sexta-feira, 2 de junho de 2017

Conheça a 4ª Seção do Estado Maior Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul

O Chefe do Estado Maior Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva, com o objetivo de divulgar a sociedade e até mesmo aos próprios integrantes da PM o trabalho do Estado Maior, veicula hoje sobre a atuação da 4ª Seção do Estado Maior (PM-4) dando continuidade ao projeto de valorização de todos os setores da PMMS.

O Estado-Maior é órgão de direção responsável perante o Comandante-Geral, pelo estudo, planejamento, orientação, coordenação, fiscalização e controle de todas as atividades relacionadas à gestão administrativa da Polícia Militar, visando à eficácia da instituição no cumprimento de suas atribuições e também é órgão central do sistema de planejamento administrativo, programação e orçamento, elaborar diretrizes e ordens do Comando, com vistas a acionar as unidades de apoio e as de execução no cumprimento de suas missões. Atribuições previstas na Lei Complementar nº 190, de 04 de abril de 2014.

A PM-4 atua na gestão de projetos e captação de recursos para a instituição. Cabe ressaltar que anteriormente possuía uma função de gestão de matérias, similar a P4 das unidades, atribuição essa modificada desde abril de 2014. Essa função pertence hoje à Diretoria de Gestão de Patrimônio Logístico (DGPL).

“O objetivo é que a 4ª Seção do Estado Maior seja um escritório de projetos, gerenciando reformas, compras e ampliações das unidades e prestando apoio técnico e administrativo”, afirmou o chefe da seção, Tenente-Coronel Cleder Pereira da Silva. Até então, os projetos pertinentes a Polícia Militar eram realizados via Secretaria de Segurança Pública e a meta a partir de agora é que os projetos já sejam encaminhados prontos ao órgão.

Atualmente, a seção está trabalhando na reforma dos pelotões Nova Lima, Coophasul e Parque dos Poderes, além das novas instalações do Esquadrão de Polícia Militar Montado e adequação das instalações de atendimento ao público do Batalhão de Trânsito. Além disso, está atuando na construção do estande de Tiro da PMMS e na criação de Fundo da Captação de Recursos, em que taxas pertinentes à Polícia Militar pagas via DAEMS sejam encaminhadas para esse fundo e geridas pelo Comandante Geral da instituição.

A seção já captou um milhão e trezentos mil reais por meio de uma emenda parlamentar do Deputado Federal Elizeu Dionísio e será utilizada integralmente para construção de um estande de tiro próprio que beneficiará toda a PMMS para formação, treinamento e capacitação.

O setor conta com três policiais militares, o Tenente-Coronel PM Cleder Pereira da Silva, chefe da seção e dois engenheiros, o Cabo PM Martinho Estevão Correa Neto e Cabo PM João Paulo Morissom Fernandez.

O Tenente-Coronel Cleder é chefe da seção desde setembro de 2016, totalizando oito meses de gestão. Profissional capacitado, já atuou como Ajudante de Ordens e Assistente do Comandante Geral, foi sub-chefe da Seção de Promoções, atuou no 1º Batalhão de Polícia Militar, na SEJUSP, dentre outras atribuições que exerceu em seus 21 anos de carreira.

Nenhum comentário: