quinta-feira, 4 de maio de 2017

Vereador Odilon repúdia a Reforma da Previdência

Na sessão ordinária da última quinta-feira (04), o vereador Odilon de Oliveira (PDT) declarou seu repúdio ao texto base da Reforma da Previdência ofertado pelo Governo Temer.

De acordo com o vereador a população não pode permitir que a Reforma aconteça. “Precisamos continuar brigando. É importante que a população não se cale, não podemos permitir que nossos direitos serem mutilados. Procurem seus deputados federais e senadores", conclamou.

Sobre a votação da Reforma da Previdência

A Comissão Especial da Reforma da Previdência, que analisa a proposta da reforma, aprovou na noite de quarta-feira (03), o parecer do relator Arthur Oliveira Maia (PPS-BA) com mudanças nas regras da aposentadoria.

O parecer recebeu 23 votos favoráveis e 14 contrários. O novo texto estabelece a idade mínima de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres para aposentadoria pelo INSS, além de exigir no mínimo 25 anos de tempo de contribuição.

Depois que a votação for concluída na comissão, o texto seguirá para o plenário principal da Casa. O projeto da Reforma precisará de pelo menos 308 votos, em dois turnos de votação.

Nenhum comentário: