terça-feira, 31 de outubro de 2017

Polícia Militar Ambiental inicia amanhã a Operação Finados dentro da pré-piracema com o início do defeso nos rios federais da bacia do rio Paraná

O Comando da PMA determinou que as oito Sub-unidades responsáveis pela fiscalização nos rios Paraná, Aporé e Paranaíba intensifiquem a fiscalização, a partir de hoje (31) no leito desses rios, onde a pesca fecha amanhã (00h00).

As equipes que já trabalham na Operação Pré-piracema devem dedicar maior atenção ao leito desses rios, no intuito de prevenir e reprimir a pesca predatória.

As Subunidades de Cassilândia e Aparecida do Taboado (MS) desenvolverão fiscalização com maior atenção aos rios Paranaíba e Aporé, mas também com responsabilidades aos trechos do rio Paraná sobre suas circunscrições e aos rios de ambas as bacias, onde a pesca só fecha meia noite do dia 4.

As Subunidades de Três Lagoas, Bataguassu, Batayporã, Naviraí, Porto Primavera, do Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema, Naviraí e Mundo Novo intensificarão a fiscalização no leito do rio Paraná, onde o período de defeso começa às 00h00 de amanhã (1), mas também com preocupação à fiscalização nos rios de toda a bacia, onde a pesca só fecha meia noite do dia 4, no intuito de se evitar a pesca predatória relativa à captura e transporte de pescado fora da medida, acima da cota permitida, com petrechos proibidos e em locais proibidos, atitudes que também são crimes e infrações administrativas, com as mesmas penalidades de se pescar durante a piracema.

FISCALIZAÇÃO BACIA DO PARAGUAI E EM TODOS OS RIOS DO ESTADO

Devido ao feriado prolongado, que aumenta significativamente o número de pessoas presentes nos rios nos últimos dias de pesca aberta, a PMA começa amanhã (1) às 8h00 a “Operação Dia de Finados”, com encerramento no dia 5 de novembro às 7h00, envolvendo 342 policiais. Como aconteceu durante a operação ocorrida no último feriado prolongado, todo o efetivo administrativo será utilizado na operação.

No mês de outubro é comum ocorrer elevação do número de turistas de fora e a própria população do Estado nos rios praticando pesca, especialmente em feriados prolongados. Este feriado do dia de finados, mais ainda, por ser o último fim de semana e feriado com a pesca aberta.

O aumento do número de pescadores não se dá somente por ser o último mês de pesca, mas porque os cardumes já começaram a se formar para a piracema e a captura é mais fácil. Em razão disso, é comum a Polícia Militar Ambiental manter o patrulhamento reforçado, com a finalidade de se prevenir a pesca predatória e, desde o dia 1º de outubro, realiza a operação pré-piracema.

PREVENÇÃO E REPRESSÃO AO TRÁFICO DE PAPAGAIOS – Durante esta operação, atenção especial também terá o crime de tráfico de animais silvestres, em virtude deste período crítico relativo ao tráfico de papagaios. Este é um período preocupante para a PMA com relação ao tráfico de animais silvestres, pois, de setembro a dezembro é o período de reprodução do papagaio que é a espécie mais traficada no Estado.

A PMA realiza no período trabalhos preventivos nas propriedades rurais, por meio de informação da legislação e Educação Ambiental, visto que o modus operandi principal dos traficantes é de aliciamento dos sitiantes e funcionários de propriedades rurais, para que retirem os animais e os avisem para que os comprem. Muitas pessoas fazem isto, às vezes, sem saber que estão cometendo crime ambiental.

A região principal do problema é a situada nos municípios de Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Brasilândia, além de Naviraí e Mundo Novo.

APREENSÕES DE PAPAGAIOS – Só neste ano já foram apreendidos 350 papagaios no Estado.
As Subunidades da PMA que cobrem estas áreas estarão monitorando o movimento dos traficantes. Em princípio, para evitar que as aves sejam retiradas e, para reprimir prendendo os elementos, quando não é possível evitar a retirada dos bichos.

OUTROS CRIMES AMBIENTAIS

Outros crimes ambientais serão combatidos e prevenidos, tais como: desmatamento e carvoarias irregulares, com visitas às propriedades rurais, transporte ilegal de produtos perigosos, além de combate a todos os crimes contra a fauna e flora.

Equipes da sede (Campo Grande) estarão itinerantes, fiscalizando todos os tipos de crimes e infrações ambientais, em contato com as equipes de rios, para a movimentação de presos e materiais para as delegacias, caso aconteçam prisões em flagrante. Efetivo da sede e de outras subunidades será deslocado para a área crítica do tráfico de papagaio e com maior incidência de pesca.

Os comandantes das 25 subunidades empregarão todo o efetivo no trabalho de fiscalização em suas respectivas áreas de atuação.

OPERAÇÃO PASSADA (2016) – AUTUAÇÕES – Durante a operação Dia de Finados de 2016 foram 20 pessoas autuadas, sendo 12 por pesca ilegal. Destas, cinco foram presas por pesca predatória, sendo que mais dois fugiram, porém, foram identificados e responderão pelo crime; e cinco foram autuadas por pesca ou transporte de pescado sem licença ambiental, o que não se caracteriza como crime. Foram aplicadas multas totais de R$ 8.320,00 por pesca e foram aprendidos 170 kg de pescado.

Com relação a outros crimes e infrações ambientais foram aplicadas multas no valor total de R$ 100.740,00, conforme ocorrências na tabela abaixo.

INFORMAÇÕES SOBRE O PERÍODO DE DEFESO EM TODO O ESTADO.

O Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul – IMASUL determinou que nos rios de domínio do Estado da bacia do rio Paraná, a pesca será permitida até o dia 4 de novembro à meia noite. Dessa forma, seguir-se-á as prescrições da Resolução SEMAC nº 024, de 6 de outubro de 2011.
PROIBIÇÃO NO DIA 1º DE NOVEMBRO = Na calha (LEITO) do rio Paraná, Aporé e Paranaíba (Rios da União), o período de defeso para a proteção da Piracema inicia-se no dia 1º de novembro e terminará no dia 28 de fevereiro de 2018, conforme a Instrução Normativa nº 25 de 1º de setembro de 2009 do IBAMA.

Rios de domínio do Estado são aqueles que nascem e tem sua foz dentro dos limites do território do Estado. Os principais rios da bacia do Paraná, onde a pesca estará aberta até o dia 4 à meia noite são: Ivinhema, Itaquiraí, Amambai, Brilhante, Dourado, Vacaria, Quitéria, Iguatemi, Santana, Rio Pardo, Verde e Sucuriú.
Na bacia do rio Paraguai o período de defeso também se inicia no dia 5 de novembro.

Policial Militar de folga, lotado no 4º Batalhão, prende assaltante após tentativa de roubo em Ponta Porã

O fato ocorreu por volta das 22h45min, de segunda-feira (30/10/2017), momento em que um Policial Miliar de folga, ao sair da faculdade, visualizou dois indivíduos em uma motocicleta, os quais se portavam em atitude suspeita, fato esse que motivou o Policial Militar a acompanhar os indivíduos de longe, e observou, já na altura do cruzamento entre as Ruas Vinicius soares do Nascimento e Zeferino Dávila Monteiro, no Bairro São Domingos, que os indivíduos avistaram uma mulher, que estava deslocando em sua motocicleta, sendo esta seguida pelos mesmos que em seguida a abordaram anunciando o assalto.

Situação essa que levou o Policial Militar a intervir imediatamente, vez que um dos assaltantes puxava o casaco da vítima e o outro apontava uma arma de fogo em sua direção, o que levou o Policial Militar a agir para conter a ação dos meliantes, se identificando e ordenando que os indivíduos baixassem a arma, a ordem não foi atendida e um dos assaltantes apontou a arma para o Policial que em ato continuo efetuou disparos contra eles, os quais deram início a fuga, sendo que o piloto da motocicleta que detinha a posse da arma de fogo, conseguiu evadir-se, deixando seu comparsa a pé, o qual tentou fugir correndo, mas foi alcançado e capturado pelo Policial, que incontinente a ação, solicitou apoio via 190, com isso, logo após, se fazendo presente uma Guarnição PM.

O indivíduo detido foi identificado como sendo F.V., de 22 anos e a vítima do assalto identificada como sendo T.E.P.S., de 21 anos. Diante dos fatos o autor foi encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde foi apresentado e autuado, ficando assim a disposição da justiça.

Em razão do desfecho da ocorrência, o Comandante do 4º Batalhão, o Tenente-Coronel Centurião, ressalta “Ser Policial Militar é um sacerdócio, estando de serviço ou de folga, o Policial mesmo colocando em risco a sua própria vida, age a fim de garantir a proteção das pessoas, e que não é a primeira vez que Policial Militar integrante do 4º BPM, faz jus ao juramento que fez ao ingressar nas fileiras da PMMS, atuando de folga e com isso preservando a vida, a liberdade e o patrimônio do cidadão vítima de ação de meliantes”, e salienta, “todos estão de Parabéns”!

Oficiais da PM e BM ministram palestra sobre o Programa de Prevenção ao Suicídio em Aquidauana

Do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar o Coronel Alírio Villasanti se reuniu com o Coronel Alexandre, Tenente-coronel Neidy e o Capelão BM Reis para irem a Aquidauana (7º Batalhão) para mais uma palestra do Programa de Prevenção de Manifestações Suicidas. O Programa já atingiu cerca de mil policiais militares da capital e interior, e continua agora pelo interior.

IMATURIDADE

A imaturidade se reflete em todas as faixas etárias. Jovens se tornam maduros por circunstâncias adversas como perdas, doenças e decepções.

Pensamos que a imaturidade era inerente ao início da fase adulta, mas constantemente nos deparamos com situações de fofocas, intrigas e questões emocionais referente ao outro.

Comportamentos indesejáveis no lar ou no trabalho que não permitem um crescimento sob todos os aspectos.

Precisamos seguir adiante com fé, determinação, perseverança e com visão para melhorarmos a qualidade de vida de todos, e que não nos desgastemos com aqueles que adotam posturas infantis, mesmo sem maldade.

O triunfo para vencer estes obstáculos residirá em cortar toda energia negativa, evitar falar mal das pessoas e construir palavras de esperança, de incentivo e de paz interior para aqueles que diariamente lutam por uma sociedade melhor.

Que Deus conceda a cada um a experiência de vida para falar somente de projetos, ideias e das boas obras que devem fertilizar as nossas mentes e corações. Uma ótima terça-feira para separarmos o joio do trigo.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Quem perde com o confronto entre Barroso e Gilmar Mendes?

Na semana em que vários fatos políticos de alto impacto repercutiram (internação do Presidente, votação na Câmara Federal, a crise espanhola com a tensão catalã, pesquisa Ibope para eleição presidencial etc), não tenho dúvidas em afirmar que o fato que mais me chamou a atenção pelo grau de gravidade em sua dimensão político-institucional foi a troca de insultos entre dois ministros do Supremo Tribunal Federal.

Explico-me destacando que este órgão da república detém a maior de todas as atribuições do sistema político em que vivemos, uma vez que ele é quem dá a palavra final de todos os conflitos, sendo o árbitro definitivo do país. Não há alternativas para além do Supremo Tribunal Federal. Ele é o ponto final para onde afluem todas as interrogações da sociedade brasileira.

Por esta característica fundamental, é justo e legítimo dele esperar o melhor dos exemplos de virtude institucional, comprometimento com os valores republicanos e fidelidade aos compromissos democráticos de um Estado de Direito. Por isso, já me adianto em responder que o Brasil é o maior prejudicado com o duelo verbal entre Barroso e Gilmar.

Isto porque o tom ríspido que prevaleceu na discussão entre os ministros daquela corte não pode eclipsar a gravidade do sentido dos insultos trocados, estes sim alarmantes porque reveladores de pensamentos e tendências totalmente incompatíveis com os postulados jurídicos consagrados pela Constituição Federal. O mais grave: o duelo se deu entre dois constitucionalistas.

Destaco duas passagens do confronto que me preocuparam sobremaneira. A primeira diz respeito ao momento em que a pendenga descambou para uma pueril disputa entre os ministros, um e outro tomando as dores dos estados onde nasceram como se as cadeiras do colegiado representassem interesses dos estados da federação. Perplexidade total! A impressão que passou para o país é que os ministros não são imparciais quando temas relacionados aos estados de onde são naturais passam pela análise da corte, comprometendo a qualidade ética da jurisdição prestada pelo órgão de cúpula do judiciário brasileiro. A propósito, se isto se confirmar, pergunto-me como fica a grande maioria dos estados órfãos de “representatividade” no colegiado.

O segundo momento que me acendeu o sinal amarelo ocorreu quando um dos contendores - à guisa de intimidar ou ofender seu oponente – atribuiu-lhe a responsabilidade de ter concedido a liberdade a um político. Ora, mas e daí? Quer dizer que o “Direito Penal do autor” é uma realidade em nosso STF? Admitindo que a decisão tenha sido tomada de acordo com a lei, qual o problema de conceder a liberdade a este ou àquele cidadão? O mais espantoso – neste instante, quase piscou o sinal vermelho – foi a reação do ministro que deu a impressão de ter se ofendido com isto, porque procurou justificar a sua decisão como se fosse necessário fazê-lo para não tisnar sua honra. Não acreditei que estivesse testemunhando um debate com argumentos desta estatura.

Um fato é indiscutível: estas querelas que depreciam a qualidade do debate jurídico no Supremo passaram a ser frequentes com as transmissões ao vivo de julgamentos jurídicos. Claques se formaram em defesa e contra ministros pelas posições jurídicas que assumem. E com o avanço da influência midiática nos debates, as entrevistas de ministros concedidas para os meios de comunicação sobre fatos e outras questões relacionadas a processos pendentes de julgamento já não são mais excepcionais.

Embora não seja um entusiasta do televisionamento ao vivo dos julgamentos da suprema corte brasileira porque acredito que existem outros meios de se prestigiar os princípios da publicidade e da transparência, creio que nesta seara, é preferível luz à sombra, apostando que o tempo refreará algumas tendências perigosas oriundas da tendência inata do ser humano em ser aceito pela comunidade onde vive.

Confesso, porém, o meu temor que, em vez de Ministros austeros, técnicos, imparciais, estudiosos, corajosos, discretos e comprometidos com o Direito, estejamos a nos aproximar de um tempo em que o plenário da excelsa corte seja composto por personagens preocupados com fama, popularidade e aplausos da população. Se este dia chegar, a única saída para a cidadania brasileira será o aeroporto...

VIDA DE BONDADE

Cada dia simboliza uma vida inteira num verdadeiro resumo do que passou...

Não quero perder tempo com desavenças, invejas, intrigas ou qualquer outra forma que possa prejudicar o outro.

Quero simplesmente extrair todas as minha forças para o bem, estender a mão, abraçar o irmão, ouvir mais e assim seguir em frente com muita paz interior.

Quero conviver e aproveitar mais cada milésimo de segundos com todos aqueles que buscam pela luz a transformação de suas vidas.

Quero irradiar e contagiar meus amigos e irmãos para que juntos tenhamos um olhar para cada dia semearmos a concórdia, o amor, a justiça e a paz social.

Que Deus nos permita na humildade e na simplicidade da vida fazer o bem sem nada pedirmos em troca, pois, as armas mais poderosas do mundo continuam sendo a paz e o amor.

Uma ótima segunda-feira com muita inspiração e uma semana de luz para aqueles que enxergam e nada veem.

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

De submetralhadora a fuzil, Polícia Militar apreende uma arma a cada 9 horas em Mato Grosso do Sul

Do início do ano até agora, foram retirados de circulação mais de 780 armamentos

Por mês, a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul apreende, em média, 80 armas. Isso significa uma arma a cada nove horas. Do início do ano até agora, foram retirados de circulação mais de 780 armamentos, entre fuzis, pistolas, espingardas e até submetralhadoras, que em "mãos erradas", representariam um risco a mais para a população.

Conforme o comandante da Polícia Militar de MS, Coronel Waldir Acosta, o número de apreensões se deve a ações planejadas e coordenadas de maneira a prevenir crimes. "São abordagens com o intuito de diminuir a criminalidade. Uma arma estando na mão de alguém de forma irregular pode significar um homicídio, latrocínio ou roubo a mais, e é isso que queremos evitar", diz.

De acordo com a 2ª Seção do Estado Maior, para conter a circulação de armamentos entre indivíduos não autorizados, a polícia militar está estruturada em grandes comandos de cinco regiões do Estado. Desta forma, todos os municípios são fiscalizados de maneira ostensiva e preventiva.

A cidade de Dourados é onde ocorre o maior número de apreensões. Somente entre agosto de 2015 e setembro de 2017, foram 234 armas de fogo apreendidas no município. Enquanto que em Campo Grande foram 334 armas em 2016, 186 armas em 2017.

ARSENAL

No mês de agosto, um arsenal composto por fuzil, espingarda, pistola e até uma submetralhadora, foi encontrado em residência no bairro Jardim Inápolis, na Capital. A apreensão foi feita por policiais do Batalhão de Choque, depois de uma denúncia de disparos feitos na rua, durante a madrugada.

Na época, o batalhão destacou que o fuzil encontrado, modelo 762 AR-15, é muito utilizado por bandidos em assaltos a banco, como os que aconteceram no interior do Estado entre 2015 e este ano. Essa arma pode disparar até 800 tiros por minuto e o alcance dela é de 700 metros.

A submetralhadora 9mm é outra potente arma, que faz 600 tiros por minuto e pode matar uma pessoa a 300 metros de distância.

Na casa também havia uma pistola calibre ponto 765, carregada com 10 munições intactas. Também havia 341 munições, entre elas calibre ponto 762 (29 ao todo); ponto 765 (30); ponto 556 (99); 9mm (84), 380 (37); 38 (33) e 32 (20), além de dois carregadores de fuzis, um carregador de submetralhadora e uma espingarda de caça B3944.

O suspeito que estava com o arsenal em casa, Djalma da Silva Moreno, 50 anos, continua preso, porque, segundo juiz da 1ª Vara Criminal, Roberto Ferreira Filho, representa risco a segurança e tranquilidade da população.

DOADAS PARA SEGURANÇA

Diante do número de apreensões, em agosto deste ano, o Ministério da Defesa regulamentou a doação de armas apreendidas para órgãos de segurança pública, conforme previsão do Decreto 8.938, editado no fim do ano passado.

A instrução do Comando do Exército com os procedimentos para a doação foi publicada no Diário Oficial da União. De acordo com as regras estabelecidas pela Direção de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC), as armas e munições apreendidas entregues ao Exército devem ser identificadas em um guia, a ser preenchido pela autoridade que entrega o armamento.

A prioridade de doação e os órgãos que serão contemplados serão relacionados em outro documento preenchido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e remetido ao DFPC.

Tanto o órgão policial responsável pela apreensão das armas, quanto o que não tem nenhum armamento apreendido podem se manifestar à Senasp indicando o interesse pela doação do material. Se a instituição tiver feito a apreensão, o prazo para a manifestação que indique o interesse ou a necessidade pelo armamento é de dez dias após o envio do material ao Exército pelo juiz competente. Outros órgãos interessados podem se manifestar a qualquer momento.

As armas passíveis de doação são: carabina, espingarda, fuzil e metralhadora. Segundo a instrução, estas armas não poderão ser pré-destruídas até decisão da DFPC. Armamentos com brasão oficial também não podem ser destruídos.

As armas só serão destruídas se não atenderem aos requisitos estabelecidos pelo decreto que estabelece a doação e se forem oriundas da Campanha do Desarmamento. O Exército receberá as armas e munições apreendidas em local isolado das demais instalações, a partir de agendamento de entrega, conferência dos documentos, do equipamento e procederá para registrar, lotear e guardar o material.

NORTE PARA NOSSAS VIDAS

Quem consegue controlar os impulsos e respeitar os semelhantes é um vencedor das batalhas diárias.
Um ótimo dia e um excelente final de semana.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

2º Batalhão faz cerimônia de passagem de comando com a presença do Comandante Geral da PMMS

Na tarde de hoje (26/10) ocorreu a cerimônia de passagem de Comando do Policiamento de Área 2 (CPA-2), com a presença do Comandante Geral da Polícia Militar, onde o Coronel PM Adão Rosa dos Santos passou o comando da área para o Tenente Coronel Joilson Queiroz Sant’Ana.

A cerimônia foi realizada na Câmara Municipal e contou com a presença, além do Comandante Geral da PMMS, Coronel Waldir Ribeiro Acosta, o Subcomandante Geral da PMMS Coronel Valdecir Escalhar, o Coronel João Bosco Macedo da Costa, Assessor Militar do Tribunal de Contas, além de outros comandantes de batalhão de cidades do interior e capital .

Estiveram presentes no evento também as seguintes autoridades:
Tenente-coronel QOPM RR José Aparecido de Moraes representando o prefeito Ângelo Guerreiro;
Tenente-coronel QOPM Márcio Avalos Cabanha comandante do 5ºBPM Coxim;
Tenente-coronel QOPM Wilson Sergio Monari comandante do 9ºBPM Campo Grande;
Tenente-coronel QOPM Gilberto Gilmar de Santana comandante do 13ºBPM Paranaíba;
Tenente-coronel QOPM Élcio Almeida respondendo pelo comando do 14ºBPRv;
Tenente-coronel QOPM José Amorin Longato comandante do 17ºBPTran;
Tenente-coronel QOPM Marcos do Nascimento Silva comandante da 4ªCIPM Chapadão do Sul;
Tenente-coronel QOBM Leandro Mota de Arruda comandante do 5ºGBM;
Major Rafael Salgado da Silva comandante da 3ª Bia AAAe;
Rogério Fernando Maquert faria Delegado Regional da Polícia Civil;
Eurides Silveira de Freitas presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Três lagoas
.



Ação social – Polícia Militar convida a todos para evento beneficente

Convidamos você para prestigiar e colaborar com o Sd PM ADRIANO, lotado na Policlínica da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul.

A unidade está realizando um “carreteiro beneficente” em prol da construção de um quarto adaptado para sua filha BRUNA. O policial tem dois filhos com patologias degenerativas, e precisa construir um quarto para sua filha de 13 anos que possui patologia neurodegenerativa, associada a regressão neuropsicomotora, retinose pigmentar (cegueira) e epilepsia.

Possui inúmeros gastos com aquisição de remédios, transporte, fisioterapia, alimentação e seus rendimentos são insuficientes para realizar tal suporte aos filhos e família.

A Polícia Militar por meio da Policlínica está de mãos dadas para ajudar este companheiro, juntamente com a AOFMS – (Associação dos Oficiais Militares Estaduais de MS), que cedeu o local para o evento que realizar-se-á em 05 de novembro de 2017, as 11:00hs.

Contato para aquisição dos convites pode ser feita pelos telefones:
67 9 9978-0028 Subtenente OSMAR
67 9 9815-5040 e 9180-4161 Sargenta BEATRIZ

PLENITUDE DA VIDA

A vida é para ser vivida na sua plenitude, na profundidade dos nossos sentimentos e na concretização dos ideais pelos quais lutamos.

Seja com vitórias ou derrotas é preciso ir avante.

O medo do desconhecido faz com que deixemos de abrir novas portas, novos conhecimentos e conquistas.

O que realmente importa na verdade é sermos felizes, é partilharmos essa felicidade em tudo o que fazemos, no trabalho, na família, com os amigos, na escola ou nas ruas.

A felicidade é estarmos de bem com a vida, mesmo com todas as adversidades, é construirmos amizades em terrenos sólidos, é realçarmos as qualidades daqueles que vivem conosco.

Que possamos realizar boas ações diariamente com profunda benevolência e percepção que estamos fazendo o melhor para todas as pessoas.

Muita luz, espiritualidade e paz interior na nossa jornada. Um ótimo dia.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

A SOMBRA FAZ BEM

Não negligencies a sombra e nem tenhas medo dela, ela apenas representa uma região escura pela ausência de luz, ou seja, a tua própria luz.

A sombra sempre ocupará um espaço atrás, ao lado ou a frente toda vez que estiver sendo emanada uma fonte de luz.

Esta ausência de luz no decorrer do dia é algo inofensivo que permite que possamos ver a forma dos objetos, da natureza e das pessoas de uma maneira diferente para que reflitamos justamente sobre tudo o que nos rodeia, nossos medos, angústias e aflições.

Que aproveitemos este dia para que, na introspecção possamos perceber que já realizada a primeira colheita com bons frutos devemos estar sempre prontos a recomeçar uma nova, para fazer germinar as sementes da paz, do bem e do amor ao próximo.

Que Deus nos ilumine, guie e permita que possamos enxergar além das sombras... a fonte de luz. Um ótimo dia!!

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Chefe do Estado Maior da PMMS participa do projeto "Ler, interpretar e produzir" para alunos do Ensino Médio

O Coronel Paulo Rogério de Carvalho Silva, recebeu o convite das professoras Gê Rios, Isabel Pinheiro e Ana Paula para ministrar uma palestra aos alunos do ensino médio da Escola Estadual Professora Neyder Suelly Costa Vieira na ocasião serão distribuídos aos alunos exemplares do livro "Para Hoje Reflexões de todos os momentos" de autoria do Coronel Paulo Rogério, que em um gesto de desprendimento e espírito humanitário fez a doação dos livros para contribuir com o projeto.

Data do evento: 24/10/2017 às 10:00h.
Local: E.E. Profª Neyder Suelly Costa Vieira
Rua: Marco Aurélio Beier, 100 - Aero Rancho

ESPAÇOS VAZIOS

Cada um escolhe seu caminho e seus descaminhos, com encontros e desencontros, alegrias e tristezas, não importa o que aconteceu, ou quais os dados cronológicos, apenas servirão como lembranças de outrora.

Muitas vezes precisamos que o Maestro faça alguns "consertos" em nós, para continuarmos tendo êxitos em nossas vidas.
Sem dúvida, as pausas neste grande "concerto" são necessárias, o discernimento e a paciência também. Mas precisamos estar sintonizados para vivermos com fé, sabedoria e equilíbrio, para que ao fechar as cortinas do palco da vida, tenhamos deixado o legado de paz, de tolerância e da busca constante pela felicidade.

E assim, compreenderemos que a real razão da nossa existência está no bem servir e na construção de uma sociedade mais justa, fraterna e solidária.

Desta maneira, preencheremos todos os espaços vazios com o amor incondicional à vida e a paz interior, assim o "concerto" seguirá seu ritmo em direção à luz da esperança e do amor.

Que Deus esteja sempre conosco. Ótimo dia!!

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

É sobre o que minha mãe fez de mim

Menino em plena e selvagem criancice, ainda no início da década de 70, consumia os meus dias jogando bola no asfalto perfumado de piche da rua das Garças entre a Arthur Jorge e a 25 de dezembro.

O gol era feito de pedras marcando três passos de uma a outra. Jogos memoráveis. Fazíamos campeonatos com as turmas de ruas e bairros da região. Jogava com kichute ou conga, depois de ter esfolado os dedões e perdido algumas unhas.

Mas não é sobre isso que quero escrever. É sobre minha mãe e o que ela fez de mim.

Quando, por qualquer motivo, não conseguia reunir a gurizada para jogar bola, ficava zanzando pela casa procurando o que fazer: jogava pedra mirando lá em cima da mangueira para chupar “mangaritas estateladas”, narrava jogos brincando de futebol de botão no “estrelão” surrado do irmão mais velho, palmava “bafo” com figurinhas repetidas do álbum das seleções de 1974, “estilingava” ratos de rua com pedras nervosas e assim minha meninice se distraía.

Mas não é sobre isso que devo escrever. É sobre minha mãe e o que ela fez de mim.

Final de campeonato, bola chutada foi cair no bueiro da Artur Jorge esquina com a rua das Garças. Ao aproximar-me do fosso, vi um sapo. Ele me olhou e eu retribuí com imprudente simpatia. A gurizada veio junto. O batráquio não se mexia. Nós, também. Até que o zagueiro do time adversário disse: ele está doente, vamos voltar pro jogo! Nelsinho, que depois seria prefeito daquela rua e da cidade inteira, prenunciando a vocação médica, contestou: Vamos salvar o bicho! Correu para casa, pegou um saco, cobriu o batráquio e deixou no quintal até o fim do jogo. Perdemos de 8 a 7, mas o sapo foi salvo porque estava engasgado com uma pedrinha de piche e o futuro médico-prefeito conseguiu retirar da garanta do anuro... Sapo engasgado com piche? Sim, os sapos da minha infância eram assim...

Mas não é sobre isso que preciso escrever. É sobre minha mãe e o que ela fez de mim.

Sábado à noite, meu pai nos levava para a feira que ficava na Abrão Júlio Rahe. Ele comia dobradinha. Nós, sobá e espetinho. Naquele dia, devo ter exagerado no sal. Noite avançada, acordei para beber água. Todos dormindo. Fui à cozinha. Tudo escuro. Antes de abrir a geladeira, ouvi um barulho. Vinha do lugar onde se lavava roupa. Do alto dos meus 8 anos, inspirado em Capitão Marvel, abri a porta e vi uma velhinha vestida de branco virando o corredor. Nunca mais a vi. Voltei pra cama e me esqueci da sede.

Mas não é sobre isso que mereço escrever. É sobre minha mãe e o que ela fez de mim.

Therezinha, mãe professora, foi a voz da rotina de minha infância. Ela era o meu “mantra” e nos intervalos de todas as estripulias, professava: “Chega de travessura, menino, vá ler um livro, vá...” Uma, duas, dez, centenas, milhares de vezes sempre me ordenando a “chatice” de ler um livro.

Pois é, amigo leitor, foi assim que minha mãe me fez! Hoje, graças a ela, continuo criança com 48 anos, porque com livros na mão, desengasgo sapos, exploro bueiros, vejo fantasmas e me lambuzo de mangaritas no mundo que Therezinha me deu!

SEMEANDO

A semana apenas está começando e cada um irá escolher um caminho a percorrer, as sementes que irá semear.

Que durante a caminhada possamos semear o bem, o amor, a bondade e o acolhimento ao próximo.

Inevitável que encontraremos espinhos e adversidades, mas se fizermos tudo com alegria e paz interior iremos superar.

Que saibamos refazer nossas vidas, abandonar as amarguras, decepções e sofrimentos e na simplicidade da vida encontrar os valores que mostram a grandiosidade da alma e elevam o espírito a um sentimento melhor.

Que Deus nos ilumine, guie e permita semear no solo fértil de cada coração.

Ótimo dia e uma excelente semana.


sábado, 21 de outubro de 2017

Comandante-geral da PMMS convida militares à celebração de culto a DEUS

O comandante geral Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, em reunião com a missionária Angela Dutra, tratou a respeito do evento a ser realizado no dia 21 de outubro em alusão ao Outubro Rosa e convida a todos os policiais militares e seus familiares a participarem da programação de culto.

O evento será realizado pela União Cristã das Militares e Esposas de Militares de Mato Grosso do Sul e conta com o apoio do comandante-geral da PMMS.

Local para a realização do evento: Rua Antônio Matoso, nº 180 – Bairro: Mata do Jacinto – Auditório da Igreja Batista Filadélfia- Início: 19hs. Entrada franca.

Comandante-Geral da PMMS se reúne com o Secretário de Estado e Infraestrutura

Na tarde do dia (20), o Comandante-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS), Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, se reuniu com o Secretário de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Ednei Marcelo Miglioli, para tratar de assuntos institucionais.

Participaram da reunião o diretor da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), doutor Emerson Antonio Marques Pereira, o Subcomandante do 14º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, Tenente-coronel Elcio Almeida e o Subdiretor de apoio logístico da PMMS, Tenente-coronel Luiz Carlos Rodrigues Carneiro.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

ACREDITAR SEMPRE

Acredito na simplicidade, na grandeza dos sonhos, na capacidade inquestionável de cada um...

Na essência da alma pura e cristalina como a água que jorra da fonte para nos deleitarmos de práticas saudáveis e assim transcender nossa energia para as dimensões onde reside o amor incondicional, que nos nutre e dá sabor às nossas vidas.

Que Deus esteja conosco nesta caminhada de lutas diárias.

Um magnífico dia e um ótimo final de semana com muito diálogo, paz e harmonia.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Comandante-Geral da PMMS recebe materiais e canil móvel em parceria com a Polícia Rodoviária Federal

Na tarde de hoje (19), o Comandante-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, recebeu do Superintendente Regional da Polícia Rodoviária Federal, Luiz Alexandre Gomes da Silva, diversos equipamentos para otimizar a comunicação no âmbito da instituição, bem como um canil móvel destinado ao Batalhão de Operações Policiais Especiais.

Na oportunidade, a PMMS recebeu, dentre os equipamentos, rádios analógicos portáteis, fones que serão distribuídos às cidades de Corumbá, Nova Alvorada do Sul e Três Lagoas.

Estiveram presentes também na reunião o chefe da seção de Policiamento e Fiscalização da PRF/MS, Délcio Delmar Buss e o subcomandante do Bope, Major PM Wilmar Fernandes.

O Comandante-Geral, no ensejo, reforçou a importância dos materiais recebidos, salientando que a parceria entre as instituições, sobretudo, resulta em um melhor serviço prestado à sociedade.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

OFEREÇA O MELHOR

Aproveite o dia e faça como o sol, dissipando toda a escuridão da vida. Deixe a luz penetrar no coração e permita ter uma perspectiva mais nítida das pessoas que te querem bem.

Procure a cada dia respirar o ar puro, conectar-se com o interior, dar sentido à vida com ações que intensifiquem as boas obras, a alegria e a espiritualidade.

Não perca mais tempo, dê valor a si, aos familiares, amigos e colegas, evitando atitudes que possam magoar o próximo.

Aprender a ouvir o outro em qualquer ambiente, não significa em momento algum ser subserviente, mas sim ter a capacidade de resiliência e sabedoria em compreender tudo o que está ocorrendo a sua volta.

Velho ditado já dizia: "carroça vazia, faz muito barulho", então que a tua carroça esteja carregada de sentimentos nobres e que possas espalhar pelas estradas, independente se irás retornar, pois, a grandeza da alma reside em simplesmente fazer o bem sem nada pedir em troca.

Que Deus nos permita partilhar e compartilhar as boas obras em benefício de todos. Um ótimo dia!!

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Cabo da Polícia Militar recebe homenagem do vereador delegado Wellington por salvar a vida de um bebê de 8 meses

Durante a sessão ordinária desta terça-feira (17), o Vereador Delegado Wellington (PSDB) homenageou o Cabo da Polícia Militar, Sidinei Barbosa pelo ato heroico ao utilizar os conhecimentos adquiridos na corporação para salvar a vida de um bebê de oito meses no último sábado (14), no bairro Mata do Segredo.

O bebê havia engolido o volante de um carrinho de brinquedo com mais de dois centímetros e acabou desmaiando. Quando o Cabo chegou ao local, após um parente do bebê ter ido pedir ajuda aos vizinhos, Cabo Sidinei aplicou os conhecimentos de primeiros socorros e conseguiu reanimar o recém-nascido, que durante o trajeto até o hospital, ainda parou de respirar por pelo menos mais três vezes.

Para o Vereador Delegado Wellington a atitude do Cabo Sidinei é de grande relevância e um grande exemplo a ser seguido.

“Ações como essa merecem esse reconhecimento. O Cabo Sidinei não mediu esforços para salvar a vida de uma recém-nascido. Um ato heroico assim nos faz repensar o quanto é importante valorizarmos nossos familiares e amigos. Fiquei feliz em poder conhecer pessoalmente e entregar essa moção, foi extremamente merecido.”, explica o parlamentar.
 

Polícia Militar Ambiental prende assentado por matar a tiros cachorro de vizinho e porte ilegal de arma

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia receberam ligação de um morador do assentamento Serra, em Paranaíba, o qual afirmava que havia descoberto que seu vizinho de lote havia matado seu cachorro de estimação a tiros.

A PMA foi ao local ontem (16) no início da tarde e o assentado confirmou que teria descoberto que seu vizinho teria uma espingarda, com a qual haveria abatido seu cachorro.

Os policiais foram até a residência do acusado de 47 anos, o qual confessou que realmente teria abatido o animal. O infrator afirmou que o cachorro atacava constantemente suas galinhas e patos, às vezes ferindo as aves. Ele apresentou a arma do crime, uma espingarda calibre 32 com munições. A arma não possuía documentação e foi apreendida.

O fato ocorreu no dia 13 pela madrugada, porém, somente ontem (16) à tarde, o proprietário do cachorro teria descoberto o crime e acionou a PMA. O acusado recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Paranaíba, juntamente com o material apreendido.

Ele responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena é de 3 meses a 1 ano de detenção. O autuado também responderá por posse ilegal de arma de fogo, com pena de 1 a 3 anos de detenção. O infrator também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 500,00.


DESCALÇO

Podemos andar descalços na praia, na casa, nas ruas e nas estradas da vida. Sentiremos formar bolhas nos pés, pisaremos em pedras e espinhos, mas continuaremos a seguir em frente.

Andar descalço nos dá uma sensação de liberdade que contagia o nosso ser, permitindo voltar aos tempos de criança com a alma pura e o coração leve...

O significado de estar descalço pode ser ressignificado para que analisemos como está o nosso interior: possuímos muitos calçados para atirar nos outros ou realmente estamos num processo de desapego?

A jornada diária serve para nos libertar das angústias e incertezas, nos mostra a cada manhã o quanto precisamos retirar tudo aquilo que nos faz mal, quiçá chegará um dia ao final da caminhada, que assim como ingressamos neste mundo iremos: descalços, com a alma nobre e o coração puro.

Que Deus nos permita caminhar descalços com muita fé e amor. E você já escolheu como irá seguir a sua jornada?

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Policiais Militares em horário de folga impedem tentativa de suicídio em Fátima do Sul

Na noite de quinta-feira (05/10), dois policiais militares lotados no 3º Pelotão da Equipe Força Tática do 16º Batalhão de Polícia Militar, em seus horários de folga, se depararam com uma tentativa de suicídio, que ocorreu em uma residência localizada na rua Otávio Ducatti, bairro Jardim Tatiana em Fátima do Sul.

Uma mulher de 25 anos, foi socorrida pelos policias e posteriormente foi encaminhada até o pronto socorro do Hospital SIAS após ter tentado contra a própria vida. Segundo apurado, a irmã e uma vizinha após ouvirem um barulho de uma pessoa se rebatendo, agindo como se estivesse tentando se escapar de algo, as mesmas foram de encontro, chegando na sala da residência se depararam com a mulher, apresentando sinais de desmaio, devido a mesma não apresentar sinais de que estaria respirando, como também apresentava-se inconsciente, não havendo sinais vitais aparentes. Já ao lado de fora da residência, foi possível visualizar uma corda pendurada (Que foi utilizada na tentativa do suicídio), rapidamente, a irmã tentou acionar o Corpo de Bombeiros, no entanto não logrou êxito.

Desesperadamente, os familiares passaram a pedir ajuda para os vizinhos, momento esse que os dois policias militares passaram pelo local e prontamente foram em seu socorro, no local, encontraram a vítima no chão de sua casa, com lesão e ferimentos no pescoço, pupilas dilatadas e palidez, aparentando estar sem sinais vitais.

Diante do fato, prontamente, os militares iniciaram as manobras de reanimação cardiopulmonar (RCP), conhecida como massagem cardíaca, com o objetivo de estabiliza-la, os primeiros socorros efetuados pelos militares com a vítima fazem parte de um conjunto de manobras destinadas a garantir a oxigenação dos órgãos e a circulação do sangue de uma pessoa com parada cardiorrespiratória. A vítima, aos poucos, voltou a respirar. No entanto, precisou ser encaminhada até o hospital local o que foi feito no próprio veículo de um dos militares envolvidos na ação, devido à gravidade da situação da vítima os mesmos não quiseram esperar por mais tempo até a chegada de uma ambulância pois a demora poderia ser fatal para a vítima.

Alguns familiares compareceram na unidade hospitalar e agradeceram aos dois militares por terem salvado a vida da jovem, de 25 anos. A família não soube informar os motivos que a levaram a tentar contra a própria vida. Apesar do susto, a vítima passa bem, e não corre riscos de sequelas. Mais uma vez, a Polícia Militar demonstra que sua atuação vai muito além da repressão, onde um policial tem a capacidade e treinamento real para salvar uma vida.

UMA NOVA VISÃO

A caminhada é um constante exercício de aprendizagem, de humildade, de simplicidade, de reflexões diárias e abertura de novas janelas neste horizonte sem fim.

Muitas vezes a pressa não permite que tenhamos uma visão mais ampla dos acontecimentos e das circunstâncias da vida.

A fortaleza, a caridade e a espiritualidade agregam valores, elevando nossos pensamentos a Deus, para que possamos realizar as verdadeiras obras de amor e de esperança como forma de gratidão ao semelhante a cada novo amanhecer.

Um belíssimo dia com muita luz no coração.

domingo, 15 de outubro de 2017

Assembléia de Deus Pão da Vida realiza festa em comemoração ao dia das crianças

Neste domingo (15) as crianças da Igreja Evangélica Missionária Assembléia de Deus Pão da Vida passaram uma tarde agradável com brincadeiras, doces, refrigerantes e muita alegria.

Organizado pelo pastor Wesley juntamente com a diaconisa Jaqueline e as coperadoras Simone, Claudia e Gilsiane a "Festa das Crianças" foi um sucesso e proporcionou horas de muita diversão para todas as crianças que puderam comparecer.

"Louvado seja Deus... Creio que Deus se alegrou muito hoje com tanta festa com nossas crianças, neste mundo cruel que tem sido nos últimos dias, Deus tem nos dado graça e muita sabedoria para ensinar a eles!" - disse a diaconisa Jaqueline.

"Tava lindo mesmo obrigado Deus por nos ajudar a fazer essa festa! Obrigado Deus, tudo deu certo para sua honra e gloria" - disse a coperadora Simone


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Mesmo estando em dia de folga, Policial Militar de Itaporã recupera moto e prende acusado em Dourados

Por volta das 21:25h. desta terça-feira (10), um policial militar que trabalha em Itaporã, recuperou uma motocicleta furtada e prendeu o acusado, em Dourados.

O policial, que é lotado no Pelotão de Itaporã mas mora em Dourados, chegava em um supermercado quando foi abordado por um indivíduo que lhe pediu informações sobre localização de outro mercado.

Com suspeita das atitudes do indivíduo, após passar as informações solicitadas, o policial o seguiu até a frente de uma escola na rua Antônio Emílio de Figueiredo, na mesma Cidade, onde o suspeito pegou um capacete que estava escondido no local e subiu em uma motocicleta Honda Fan, que estava sem os retrovisores.

Suspeitando da procedência da motocicleta, o policial abordou o indivíduo, realizou revista pessoal não encontrando nada. Mas durante conversas, o acusado informou que teria comprado a moto por R$ 1.300,00 de um amigo no Bairro Cachoeirinha, em Dourados.

O policial consultou a procedência da motocicleta e constatou registro de furto/roubo, diante da informação o militar solicitou apoio da Polícia Militar de Dourados que encaminhou o indivíduo e a motocicleta à Polícia Civil de Dourados para as providências cabíveis.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

PMMS NO CORAÇÃO DO BRASIL [VÍDEO]

💝Mato Grosso do Sul há 40 anos no "Coração do Brasil”. Polícia Militar cuidando de Você e sua Família. #AlmirSater #MS40anos #CoraçãodoBrasil #PMMS

Polícia Militar de Paranaíba participa da “Ação entre amigos – Dia das Crianças”

Na tarde de sábado (07), a Polícia Militar de Paranaíba participou de uma ação do “Grupo de Amigos Fazer o Bem Faz Bem”, que proporcionou a cerca de 350 crianças uma fez em comemoração ao dia das crianças.

A festa foi realizada no Jardim das Paineiras e no Bairro Industrial de Lourdes, contou com distribuição de cachorro quente, picolé, brinquedos e até um pula-pula, onde as crianças puderam se divertir à vontade. Os policiais Militares interagiram com as crianças, dialogando sobre a luta contra as drogas.

Segundo Lucas dos Anjos, um dos organizadores a ação visou valorizar a infância. “As crianças são nosso futuro, elas merecem ser lembradas, valorizadas. É importante ter um momento especial pra elas” disse. A ação contou com doações de vários cidadãos, além da festa, o grupo realiza também a distribuição de marmitas e doação de cestas básicas.

13º Batalhão de Polícia Militar
Polícia e comunidade unidas pela segurança de todos!

RENOVAÇÃO

Que durante o nosso caminho possa brotar a que trará a serenidade ao coração e acalentará todos os que foram feridos pelas adversidades da vida.

Que continuemos a construção de um mundo que se transforma e nos impulsiona a vencer os seus desafios com vigor, força interior e sempre a serviço do bem comum.

Devemos conduzir nossas vidas não como se estivéssemos carregando um fardo nos ombros, mas sim com a alegria para podermos buscar a cada instante a paz interior que aliviará as angústias, tristezas e incertezas da vida, renovando a esperança na elaboração de projetos e reabastecendo nossos estoques de solidariedade, justiça e respeito.

Que a luz possa nos tirar da escuridão, iluminando nosso caminho com o compromisso e a certeza de que estamos fazendo o melhor.

Precisamos sempre realizar ações em defesa e promoção da vida, em especial dos que sistematicamente são excluídos e privados da dignidade e dar a eles a verdadeira cidadania inclusiva, solidária, justa e distributiva.

Por fim, quando muitas palavras ruidosas poluem e desorientam nossas vidas é preciso encontrar no fundo da alma a certeza incondicional de que a e as ações corretas pautarão o melhor caminho a ser seguido por nós.


Que Deus abençoe o nosso caminho.

Uma ótima terça-feira!!


segunda-feira, 9 de outubro de 2017

NÃO ATRAPALHE, COLABORE!

Nesta longa caminhada precisamos aprender que quando não podemos colaborar com os outros, o melhor que podemos fazer é não atrapalhar sua jornada, precisamos ter o equilíbrio e a serenidade em respeitar e contribuir no processo evolutivo do nosso próprio ser.

A natureza é uma fonte de inspiração, nela conseguimos aplicar muitos ensinamentos como o das formigas que são devoradas por um pássaro e depois ele já exausto morre e as formigas o devoram; do escorpião que pede ajuda ao sapo para atravessar um lago e no meio do percurso ele pica e ambos morrem e assim tantos outros que servem de exemplos para que não façamos as mesmas coisas com os nossos semelhantes.

Sabemos que a natureza humana é complexa, que muitas vezes comete atrocidades de proporções gigantescas e infelizmente muitos sonhos, esperanças e projetos de um mundo melhor se perdem no tempo e no espaço.

Mas quando resgatarmos nossa fé, solidariedade, diálogo e a capacidade de compreendermos que o sol brilha para todos e que somos personagens transitórios, desta bela caminhada pelas estradas da vida e que a força da união, da simplicidade e do fazer o bem devem nortear a nossa jornada, isto sim é saber viver.

Um ótimo dia com uma semana iluminada e abençoada por Deus!!

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Comparativo 2016/2017 demonstra que a Polícia Militar de MS aumentou apreensões de armas, drogas e veículos recuperados

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul comemora resultados positivos no comparativo das estatísticas dos anos de 2016 e 2017

Os casos de homicídios qualificados como dolosos, atendidos pela Polícia Militar, em comparação aos meses de janeiro a setembro de 2016, reduziram em 4,8%.

Os registros das ações da Polícia Militar confirmam que o trabalho da instituição tem se intensificado. A despeito das demandas inúmeras e dificuldades também atinentes ao serviço, as estatísticas demonstraram que ações proativas de iniciativa da corporação surtiram resultados satisfatórios.

As abordagens a pessoas aumentaram nos meses de janeiro a setembro em comparação ao ano passado (2,4% a mais), como também o número de veículos averiguados durante as operações e policiamentos ordinários (6,9% a mais).

Apreensões de armas de fogo pela PMMS

Foram apreendidas no mesmo período do ano passado 762 armas de fogo em ações da Polícia Militar em Mato Grosso do Sul. Já em 2017, policiais militares em todo estado chegaram ao número de 781 armas de fogo apreendidas entre os meses de janeiro a setembro.

Veículos, roubados e ou furtados, recuperados pela PMMS

Em relação a recuperação de veículos produtos de roubo ou furto, entre o período de janeiro e setembro deste ano o número acumulado é de 1.869, uma média de 207,6 veículos por mês.

Apreensões de drogas pela PMMS

Outro destaque nas estatísticas é para os números de apreensões de drogas: mais de 107 toneladas foram apreendidas de janeiro a setembro de 2016 e, neste ano, no mesmo período, a Polícia Militar alcançou o número de 115,4 toneladas de drogas apreendidas.

O comandante-geral da PMMS, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta ressaltou que “os números traduzem o compromisso de cada policial militar com esta sociedade. As apreensões de armas e drogas demonstram que, mesmo colocando em risco a própria vida, os profissionais da Polícia Militar têm obtido êxito na redução de homicídios, no trabalho preventivo e no combate ao crime”.

Polícia Militar de Sidrolândia MS tem novo comandante

Na manhã desta sexta -feira (06) na Câmara Municipal de Sidrolândia o comandante da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul Coronel Waldir Ribeiro Acosta esteve presente na passagem de de comando da 3ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Militar sediada em Sidrolândia/MS.

Há mais de 03 anos a frente do comando da 3ª Cia/1ºBPM , o Tenente Klayton de Andrade Silva que ingressou na Polícia Militar em 1998 como Sargento, formado em Administração Pública, implementou uma gestão que se destacou pelos grandes resultados alcançados.

As ações de policiamento foram ampliadas conforme as necessidades da sociedade, sendo criado na gestão do Tenente Klayton a modalidade de Policiamento Rural que além de atender moradores da zona rural, intensificou o policiamento nos assentamentos e aldeias indígenas, diminuindo os índices criminais nas aldeias Córrego do meio e Dez de Maio e assentamentos rurais da região. Fato que levou alguns representantes das comunidades indígenas a entregar uma carta de agradecimento durante a solenidade ao Tenente pelo empenho em dar mais segurança aos indígenas.

O Comandante Geral agradeceu os resultados obtidos durante a gestão do ex comandante da 3ª Cia/1ºBPM e anunciou um reforço de efetivo para companhia ainda neste ano.

A solenidade contou com a presença do Tenente-coronel Ajala comandante do 1º BPM, do Prefeito Doutor Marcelo Ascoli, vereadores e autoridades militares e civis do município, o Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa, que também esteve presente e parabenizou o Tenente Klayton por ter concluído com maestria a missão que lhe foi dada durante três ano e meio e o Major Jidevaldo de Souza Lima, seguirá pelo mesmo caminho no comando da 3ª Companhia/1ºBPM.


A última lição da Professora que não morreu com a morte!

Ela não escolheu morrer assim, consumida pelo fogo assassino de infantes. Seu projeto era de longo prazo: educar crianças e mais crianças para melhorar o país. No dia da sua aposentadoria, ela olharia para trás e diria: fiz a minha parte!

Houve momentos em que a vida lhe falou no idioma da tragédia. A mais dolorosa delas foi quando abraçou o corpinho molhado do seu filho recém-nascido que morreu na piscina. Neste dia, ela decidiu que não queria mais ouvir. Era momento de falar e ser ouvida pela vida.

E falou para a vida em mineiro. A partir daí,a vida passou a entendê-la e desfiavam diálogos matreiros. Não chegaram a conclusão alguma, talvez porque ambas - ela e a vida - jamais se entregariam uma a outra. Nem por isso desistiu de falar.

Viver dá uma trabalheira danada. É correr ou se afundar. Tem que saber respirar tristeza, expirando alegria; recolher mágoas, distribuindo perdão; chorar escondido e sorrir sem graça, enfim, dormir de olhos abertos.

É a vida?

Pois ela, a mineirinha do interior, decidiu dizer não ao fatalismo melancólico e partiu para o ataque. Sepultou o filho, encaixotou suas dores, abraçou os domingos, tornou-se mãe e resolveu falar mineiramente, educando brasileiras crianças nas creches.

Até que um dia, a vida lhe virou as costas e a esbofeteou no rosto com ingratidão. Fez surgir em seu caminho a sombra do escuro acaso. Em sua direção, um ser recendendo enxofre pelos poros do ódio atravessou-lhe o destino de educadora para lhe dar a lição final.

Só um detalhe passou despercebido pela escuridão: esta brasileira de Janaúba guardava a força do mundo em seu coração dilatado de amor. Se as águas que afundaram seu filho não a derrotaram, imagine se a fogueira da covardia o faria?

Jamais. Nunca. Definitivamente, de jeito nenhum.

Quem nunca teve medo da vida não tem o direito de morrer amedrontado!

No final da história, a Professora morreu ensinando com noventa por cento do corpo queimado e a sua última aula foi ouvida pelo mundo todo.

Heley Abreu, Professora da Creche Gente Inocente de Janaúba – Minas Gerais: a vida não lhe venceu e o seu exemplo transcende a morte !

DESFRUTE O SABOR DA VIDA

Viver o aqui e o agora com toda a intensidade possível com muita sabedoria, equilíbrio e fé, para que a cada novo amanhecer possamos contribuir para o bem da nossa sociedade.

A grandeza da nossa essência consiste no partilhar e compartilhar o quanto a vida nos reserva momentos inesquecíveis que somente Deus pode nos ofertar, caberá a cada um simplesmente agradecer por mais um dia com muitas alegrias.

Uma ótima sexta-feira e que o nosso final de semana nos permita desfrutar da paz profunda, do silêncio da alma, da energia pura e do amor ao próximo.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Outubro Rosa: a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul apoia este movimento

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, neste mês de Outubro, também une-se ao movimento internacional de prevenção ao câncer de mama. Este movimento, que tem origem nos Estados Unidos, define o presente mês como de prevenção do câncer de mama, ressaltando a importância do diagnóstico precoce da doença, as desmistificações em relação ao câncer e as formas de redução de risco de seu acometimento.

Estima-se que diversos casos de câncer de mama podem ser evitados pela adoção de práticas saudáveis, tais como: atividades físicas; alimentação saudável; manutenção de peso corporal adequado; não ingerir bebidas alcoólicas e amamentar.

Não existe uma causa única para o câncer de mama, que é mais comum em mulheres (apenas 1% dos casos são diagnosticados em homens) e tem na idade um dos mais importantes fatores de risco para a doença. Cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos. O câncer de mama de caráter genético/hereditário corresponde a apenas 5% a 10% do total de casos da doença.

Os principais sinais e sintomas do câncer de mama são:
  • Caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor;
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;
  • Alterações no bico do peito (mamilo);
  • Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;
  • Saída espontânea de líquido dos mamilos
Ao identificarem alterações persistentes nas mamas, as mulheres devem procurar imediatamente um serviço para avaliação diagnóstica. No entanto, tais alterações podem não ser câncer de mama.

Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. É importante que as mulheres observem suas mamas sempre que se sentirem confortáveis para tal (seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano), sem técnica específica, valorizando a descoberta casual de pequenas alterações mamárias. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.

Além de estar atenta ao próprio corpo, também é recomendado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas.

Mamografia é uma radiografia das mamas feita por um equipamento de raios X chamado mamógrafo, capaz de identificar alterações suspeitas. Mulheres com risco elevado para câncer de mama devem conversar com o seu médico para avaliação do risco para decidir a conduta a ser adotada.

Mamografia de rastreamento

No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos.

A mamografia de rastreamento pode ajudar a reduzir a mortalidade por câncer de mama, mas também expõe a mulher a alguns riscos. Conheça os principais riscos e benefícios:

Benefícios:
  • Encontrar o câncer no início e permitir um tratamento menos agressivo.
  • Menor chance de a paciente morrer por câncer de mama, em função do tratamento precoce.
Riscos:
  • Suspeita de câncer de mama. Isso requer outros exames, sem que se confirme a doença. Esse alarme falso (resultado falso positivo) gera ansiedade e estresse.
  • Câncer existente, mas resultado normal (resultado falso negativo). Esse erro gera falsa segurança à mulher.
  • Ser diagnosticada e submetida a tratamento, com cirurgia (retirada parcial ou total da mama), quimioterapia e/ou radioterapia, de um câncer que não ameaçaria a vida. Isso ocorre em virtude do crescimento lento de certos tipos de câncer de mama
  • Exposição aos Raios X. Raramente causa câncer, mas há um discreto aumento do risco quanto mais frequente é a exposição.
Mamografia diagnóstica

A mamografia diagnóstica, assim como outros exames complementares com finalidade de investigação de lesões suspeitas da mama, pode ser solicitada em qualquer idade, a critério médico. Ainda assim, a mamografia diagnóstica geralmente não é solicitada em mulheres jovens, pois nessa idade as mamas são mais densas e o exame apresenta muitos resultados incorretos.

O SUS oferece exame de mamografia para todas as idades, quando há indicação médica.

Saiba mais em: http://www.inca.gov.br/wcm/outubro-rosa/2015/material/cartilha-cancer-de-mama-vamos-falar-sobre-isso-2015-3-edicao-web.pdf.

O comandante-geral da Polícia Militar, Coronel QOPM Waldir Ribeiro Acosta, reforça a todos os policiais militares, homens e mulheres, que aproveitem o ensejo da campanha para prevenirem-se contra o câncer de mama e para alertar, a todos quanto possível, sobre esta importante campanha.