segunda-feira, 31 de julho de 2017

Em evento esportivo Policiais e Bombeiros Militares celebraram aniversário da ABSSMS

Neste final de semana, Sábado (29) e Domingo (30), aconteceu na sede da ABSSMS, um Torneio de Futebol Society e almoço de confraternização em comemoração aos 53 anos da entidade.

Em um clima familiar e descontraído Policiais e Bombeiros Militares, distribuídos em dezesseis equipes, competiram, sendo elas: 1° BPM, 9°BPM, 10°BPM, 14°BPM Rv, 15° BPM AMBIENTAL, 17° BPtran, 18°BOPE, 19°BPchoq, 20°BPM GDA E, 1°EIPM Mont, GOVERNADORIA (CASA MILITAR), ROTAC, INTELIGENCIA PM2, 5°CIPM CENTRO, ABSSMS SEDE e ABSSMS SÓCIO.

Resultado do torneio:
  • CAMPEÃO – ABSSMS SEDE
  • VICE-CAMPEÃO-17°BPTRAN
  • 3°COLOCADO-14°BPM Rv

Atletas premiados

  • GOLEIRO MENOS VAZADO (Três Gols) – CB DA COSTA 14°BPM Rv
  • ARTILHEIRO (9 GOLS) CB GEISON 14°BPM Rv

Mesmo estando de folga dois Policiais Militares prendem casal com arma de fogo em Campo Grande

Na noite de ontem (30/07/17) dois policias militares do Batalhão de Polícia Militar de Guarda e Escolta estavam de folga passando por uma rua no bairro Santo Eugênio quando avistaram um homem entregando uma arma de fogo para uma mulher.

Diante do fato, os dois policiais se identificaram e abordaram o homem e a mulher tomando a arma de fogo das mãos da mulher e dando voz de prisão aos dois.

Uma guarnição PM da 6ª CIPM foi ao local e deu apoio os policiais militares para condução do casal à delegacia.

Polícia Militar garantiu tranquilidade aos turistas e moradores no Festival de Inverno em Bonito MS

Durante o dia os policiais militares locais realizaram policiamento em todos os pontos destinados as oficinas do 18° FIB.

Na manhã de domingo (30), quarto e ultimo dia do 18° FIB, as equipes PM iniciaram o policiamento com a cobertura da Corrida de Inverno, a qual teve início e termino na praça da liberdade.

No período noturno, o efetivo local contou com o apoio dos policiais militares escalados para o reforço, onde realizaram o policiamento na praça de eventos do palco principal, não sendo constatado nenhuma ocorrência policial pelas equipes no local, transcorrendo tudo dentro da normalidade e garantindo assim a qualidade e segurança no evento.

Durante o evento, não foi constatado nenhuma ocorrência policial pelas equipes no local.

ACREDITAR E LUTAR

Que neste dia que começamos sirva para nos mostrar que o sol brilha para todos, que as fraquezas e ameaças devem ser substituídas pela força e pelas oportunidades, de juntos fortalecermos nossa sociedade pela prática diária de fazer o bem e reinventar a própria vida, mesmo quando as adversidades baterem na nossa porta, pois, a cada novo dia estaremos lapidando o nosso ser e nutrindo nossa alma com o amor e a esperança de que é possível sempre fazer mais e melhor por todos.

Que Deus ilumine e guia nossa caminhada com muita paz e bem. Um ótimo dia e uma excelente semana!

domingo, 30 de julho de 2017

A fé de Marquinhos

Pra mim, ele é Marcos, um irmão que nasceu cinco anos antes da Natureza me agredir os pulmões com a primeira lufada de frio oxigênio.

Pude estudá-lo durante três décadas e meia de consciência. Tarefa inconclusa. Conheço-o com a modéstia de um observador atento e, na medida do possível, imparcial.

Ao longo dos últimos anos, a observação se impôs como um prazer científico de um terapeuta improvisado.

Marcos, o Marquinhos, acredita. Este é o ponto. Ele acredita. Acredita!

Aqui, uma breve inflexão. A ciência ainda não conseguiu decifrar o mistério de uma força psíquica chamada . Sim, pode ter até obtido localizar na tal glândula pineal o berço carnal da transcendência, mas não logrou explicar o que é , por que ela existe, de onde se origina, qual a sua força e dimensão.

Pois bem, Marquinhos tem fé. Ponto final. Poderia parar o texto aqui, mas vou insistir porque a fé do Marquinhos precisa desta fraternal delação premiada.

Explico: a fé deste cara se alimenta de fatos que testam a sua fé. A equação se fecha em torno de si mesma, entendem? Não tem saída... é uma fé que milita involuntariamente.

Vou lhes dar um exemplo recente: assim que noticiada a proposital redução do repasse do índice de ICMS para Campo Grande, muita gente reagiu com xingamento, ofensa e declarações apocalípticas, porém do moço se ouviu isto: “Deus não nos dá o fardo que não possa ser carregado”. Pronto, deste fato tenebroso e grave urdido pelos adversários políticos, extraiu a seiva para se fortalecer como propulsor de uma energia mental capaz de enfrentar o problema.

Nas audiências, nas reuniões, nos debates, nas caminhadas, ela e ele formam a unidade que dialoga em um mundo hermético e místico.

Claro que isto não o livra das investidas daqueles – e não são poucos, porque o Poder é uma usina de fabricação de desafetos – que visam enfraquecê-lo. Entretanto, o que lançam contra este homem de fé multiplica-se em mais fé como se o seu arcabouço mental fosse uma estação de tratamento de esgoto em que os resíduos pútridos lançados se transformassem em água potável.

Sim, este homem cometerá erros e sofrerá ataques. Não há paz na estrada da política, mas intervalos de guerra. A fé não garante a santidade, mas sem ela, o homem perde a centelha que o diferencia de um réptil.

A sabedoria da fé repudia o discurso moralista que flerta com o fanatismo arrogante. A humildade do Prefeito Marquinhos é a nossa garantia de que Campo Grande não é governada pelo populismo salvacionista.

A fé de Marquinhos não é só religiosa. Ela é parte de seu aparelho psíquico.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

MUITOS FRUTOS

Que tenhamos uma excelente sexta-feira e que nos caminhos da vida possamos estar sempre semeando, plantando e colhendo frutos da paz, da harmonia, do equilíbrio e da fé.

Que o nosso final de semana seja pautado pelo diálogo, compreensão e a capacidade de compartilhar ótimos momentos com familiares e amigos.

Que Deus nos ilumine e guie pelas trilhas da vida. Ótimo dia!!!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Quem era Mayara Amaral?

Minha irmã caçula, mulher, violonista com mestrado pela UFG e uma dissertação incrível sobre mulheres compositoras para violão. Desde ontem Mayara Amaral também é vítima de um crime que parece cada vez mais banal na nossa sociedade: o FEMINICIDIO. Crime de ódio contra as mulheres, contra um gênero considerado frágil e, para alguns, inferior e digno de ter sua vida tirada apenas por ser jovem, talentosa, bonita... por ser mulher.

Em nenhuma matéria na imprensa vi essa palavra – feminicídio – talvez porque seja difícil para uma sociedade ter a consciência de que mais uma vez falhou e uma mulher, uma jovem professora de música de 27 anos, foi outra vítima da barbárie de homens que não podem nem serem considerados humanos. Foram três, três homens contra uma jovem mulher.

Um deles, Luis Alberto Bastos Barbosa, 29 anos, por quem ela estava cegamente apaixonada, atraiu-a para um motel, levando consigo um martelo na mochila. Lá, ele encontrou um de seus comparsas.

Em uma das matérias que noticiaram, o crime os suspeitos dizem que mantiveram relações sexuais com minha irmã com o consentimento dela. Para que o martelo então, se era consentido?

Estranhamente, nenhuma das matérias aparece a palavra ESTUPRO, apesar de todas as evidências.

Às vezes tenho a sensação de que setores da imprensa estão tomando como verdade a palavra desses assassinos. O tratamento que dão ao caso me indigna profundamente.

Quando escrevem que Mayara era a "mulher achada carbonizada" que foi ensaiar com a banda, ela está em uma foto como uma menina. Quando a suspeita envolvia "namorado" hiper-sexualizam a imagem dela. Quando a notícia fala que a cena do crime é um motel, minha irmã aparece vulnerável, molhada na praia.

Quando falam da inspiração de Mayara, associam-na com a história do pai e avô e a foto muda: é ela com o violão, porém com sua face cortada. Esse tipo de tratamento não representa quem minha irmã foi. Isso é desumanização. Por favor, tenham cuidado, colegas jornalistas.

Para nossa tristeza, grande parte das notícias dão bastante voz aos assassinos e fazem coro à falsa ideia de que os acusados só queriam roubar um carro. Um carro que foi vendido por mil reais. Mil reais. Um Gol quadrado, ano 1992. Se eles quisessem só roubá-la, não precisariam atraí-la para um motel.

Um dos assassinos, Luís, de família rica, vai tentar se livrar de uma condenação alegando privação momentânea dos sentidos por conta de uso de drogas. Não bastando matar a minha irmã, da forma que fizeram, agora querem destruir sua reputação. Eis a versão do monstro: minha irmã consentiu em ser violada por eles, elas decidiram roubá-la, ela reagiu fisicamente e eles, sob o efeito de drogas, golpearam-na com o martelo – e ela morreu por acidente. Pela memória da minha irmã, e pela de outras mulheres que passaram por esta mesma violência, não propaguem essa mentira! Confio que o Ministério Público não aceitará esta narrativa covarde, e peço a solidariedade e vigilância de todos para que a justiça seja feita.

Na delegacia disseram à minha mãe que uma outra jovem já havia registrado uma denúncia contra Luís por tentativa de abuso sexual... Investiguem! Se essa informação proceder, este é mais um crime pelo qual ele deve responder. E uma prova de como a justiça tem tratado as queixas feitas por nós, mulheres. Se naquela ocasião ele tivesse sido punido exemplarmente, talvez minha irmã não tivesse sofrido este destino.

Foi tudo premeditado: ela foi estuprada por dois desumanos. E em seguida, ela sofreu um homicídio qualificado: por motivos torpes, sem chance de defesa, por meio cruel, em emboscada, contra uma mulher que tinha uma relação afetiva com um dos assassinos. E só então levaram seus poucos pertences. Parem de tentar qualificar o caso como um roubo seguido de morte (latrocínio), como se fosse o roubo a motivação maior dessa barbárie!

O terceiro comparsa – não menos monstruoso – ajudou a levar o corpo da minha irmã para um lugar ermo, e lá atearam fogo nela, como se a brutalidade das marteladas no crânio já não fosse crueldade demais. Minha irmã foi encontrada com o corpo ainda em chamas, apenas de calcinha e uma de suas mãos foi a única parte de seu corpo que sobrou para que meu pai fizesse o reconhecimento no IML. “Parece que ela fazia uma nota com os dedos”, disse meu pai pelo telefone.

A confirmação veio logo depois, com o resultado do exame de DNA. Era ela mesmo e eu gritei um choro sufocado.

Eu vou dedicar o meu luto à memória da minha irmã, e a não permitir que ela seja vilipendiada pela versão imunda de seus algozes. Como tantas outras vítimas de violência, a Mayara merece JUSTIÇA – não que isso vá diminuir nossa dor, mas porque só isso pode ajudar a curar uma sociedade doente, e a proteger outras mulheres do mesmo destino.

BOPE e GAECO deflagram OPERAÇÃO FRONTEIRA no combate ao crime organizado

Na manhã desta quarta-feira (26), equipes do BOPE e do GAECO deflagraram a OPERAÇÃO FRONTEIRA, com intuito de dar o cumprimento de 15 mandados de prisão preventiva expedidos pela 1ª Vara Criminal de Campo Grande, nas cidades de Campo Grande, Ponta Porã, Cuiabá e Goiânia, visando combater os crimes de organização criminosa voltada ao tráfico de drogas, comércio de armas, roubos, furtos, receptação e corrupção de menores, com atuação na fronteira do Brasil com o Paraguai e ramificações nos Estados de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Bahia e Mato Grosso.

** Estados afetados pela ação do núcleo da organização criminosa identificado nesta denúncia: Mato Grosso, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

A operação teve seu início em outubro de 2016 por meio de investigações e culminaram com o oferecimento de denúncia criminal, pelo Ministério Público Estadual, contra 21 pessoas, integrantes da organização criminosa.

Foi realizado também a:
  • prisão de outras 14 pessoas durante o período de investigação;
  • apreensão de 07 carros utilizados pela organização para o tráfico de drogas;
  • 871 kg de maconha e 416 gr de cocaína.
Nesta quarta-feira (26) 04 (quatro) pessoas foram presas, sendo 01 (uma) em Ponta Porã, 02 (duas) em Campo Grande e 01 (uma) em Goiânia, além de outras que já haviam sido presas no curso da Operação.

Em linhas gerais, o esquema funcionava da seguinte forma: alguns membros da organização providenciavam o carregamento da droga no Estado de Mato Grosso do Sul, a qual era transportada por meio de veículos roubados ou furtados por outros integrantes da organização, com destino a outros Estados da Federação. Nesse esquema era comum a utilização de pessoas menores de idade e mulheres com o fim de não levantar suspeitas frente aos órgãos de fiscalização.

Participaram as operações de hoje a AGEPEN de Mato Grosso do Sul, a Polícia Militar do Estado de Goiás e o Setor de Inteligência da Secretaria de Justiça de Mato Grosso.

A ação contribui diretamente para a inibir a prática de vários outros delitos, que eram praticados para possibilitar a execução do crime principal: o tráfico de entorpecentes.

Cavalaria da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul realiza treinamento de CHOQUE MONTADO

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul através do 1° Esquadrão Independente de Policia Militar Montada (Cavalaria) promoveu na manhã de hoje (27/07) um treinamento de Choque Montado para os PMs da referida unidade.

O objetivo do treinamento foi expandir o conhecimento sobre as atividades realizadas, visando uma padronização dos conhecimentos doutrinários relativos ao choque montado e a assimilação por parte da tropa de novos métodos de emprego do choque montado em controle de distúrbios civis, além da adaptação dos animais ao tipo de trabalho.

O Comandante-Geral da PMMS, Coronel Waldir Ribeiro Acosta, acompanhou de perto o treinamento desenvolvido pela tropa da Cavalaria, onde parabenizou o efetivo e destacou a importância da modalidade de policiamento montado. “Esse é um treinamento cansativo, mas essencial, principalmente em eventos com grande concentração de público, o policial a cavalo passa a ser referência para os demais policiais e para a população,” finalizou Coronel Waldir.

Um dos ápices da instrução foi a prova de fogo, onde os cavaleiros passam com os animais em uma pista com fogo, fumaça e explosões. A instrução foi ministrada na sede da Cavalaria, localizado dentro do Parque dos Poderes e contou com a participação de 24 policiais militares.

Conforme Comandante da Cavalaria, Major Guilherme Dantas Lopes, “essas instruções além de preparar o policial militar para o policiamento específico, onde exige muito dos policiais, mas também dos cavalos que devem estar bem preparados, têm como principal foco a preservação da vida sem redução da eficiência policial, conseguindo assim também, manobrar massas, organizar filas, escoltar pessoas e veículos, tudo antes mesmo de iniciar um tumulto”.

Tático do 1º Batalhão prende homem com Pistola e 23 munições na capital

Nesta quarta – feira (26) a equipe da Força Tática do 1ºBatalhão de Polícia Militar, foi acionada por volta das 21h50min via CIOPS para abordagem a veículo pois no local havia uma pessoa no veículo BMW da cor branca onde o condutor estava de posse de uma arma de fogo.

A BMW foi abordada na Rua Figueira com a Avenida Florestal e durante uma busca pessoal foi encontrado na cintura do autor uma arma de fogo do tipo pistola, PT 638 PRO, da marca TAURUS, calibre 380 , com um carregador municiado com 14 (quatorze) munições calibre 380, sendo 9 (nove) da marca Federal e 5 (cinco) da marca CBC

Questionado sobre os documentos referentes ao armamento o homem de 31 anos informou que a arma de fogo pertencia a seu pai, que no momento da abordagem não possuía nem porte nem o registro da arma.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao mesmo sendo garantidos todos os seus direitos constitucionais e o mesmo foi entregue sem lesão corporal juntamente com a arma de fogo na DEPAC/CENTRO para as providencias cabíveis.

Tático do 10º Batalhão apreende drogas e arma de fogo com traficante no Jardim Carioca

Na madrugada desta quinta-feira (27), uma guarnição da Força Tática do 10º Batalhão de Polícia Militar, sob a coordenação do Oficial de Dia, Aspirante Calvi, prendeu um homem de 27 anos, apreendendo com o mesmo um revólver, da marca Taurus, de calibre 32, além de 13,2 gramas de cocaína e 280 gramas de maconha. O fato ocorreu no bairro Jardim Carioca.

Os policiais receberam denúncia anônima acerca de um homem que estaria comercializando substâncias entorpecentes na rua Violeta Mello Vieira, e ao chegarem ao endereço e serem notados por ocupantes da residência indicada, perceberam grande movimentação, com indivíduos tentando se evadir do local. Foi feita então uma incursão seguida de abordagem a um suspeito, e em vistoria pelos cômodos do imóvel foram localizados diversos invólucros contendo drogas e uma arma de fogo.

O abordado admitiu o tráfico de drogas e alegou possuir a arma de fogo como instrumento de defesa pessoal, uma vez que vem sofrendo ameaças de desafetos da região. Diante do fato foi dada voz de prisão ao autor e feita sua condução até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Vila Piratininga, para a adoção de medidas cabíveis.

Durante o período de 24h de trabalhos, as equipes operacionais do 10º BPM abordaram 94 pessoas e 52 veículos, e fizeram oito conduções de pessoas até as delegacias, por conta de envolvimento como autoras em ocorrências de naturezas diversas.

Polícia Militar de Aparecida do Taboado captura evadido do sistema prisional

Nesta quarta-feira (26), às 12h30, os policiais militares do 2º Pelotão PM de Aparecida do Taboado, subunidade do 13º BPM, realizaram a prisão de um indivíduo evadido do sistema prisional.

A equipe de serviço da Polícia Militar foi informada sobre a localização de um homem que estaria evadido do sistema prisional da cidade de Campo Grande.

Com o apoio de um policial militar de folga o indivíduo foi preso pela equipe de serviço em sua residência no Jardim Esperança, sendo em seguida encaminhado à Delegacia.

O autor já foi preso anteriormente por furto e porte ilegal de arma de fogo.

CELEBRANDO A VIDA

Com o passar do tempo vamos cultivando amizades, experiências de vida e aprendendo que somente pela simplicidade, sabedoria e amor poderemos transformar a realidade que nos cerca, para podermos celebrar a alegria de viver a vida na sua plenitude como o sol que ilumina o nosso horizonte sem fim.

Que continuemos a promover o caminho da liberdade, da justiça e dos valores da vida com muita fé e determinação para andarmos firmes, fortes e unidos diante das dificuldades e assim manifestarmos nossas ações sempre visando o bem comum.

Que Deus ilumine e fortaleça nossa jornada de lutas diárias. Um ótimo dia!!

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Presos tentam fuga no fórum de Campo Grande e são impedidos por Policiais do Batalhão de Guarda e Escolta

Na tarde da última terça-feira (25/07/17) três presos, que estavam na carceragem do prédio do Fórum de Campo Grande aguardando a vez para depoimento em audiência, iniciaram uma tentativa de rebelião nas celas, instigando os outros 30 presos a não acatarem as ordens policiais.

No fato, os presos quebraram parte das grades das celas, tentado usá-las para agredir os policiais militares no intuito de conseguir fuga.

Diante da situação, uma guarnição de policiais militares do Batalhão de Polícia Militar de Guarda e Escolta – BPMGdaE que conduzia os presos no local, iniciaram a intervenção, fazendo uso diferenciado da força, contendo a revolta e impedindo a fuga dos presos.

Governo Trump não permitirá transgêneros nas Forças Armadas

Presidente americano disse que o exército do país deve ter como foco as vitórias

Em uma sequência de três tuítes na manhã desta quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que transgêneros não serão permitidos em qualquer função nas Forças Armadas do país.

Trump escreveu que consultou generais e especialistas sobre o tema para tomar a decisão. “Nosso exército deve ter como foco a vitória decisiva e esmagadora e não pode ter o peso dos tremendos custos médicos e disruptivos que transgêneros no exército gerariam”, escreveu.

A decisão vai de encontro às decisões do secretário de Defesa do governo Obama, Ashton Carter. Em junho de 2016, ele anunciou que o exército havia retirado a proibição de recrutamento de transgêneros, com o argumento de que as Forças Armadas devem poder dispor dos soldados mais qualificados, independentemente de sua orientação sexual. Carter afirmou que já haver transexuais em serviço – embora não abertamente – e que a profissão militar deve estar disponível a todos os americanos.

Na época, a liberação para transgêneros enfrentou resistências de oficiais de altos cargos, que expressaram preocupação com o que consideravam ser um “experimento social” que poderia atrapalhar a efetividade dos militares em combate.

Com a mudança na permissão, o Pentágono deverá cobrir os custos dos militares que optarem pela cirurgia de mudança de sexo e tratamentos hormonais, o que acontece com qualquer outro tipo de procedimento médico. Uma pesquisa concluiu que se o Exército não realizasse tais medidas, a maior parte dos oficiais não buscaria ajuda externa e os índices de suicídio e abuso de substâncias químicas seriam mais altos.

De acordo com o relatório, existem cerca de 2.450 transgêneros em atividade militar nos Estados Unidos e, a cada ano, cerca de 65 devem pedir para realizar cirurgia, o que custaria entre 2,9 e 4,2 milhões de dólares ao Exército. Anualmente, o serviço militar americano gasta em média 6 bilhões de dólares para fins médicos, 1% do orçamento de 610 bilhões.

CARTEIRINHAS ASSOCIATIVAS ABSSMS: SÓCIOS E DEPENDENTES FAÇAM GRATUITAMENTE NA PORTARIA DO CLUBE COM URGÊNCIA

A DIRETORIA INFORMA QUE O NOVO SISTEMA ELETRÔNICO DE SEGURANÇA ESTA EM FUNCIONAMENTO, E CONVOCA OS ASSOCIADOS E DEPENDENTES PARA PROVIDENCIAREM A EXPEDIÇÃO DAS CARTEIRAS ELETRÔNICAS DE ACESSO.

FAÇAM SUAS CARTEIRINHAS ASSOCIATIVAS INDIVIDUAIS, E DE FORMA GRATUITA, DURANTE O HORÁRIO COMERCIAL, SENDO NECESSÁRIO DURANTE O CADASTRAMENTO A APRESENTAÇÃO DE TODOS OS DOCUMENTOS PESSOAIS DO TITULAR E DOS DEPENDENTES LEGAIS CONFORME ESTATUTO E A PRESENÇA FÍSICA SÓCIOS DOS PARA QUE A FOTO DIGITAL SEJA RETIRADA.

ESTE PROCEDIMENTO É NECESSÁRIO PARA FRANQUEAR A ENTRADA DOS ASSOCIADOS E DEPENDENTES NAS CATRACAS E CANCELAS ELETRÔNICAS (ACESSO CARRO).

O ACESSO AS PISCINAS, QUIOSQUES, ACADEMIA, ÁREA JURÍDICA, ENFIM TODO O COMPLEXO DE MULTI ATIVIDADES DO CLUBE SÓ SERÁ PERMITIDO DE FORMA DIGITAL.
INFORMAÇÕES (67) 3027-1434

Cinco foragidos da justiça foram recapturados pela Polícia Militar no Anhanduizinho em menos de cinco horas de trabalhos

Durante os trabalhos realizados pelas equipes operacionais do 10º Batalhão de Polícia Militar, sob a coordenação da Oficial de Dia, Capitã Cleide Maria, cinco indivíduos que se encontravam com mandados de prisão em aberto foram recapturados na Região Urbana do Anhanduizinho.

As prisões ocorreram nos bairros Jardim Nha-Nhá (3) e no Núcleo Habitacional Universitárias (2), e foram registradas no período das 17h às 21h45. 

No período de 24h o total de pessoas e veículos abordados foi de 250 e 88 respectivamente, sendo feitas sete conduções de pessoas até as delegacias por conta de envolvimento em situações de naturezas diversas, sendo ainda recuperado um veículo que se encontrava com queixa criminal.

GRATIDÃO

Em cada alvorecer agradeço a Deus pela possibilidade de continuar contribuindo na construção de um mundo melhor.

Que possamos nesta quarta-feira seguir lutando com responsabilidade, dedicação, tolerância e equilíbrio buscando sempre fazer o melhor por todos.

Ótimo dia e que Deus ilumine nossa jornada!

terça-feira, 25 de julho de 2017

Polícia Militar de Amambai troca de comando

O evento aconteceu na manhã de 24 de julho de 2017, no centro de eventos da prefeitura municipal de Amambai. Na ocasião estavam presentes os Exmo Srs. Secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, José Carlos Barbosa, e o Comandante-Geral da PM, Coronel Waldir Ribeiro Acosta, dentre outras autoridades.

Na cerimônia o Major PM Carlos Magno da Silva passou o comando da 3ª CIPM ao Tenente-Coronel Wesley Freire de Araujo.

Anteriormente ao evento da troca de comando, o Secretário José Carlos Barbosa e Coronel Waldir Ribeiro Acosta reuniram-se com outras autoridades na prefeitura municipal de Amambai, onde junto com o prefeito Dr. Bandeira, discutiram a criação de uma unidade da Policia Militar Ambiental em Amambai. A discussão sobre esse tema se deu devido à grande demanda existente em nosso município e ao fato da cidade de Amambaí ser uma das poucas cidades do Estado que possuem autonomia para emitir licenças ambientais.

Durante a reunião foi discutido também melhorias estruturais e de efeito da Policia Militar de Amambai e seus destacamentos. As melhorias discutidas durante a reunião teriam a finalidade de melhorar ainda mais o serviço prestado pela 3ª Companhia Independente de Policia Militar.

No inicio da tarde o Coronel Waldir Ribeiro Acosta, comandante da PMMS ministrou uma formatura com os integrantes da 3ª CIPM, onde foram tratados assuntos de interesse da corporação, como a previdência e futuros concursos.

O comandante também colocou o Comando da corporação a disposição dos policiais militares, e lembrou-lhes da importância da atividade policial para a sociedade.

Dando continuidade na agenda, o Comandante-Geral da PMMS, juntamente com Secretário de Justiça, concederam uma entrevista para rádio local, onde reafirmaram o compromisso com a segurança publica na região.

“Os policiais militares que trabalham na região de fronteira terão todo o apoio do comando da instituição nas ações desenvolvidas em benefícios das cidades fronteiriças, desde que tais ações estejam pautadas na legalidade.”
 

NÃO DESISTA

Nunca é tarde para recomeçar, nunca é tarde para ser feliz e aprender a reaprender a viver a vida com amor e simplicidade.

Que Deus ilumine e guie nossa jornada de lutas diárias.

Um ótimo dia com muita paz, saúde e alegrias.


segunda-feira, 24 de julho de 2017

Polícia Militar divulga balanço dos trabalhos da semana (17 a 23/07) em Mato Grosso do Sul

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS) divulga os resultados das atividades realizadas entre os dias 17 a 23 de julho de 2017 em todo o Estado de Mato Grosso do Sul.

Durante as 106 operações realizadas na última semana, a PMMS cumpriu 71 mandados de prisão, apreendeu 3,582 toneladas de drogas, dos quais 3,581 toneladas foram de maconha e ainda aprendeu 21 armas de fogo. Foram realizadas abordagens a 9.831 pessoas e destas, 319 foram conduzidas para as delegacias de Polícia Judiciária. Dos 10.264 veículos abordados, 39 estavam com restrição criminal de roubo ou furto e foram recuperados.

“A Polícia Militar trabalha diuturnamente no intuito de coibir a prática de crimes, manter a ordem e a sensação de segurança da população e estes dados resumem a atuação da PM em nosso Estado, sempre agindo em prol da sociedade”, frisou o Comandante-Geral da PMMS, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta.

O policiamento de trânsito aplicou 1.707 notificações por infrações diversas e, através das blitzes preventivas, removeu 327 veículos por restrições. As barreiras coíbem a circulação de motoristas embriagados e que andam de forma irregular e tem como objetivo a diminuição dos índices de morte no trânsito e recuperação de veículos roubados ou furtados. Foram ainda confeccionadas 4 notificações pela Polícia Militar Ambiental (PMA).

A moda agora é ser “pós-verdadeiro”

Agora, a moda é a pós-verdade, nome esbelto da mentira.

Aos montes, pululam na rede com desenvoltura e arrojo. Ocupam espaços, formam opiniões, deflagram debates e sedimentam preconceitos.

Seu público é a massa de leitores que acredita na notícia pelo simples fato de ser uma notícia.

Engolem sem mastigar. São milhares. Replicam para outros que, por sua vez, quintuplicam para milhões de desavisados.

Espremidos no canto da sala, os profissionais do jornalismo escrupuloso tentam se defender mas desconfiam de que a luta é inglória.

É que a dita cuja – a tal da pós-verdade - não se resume à mentira involuntária, descuidada ou negligente, fruto da ligeireza na apuração do fato reportado. O buraco é mais embaixo: ela é mentira proposital, dolosa, preparada com objetivos definidos.

Portanto, a pós-verdade é a variante tecnológica da guerra discursiva. A mentira política sempre existiu, mas antes era patrocinada pelo Poder que se enfeixava no oficialismo burocrático como propaganda de estado. Hoje, atomizou-se e qualquer pessoa pode disparar seu torpedo na rede em forma de notícia veiculada em site ou mesmo em vídeos com versões fabricadas. Há quem profetize o fim do jornalismo como veículo ético da exação informativa.

Pessoas instruídas, detentoras de prestígio social, intelectual e profissional aderiram à moda e, despudoradamente, replicam notícias que sabem serem falsas. Falsas, mas agradáveis e convenientes aos seus gostos e sabores, por isso levadas adiante com infinitas replicações no mundo fluido da rede.

A última que me chegou ao celular foi um vídeo no qual um jovem entra em uma Ferrari dourada. O texto afirmava tratar-se do filho de um ex-presidente da república. O objetivo é claro: recrudescer o sentimento de ódio contra um político. O mais grave é que, muito provavelmente, a grande maioria que replicou o vídeo sabia que o homem não era quem se dizia.

Tempos estranhos!

HUMILDADE

Palavra que nos orienta a forma que devemos pautar nossas vidas.

Difícil para uns, facílimo para outros, fruto da capacidade de perceber o quanto somos frágeis e passageiros nesta vida.

No caminho cruzamos com personagens que nos deixam a impressão de que pouco aprenderam, somente com muitas quedas e erguidos por aqueles dos quais jamais esperavam um apoio, conseguirão extrair verdadeiras lições de humildade e simplicidade.

Uns ainda se encontram como pássaros comendo as formigas, até hoje não perceberam que um dia, já sem forças para voar, será a vez das formigas o devorarem.

Nada seguirá adiante nesta jornada, que tal darmos um sabor especial a vida e às pessoas colocando pitadas de humildade, equilíbrio, serenidade e espiritualidade.

Nunca é tarde para recomeçar!! Que a luz divina guie nossa caminhada. Um ótimo dia e uma semana promissora.

domingo, 23 de julho de 2017

Suspeito é morto em confronto após atirar contra viatura e atingir sargento da PM na cabeça

Aeldes Pereira, 68 anos, foi morto em confronto com a Polícia Militar na madrugada deste domingo (23), em Eldorado – cidade a 440 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, um produtor rural acionou a Polícia Militar informando que que havia um homem armado dentro da propriedade dele. Quando se deslocavam para o endereço informado, os policiais viram um homem com as características informadas andando na rua.

Consta no registro que os militares deram ordem de parada ao suspeito, mas foram ignorados. Repentinamente, o suspeito sacou um revólver e atirou contra a guarnição da PM. O tiro acertou a porta da viatura e ainda atingiu a cabeça, na altura da orelha, de um dos policiais que atendia à ocorrência.

Os policiais revidaram, mas o bandido fugiu e se escondeu em uma oficina mecânica. Houve outra troca de tiros entre os militares e o criminoso.

Os militares, inclusive o que foi atingido pelo tiro, perseguiram o suspeito e quando conseguiram chegar até ele, perceberam que estava ferido. O socorro foi acionado, mas Pereira já estava morto quando os médicos chegaram.

O militar atingido pelo tiro também foi socorrido e depois, encaminhado ao Hospital Bezerra de Menezes, em Mundo Novo.

A arma do criminoso, um revólver calibre 38, com quatro projéteis deflagrados foi apreendido pela polícia. O caso foi registrado como homicídio decorrente de oposição à intervenção policial na Delegacia de Polícia Civil de Eldorado.

Dois traficantes morrem durante confronto com a polícia militar na rodovia MS-386

Dois traficantes que ainda não foram identificados morreram no fim da tarde deste sábado (22), após troca de tiros com policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira). Eles são suspeitos de atuarem como ‘batedores’ para a passagem de uma carga de maconha pela rodovia MS-386.

Segundo o site 94FM Dourados, os policias receberam uma denúncia anônima de que um veículo Pick Fiat Strada, de cor prata, que seguia pela MS-386, sentido MS-180, possivelmente estava carregado com drogas e tinha como ‘batedores de estrada’ – responsáveis por verificar a ocorrência de barreiras policiais à frente -, dois homens em duas motocicletas.

Durante ronda no local, a equipe do DOF encontrou duas motocicletas com as características repassadas pela denúncia e solicitou a parada. Apesar da sinalização, os motociclistas fizeram o contorno bruscamente e começaram a fugir até abandonar os veículos e correr, a pé, pela mata à beira da rodovia.

Neste momento, conforme a polícia, um dos homens já efetuou um disparo de arma de fogo em direção a viatura policial. Mesmo assim, os policiais continuaram a procura até visualizarem os suspeitos. Mais uma vez, eles desobedeceram a ordem de parada e de colocar as mãos na cabeça, começando a atirar contra os membros do DOF.

Ainda conforme o site, os policiais revidaram e ouve troca de tiros. Um dos suspeitos foi atingido com um tiro no tórax e o outro por dois tiros no tórax. Ambos portavam revólveres calibre 38 e foram encaminhados para o Hospital Regional de Amambai, onde foram atendidos pelo médico Plantonista.

Apesar do socorro prestado pelos policiais, os dois suspeitos não resistiram aos ferimentos e morreram. Até o momento, eles não foram identificados, pois não portavam nenhum tipo de identificação. De acordo com a 94FM Dourados, a Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Comandante Geral e Estado Maior visitam o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul

O Comandante-Geral da PMMS, Coronel Waldir Ribeiro Acosta, juntamente com o Chefe do Estado Maior Geral da Polícia Militar, Coronel Paulo Rogério de Carvalho Silva, continuando o projeto iniciado na primeira quinzena de maio, que tem como objetivo divulgar os trabalhos desenvolvidos por cada uma das cinco seções administrativas do Estado Maior Geral conversaram na manhã de hoje (21/07), com o efetivo do 17º Batalhão de Polícia Militar de Trânsito em sua sede na área central de Campo Grande.

O 17º Batalhão de Trânsito é responsável pelo policiamento de trânsito em toda capital, realizando o atendimento de acidentes com vítimas, blitzes preventivas e projetos voltados para educação para o trânsito e atualmente é comandado pelo Tenente-coronel José Amorim Longatto.

O Estado-Maior é órgão de direção responsável perante o Comandante-Geral, pelo estudo, planejamento, orientação, coordenação, fiscalização e controle de todas as atividades relacionadas à gestão administrativa da Polícia Militar, visando à eficácia da instituição no cumprimento de suas atribuições e também é órgão central do sistema de planejamento administrativo, programação e orçamento, elaborar diretrizes e ordens do Comando, com vistas a acionar as unidades de apoio e as de execução no cumprimento de suas missões. Atribuições previstas na Lei Complementar nº 190, de 04 de abril de 2014.

Na oportunidade, as seções explanaram o trabalho que tem sido desenvolvido no âmbito de suas repartições: PM-1, PM-2, PM-3, PM-4 e PM-5. Durante a palestra cada seção divulgou seu trabalho e mostrou sua função atrelada às atividades diárias das unidades operacionais, e importância em que cada uma representa para uma melhor funcionalidade institucional.

Conhecendo as seções do Estado Maior

1ªSeção do Estado Maior – PM1


A PM-1 tem a função de subsidiar o comando da instituição do ponto de vista técnico-jurídico e administrativo, realiza estudo e acompanhamento da legislação da Corporação.

A seção é composta pelo Coronel Cândido, chefe da Seção, o Major Nelson, o Subtenente Eugenio Carlos dos Passos, o 1º Sargento PM Flávio Rogério Coelho Lobo e o Cabo PM Willian Caetano Góes, equipe responsável pelo desenvolvimento de todos os projetos citados e que resultarão em uma PMMS mais eficiente.

2ªSeção do Estado Maior – PM2

A PM-2 tem o papel de análise criminal e compilação dos dados estatísticos produzidos na execução das atividades operacionais, tanto no campo ostensivo como no preventivo. Essas produções de dados dão a oportunidade de visualização do emprego das equipes operacionais, proporcionando ao Alto Comando da Corporação a possibilidade da construção de um melhor planejamento estratégico, o que melhora o emprego da logística humana e material.

A 2ª seção é composta pelo Tenente-Coronel PM Anderson Rezende Diniz, Chefe da Seção, a Sargento PM Maria Elena Duarte Gomes e o Cabo PM Elton Luiz Ferreira de Araújo, Auxiliares da Seção, que são responsáveis pela verificação diária das informações encaminhadas pelas Unidades Operacionais da PMMS.

3ªSeção do Estado Maior – PM3

A PM-3 exerce atividades relativas a operações e doutrinas referentes às diretrizes Operacionais da Corporação. Dentre as missões que está atualmente desenvolvendo, ressalta-se: o plano de visita e Inspeção da Polícia Militar, acompanhamento e planejamento operacional do novo convênio ENEM para o triênio 2017-2019, readequação e controle do quadro efetivo dos policiais militares adidos ao Departamento da Força Nacional de Segurança Púbica, implantação do Manual de Elaboração de Procedimento Operacional Padrão, além da revisão e ampliação dos Procedimentos Operacionais Padrão.

A seção é composta por dois policiais, o Tenente-Coronel Flávio Luis Filiú da Silva, chefe da seção e a Sd Marjorie Caroline de Arruda Aréco, auxiliar da PM-3 que ainda realizam elaboração rotineira de Ordens de Serviços, Ordens e Planos de Operações quando determinadas pelo Comando-Geral da PMMS, sugere ao Comando e Grandes Comandos, sobre a realização de operações com base na análise das manchas criminais resultantes do trabalho da PM-2 (estatística) e estudo para implantação de ferramentas que subsidiem o Comando sobre o custeio das Operações realizadas.

4ºSeção do Estado Maior – PM4

A PM-4 atua na gestão de projetos e captação de recursos para a instituição. Cabe ressaltar que anteriormente possuía uma função de gestão de matérias, similar a P4 das unidades, atribuição essa modificada desde abril de 2014. Essa função pertence hoje à Diretoria de Gestão de Patrimônio Logístico(DGPL).

O setor conta com três policiais militares, o Tenente-Coronel PM Cleder Pereira da Silva, chefe da seção e dois engenheiros, o Cb PM Martinho Estevão Correa Neto e Cb PM João Paulo Morissom Fernandez.

Atualmente, a seção está trabalhando na reforma dos pelotões Nova Lima, Coophasul e Parque dos Poderes, além das novas instalações do Esquadrão de Polícia Militar Montado e adequação das instalações de atendimento ao público do Batalhão de Trânsito. Além disso, está atuando na construção do estande de Tiro da PMMS e na criação de Fundo da Captação de Recursos, em que taxas pertinentes à Polícia Militar pagas via DAEMS sejam encaminhadas para esse fundo e geridas pelo Comandante Geral da instituição.

**Nesta oportunidade o Tenente-Coronel PM Cleder Pereira da Silva, foi representado pelo Tenente-Coronel PM Helbert Davyson Romeiro de Souza.

5ºSeção do Estado Maior – PM5

A PM-5 é a Assessoria de Comunicação Social da Polícia Militar, responsável pelo atendimento a Imprensa, Relações Públicas, Cerimonial e Organizações de Evento do Comando Geral da Corporação, além de apoiar e estabelecer as doutrinas de comunicação para as unidades, controle de entrevistas, gerenciamento do site PMMS, mídia social (facebook/WhatsApp), além da produção de material audiovisual de interesse da instituição.

O chefe da seção é o Tenente-coronel Edson Furtado de Oliveira, conta ainda com a Capitã Luna Chaparro, subchefe e a Capitã Gabriella Fernandes, jornalista. Atuam no cerimonial e organização de eventos, a Cabo PM Mariza Dranka e Cabo PM Lorena Colman. Na parte de imprensa e relações públicas são responsáveis o Sargento Marco Antônio Nascimento, Cabo Wellington Souza, Soldado Frederico Miranda e Soldado Thiago Barreto .

O Comandante-Geral da PMMS, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta, parabenizou todos integrantes, exaltando as ações realizadas pelo Batalhão de Trânsito que tem garantido um trânsito mais seguro em nossa cidade.

Após cada palestra foi disponibilizado um tempo para perguntas, sanando dúvidas. Todos palestrantes agradeceram a oportunidade e também ao apoio que recebem dos policiais que trabalham no 17° Batalhão de Trânsito.

O Coronel Rogério deixou o Estado Maior da PMMS de portas abertas para sugestões, dúvidas e contribuições e parabenizou a unidade. “Já fui comandante desta unidade e é uma honra retornar, reencontrar amigos e profissionais tão competentes”, finalizou o Chefe do Estado Maior da PMMS.

No final da reunião foi realizada uma homenagem à sete policiais do 17° Batalhão, pelos bons serviços prestados, e que estão indo para a reserva remunerada.

Tenente Fernandes do Corpo de Bombeiros é homenageado pelo 1º Batalhão de Polícia Militar de Mato Grosso do Sul

Nesta sexta-feira (21) o Comandante do 1º BPM – Coronel Ajala e os Comandantes de Pelotões receberam na sede da unidade o Tenente BM Alex Fernandes do 1º GBM – Costa e Silva.

O Tenente BM Fernandes ingressou na PM em 2006 e em 2014 foi trabalhar no Corpo de Bombeiros, após ter passado no concurso pra Oficial sendo que a maior parte dos 8 anos como PM esteve lotado no Pelotão da Popular, pelotão que considera uma extensão da sua casa.

A homenagem de hoje foi em virtude de ter trabalhado voluntariamente como árbitro durante os jogos do torneio de futebol alusivo ao centenário do 1° BPM e sempre estar contribuindo junto aos Conselhos de Segurança da área do 1º BPM.

“Esse reconhecimento me enche de orgulho, pois amo a gloriosa Polícia Militar, instituição que servi com dedicação total e que me ensinou valores fundamentais que, sem dúvida, norteiam a minha carreira como Oficial do Corpo de Bombeiros de MS” completou o Tenente Fernandes.

Polícia Militar de Bataguassu participa de tradicional Desfile de Cavaleiros

Na manhã de ontem (20), a Polícia Militar de Bataguassu participou do Tradicional Desfile de Cavaleiros denominado “Cavalgada”.

O tradicional desfile teve sua concentração inicial no Rancho Quarto de Milha, de onde saíram todos os cavaleiros percorrendo as principais ruas da cidade, tendo seu encerramento na saída já no perímetro rural.

Todo o trajeto da cavalgada foi acompanhado pelos policiais militares montados à cavalos, que garantiram a segurança dos participantes do evento bem como dos usuários que utilizavam a via no momento.

Tudo transcorreu dentro do programado e sem nenhuma alteração.

Assessoria de comunicação do 8º BPM “O Guardião do Vale do Ivinhema”
 

INSPIRAÇÃO

Que a alegria, o amor, a fé e a esperança se renovem a cada dia e possa fortalecer nossa mente, corpo e espírito para seguirmos adiante fazendo sempre o melhor.

Que Deus na sua infinita bondade renove nossa jornada.

Um ótimo dia e um excelente final de semana!!


quinta-feira, 20 de julho de 2017

DETRAN MS põe em prática "big brother" para aulas de direção

A partir desta quinta-feira (20), todos os exames teóricos e aulas práticas nos processos de formação de condutores para solicitação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em Mato Grosso do Sul serão monitoradas por áudio e vídeo dentro dos veículos, além da identificação por meio de biometria dos alunos e instrutores.

A medida visa dar mais rigor no processo de formação de condutores nas autoescolas estaduais, com mais transparência nas avaliações, e evitar qualquer tentativa de fraude durante o processo.

Pelo menos é o que prevê o Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) que anunciou o videomonitoramento completo em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

“Todos os exames e aulas práticas vão ter câmeras com capacidade de gravar imagem e som com transmissão do desempenho dos alunos para o Detran” , disse o diretor-presidente do órgão, Gerson Claro.

Segundo ele, essa ação segue a Resolução 238/2014 do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). “O videomonitoramento vai registrar o trajeto e a distância percorrida, e assim os alunos vão ser acompanhados e fiscalizados em tempo real pelo Detran”, ressaltou.

Além do videomonitoramento, também já está em prática o sistema de identificação por biometria. Assim, em todos os exames teóricos e práticos agora o aluno tem que passar pela biometria, tanto no início quanto no final. Significa que em todos os processos a pessoa será identificada pelos exames biométricos.

O Detran avalia que a identificação biométrica tornará impossível haver fraude na identificação do aluno. “Uma pessoa não poderá fazer exame ou aula por outra. Praticamente não existe fraude no Detran de Mato Grosso do Sul e a biometria vem para tornar isso impossível”, declarou Gerson Claro.


Com o sistema de monitoramento os alunos vão ser
acompanhados e fiscalizados em tempo real pelo Detran

(Foto: Richelieu de Carlo)
“Antes a biometria já funcionava para exames teóricos, mas agora é total”, frisou o diretor do Detran. Rosilda Melo, diretora da área de Habilitação, disse que desde 2011 a biometria já vinha sendo aplicada em exames teóricos em sala de aula, e o viodeomonitoramento desde 2015.

Pelo que foi anunciado na entrevista coletiva, a partir de hoje todas as 220 autoescolas de Mato Grosso do Sul terão que se equipar com o sistema de biometria e videomonitoramento para atender seus alunos. Cada autoescola vai ter que comprar ou alugar seu equipamento. Caberá ao Detran homologar as empresas que irão fornecer e a decisão entre comprar ou alugar estará a cargo das autoescolas.

“A partir de hoje todo aluno que protocolar pedido de carteira de habilitação, quando for fazer aulas praticas e exames práticos, as autoescolas já vão ter que estar equipadas, todas. Se não estiverem equipadas, as horas-aula não serão computadas”, alertou Gerson Claro.

De acordo com dados do Detran, entre janeiro e junho deste ano foram realizados 240 mil exames para emissão de CNH em Mato Grosso do Sul, incluindo teórico, prático e médico. Desse total, foram feitos 40 mil exames práticos

Sem repasse para os alunos – Presente na entrevista coletiva, o presidente do Sindicato das Autoescolas de Mato Grosso do Sul, Vagner Prado, disse que a modernização tecnológica do sistema de emissão de CNH não irá onerar o bolso dos condutores.

Segundo ele, as autoescolas vão absolver o aumento dos custos e não haverá impacto no bolso dos alunos. “O custo será de R$ 3 a R$ 4 por aluno e esse valor será absolvido pelas autoescolas sem repasse para os alunos”, afirmou ele.

Polícia Militar Rodoviária prende quadrilha com mais de 600 quilos de maconha em Três Lagoas

Equipe do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária de Três Lagoas apreendeu 619 quilos de maconha, ontem (19), na rodovia MS-395, em Brasilândia. Quatro pessoas foram presas em flagrante.

Segundo informações do 14º BPMRv, durante fiscalização na rodovia foi abordado o veículo Ford Ranger, ocupado por três pessoas.

Durante entrevista, o condutor e as passageiras apresentaram nervosismo excessivo, porém, não havia nada de ilícito no veículo. Policiais suspeitaram que poderiam ser possíveis batedores e os três ficaram no local.

Em continuidade a fiscalização, o veículo Siena foi abordado e durante revista, policiais encontraram no banco traseiro e no porta-malas cerca de 596 tabletes de maconha.

Condutor do veículo e o trio foram presos em flagrante e, junto com o entorpecente, encaminhados até a Delegacia de Brasilândia.