segunda-feira, 12 de junho de 2017

FRATURA EXPOSTA

Não poderia ser diferente as decisões que observamos no cenário brasileiro, resguardados aqueles que realmente dignificam e tão bem representam nossa gente na busca contínua pela melhoria de bem servir a sociedade.

Combate à corrupção não é bandeira de alguns personagens das gerações que nos antecederam, aliás, tudo o que acontece é normal, o famoso jeitinho brasileiro.

Estamos vivendo um momento histórico que desaguará inevitavelmente na defesa incondicional dos princípios da Administração Pública insculpidos no artigo 37 da Carta Magna: a moralidade, a impessoalidade, a legalidade, a publicidade e a eficiência.

Viveremos dias intensos com diversas fraturas expostas, a única forma de resolução será um procedimento cirúrgico fundamental para estabilizar um paciente que chora, geme de dor, clama por um atendimento real e profundo, que está agonizante, mas tem esperança, e não é qualquer paciente, simplesmente é o nosso querido e amado gigante chamado Brasil.

Venceremos, mais cedo ou tarde, as gerações futuras, na nossa velhice cobrarão o que fizemos ou aquilo que deixamos de fazer. Quiçá possamos erguer o gigante que mesmo combalido, luta bravamente em todos os rincões por dias melhores.

Um ótimo dia e uma belíssima semana.

Nenhum comentário: