segunda-feira, 19 de junho de 2017

Conheça o Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul

O Chefe do Estado Maior Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva, com o objetivo de divulgar a sociedade e até mesmo aos próprios integrantes da PM o trabalho dos grandes comandos, inicia hoje (19) um trabalho de veiculação das atividades desenvolvidas por cada um deles, dando continuidade ao projeto de valorização de todos os setores da PMMS.

Responsável pelo policiamento na Região Metropolitana da capital e adjacências, o Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), com sede no Comando Geral da Polícia Militar em Campo Grande/MS, segue diretrizes emanadas pelo Comando Geral, compreendendo as áreas de atuação da o 1º, 9º, 10º Batalhões de Polícia Militar (BPM), 19, 17° Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPTRAN), 5ª e 6ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM).
O CPM tem, basicamente, a seguinte organização:

I – Comando;

II – Subcomando;

III – Seção de Apoio Administrativo;

IV – Seção de Operações;

V – Seção de Justiça e Disciplina;

VI – Setor Técnico de Vistorias;
O atual comandante do CPM é o Coronel PM Renato Tolentino Alves, Formado em História pela UFMS e bacharel em Direito pela faculdade Cruzeiro do Sul em São Paulo, autor de trabalhos sobre a maçonaria e a independência do Brasil e sobre a pistola taser e sua aplicabilidade no serviço policial, pós graduado também pela faculdade Cruzeiro do Sul, Comandou a 1ª CIA de policiamento motorizado de Ponta Porã, pelotão do Noroeste e chefe da p-2 no 9º BPM, Comandante da 2ª CIPM de Maracaju, do 7º BPM de Aquidauana e 17º BPTRAN, subcomandante do 10º BPM, Subchefe da Coordenadoria de Segurança Institucional, o que lhe possibilita uma visão ampla das demandas enfrentadas por estas Organizações Policiais Militares (OPM’s).

O Subcomandante do CPM é o Tenente-Coronel PM Joilson Queiroz Sant´Ana; a Chefia da Seção de Apoio Administrativo é exercida pelo Major PM Claudio Bezerra da Silva, tendo como auxiliares o Cabo PM Eliel de Matos Carvalho e a Cabo PM Daiana de Freitas Oros do Nascimento; A Seção de Operações é chefiada pela Capitã PM Maria Aparecida Eleuterio de Arruda, tendo como auxiliares a Cabo PM Talita Grincevicus Santana e o Cabo PM Richardson Cavassa; O Setor Técnico de Vistorias, subordinado diretamente ao Comandante do CPM tem como auxiliares o Subtenente PM Joanezio da Guia de Jesus, o 2° Sargento PM Bielei Vieira Carvalho, o Soldado PM Daniel Batistoti Gimenez e a Soldado PM Nilaine Santos de Oliveira.

Para o comandante do CPM, os bons resultados obtidos pela Polícia Militar nos índices de ocorrência se devem a uma soma de fatores, dentre os quais ele faz questão de frisar o engajamento e dedicação dos Policiais Militares. “Nenhum comando consegue trabalhar sozinho, e se os resultados aparecem se devem a soma de esforços de todos os valorosos Policiais que se dedicam com afinco no desempenho de suas funções”, enfatiza o Coronel Tolentino.

Para que os Policiais Militares lotados nas unidades subordinadas ao CPM possam se sentir motivados para o desempenho de suas atividades, o Comando estuda novas formas de incentivo e determinou a elaboração de novos critérios nas pontuações e premiação de Policiais destaques, de forma que todos possam concorrer de forma igualitária. Também será mantido e apoiado pelo comando a politica de valorização que cada OPM desenvolve no sentido de agraciar, reconhecer e incentivar as ações valorosas dos profissionais seja elas em forma de recompensa, folgas ou premiações.

Ainda, segundo o Comandante, a sociedade tem papel importante no processo de paz social. Cada membro da comunidade pode auxiliar a corporação na tomada decisão das ações de Segurança Pública, pois é o cidadão que vivencia as dificuldades e deve estabelecer com as forças de Segurança um canal de diálogo que possibilite o planejamento e a adoção de medidas que resultem na resolução de tais problemas. Para tanto, o CPM tem procurado desenvolver uma gestão participativa com a comunidade, tendo nos conselhos comunitários de segurança (CONSEG) seu maior aliado.

Nenhum comentário: