quinta-feira, 31 de agosto de 2017

FAZER O BEM, FAZ BEM

A felicidade está ao nosso alcance todos os dias, pois, a grandeza de cada um está latente nos pequenos gestos, ações e atitudes em prol de alguém e assim estaremos nutrindo nosso ser com um sentimento de realização imensurável que nos possibilitará ter uma vida repleta de alegrias e quando a tristeza aparecer estaremos preparados para vencer mais este desafio.

Que Deus ilumine nossa jornada. Um magnífico dia de paz e bem!!

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

VIDA E DIGNIDADE

O equilíbrio, a paz interior e a fé devem nortear o nosso caminho, abrindo novos horizontes e buscando a cada instante respeitar ao próximo, coibindo as indiferenças e tendo a coragem de estar sempre pronto a enfrentar e superar as barreiras da vida.

Um ótimo dia e que a luz divina nos retire urgentemente da escuridão.



terça-feira, 29 de agosto de 2017

COLETIVIDADE: TRANSFORMAR PARA LIBERTAR

Os sentimentos que pulsam e nos lançam a viver a vida na sua plenitude são aqueles que vem do coração e da alma. Todos nós sabemos que a cada amanhecer surgem novas ideias, projetos de vida e ações concretas em prol da coletividade.

Somos a essência capaz de construir um ambiente melhor, harmônico, inclusivo e solidário, pois, todos podem fazer o melhor por aqueles que mais precisam.

Precisamos estar abertos de corpo, mente e alma para o novo, o belo e a maior transformação que ocorrerá em nossas vidas será a verdadeira compreensão da real razão da nossa existência.

Um belíssimo dia. Que Deus abençoe nosso dia!

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

A consagração da idiotia por trás das pesquisas de popularidade de Juízes

Foi com espantosa decepção que encarei a iniciativa de um determinado instituto de pesquisa que mensurou a popularidade de membros do Judiciário brasileiro. Constatou-se que, com exceção de dois, os demais que constavam da lista de pesquisa estimulada estavam com índices negativos de popularidade e desgastados perante o povo.

Espanto! Decepção! Asco! Indignação!

A quantas anda a consciência coletiva de uma nação que mede a qualidade de um magistrado pela sua fama e popularidade? O mais grave é que a pesquisa foi repercutida por um veículo de comunicação de abrangência nacional.

Juízes de Direito - ao contrário de deputados, vereadores, senadores, prefeitos, governadores e presidentes não têm compromisso com popularidade, por isso mesmo não são eleitos pelo voto popular, mas selecionados por concurso público. Os que, de toga, perseguem a fama e a aceitação popular são maus juízes e desservem à democracia.

Aliás, os melhores juízes são justamente aqueles que enfrentam com altivez e coragem a massa ignara em nome da reta aplicação da lei no caso concreto. São estes que sobrevivem a si próprios na História, transformando-se em referência moral de um país.

Juízes que decidem levando em consideração o que a opinião pública ou publicada vai pensar são partícipes de uma farsa e contribuem para a erosão do Estado de Direito. Quando um magistrado toma um processo às mãos e, antes mesmo de perguntar a si próprio quais as provas e teses envolvidas no litígio, preocupa-se em saber qual a decisão que mais agradará ao povo, está, em verdade, fazendo política mesquinha e subalterna com o poder que lhe foi conferido constitucionalmente pela sociedade que pensa estar agradando, quando a apunhala.

O tamanho de um Juiz se mede com outros critérios, jamais com pesquisas de opinião pública. Não foram selecionados por concurso de provas e títulos para agradar a população em suas disposições opinativas sobre este ou aquele tema. Se 99% da população clamasse nas ruas por uma posição que contrarie a Constituição Federal, o Juiz de Direito não deve e não pode titubear em ir contra tudo e contra todos para proteger a Lei. Por isso, têm garantias e prerrogativas: para serem sempre mais do que deles se espera.

Sim, ainda que impopular e antipatizado pelas decisões que toma, o Juiz de Direito digno da função que exerce não pode transigir com o compromisso ético-jurídico que nos possibilita viver em regime de comunhão social. Atua como uma espécie de redentor da vida em sociedade mesmo quando atua contra a vontade contingencial da maioria.

A opinião pública afinal, o que vem a ser isto? – costuma incorrer em equívocos quando se trata de decidir com racionalidade e equilíbrio uma questão jurídica. Deixar-se levar por ela como se fosse um objeto arrastado pelas ondas do mar é a própria renúncia da função de julgar à medida em que a consciência do julgador se torna escrava dos setores que manipulam o sentimento coletivo das massas.

E a figura do Juiz em um Estado democrático de Direito só tem sentido quando atua como anteparo às investidas daqueles que, através da opinião pública, buscam legitimar interesses que não estão protegidos por lei.

A História não nos deixa mentir... Pilatos, amigo da turba, se fosse pesquisado em 33 D.C., estaria bem na fita!

VIAGEM DA LUZ

Na viagem que realizamos todos os dias, parece que ingressamos em outra dimensão e na introspecção conseguimos visualizar que a atividade vital de nossas vidas está na fé, na sabedoria e no amor ao próximo.

Sempre teremos muitas dúvidas, perguntas sem respostas, aflições e mágoas, mas ao abrirmos o coração, a alma e o espírito encontraremos as respostas, pois, o segredo não está na bela casa, mas no arquiteto que a desenhou; não está na escultura, mas sim no escultor e muito menos em nós, mas sim no Criador.

Que a luz, a paz profunda e a serenidade estejam sempre conosco. Um ótimo dia e uma excelente semana!!

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Caminhos para uma reforma política

Câmara e Senado precisam encontrar um caminho para que os melhores e mais vocacionados quadros para o exercício da vida política voltem a se interessar pela atividade pública.

O problema é que a grande e esmagadora maioria que compõe a atual legislatura é resultado de um sistema deformado, distorcido, viciado e corrompido. Desta forma, a tendência é que os atuais beneficiários do sistema viciado procurem o caminho que mais chances lhes proporcionem para continuarem a exercer o mandato. E, como já devem ter concluído, o que é bom para o vício não é bom para a virtude.

Vocês já devem ter reparado que a cada eleição, o nível moral e intelectual dos políticos cresce como rabo de cavalo... aliás, não só no legislativo, mas no executivo também. Aqui mesmo em nosso estado, houve quem construísse estradas, avenidas, estádios, bairros, parques, universidades, hospitais, escolas e viadutos. Hoje, há quem não consiga concluir 2,6% de um aquário. Mas este exemplo é apenas uma pequena ilha escondida em um imenso arquipélago.

Basta voltar os olhos para as atuais composições de legislativos pelo Brasil afora para constatar - sem muito esforço - que os espertalhões, os dissimulados, os portadores de ideias ocas, os personagens marqueteiros de si mesmos, os maus de coração e espírito, os imediatistas gananciosos, os corporativistas radicais e os fanáticos incapazes de autocrítica povoam assembleias e câmaras constituindo presas fáceis aos interesses daqueles que manipulam a opinião pública. E são presas fáceis porque, além das carências na construção moral de caráter, não têm formação teórica e humanística para resistir às investidas quase sempre não republicanas de setores que vicejam na arena política pensando em lucros comerciais e espaços de poder.

Os melhores e mais vocacionados quadros para o exercício missionário da vida política estão na iniciativa privada ou liderando jornadas à frente de entidades. Eles não veem sentido em disputar um mandato eletivo, submetendo-se às vicissitudes de uma campanha cujas regras privilegiam quem tem mais dinheiro e não quem tem mais preparo e vocação.

Aqui mesmo em MS, por que acham que o “sistema” está incentivando a candidatura do milionário prefeito de Costa Rica, senão porque para os líderes desta “arrumação” a campanha, sendo custeada pelo próprio afortunado candidato, barateará os custos eleitorais para os seus próprios bolsos? O “sistema” pensa que está usando o prefeito e o prefeito pensa que está usando o “sistema”, enfim, uma torpeza bilateral.

Por que, caro leitor, grandes lideranças, por exemplo, das carreiras de estado como o Ministério Público, Receita Federal e AGU, das profissões liberais como advocacia, medicina, engenharia, arquitetura, do meio empresarial, do terceiro e quarto setor não se lançam candidatos? Justamente porque não se sentem estimulados a participar de um sistema que, estruturalmente deformado, cortará na raiz sua pulsão natural e vocacionada de lutar pelo bem-comum.

O mais grave, porém, é que, além do desestímulo, muitas das lideranças que poderiam estar a serviço da Política com p maiúsculo estão desesperançadas porque assistem à vitória dos piores sobre os melhores, do errado sobre o certo, do vício sobre a virtude. Por isso, ficam onde estão, empregando seus esforços em um ambiente menos contagioso e estigmatizado.

O deserto de lideranças políticas no Brasil e, em especial no MS, se deve à vitória temporária do pragmatismo imediatista sobre o idealismo abnegado. Em resumo: a política como atividade remunerada prevalece sobre a política como sacerdócio sacrificial.

Entretanto, não há outra receita para curar esta patologia crônica que não a dor e a consciência da dor. Eleições e mais eleições vão resultar em frustrações e mais frustrações até o paciente não mais suportar viver e chegar à conclusão de que se não mudar, morrerá. Não vejo outro caminho.

VIVA EM HARMONIA

Que com sabedoria, fé e paz interior tenhamos uma excelente sexta-feira e que ao chegar o final de semana possamos pautar nossas atitudes junto aos familiares e amigos no diálogo, no saber ouvir e compreender o outro e partilhar com muita alegria o quanto é belo viver a vida em plena harmonia.

Ótimo dia e que Deus ilumine nossa caminhada!!!

Fazer o bem, faz bem.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

RECONSTRUÇÃO DIÁRIA

O saber viver a vida é quando com equilíbrio e harmonia sentimos a natureza, apreciamos as coisas belas, convivemos e respeitamos com as mais diferentes opiniões e principalmente quando temos a capacidade de com humildade reconhecer nossas falhas, corrigi-las e poder seguir em frente num constante processo de construção e reconstrução do conhecimento imprescindível o processo de melhoria contínua da qualidade de vida das pessoas.

Desta maneira entendo que ninguém é ou será melhor que o outro, todos tem seus méritos, apenas temos missões e projetos passageiros para cumprir e o somatório de esforços deverá culminar na prática de fazer o bem sempre, sem nada pedir em troca.

Que Deus ilumine, guie e abençoe nossa jornada.

Um excelente dia pautado no diálogo, na compreensão e na fé.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

ESTAMOS APRENDENDO?

Durante a jornada pelas estradas da vida vamos somando experiências, conhecimentos, vitórias e derrotas.

O mais importante de tudo é perguntar se realmente conseguimos assimilar os ensinamentos que a escola da vida nos proporcionou.

Afinal de contas em cada novo dia erguemos os alicerces da amizade, do respeito ao próximo, da tolerância, da fé e da sabedoria, quiçá possa refletir em toda a sociedade nossos desejos de paz e bem.

Um ótimo dia e que sigamos o caminho com muita alegria.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

SAUDADE

   Tem pessoas especiais, inesquecíveis e com uma capacidade de transmitir a paz, a esperança e o amor.

   Tem pessoas como minha Tia Alice que hoje completaria 85 anos que simplesmente nos fortalecem para enfrentarmos os obstáculos da vida.

    Que neste dia possamos refletir sobre aqueles que nos deixaram, seu legado e suas histórias como uma forma de gratidão por tudo o que fizeram, aliás, ainda fazem, já que tocam profundamente na alma e no coração, para seguirmos com simplicidade e humildade na construção de um mundo melhor.

    Que a luz divina abençoe nossa jornada de fé e de esperança.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Polícia Militar de Japorã lança projeto Bom de Bola Bom na Escola

A solenidade contou com a presença do prefeito Luis Meirelles da cidade de Ybirarobana, o Comandante do 12ª Batalhão da PM TenenteCoronel Roseni, também esteve presente juntamente com o Capitão Joeder.

A Comandante do Grupamento da Polícia Militar de Japorã SubTenente Maira recebeu a comunidade em geral, país e alunos da escola estadual para prestigiaram o projeto, juntamente com as autoridades civis e militares.

Durante o evento os convidados puderam também assistir a apresentação do Grupo de Dança da Cidade de Ybirarobana do Paraguai que alegrou a todos com uma belíssima apresentação de danças típicas do nosso país vizinho.


COMPARTILHAR É VIVER

Devemos aproveitar todos os dias para aprendermos um dos segredos da vida: o compartilhar.

Compartilhar as alegrias, as tristezas sabendo que temos de despertar dentro de nós o espírito da paz, da alegria de viver, da bondade e compreender que o ciclo da vida é contínuo igual uma corrida de atletismo, onde um atleta passa o bastão para o outro seguir adiante.

Assim vamos aproveitar mais o tempo da nossa existência para com entusiasmo e sabedoria aprender que ao longo do caminho poderemos sempre semear a esperança e a solidariedade para que todos possam cultivar a paz, o amor ao próximo e a união.

Que Deus ilumine e abençoe nosso caminho. Um excelente dia e uma ótima semana.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

PRINCÍPIO DA VIDA

O princípio da vida está justamente em vivê-la na sua plenitude com alegria, paz, generosidade e fé, pois, a cada dia precisamos construir os trilhos que conduzirão nosso trem da vida até a última estação.

Um ótimo dia e um excelente final de semana.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

A caminho de velório, comandante-geral da PMMS impede furto e prende ladrão

Suspeito havia arrombado uma banca

O Coronel Waldir Ribeiro Acosta, Comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, estava a caminho de um velório quando presenciou o furto a uma banca e acabou prendendo em flagrante o suspeito, de aproximadamente 35 anos, nesta terça-feira (15). O caso aconteceu no Bairro Mata do Jacinto.

O crime aconteceu por volta das 11 horas. A caminho do velório de um policial civil, em uma viatura descaracterizada, o Comandante da PMMS percebeu uma movimentação anormal próximo a um mercado do bairro. Ele avistou pessoas correndo e pediu ao motorista para fazer a volta da via.

Foi então que viu o suspeito correndo. Coronel Waldir alcançou o homem, de aproximadamente 35 anos, e deu voz de prisão. O suspeito resistiu, mas acabou detido pelo comandante.

O homem havia arrombado uma banca e estava com produtos vendidos no local, uma bolsa com objetos do proprietário do local e também o celular dele.

“Independente do cargo, sou sempre policial e se necessário vou intervir”, afirmou o Comandante Waldir ao Jornal Midiamax. O suspeito que não teve o nome divulgado permanece preso.

REAPRENDENDO A VIVER

Observamos que a cada estação do trem da vida muitos desembarcam, outros embarcam e como num ritmo frenético o maquinista vai nos encantando ao passar rapidamente pelas belas paisagens que somente a natureza oferece, e nós muitas vezes não percebemos o que realmente está acontecendo, quem sabe por que nunca temos tempo para parar, refletir e rever o nosso próprio caminho.

Quem sabe hoje possamos mudar, transformar e recriar a nossa forma de ser e de existir.

Um dia iluminado e abençoado para seguirmos com harmonia e paz.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

TREM DA VIDA

Quando embarcamos no trem da vida e começamos a jornada percebemos que a cada parada precisamos manifestar nossa amizade, alegria, sentimentos e emoções como a força propulsora da nossa própria existência.

Em cada parada o trem da vida nos proporciona a possibilidade do amadurecimento, do encontro espiritual e como um feixe de luzes nos impulsiona a seguir adiante com equilíbrio, leveza, energia e coragem.

Que a luz brilhe intensamente nos corações para sairmos da escuridão.

Um ótimo dia!!

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

ALMA

A alma reflete uma luz própria que emana conexões para todo o nosso ser gerando uma sinergia positiva, alegre, aconchegante e fraterna.

Nossa imaginação vai além de um simples dia de lutas diárias, ela percorre todo o Universo e nos possibilita preencher as lacunas da vida com projetos e ideais que nos permitem acreditar na esperança e na certeza de que o melhor caminho é aquele pautado na paz, no bem e na fé.

Que Deus nos conceda um excelente dia e uma bela semana conectados com o saber viver com muito diálogo na família, com colegas e amigos.

Uma ótima segunda-feira.

domingo, 13 de agosto de 2017

Esquadrão de Polícia Montada participa de evento em comemoração ao Dia dos Pais em Campo Grande

Na manhã do último sábado (12), o 1° Esquadrão Independente de Policia Militar Montada prestou apoio ao evento em comemoração ao Dia dos Pais, que foi promovido pelo Centro de Educação Infantil (CEI) – José Eduardo Martins Jallad.

O evento ocorreu no Parque das Nações Indígenas e contou com a presença de mais de 300 (trezentas) pessoas.

Além de assegurar o bom andamento do evento com policiamento ostensivo-preventivo, a cavalaria fez a alegria da criançada que juntamente com seus pais puderam realizar passeios a cavalo durante o evento.

Ações como essa estreitam cada vez mais os laços da Polícia Militar com a comunidade, elevando a confiança na instituição.

Homenagem do Comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul à todos os pais

O Comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Mato Grosso do Sul, Coronel Waldir Ribeiro Acosta, parabeniza todos os pais policiais militares por esta data especial:

“Ser pai é uma dádiva divina que nos engrandece. Pai policial militar, que Deus Pai o guarde. Que em seu dia e em todos os dias você seja sempre honrado”

sábado, 12 de agosto de 2017

Abacaxis nas ruas de Campo Grande

O problema é que eles vêm com uma faca na mão. O abacaxi, por vezes, é só o detalhe!

Pois é, amigos, hoje trato de uma questão da nossa rotina campo-grandense.

Não sei se já aconteceu com você, mas os vendedores ambulantes de abacaxi estão cada vez mais adeptos da venda corpo-a-corpo.

Nômades, colocam-se estrategicamente em algumas ruas de bairros e, tão logo observam os carros, partem para a ofensiva que faz inveja aos melhores marcadores do futebol brasileiro.

Beiços colados na porta, desfiam argumentos em defesa da fruta que vendem: doce como mel, baratinha que só, leva 4 pague 3, mais doce que açúcar, etc. e já cortam a primeira rodela com a lâmina que reflete o espanto do motorista.

Há os que, intimidados pela forma arrojada da venda, cedem aos encantos do facão e mastigam o pedaço doado com ar de aprovação para agradar ao vendedor insuflado. Quem sabe assim ele se acalma?

Há os que, simplesmente, se negam a saborear o doce naco amarelo e ainda reclamam da proximidade do ambulante que saliva no seu ouvido. Estes, minoria, franca e absoluta minoria.

Há os que, assustados, mas curiosos, um pouco glutões também, mordem não um, mas dois tabletes da rodela e, pior, não compram só por pirraça...

Há os que compram. Estes, a maioria. Também, querem o quê? Com a faca quase no pescoço...

Mas o que me intriga é o seguinte: os vendedores de laranja, os vendedores de morango, os vendedores de melancia não são como os que vendem abacaxis. Aqueles são calmos, cordatos, mansos e até poéticos.

Por que então o ímpeto ácido dos vendedores de abacaxi?

A melhor e mais surpreendente explicação me foi dada por uma amiga jornalista que passou um bocado de tempo refletindo sobre isso:

“A minha teoria é a seguinte: o morango, a melancia, a laranja são frutas bonitas, apetitosas, gostosas, portanto, esteticamente atraentes e facilmente vendáveis... já o abacaxi, pobrezinho, é mais difícil: casca grossa, cheia de espinhos, sinônimo de problema, dá aftas e tem fama de azedo... então, eles apelam mesmo, fazem tudo para vender, até mesmo com ajudinha do facão bem afiado para convencer!”

Depois dessa sagaz explicação, solidário com a fruta que não pediu para nascer como veio ao mundo, toda vez que dou minhas dentadas na áurea maciez desta pobre coitada, imagino que Deus deve ter se concentrado tanto no sabor que se esqueceu da sua aparência. Quanta injustiça!

Pensando bem, se ela fosse bonita, perderia a graça de mordê-la.

Polícia Militar flagra moradora realizando incêndio para "limpar terreno" e aplica multa de R$ 1,2 mil

Policiais Militares Ambientais de Aquidauana receberam reclamações ontem (11), de que uma moradora estaria incendiando a vegetação no terreno de sua residência, causando transtornos aos vizinhos.

A PMA foi ao local e surpreendeu a infratora (53), no momento em que ela provocava o incêndio na vegetação e resíduos na área do terreno, gerando muita fumaça, que dispersa no ar, prejudicava toda a vizinhança.

Os Policiais conseguiram conter o fogo que ameaçava as residências vizinhas. A proprietária da residência foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 1.211,50.

Apesar dos esforços e das orientações, inclusive pela mídia, em relação à proibição de dos incêndios, algumas pessoas insistem com esse costume, que é bastante prejudicial ao ambiente e à saúde da população afetada.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL QUEIROZ) tel. – 3357-1500– 99905-7763 (vivo – Whats App) – 99106-8628 (claro Whats App) – 98171-4270 (TIM)

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

LIMITES

Que possamos seguir em frente com energia pura, superando os limites com muita dedicação. Afinal, precisamos aprender a nos conhecer melhor.

SUPERAÇÃO é a palavra chave após a realização da cirurgia do joelho esta semana.

Vencendo os limites e indo além... pois sabemos que tudo passa e somos eternos aprendizes.

Uma ótima sexta e um dia dos Pais com harmonia, diálogo e interação.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

LABIRINTO DA VIDA

Vivemos num constante labirinto onde a cada novo amanhecer temos um caminho a percorrer, o qual precisamos estar sempre atentos, vigilantes para superarmos os desafios impostos pela vida.

A cada dia colocamos nossos sonhos, projetos e esperanças em prática, pois, não podemos ficar esperando e assistindo tudo acontecer sem enfrentarmos os problemas do cotidiano com sabedoria, serenidade e otimismo.

Para vencermos as barreiras precisamos abastecer nossos estoques de solidariedade, tolerância e compreensão alicerçadas na paz interior, fé e sabedoria que encontram-se arraigadas em fundações sólidas e duradouras, capazes de fortalecer as pessoas, o mundo e produzir assim projetos de valorização do bem e da vida.

Que Deus ilumine nosso espírito ajudando a mudar a mentalidade daqueles que tem o poder da visão e não conseguem enxergar o seu semelhante como um irmão ajudando-o a encontrar o caminho do bem e de cultivar a paz.

Excelente dia!!

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Uma modesta sugestão jurídica aos deputados estaduais de MS

Estava aqui entretido com os meus alfarrábios quando deparei com uma “misteriosa” questão jurídica.

Procurarei ser didático para que o artigo possa ser lido por quem não é formado em Direito.

A Constituição Federal é a Lei das leis. Dela derivam as demais. Nenhuma delas pode contrariá-la. Se o fizer, será considerada inválida e ineficaz.

Promulgada em outubro de 1988, a Constituição Federal foi reproduzida, em grande parte, pelas constituições estaduais. Assim foi que, em nosso estado, um ano depois, precisamente em outubro de 1989, promulgou-se a Constituição Estadual.

Ela, a Constituição do Estado, não é uma cópia da Constituição Federal. Tem suas peculiaridades. Entretanto, existem temas que não podem ser mudados. Assim, se a Constituição Federal prevê que “A” é uma garantia fundamental do cidadão, não pode a Constituição Estadual dispor que “A” não é uma garantia ou uma garantia menor.

Pois bem, justamente no tema de maior importância de uma constituição, a que se refere aos direitos e garantias fundamentais, a nossa Constituição Estadual cometeu uma barbeiragem que precisa ser, urgentemente, corrigida pelos deputados estaduais.

Refere-se à instituição do Júri. É que na Constituição Federal, a defesa no Júri é plena; já na Constituição Estadual, a defesa no Júri é ampla. Sim, comparem o art.5º XXXVIII “a” da CF/88 com o art.115 da CE/89 e constatarão uma diferença na terminologia.

Plenitude de defesa não é a mesma coisa que amplitude de defesa. Ensina Luiz Flávio Gomes:

“ Não se confunde uma e outra, a primeira é muito mais abrangente do que a segunda. A plenitude de defesa é exercida no Tribunal do Júri, onde poderão ser usados todos os meios de defesa possíveis para convencer os jurados, inclusive argumentos não jurídicos, tais como: sociológicos, políticos, religiosos, morais etc. Destarte, em respeito a este princípio, também será possível saber mais sobre a vida dos jurados, sua profissão, grau de escolaridade etc.; inquirir testemunhas em plenário, dentre outros. Já a ampla defesa, exercida tanto em processos judiciais como em administrativos, entende-se pela defesa técnica, relativa aos aspectos jurídicos, sendo: o direito de trazer ao processo todos os elementos necessários a esclarecer a verdade, o direito de omitir-se, calar-se, produzir provas, recorrer de decisões, contraditar testemunhas, conhecer de todos atos e documentos do processo etc.”

Por isso, urge que um deputado estadual apresente uma PEC para alterar o texto referente ao Júri (art.115 da CE/89), pois embora a Constituição Federal já tenha sedimentado a garantia da plenitude da defesa, nunca é demais procurar o aperfeiçoamento e a coerência sistêmica da nossa carta estadual, principalmente quando se trata de uma garantia fundamental do cidadão.

LUTA CONSTANTE

Não existe uma fórmula mágica para todos os nossos problemas, entretanto, acredito que é possível enfrentar os desafios com foco, determinação e com espírito de equipe.

Precisamos sempre do apoio do outro, de um ombro amigo, de gestos e atitudes que nos façam remover os obstáculos e vencer as barreiras impostas pelo caminho.

Cada um tem uma barreira interna a vencer todos os dias, pois, nossa mente e corpo precisam estar em pleno vapor e sintonia na busca incessante do equilíbrio e da paz interior.

Ao amanhecer afloram todos os pensamentos, dificuldades, projetos, sonhos e esperanças que tanto almejamos, mas é preciso saber que cada milésimo de segundo é muito importante em nossas vidas, pois, não temos a certeza do amanhã.

Um ótimo dia com muita luz e paz interior.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

SOZINHOS NÃO VENCEREMOS

O aqui e agora devem ser o projeto mais importante em nossas vidas, para construirmos e fortalecermos as amizades, no aperto de mão, no abraço, no bom dia e na simplicidade de trilharmos nossas ações com humildade, respeito ao próximo e na fé.

Sozinhos não chegaremos a lugar nenhum, mas a força, a união e a alegria de poder conviver em sociedade devem servir sempre como o combustível da vida, pois, nada neste Universo irá suplantar a nossa felicidade, já que está dentro de nós e da forma como conduzimos a nossa existência pelas ações fazendo o bem e aprendendo que só assim conseguiremos chegar ao final, com a sensação de termos participado do processo evolutivo da nossa sociedade.

Que Deus ilumine, guie e proteja nossos passos na certeza de que estamos no caminho certo. Ótimo dia!

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Policial Militar é destaque em Fórum realizado pelo Governo do Estado sobre “Gestão de Mudança”

O Governo do Estado realizou na quinta-feira (03/08) a quarta edição do Fórum de Processos com a temática “Gestão da Mudança”. A iniciativa contou com palestras e a presença de servidores do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul que lideraram iniciativas de melhorias de processos. O presidente da Associação de Oficiais Estaduais de MS (AOFMS), Coronel PM Alírio Villasanti Romero, e o Assessor Militar do DETRAN, Tenente-coronel PM Franco Alan prestigiaram o evento.

Na ocasião, esteve em destaque a palestra “Informatização das Ocorrências de Acidente de Trânsito” apresentada pelo Soldado da PMMS, Paulo Henrique da Silva Leite, que ganhou o 3º lugar no XI Prêmio sul-mato-grossense de Inovação na Gestão Pública, em 2016. Na época o comandante do 17º Batalhão de Trânsito da PM era o Tenente-coronel Tolentino e o subcomandante era o então Major Franco Alan, grandes incentivadores do projeto feito em parceria com o DETRAN.

O Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito ONLINE, foi desenvolvido para atender as demandas de acidentes envolvendo apenas danos materiais, podendo ser registrados eletronicamente, com o intuito de agilizar o atendimento a população e facilitar o acesso para a elaboração do boletim de ocorrência de trânsito de comum acordo entre as partes envolvidas.

O presidente da AOFMS parabeniza, em nome do Soldado Silva Leite, a equipe responsável pela modernização desse serviço na PMMS e lembra que o Boletim ONLINE de registro de acidentes de trânsito foi lançado em novembro de 2010, pelo grupo formado pelo então Capitão Geter, Cabo Arci e a Soldado Jocimara, quando o então Major Alírio Villasanti era comandante da CIPTRAN, atual 17º Batalhão de Trânsito da PMMS.

VEJA TAMBÉM: Quarta edição do Fórum de Processos motiva servidores

UM PASSO DE CADA VEZ

Que tenhamos uma excelente semana com muita paz interior, espiritualidade, saúde e sabedoria.

E como dizia o grande poeta brasileiro do século XX Carlos Drummond de Andrade: "A vida necessita de pausas".

Que saibamos dar o tempo necessário para reaprendermos com as pausas, a conhecer mais a nossa alma e a nossa gente e assim prosseguirmos unidos em busca da paz social, do bem comum, da fraternidade e da esperança de um mundo melhor.

Ótima segunda-feira guiada e abençoada por Deus.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

JUNTOS SOMOS FORTES

A caminhada pelas estradas da vida requer que a cada novo amanhecer possamos renascer, renovar, reconstruir e refletir sobre a vida, nossos sonhos e a esperança de um mundo melhor.

Nas dificuldades e nos obstáculos impostos que depois de superados renascemos para o novo e revigoramos nossas forças para seguirmos adiante .

Que Deus ilumine nossa jornada. Um ótimo dia.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Policiais Militares de Ponta Porã recuperam dois veículos roubados em menos de 24 horas

Policiais Militares do 4º Batalhão de Polícia Militar recuperam mais dois veículos procedentes de roubo/furto, durante rondas no município
A primeira ocorrência foi por volta das 09h30min de terça-feira (01/08), onde uma Guarnição Policial Militar, que realizava o Policiamento Ostensivo na Rua Vinte e Cinco de Março, próximo à linha internacional que divide o Brasil e Paraguai, avistou um veículo GM S.10, placas do Paraguai, de cor vermelha, ocupada por dois indivíduos, os quais transitavam em território paraguaio em uma velocidade muito baixa, fato que levantou a suspeita da Guarnição, que diante disso, realizou o acompanhamento a certa distância, até que o referido veículo adentrasse em território brasileiro, momento em que efetuaram abordagem e realizaram a checagem dos dois ocupantes, nada sendo constatado em desfavor dos mesmos, sendo que o condutor foi identificado como P. V. S., de 55 anos e o passageiro como A. B. B., de 24 anos, ambos de nacionalidade brasileira.

No entanto, foi verificado que o veículo S.10 estava com a numeração do Chassi raspada, e na checagem através do sistema INFOSSEG, foi constatado que havia um registro de ocorrência de Roubo/Furto, oriundo da cidade de Curitiba-PR. Indagado sobre a procedência do veículo, o condutor relatou que teria adquirido como parte do pagamento referente a um caminhão que havia vendido naquela cidade.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao condutor pelo Crime de Receptação, o qual foi encaminhado e apresentado, juntamente com o veículo e o passageiro, na 1ª Delegacia de Polícia Civil, para as demais providências pertinentes.

A segunda ocorrência foi por volta 16h00min, também de terça-feira (02/08), quando uma Guarnição Policial Militar, que se encontrava em rondas na Avenida internacional, área Centro, visualizou um veículo GM CORSA, de cor verde, placas do Paraguai, que transitava em atitude suspeita, conduzido pela Senhora G. Z. S. Z., de 22 anos, e diante disso, realizou a abordagem da mesma, que apresentou aos policiais um documento do veículo emitido no Paraguai (Cédula Verde), porém, ao procederem a vistoria no veículo e checagem da numeração do motor através do Sistema INFOSEG, constou que havia uma queixa de Roubo/Furto do mesmo, registrada na cidade de Foz do Iguaçu-PR.

Diante do exposto, a condutora recebeu voz de prisão pelo Crime de Receptação, foi encaminhada juntamente com o veículo, para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde foi apresentada, para as demais providências pertinentes.

Bandido morre em confronto com a Polícia Militar de Dourados

Outro suspeito conseguiu fugir do local e ainda não foi encontrado
Criminoso ainda não identificado morreu em confronto com a Polícia Militar na madrugada de hoje em loja da Rua Cafelândia em Dourados. O comparsa dele conseguiu fugir e ainda não foi localizado.

Conforme as informações divulgadas pelo Dourados News, a polícia foi chamada para atender ocorrência em loja de ração. Quando os militares abriram a porta do estabelecimento um dos ladrões disparou.

Os policiais também atiraram e um dos assaltantes acabou ferido. O outro conseguiu fugir. O criminoso chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital da Vida.

No local foram apreendidos um revólver calibre .32 com seis munições e uma arma de brinquedo. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial e será investigado.

REAPRENDER

Nas vitórias ou derrotas devemos dar uma pausa nas nossas vidas para refletirmos quais foram os acertos ou erros, no final o que importará é sabermos viver com alegria, fé e sabedoria e reaprendermos que somos eternos aprendizes deste Universo sem fim.

Um excelente dia com muita luz.



terça-feira, 1 de agosto de 2017

RESPONSABILIDADE É NOSSA

Pela jornada da vida não podemos culpar ninguém pelas nossas angústias ou desilusões, devemos sim responder a nós mesmos que o valor da felicidade reside dentro de nós e muitas vezes passamos esta responsabilidade para outros, logo necessitamos rever e reconstruir a nossa própria forma de ser, pensar e agir para viver a vida com alegria e amor.

Um ótimo dia e um belíssimo mês guiado e abençoado por Deus.