículo semelhante e deu ordem de parada, que foi desobedecida. A polícia não tem o número de vítimas.

Após tentativa de fuga, o grupo foi alcançado próximo ao Jardim Montevideu, no cruzamento da Rua Panonia com a Itami. No carro estavam, o motorista Bruno Vilalva da Silva, de 23 anos, e os passageiros Lucas Gabriel Agostini de Oloiveira, de 18 anos, Heverton Nazareth dos Santos de Oliveira, de 18 anos, e Thiany Arruda D'ávila, de 34 anos.

Um dos ocupantes chegou a arremessar uma arma de fogo, revólver marca Doberman calibre .22 com duas munições, pela janela. Em pesquisa no sistema da polícia, os militares constataram um mandado de prisão em aberto contra Thiany.

Na casa de Bruno, foram localizadas no rack da televisão, duas chaves mixas e, em um dos quartos, em cima do guarda-roupa dois tabletes de maconha, que foram levadas a Denar e pesaram chegaram a 1,750 quilo.

Ainda no guarda-roupa foi localizada uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em nome de Jamil Fernandes Alabi, que teve um Prisma cinza, de placas QAD 9077, roubado no dia 1º de agosto.

O Renault Clio foi levado para o pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito). O grupo deve responder por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, associação criminosa, evasão de local de custódia e tráfico de drogas.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Coronel Rogério convida a todos para o lançamento de seu segundo livro no Recanto das Ervas

O Coronel aposentado da PMMS e escritor Paulo Rogério de Carvalho Silva está lançando o segundo livro, Simplesmente - Atitude Real de Carinho e Amor. "É um momento de celebração das pausas da vida, que são tão importantes e decisivas na nossa jornada. O livro também representa o fechamento de um ciclo, já que saí da ativa após mais de 30 anos de serviços prestados à corporação", conta o autor.

Ele começa o dia bem cedo e nos convida à percepção dos valores genuínos da vida, das riquezas intangíveis do cotidiano, para as quais precisamos ter olhos de ver. "Precisamos valorizar mais o agora, a presença. De corpo e alma, de coração e sentidos atentos. Simplesmente assim, a cada instante", diz.

Você é nosso convidado para o lançamento nos dias:
  • 10 de agosto (sexta-feira), das 17H00 às 20H30.
  • 11 de agosto (sábado), das 9H00 às 11H00.
O autor receberá leitores, amigos e amigos de amigos no Recanto das Ervas, e estará à disposição para autografar os exemplares. 

Interessados em adquirir a obra antecipadamente, podem enviar e-mail para: celrogerio10@gmail.com

O valor do livro é R$ 22,00.

Participe, seja bem-vindo!

quinta-feira, 5 de julho de 2018

1º Batalhão divulga resultado das ações desenvolvidas de 01 a 30 de Junho de 2018

O 1º Batalhão de Polícia Militar do Mato Grosso do Sul, responsável pelo policiamento na região urbana do centro de Campo Grande, divulga o balanço das ações desenvolvidas no período de 01 a 30 de Junho de 2018.
Com comprometimento e galhardia os Policiais Militares do 1° BPM alcançaram os seguintes resultados:
  • 4180 Pessoas abordadas;
  • 910 Veículos abordados;
  • 1399 Motocicletas abordadas;
  • 52 Evadidos recapturados, mandados de prisão e mandados de busca e a apreensão cumpridos;
  • 113 Pessoas encaminhadas a delegacia (mandados de prisão, auto de prisão em flagrante e termo circunstanciado de ocorrência);
  • 18,108 quilos de entorpecente apreendido (maconha, pasta base e cocaína);
  • 23 Veículos recuperados (roubo/furto);
  • 01 Arma de fogo apreendida;
  • 156 Visitas e atendimentos escolares.
As atividades desenvolvidas nesse período pelos policiais do 1º Batalhão, buscaram garantir a sensação de segurança tanto para os moradores da região central, como também para a população flutuante que diariamente frequenta o centro da capital, visando ainda prevenir e reprimir eventuais crimes, promovendo assim bem estar aos cidadãos campo-grandenses.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Fábio Trad pede à União aumento de recursos para ações de prevenção ao suicídio



Parlamentar destacou que ações de combate ao suicídio tornam-se efetivas com mais verbas e políticas públicas
 Em discurso no alto da tribuna na sessão plenária desta terça-feira (3), o deputado federal Fábio Trad (PSD/MS) fez um apelo à União para a destinação de mais verbas a programas e ações de prevenção ao suicídio ao País como um todo e em Mato Grosso do Sul, sobretudo nos municípios considerados prioritários devido ao alto índice desse tipo de mortalidade.

O parlamentar citou a Portaria 1.315, do Governo Federal, que no último mês de maio liberou recursos de R$ 1,4 milhão para ações de prevenção ao suicídio em seis capitais, sendo R$ 250 mil desse total para Campo Grande.

Citando dados de órgãos oficiais, como os que colocam o Estado como o segundo do País com maior número de suicídios, com 13,3 ocorrências a cada 100 mil habitantes, 65% a mais que a média nacional, o parlamentar alertou para alguns municípios sul-mato-grossenses com grande população indígena, onde a incidência de suicídio é ainda mais assustadora, de 15,2 por 100 mil pessoas.

“É importante primeiramente destacar a importância de ações como esta. No entanto, ainda são insuficientes e não devem ficar restritas à capital. Temos que ampliar para outras cidades brasileiras, como Dourados, Paranhos e Coronel Sapucaia. E destaco o nosso estado pois ele tem a segunda maior população indígena do País, com 70 mil pessoas de várias etnias”.

Por fim, Fábio Trad pontuou que suicídio se previne com políticas públicas e de forma multidisciplinar, por meio de uma construção coletiva com autoridades públicas, sociedade civil e especialistas, e citou um seminário sobre o tema realizado no ano passado na Câmara Municipal de Dourados.

Ele citou os encaminhamentos da vereadora e proponente do debate, Daniela Hall (PSD), de se implantar o Conselho da Família, que são órgãos permanentes autônomos, não jurisdicionais, encarregados de tratar das políticas públicas voltadas à família e da garantia do exercício dos direitos da entidade familiar. Destacou também a proposta de viabilizar a implantação do Grupo Amor e Vida (GAV), o serviço de telefone 141, que atualmente está disponível apenas em Campo Grande e Corumbá.

“Temos que fortalecer e ampliar esse debate em todo o Brasil pois nada é mais importante do que a vida humana. O suicídio é um problema que precisa ser de todos nós e tem custo irrisório em relação ao imenso benefício de salvarmos vidas todos os dias”.

domingo, 1 de julho de 2018

"Arraiá do CEMATRAN" - Campo Grande se prepara para mais uma festa no dia 14/07

O CEMATRAN estará realizando no dia 14 de julho, a partir das 19h. na sede do Batalhão da Polícia Militar Rodoviária, o ARRAIÁ do CEMATRAN.

O Centro Educativo de Múltiplas Atividades de Trânsito, projeto social desenvolvido na sede do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, pertencente a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, foi fundado em 3 de julho de 1.998, e atende crianças e adolescentes dos 7 aos 16 anos de idade em situação de vulnerabilidade.

Propiciam atividades como: trânsito, cidadania, cultura, artes visuais, esporte e lazer.

Participa de eventos diversos como: campanhas educativas, palestras em escolas, jogos lúdicos voltados especificamente para o aprendizado sobre o trânsito como multiplicadores de conhecimento.

Atualmente o CEMATRAN atende 60 crianças e adolescentes no contraturno escolar. O "Arraiá" que acontecerá no próximo dia 14 é coordenado pela Subtenente Cleusa, que convida toda população para participar da grandiosa festa.

Informações pelo telefone (67) 3387-7154.

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Projeto "Bom de Bola, Bom na Escola" da PMMS realiza manhã de lazer para crianças na sede da AME-MS

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Diretoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos (DPCOM) realizou na terça-feira (26/06) uma manhã de lazer para as crianças e adolescente do projeto “Bom de Bola, Bom na Escola”, na sede da Associação dos Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul (AME-MS), localizada na Rua do Sul, nº 220, Bairro Coophamat.


A manhã de lazer foi realizada pela DPCOM/PMMS em parceria com a AME-MS, que gentilmente cedeu o espaço para o evento e ocorreu como forma de premiação para os alunos destaques do projeto, contando com a presença dos professores do programa Robson Marques, Diego Teixeira, Thiago Amaral, Wilker Lima, Joel Pereira e Diego dos Santos que são formados em Educação Física, bem como dos policiais militares Cabo PM Alex Lopes Nantes, Cabo PM Wilson de Souza Gomes e Soldado PM Marcelo Rodrigo Schuller de Almeida, que são atuantes no Bom de Bola.


O projeto Bom de Bola, Bom na Escola é coordenado atualmente pelo Major PM Air Cícero Silva Cansanção e funciona desde abril de 2010, atendendo mais de 2.382 adolescentes e possui como premissa principal promover a inclusão social através da parceria entre a Polícia Militar, Família e Escola.

O Coordenador do projeto, Major PM Cansanção menciona que “o programa caracteriza-se como uma ação de polícia comunitária e visa a oferecer aos jovens com idade entre 10 e 17 anos a possibilidade de realizar escolhas saudáveis, afastando os adolescentes das drogas e da violência, promovendo a paz e praticando a cidadania através do esporte.”

Para o Diretor da DPCOM, Coronel PM Thonny Audry Lima Zerlotti: “O Bom de Bola, Bom na Escola tem como objetivo integrar a sociedade e a Polícia Militar, aproximando os jovens e suas famílias, valorizando e difundindo a cultura e a paz, o esporte e o lazer”.


O Comandante-Geral da PMMS, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta parabenizou os responsáveis pelo projeto e reafirmou a importância das Ações Afirmativas de Polícia Comunitária como uma forma de parceria entre a Polícia Militar e a População do Estado.

terça-feira, 26 de junho de 2018

Polícia Militar de Mato Grosso do Sul realiza a passagem de comando do Estado-Maior-Geral

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul realizou nesta manhã (26/06), a solenidade militar de Passagem de Comando do Chefe do Estado-Maior-Geral da PMMS do coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva para o coronel PM Renato Tolentino Alves, no auditório do Tribunal Regional do Trabalho.

Nos últimos meses, o coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva visitou diversas unidades da PMMS, tanto na capital quanto no interior, objetivando ver “in loco” a necessidade de cada local, bem como o anseio de cada policial que teve a oportunidade de dialogar. Na ocasião apresentava os trabalhos que estavam sendo realizados pelas seções do Estado-Maior-Geral e demonstrava o planejamento estratégico do quadriênio 2019-2022 sobre ingresso continuado de novos policiais militares, promoções, dentre outros.



Foram prestadas homenagens ao Coronel Rogério, em reconhecimento aos bons serviços prestados, sendo uma homenagem da equipe do Estado-Maior-Geral e a outra homenagem da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul.



O coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva deixa o comando e repassa ao sucessor, o coronel PM Renato Tolentino Alves, a importância de se realizar planejamentos a longo prazo dentro da instituição, visando fornecer melhores condições de trabalho para a tropa.

Destacou ainda que “é bom ser importante, mas o mais importante é ser bom” referindo-se ao tempo que esteve como Chefe do Estado-Maior-Geral atuando para melhorar as instalações, regulamentar os procedimentos operacionais e as promoções dos integrantes da tropa, sempre com o objetivo de motivar toda corporação.



O Comandante-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, parabenizou o Coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva pelo excelente trabalho realizado em prol de todos os integrantes da corporação, e no ensejo, felicitou o novo Chefe do Estado-Maior-Geral, Coronel PM Renato Tolentino Alves, desejando sucesso e continuidade nas ações.
Assista agora o vídeo de despedida feito para o Coronel Rogério.