sexta-feira, 28 de abril de 2017

População desempregada no Brasil atinge recorde de 14,2 milhões de pessoas

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 13,7% ou seja 14,2 milhões de pessoas nos três meses até março, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

A mediana das previsões em pesquisa da Reuters era de que a taxa ficaria em 13,7 por cento por cento no período. 

VAMOS EM FRENTE

O caminho se apresenta assim cheio de adversidades o que realmente interessa será o legado que deixaremos as futuras gerações dando o melhor de si em nosso município, no nosso Estado e em especial pelo País afora.

Que tenhamos uma visão política com reflexão crítica norteada pelos princípios constitucionais que carreguem consigo a inclusão social, a acessibilidade, a paz, a dignidade e o respeito a nossa gente.

Que Deus ilumine e guie nossa jornada sempre fazendo o bem pelo bem sem nada pedir em troca!!

Excelente dia e um ótimo final de semana!!

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Veja o que muda com a reforma trabalhista aprovada na Câmara Federal

Entre as mudanças na legislação trabalhista que constam no texto-base da reforma trabalhista aprovada pelo plenário da Câmara nessa madrugada (26), a prevalência do acordado sobre o legislado é considerada a “espinha dorsal”. Esse ponto permite que as negociações entre patrão e empregado, os acordos coletivos tenham mais valor do que o previsto na legislação. O texto mantém o prazo de validade de dois anos para os acordos coletivos e as convenções coletivas de trabalho, vedando expressamente a ultratividade (aplicação após o término de sua vigência).

Foi alterada a concessão das férias dos trabalhadores, com a possibilidade da divisão do descanso em até três períodos, sendo que um dos períodos não pode ser inferior a 14 dias corridos e que os períodos restantes não sejam inferiores a cinco dias corridos cada um. A reforma também proíbe que o início das férias ocorra no período de dois dias que antecede feriado ou dia de repouso semanal remunerado.

A contribuição sindical obrigatória é extinta. Atualmente o tributo é recolhido anualmente e corresponde a um dia de trabalho, para os empregados, e a um percentual do capital social da empresa, no caso dos empregadores.

Trabalho intermitente

A proposta prevê a prestação de serviços de forma descontínua, podendo o funcionário trabalhar em dias e horários alternados. O empregador paga somente pelas horas efetivamente trabalhadas. O contrato de trabalho nessa modalidade deve ser firmado por escrito e conter o valor da hora de serviço.

O texto retira as alterações de regras relativas ao trabalho temporário. A Lei da Terceirização (13.429/17), sancionada em março, já havia mudado as regras do tempo máximo de contratação, de três meses para 180 dias, consecutivos ou não. Além desse prazo inicial, pode haver uma prorrogação por mais 90 dias, consecutivos ou não, quando permanecerem as mesmas condições.

A medida estabelece uma quarentena de 18 meses entre a demissão de um trabalhador e sua recontratação, pela mesma empresa, como terceirizado.

Para evitar futuros questionamentos, o substitutivo define que a terceirização alcança todas as atividades da empresa, inclusive a atividade-fim (aquela para a qual a empresa foi criada). A Lei de Terceirização não deixava clara essa possibilidade. A legislação prevê que a contratação terceirizada ocorra sem restrições, inclusive na administração pública.

O projeto também regulamenta o teletrabalho. O contrato deverá especificar quais atividades o empregado poderá fazer dentro da modalidade de teletrabalho. Patrão e funcionário poderão acertar a mudança de trabalho presencial na empresa para casa.

Ativismo judicial

Entre as medidas aprovadas no projeto, está a que impede o empregado que assinar a rescisão contratual questioná-la posteriormente na Justiça trabalhista. Outro ponto é a limitação de prazo para o andamento das ações. “Decorridos oito anos de tramitação processual sem que a ação tenha sido levada a termo [julgada], o processo será extinto, com julgamento de mérito, decorrente desse decurso de prazo”.

O projeto incluiu a previsão de demissão em comum acordo. A alteração permite que empregador e empregado, em decisão consensual, possam encerrar o contrato de trabalho. Neste caso, o empregador será obrigado a pagar metade do aviso prévio, e, no caso de indenização, o valor será calculado sobre o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O trabalhador poderá movimentar 80% do FGTS depositado e não terá direito ao seguro-desemprego.

Atualmente, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) prevê demissão nas seguintes situações: solicitada pelo funcionário, por justa causa ou sem justa causa. Apenas no último caso, o trabalhador tem acesso ao FGTS, recebimento de multa de 40% sobre o saldo do fundo e direito ao seguro-desemprego, caso tenha tempo de trabalho suficiente para receber o benefício. Dessa forma, é comum o trabalhador acertar o desligamento em um acordo informal para poder acessar os benefícios concedidos a quem é demitido sem justa causa.

Causas trabalhistas

Entre as mudanças feitas está a dispensa de depósito em juízo para recorrer de decisões em causas trabalhistas para as entidades filantrópicas e sem fins lucrativos, para as empresas em recuperação judicial e para os que tiverem acesso à justiça gratuita.

Na atribuição de indenização em ações por danos morais relacionados ao trabalho, Marinho criou uma nova faixa de penalidade pecuniária para a ofensa considerada gravíssima que será de 50 vezes o salário contratual do ofendido. A ofensa de natureza grave será penalizada com indenização de até 20 vezes o salário.

Quanto ao mandato do representante de trabalhadores em comissão representativa junto à empresa, Marinho retirou a possibilidade de recondução ao cargo, cuja duração é de um ano.

Fé em Deus que Ele é justo!

Por mais que você sinta sua vida complicada, não perca a fé em Deus, não desacredite no poder dEle. Pelo contrário, apegue-se a ele, ore, ore, ore muito e agradeça pela sua vida, pois enquanto há vida há esperança.

Peça a Deus muita coragem e ânimo para continuar lutando. Pensamentos negativos só atraem coisas negativas. Mantenha o seu coração e o seu pensamento sintonizados no bem, mantenha o fogo da fé aceso.

Tenha fé em Deus, tenha fé na vida e não desista nunca! Desejo que tenha uma ótima Quinta-feira e que Deus continue sempre abençoando todas as voltas que a vida dá, afinal Deus te ama.

Bom dia!

LUTAR: UM EXERCÍCIO DIÁRIO

Devemos compreender os problemas da vida que servirão para nos estimular a refletir e assim contribuir para a solução deles.

É preciso encontrar alternativas que sejam capazes de atender os anseios da coletividade e tudo isto passa pelo respeito, sabedoria e equilíbrio na certeza de que para Deus todos os problemas serão resolvidos e para nós o caminho da vida é um constante exercício de renovação da fé e de superação das barreiras e aflições impostas.

Que a cada novo dia possamos impulsionar nossas vidas para seguirmos em frente com o olhar voltado para o amor ao próximo, respeito e paz interior como forma de crescimento pessoal e espiritual.

Ótimo dia, iluminado e abençoado.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Senado aprova em 1ª turno fim do foro privilegiado para todas as autoridades

O plenário do Senado aprovou hoje (26), por 75 votos a favor e nenhum contra, em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que acaba com o foro especial por prerrogativa de função. O texto, relatado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), determina o fim do chamado foro privilegiado para todas as autoridades brasileiras nas infrações penais comuns.

Permanecem com a prerrogativa de foro apenas os presidentes da República, do Supremo Tribunal Federal, da Câmara e do Senado. O texto original de Randolfe previa a perda de foro para todas as autoridades, mas ele optou por acatar essa emenda que salvaguarda os presidentes dos Poderes para garantir a votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na manhã de hoje e no Plenário na noite desta quarta-feira.

A matéria também permite a prisão de membros do Congresso Nacional condenados em segunda instância nas infrações comuns. Hoje, eles são julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e só podem ser presos após condenação definitiva da Corte.

Para o autor da proposta, senador Álvaro Dias (PV-PR), a votação unânime ocorreu porque “ninguém tem coragem de se colocar contra” o fim do foro privilegiado. “Esta é uma exigência da coletividade. E, em qualquer pesquisa que se faça hoje nas redes sociais, nós verificamos que 95% da população colocam como imposição da hora o fim do foro privilegiado”, disse o senador.

A PEC já tinha passado por quatro sessões de discussão no plenário do Senado quando recebeu o apensamento de outra proposta com tema semelhante, o que provocou seu retorno para parecer na CCJ da Casa.

Hoje pela manhã, logo após a aprovação do projeto sobre abuso de autoridade, também na CCJ, os senadores da comissão decidiram aprovar a PEC e encaminhá-la de volta ao plenário. Isso propiciou acordo para que a proposta fosse aprovada com alto quórum.

Ao fim da votação, Randolfe Rodrigues disse acreditar que a PEC possa ser votada em segundo turno possa ser votada daqui a duas semanas. "Eu ficarei feliz se, pelo menos, não apresentarem novas emendas, porque isso pode fazer o texto voltar para a CCJ".

“Hoje é um dia histórico para o Senado e para a República. Oxalá, espero que a Câmara dos Deputados tenha a mesma celeridade e a mesma sintonia com o sentimento das ruas que está tendo o plenário desta Casa”, disse o senador aos colegas.

A ideologia do "zap-zap"

Pois é, dia sim, dia também, sou “arbitrariamente” incluído nos mais diversos e estranhos grupos de WhatsApp (prefiro falar zap-zap pela sonoridade que denota rapidez).

Tem dia que me sinto uma bola de fliperama, sendo lançado em zigue-zague por administradores que devem gostar de mim tanto quanto gato de banho.

Ontem mesmo, fui catapultado para seis grupos de zap. Assim que acordei, já estava no grupo “Amigos do Kim” (o ditador da Coreia do Norte). Pensei: mas o que eu escrevi ou falei na minha vida para suporem que sou favorável ao regime norte-coreano?

O problema é que após vinte segundos de reflexão, antes mesmo do primeiro gole de café, já tinha sido levado para outra dimensão zapeana: “Veganos amados”. Claro, agradeci aos membros pelo amor devotado a este modesto, porém feliz apreciador de bistecas e maminha, excluindo-me respeitosamente.

Suspeito que haja alguma linha de coerência na busca de nomes para inclusão nos grupos de zap-zap, porque não posso conceber que, assim na loteria do acaso, as pessoas sejam arrastadas para o grupo como se fossem abatidas por uma bala perdida. Ou não... só sei que ao ser inserido no grupo dos “Amantes dos Lírios”, confesso que pode haver algum outro Fábio Trad que não seja eu mesmo por esse mundo de meu Deus. Só isso para explicar o meu exílio forçado no grupo “Palmeiras tem Mundial”, logo eu, um botafoguense há mais de 40 anos.

Ao fim do dia, fiz um esforço de memória para tentar decifrar as minhas inclinações sob a ótica dos gentis administradores de grupos. Lá vai:
  1.   Força, Chimbinha;
  2.   Brócolis: saúde é vida;
  3.   Politeístas Unidos;
  4.   Militarismo já;
  5.   Pau na esquerda;
  6.   Trotski não morreu;
  7.   Moro é o Cristo Vivo;
  8.   Antártida chora;
  9.   Avante Trump;
  10.   Trump besta;
  11.   Somos todos ETs;
Não me aborrece o tresloucado mundo do zap-zap, antes procuro ver o lado cômico deste jogo frenético de conversas confusas, fofocas sobrepostas e infinitos multicoloridos bons dias, boas tardes, boas noites. Todo mundo escrevendo, falando, elogiando, xingando ao mesmo tempo nesta Babel de palavras.

“Faz parte, faz parte”, diria o filósofo zapeano Kleber Bam-Bam.

CCJ do Senado vota hoje lei do abuso de autoridade

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) deve votar nesta quarta-feira (26) o substitutivo do senador Roberto Requião (PMDB-PR) que tipifica os crimes por abuso de autoridade. A proposta tem sido alvo de críticas, especialmente de membros do Ministério Público e do Judiciário, que estão pressionando os parlamentares por mudanças em pontos da proposta.

Um dos pontos mais polêmicos é o que trata da ação penal privada. Atualmente, a maioria dos crimes prevê ações penais públicas, ou seja, o Ministério Público pode apresentar a ação sem a vítima ou ofendido ter apresentado o pedido. Com a proposta, qualquer pessoa poderá ingressar com uma ação de abuso de autoridade contra um juiz, procurador ou policial, concorrendo com a ação pública.

Hermenêutica

Outro ponto criticado é o chamado crime de hermenêutica que significa punir o agente por divergência na interpretação da lei. Os procuradores defendem que o crime seja suprimido da proposta, mesmo após Requião ter alterado a redação do texto.

Durante a leitura do relatório, no último dia 19, o senador Requião decidiu mudar a redação para que a divergência na interpretação de lei ou na avaliação de fatos e provas não configura por si só o abuso de autoridade. É necessário que esteja presente a intenção de prejudicar, beneficiar ou satisfazer-se pessoalmente.

“Espero com isso colocar ponto final, afastando injustas ilações de que se tinha intenção de punir magistrados e promotores”, afirmou Requião.

Prerrogativas dos advogados

Segundo os procuradores, outro ponto prevê a criminalização para a violação das prerrogativas de advogados por parte de um juiz ou promotor, por exemplo. “Isso coloca a magistratura em uma situação muito delicada. O ruim é que o texto remete para o estatuto da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil, que prevê a criminalização] então qualquer aparente violação das prerrogativas dos advogados seria um abuso de poder. Temos a magistratura, o Ministério Público, a defensoria, mas por que só a violação dos crimes de advogados seria vista como abuso? É um tratamento de exceção aos advogados”, disse.

Votação

O texto que será votado amanhã teve na última semana sua terceira versão apresentada em forma de substitutivo pelo relator Roberto Requião. O texto tem como base os projetos de lei do Senado 280/2017; do senador Renan Calheiros (PMDB-AL); e 85/2017, de Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que traz as sugestões entregues ao Legislativo no fim de março pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que colheu opiniões dos procuradores.

Substitutivo

O substitutivo propõe uma lei com 30 artigos definindo os crimes de abuso de autoridade. A proposta prevê punição para determinadas condutas, como decretar a condução coercitiva de testemunha ou investigado sem prévia intimação ao juízo; fotografar ou filmar preso, internado, investigado, indiciado ou vítima, sem seu consentimento ou com o intuito de expor a pessoa a vexame; colocar algemas em preso quando não houver resistência à prisão, ameaça de fuga ou risco; e manter presos de ambos os sexos na mesma cela ou espaço de confinamento.

Foram definidos três tipos de punição: obrigação de indenizar, inabilitação para o exercício do cargo por um a cinco anos e perda do cargo, sendo que os dois últimos serão aplicados em casos de reincidência.

Alcance

Se aprovada, a lei valerá para servidores públicos e militares ou pessoas a eles equiparadas; integrantes dos poderes Legislativo e Judiciário; integrantes do Ministério Público e integrantes dos tribunais e conselhos de contas.

Na proposta original, havia uma distinção entre agentes políticos e servidores comuns. Mas Requião rejeitou a diferenciação e justificou que seria uma “segregação descabida”.

“O projeto não é para punir pessoas. É para punir o abuso de qualquer agente público seja o guarda da esquina, o fiscal de renda municipal, estadual, federal, o juiz, o promotor, o deputado, o senador, o país não aguenta mais abusos”, disse.

Após a votação na CCJ do Senado, o texto vai para análise no plenário da Casa e depois para apreciação dos deputados federais. Caso o texto dos senadores seja aprovado na Câmara, a proposta segue para sanção do presidente da República.

Que nunca nos falte fé em DEUS

Durante a vida, muitos serão os momentos difíceis e de provação. E é justamente nesses momentos que muitas pessoas duvidam de Deus e perdem a fé. Deus é o nosso Senhor, a nossa luz na escuridão.

A vida sempre vai nos trazer momentos de dor e sofrimento, e sem Deus, superar esses momentos se torna quase impossível. Quando temos fé, quando abrimos o nosso coração para o Senhor, tudo fica mais fácil.

Que tenhamos uma ótima Quarta-feira e que nunca nós falte fé, ânimo e força pra viver um dia abençoado hoje. Bom dia!

SIMPLES

É preciso buscar amar ao próximo todos os dias, a própria família para que possamos estabelecer a paz, a tolerância e a compaixão. Não importa o nível de escolaridade, nem os ganhos materiais alcançados, se não existir a compreensão só haverá sofrimento e tristeza.

A prática de aprendermos amar irá nos ensinar a real razão da nossa existência e o caminho que nos levará a felicidade, a paz interior, a sabedoria e em especial a Deus nosso Pai Celestial.

Que tenhamos um dia com muita alegria no coração e disposição para fazer o melhor para todos.

terça-feira, 25 de abril de 2017

Policiais militares recebem palestra sobre capacitação em Planejamento Estratégico e Gestão

Na manhã de hoje (25/04), no auditório do Quartel do Comando Geral foi realizada a palestra “Planejamento Estratégico e Gestão” pelo palestrante Thaner Castro Nogueira, Superintendente de Gestão Estratégica da Secretaria de Governo (Segov) para os comandantes, chefes, diretores e oficiais da PMMS. A proposta foi uma iniciativa do Chefe do Estado Maior Geral, Coronel PM Paulo Rogério de Carvalho Silva.

É de grande importância essa disseminação de informação por todos os setores do governo do estado, mostrando que existe uma diretriz a se seguir. E que, cada ação, projeto, tem um objetivo a ser alcançado e que cada servidor é um personagem dessa diretriz. Diariamente, pautando suas ações nesse planejamento, o servidor contribui para gerar benefícios a toda a população”, declarou o palestrante, Thaner Castro Nogueira.

O objetivo do evento é a capacitação e sensibilização dos comandantes para a importância do planejamento estratégico para a instituição. O planejamento responde essencialmente a três questões: onde estamos, para onde queremos ir e como chegar lá, por meio da análise do cenário, definição de objetivos, definição de estratégias e elaboração de um programa de ações.

”A PMMS deve adotar estratégias de gestão a curto, médio e longo prazo para que possamos projetar nossa instituição perante a sociedade e termos metas claras e objetivas, todas iniciativas dentro do projeto do Governo do Estado”, reforçou o Chefe do Estado Maior.

FAZER O BEM, FAZ BEM

A alegria de viver está na intensidade das nossas atitudes na certeza de buscarmos sempre o melhor caminho.

Que a fé, a esperança, o amor ao próximo, o trabalho e a solidariedade possam solidificar nossa estrada da vida na prática incessante de fazer o bem.

Ótimo dia e que Deus ilumine a todos!

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Por que a maioria das pessoas não têm simpatia pela defesa?

Sempre me intrigou o fato de a grande maioria das pessoas não fazer sequer questão de esconder a sua profunda antipatia com a defesa.

Refiro-me à defesa como valor jurídico e exercício dialético de contraposição à acusação. Já desconfiei que talvez a imprensa pudesse ter contribuído para arraigar este sentimento de hostilidade à defesa, mas hoje estou convencido de que a mídia apenas expõe o que me parece natural no ser humano.

Há uma tendência em associar à defesa um quê de dissimulação e astúcia, sobretudo quando contrastada com a acusação, esta sempre ornada de credibilidade.

Afinal, por que a defesa é vista com antipatia?
A acusação sempre vem antes da defesa. Será que a famosa “primeira impressão é que fica” condiciona psicologicamente as pessoas a se sensibilizar mais com o fato, dificultando posteriormente a revisão da crença consolidada?

Uma tese que me impressiona vem de uma frase de Schopenhauer: “A alegria do rebanho é quando o lobo come a ovelha do lado”. Sim, quando se acusa uma pessoa de ter feito um mal, um estranho sentimento de alívio recompensador toma posse de quem não foi acusado.

Coerente com este pensamento, a antipatia pela defesa pode ser explicada porque toda a energia de quem defende mexe justamente nesta “alegria que se sente quando a ovelha ao lado é comida pelo lobo”. Sim, pois a defesa é a tentativa de dissipação deste alívio egoístico que refresca a alma dos que não foram acusados, irritando o rebanho por privá-lo do sentimento de superioridade em relação à “ovelha acusada”.

Historicamente, Jesus de Nazaré, o Advogado do Amor, nos evoca esta mesma impressão racionalizada pela filosofia quando se levanta em defesa da prostituta.

Observe, caro leitor, inicialmente, a pulsão de energia vital dos homens que cercavam a prostituta com pedras nas mãos. Eles estavam em êxtase, sentindo-se superiores à pecadora, e, de certa forma, aliviados porque unidos na sensação de pertencimento a um grupo determinado. Eis que, quando o Nazareno começou a sustentar oralmente a tragédia da hipocrisia, lançando-lhes o desafio de jogar a primeira pedra, o impulso vital se encolheu, envergonhado, dando lugar a um depressivo estado de letargia e desânimo.

Acusar é sempre mais fácil, porque se alimenta da potencialidade dos nossos instintos egoísticos ligados à autoconservação. Defender é sempre mais complicado, porque é típico exercício de aprimoramento da racionalidade. Ter paciência para ouvir o outro lado com senso de equilíbrio não é tarefa para qualquer um, apenas para os mais evoluídos moral, intelectual, psicológica e espiritualmente. Estes são minoria.

Uber tentou enganar a Apple e quase foi banido da App Store

A Apple é conhecida por ser bem chata rigorosa nas aprovações de aplicativos na App Store, tanto que já vimos muitos casos de apps que foram banidos por não respeitarem as regras. Há quem seja menos honesto e tente enganar a equipe de análise, mascarando funções na tentativa de não serem descobertos.

Foi o caso do Uber, que tentou fazer isso com o seu app e quase foi expulso da loja pelo próprio Tim Cook.

A história foi trazida a tona pelo jornal The New York Times, para somar à enorme lista de escândalos e polêmicas do serviço de motoristas particulares. Tudo isso aconteceu em 2015, ano em que o Uber estava crescendo em diversos países, inclusive no Brasil, e poderia ter posto muito a perder caso fosse banido do iPhone.

O que o Uber tentou fazer foi implementar uma maneira de identificar individualmente cada iPhone, para descobrir se o aparelho tinha o aplicativo instalado, e até mesmo se ele já tinha sido apagado anteriormente dele. Era quase uma impressão digital para identificar indivíduos, algo que a Apple proíbe há tempos para proteger a privacidade dos usuários.

Sabendo que a Apple não aprovaria o aplicativo assim, eles resolveram fazer um truque: implementaram um código que criava uma “cerca geográfica“, que fazia com que a nova funcionalidade ficasse escondida quando o aplicativo fosse usado na área próxima ao campus da Apple, onde os apps eram analisados e aprovados. Com isso (na teoria), a Apple nunca saberia que o aplicativo rastreava os usuários.

Mas algo deu errado e a maçã descobriu. Tim Cook chamou para uma reunião o CEO do Uber, Travis Kalanick, e disse: “Parece que vocês estão quebrando algumas de nossas regras“. Cook ameaçou banir o aplicativo da App Store se eles continuassem tentando trapacear. Visto que o prejuízo do Uber seria enorme se ele não pudesse ser usado no iPhone, Kalanick aceitou retirar a função.

O Uber argumenta que fez isso para impedir fraudes, mas o fato é que o fim não deve nunca justificar meios ilícitos. Eles quiseram trapacear para não cumprir uma regra que todos os outros apps são obrigados a respeitar.
blog do iPhone

Não desanime, não desista!

O desânimo, a desistência são inimigos mortais do triunfo, do sucesso.

No trabalho, assim como na vida, os desafios, as dificuldades, não devem, não podem, ser encarados como obstáculos intransponíveis, mas sim como oportunidades de superação.

A persistência e a luta diária no trabalho são o caminho certo para a vitória, para o sucesso individual e coletivo. Na capacidade de superação de cada indivíduo se encontra o segredo para o triunfo.

Quando aprendemos a selecionar o que importa em nossas vidas, estrela vira constelação, luz se torna clarão, felicidade vem se avisar.

O segredo da paz se encontra nas coisas mais simples. Bom dia e uma ótima semana!

O DESTINO

A areia tem suas virtudes nela nada é fixo. Nada é permanente. E os destinos mudam muito rapidamente em todas as direções.

O ontem será esquecido, hoje tudo muda e assim será possível aprendermos uma das lições mais importantes das nossas vidas, que tudo irá passar e nos restará somente a grandeza do amor, da espiritualidade e das amizades.


Hoje podemos ter tudo, mas o amanhã só poderemos imaginar como será. Que saibamos viver bem o aqui e agora, olhar para a areia que está nas nossas mãos, escorrendo entre os dedos, bom assim é a vida, o tempo e o destino.

Fazer uma boa caminhada é saber semear a concórdia, a tolerância, a compreensão e a espiritualidade com todos aqueles que cruzam diariamente a nossa jornada.

Que Ele nos conceda uma convivência pacífica, harmônica e duradoura. Um ótimo dia e uma excelente semana.

domingo, 23 de abril de 2017

ABSSMS NA LUTA SALARIAL: Policiais e Bombeiros Militares querem reposição inflacionária e reestruturação das carreiras

A ABSSMS juntamente com todas as Entidades representativas dos servidores militares sul-mato-grossenses, estão unidas em torno de um projeto que reestruture as carreiras dos Policiais e Bombeiros Militares e pela busca da reposição inflacionária anual.

Atualmente, a categoria está há três anos sem os devidos reajustes, que tem direito conforme preconiza a Constituição Brasileira em seu artigo 37 X.

Na semana passada, a diretoria da ABSSMS, se reuniu com o Secretário Adjunto da SAD, Édio Viegas, conforme solicitação do Governo do Estado de MS, onde foi novamente enfatizado a reivindicação da categoria de valorização salarial.

Desde o início do atual governo, a categoria não recebe o aumento constitucional, situação que se tornou “insustentável” face aos crescentes e sucessivos aumentos nas tarifas e nos preços em geral.

Estamos aguardando a proposta oficial do Governo para levarmos ao conhecimento da categoria e deliberarmos.

“Aos sermos questionados pelos representantes do Governo, quais eram as reivindicações da categoria, fomos enfáticos: Queremos a reposição inflacionária, que por dever constitucional atinge do mais moderno ao mais antigo. Solicitamos também, a reestruturação nas carreiras, que na pratica representa também valorização salarial dos servidores militares ativos, inativos e pensionistas. Não aceitaremos negociar qualquer outro ponto, como por exemplo promoções que entendemos serem direitos estatutários dos militares estaduais e não podem ser colocados isem mesa de negociação, essa é a vontade dos Policiais e Bombeiros Militares, os quais, somos simplesmente porta-vozes”. Declarou o Tenente PM Thiago Monaco Marques, Presidente da ABSSMS.

Presidente da AOFMS é homenageado pelo Conselho de Segurança da Área Central da Capital

Na noite de terça-feira (18), o presidente da Associação dos Oficiais Militares Estaduais de MS (AOFMS), Coronel Alírio Villasanti, foi homenageado pelo Conselho Comunitário de Segurança da Região Central de Campo Grande/MS (CCS Central – CGR/MS). O evento que ocorreu na sede da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), também marcou o fim do mandato da atual Diretoria.

O presidente da AOFMS exalta o excelente trabalho realizado pelo CCS nos últimos anos. “Com maestria, o Conselho da Área Central tornou-se referência nacional na incansável luta por uma segurança pública melhor. A atual Gestão, na pessoa do Adelaido Vila e equipe, deixa um belíssimo legado de aproximação da comunidade com os órgãos de segurança pública. Através de reuniões com as lideranças de diversos segmentos e o poder público, levam sugestões e cobram o atendimento dos anseios da população campo-grandense” frisou.

O Conselho é composto por representantes voluntários da comunidade, onde promove integração com comerciantes, colaboradores e comunidade central com foco na segurança e no bem estar do cidadão. O Conselho atua em parcerias com a ACICG, as polícias Civil e Militar, a Guarda Municipal, o Corpo de Bombeiros e o Conselho do Comércio Central.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Tiradentes foi enforcado e esquartejado por lutar pela Independência do Brasil

O dia 21 de abril é feriado nacional. Trata-se de uma homenagem que o Brasil presta ao sacrifício de Joaquim José da Silva Xavier, que foi enforcado e esquartejado em 21 de abril de 1792, devido a seu envolvimento com a Inconfidência Mineira - um dos primeiros movimentos organizados pelos habitantes do território brasileiro, no sentido de conseguir a independência do país em relação a Portugal.

Vale a pena saber exatamente porque se presta essa homenagem a Tiradentes.

No século 18, o Brasil era uma colônia portuguesa que gerava grandes lucros para sua metrópole, em função do ouro e dos diamantes que haviam sido descobertos na região que ficou conhecida como a das Minas Gerais. Essa região tornou-se o centro econômico e cultural do país. Nela surgiram várias cidades ricas e importantes, como Vila Rica (atual Ouro Preto), São João Del Rei e Sabará.

Portugal explorava o ouro brasileiro, mas nem todas as pessoas ligadas ao garimpo pagavam os impostos que a metrópole cobrava. Também havia muito contrabando das riquezas minerais. Além disso, essas riquezas não eram infinitas e começaram a se tornar escassas. O governo português, porém, acreditava que a diminuição no volume de seus lucros com a mineração se devia ao contrabando e à sonegação dos brasileiros. Por isso, começou a aumentar os impostos e tomar medidas repressivas contra os naturais da terra.

Desse modo, os brasileiros se revoltaram e isso aconteceu quase na mesma época em que os Estados Unidos se tornaram independentes da Inglaterra. Ao mesmo tempo, na Europa, filósofos e pensadores criticavam a monarquia e o poder absoluto dos reis. Tudo isso influenciou as elites de Minas Gerais e as levou a conspirar em prol da Independência. A maioria dos conspiradores eram homens ricos e cultos como Cláudio Manuel da Costa e Tomás Antônio Gonzaga.

Pobre, somente o Tiradentes, que era um simples alferes (cargo militar semelhante ao de Tenente), e que tinha esse apelido por exercer também o ofício de dentista. Entretanto, era ele quem saía às ruas, procurando conquistar a adesão do povo ao movimento. Resultado, durante o julgamento, todos os que tinham "posses" conseguiram escapar da pena máxima, trocando-a pela prisão ou pelo exílio.

Quanto a Tiradentes, acabou condenado à morte e ao esquartejamento, para que as partes de seu corpo ficassem expostas ao público, de modo a desencorajar outras tentativas de rebelião. Executado como um criminoso, Tiradentes se transformou no primeiro herói brasileiro, logo após a nossa Independência, em 1822.

Depois da tempestade o Sol sempre vai brilhar

Por vezes a vida se torna pesada, dura, áspera. Mas por mais difícil que seja o tempo que você está vivendo, por terrível que seja o fardo, nunca esqueça que esses são também momentos de oportunidade, de mudança, de transformação e superação.

Aqui nos é dado provar a nossa força, a nossa tenacidade. E nunca se desespere, pois dias melhores vão chegar. Tenha uma ótima sexta-feira e um bom final de semana! Que no amor de Deus encontre a paz e o descanso que seu coração precisa. Bom dia!

quinta-feira, 20 de abril de 2017

ABSSMS CONVOCA ASSEMBLÉIA GERAL

O Presidente da Associação Beneficente dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais oriundos do quadro de Sargentos, Policiais e Bombeiros Militares do Estado de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, convoca a todos os associados desta entidade de classe, em condições de votar, para a ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA, a ser realizada no dia 27 de abril de 2017, às 14h e 30 min. em primeira convocação e às 15h 00 min. em segunda convocação, na sede da entidade sito a Rua Senador Queiroz, 1247, Jardim Leblon, Campo Grande/MS; para discutir e deliberar a seguinte ordem do dia:
  1. Apreciação e aprovação do balanço financeiro do exercício 2016;
  2. Deliberação e aprovação do orçamento do exercício 2017;
  3. Outros Assuntos.

É no silêncio que DEUS trabalha

Muitas vezes Deus se cala... Mas o silêncio de Deus não significa que Ele desistiu de você...

Sua Palavra diz que quando Ele fica em silêncio é porque está trabalhando... e é lógico... trabalhando em favor daqueles a quem Ele ama...

E ELE TE AMA!!! Portanto se você está passando pelo silêncio de Deus... Ele te diz: Não temas! Eu sou contigo, Eu te Amo. Paz sempre!

Tenha uma ótima quinta-feira e que seu dia seja super abençoado! Bom dia!

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Já que ninguém falou, escrevo !

Diante do silêncio sepulcral sobre o artigo da jornalista Vera Magalhães publicado no Estadão, intitulado “O Poder Inviolável”, sinto-me no dever de intervir.

Em determinada passagem do texto, Vera afirma:
“A completa ausência de juízes e ministros de tribunais superiores nos relatos dos sócios e executivos da empreiteira não reflete a falta do que contar, mas um entendimento tácito entre colaboradores e a força-tarefa para manter mais ou menos preservado um dos Poderes, para que possa enfrentar sem ter a legitimidade questionada pela sociedade a tarefa de julgar os descalabros revelados.”

É isso mesmo, caro leitor!

A jornalista de um conceituado e tradicional veículo de comunicação do país está afirmando que as colaborações premiadas são seletivas. E mais, são seletivas não só em relação às pessoas escolhidas para serem atingidas, mas (o que é gravíssimo) em relação a um poder constituído inteiro.

Sendo verdadeira a informação da jornalista, a credibilidade de todo o trabalho investigatório da força-tarefa da Lava-Jato está em xeque. Ora, como é possível admitir que apenas parte da corrupção institucionalizada e sistêmica possa ser alvo de investigação, varrendo-se para debaixo do tapete todo um suposto esquema corrupto que atinge um Poder?

A afirmação da jornalista é aterrorizadora para o Estado democrático de Direito. Seu artigo revela que a Força-Tarefa da Lava-Jato combina (entendimento tácito) previamente com os colaboradores qual a corrupção que interessa e quais os corruptos que devem ou não ser delatados.

Desta confessa prova de prevaricação dos investigadores, pode-se extrair o seguinte panorama desenhado pelo artigo da jornalista do Estadão:
  • a) As colaborações premiadas são orientadas por juízos de conveniência política nada republicanos;
  • b) As colaborações premiadas não têm compromisso com a investigação impessoal, imparcial e verdadeira, porque são direcionadas para atingir uns e livrar outros na mais abjeta forma de manipulação do exercício arbitrário do poder;
  • c) As colaborações premiadas estão contaminadas em sua gênese por uma espécie de atuação política movida e inspirada por interesses pessoais ou de grupos e corporações;
  • d) As colaborações premiadas são passíveis de acordo tácito entre colaboradores e investigadores cujo objeto é a própria versão da delação em forma editada.
Confesso que jamais poderia imaginar que vazasse assim de forma tão cristalina e despudorada (ou terá sido a jornalista ingênua em não supor a gravidade da informação?), o “calcanhar de aquiles” de todo o aparato sistêmico que produz as delações premiadas no âmbito da Lava-Jato.

Se apenas a corrupção que interessa aos investigadores é selecionada para cair na malha fina de sua atuação, então pode-se concluir que não é o crime que perseguem e combatem, mas apenas algumas pessoas...

Isto é grave, muito grave, gravíssimo!

O melhor remédio é viver !

Não adianta remoer a tristeza e os problemas. O que não tem remédio, remediado está, não se pode mudar o passado, mas podemos usar das nossas experiências passadas para fazer um presente e um futuro diferentes. Acredite em você, acredite no seu potencial, acredite na vida.

Que a cada manhã você descubra que a felicidade não esta nos prédios vizinhos, nos corações de outras pessoas, mas sim nas tuas mãos capazes de fazer do mundo um lugar mais belo!

Tenha uma ótima Quarta-feira e que Deus continue sempre te abençoando e iluminando suas caminhadas. Bom dia!

FÉ NA VIDA

A fé e a esperança se renovam a cada dia. A vida apresenta barreiras em determinados momentos, mas assim como o rio que faz os contornos para chegar ao seu final, nós também chegaremos com serenidade, amor e sabedoria.

Ótimo dia e que Deus ilumine cada um!!!

terça-feira, 18 de abril de 2017

Em Mato Grosso do Sul, "Minha Casa Minha Vida" vira antro de corrupção

Em 14 inquéritos, MPF apura indícios de venda e aluguel ilegal de casas
Desvio de finalidade do Programa Minha Casa Minha Vida motivou abertura de pelo menos 14 investigações do Ministério Público Federal nos últimos quatro meses em Mato Grosso do Sul.

Os indícios de fraudes constatados são os mais diversos: unidades habitacionais distribuídas a amigos e familiares de políticos, venda ilegal de casas, e descumprimento das regras, como por exemplo, a destinação de residências a servidores públicos.

Levantamento do Correio do Estado indica investigações abertas, desde dezembro de 2016, nas cidades de Campo Grande, Três Lagoas, Aquidauana, Anastácio, Vicentina, Jaraguari, Japorã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Dois Irmãos do Buriti, Bandeirantes, Nioaque, Mundo Novo e Batayporã. Há, entretanto, mais inquéritos em andamento, que tiveram início até novembro do ano passado.

Na Capital o condomínio alvo dos procuradores da República é o José Maksoud, inaugurado em novembro de 2014, no Bairro Moreninha IV.

O residencial para 482 famílias custou aos cofres públicos e ao Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), R$ 27,8 milhões.

No Residencial José Maksoud, há casas à venda, prática ilegal para esta faixa do programa
Paulo Ribas/Correio do Estado

Defesa de Dilma pede inclusão de entrevista de Temer em processo que busca anulação do impeachment

A defesa da ex-presidente Dilma Rousseff apresentou uma petição ao Supremo Tribunal Federal (STF) para incluir a entrevista que o presidente Michel Temer concedeu à TV Bandeirantes no sábado para tentar reforçar um processo no qual pede a nulidade do processo de impeachment da petista.

Temer disse na entrevista que o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), admitiu a ele só ter aceito o pedido de impeachment de Dilma porque três deputados do PT no Conselho de Ética da Casa recusaram-se a votar por absolvê-lo, iniciativa que poderia preservar o mandato dele.

Na petição ao STF, o advogado de Dilma, o ex-ministro José Eduardo Cardozo, disse que a fala do atual presidente comprova que o processo de impeachment teve desvio de finalidade na origem.

"As palavras do atual presidente da República tornam ainda mais evidente e irrefutável o reconhecimento do desvio de poder ou desvio de finalidade que marcou a instauração e o desenvolvimento do processo de impeachment promovido em desfavor da impetrante (Dilma Rousseff)", diz Cardozo na petição de quatro páginas.

Para o advogado, o STF tem a prova de que não foram as chamadas "pedaladas fiscais" que levaram Cunha a deflagrar o processo de afastamento de Dilma, mas sim a vingança pelo fato de a petista não ter cedido à chantagem dele.

A petição foi apresentada a um mandado de segurança proposto pela defesa de Dilma no dia 30 de setembro ao Supremo, depois de o Senado ter decidido condená-la definitivamente à perda do cargo. O Supremo ainda vai julgar o mérito do mandado de segurança.

Delatores acusam Padilha de ter tratado de propina sob governos FHC, Lula e Dilma

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, tratou do pagamento de propina durante os governos dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, disseram delatores da Odebrecht segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo desta terça-feira.

De acordo com a Folha, delatores acusaram Padilha de ter sido o encarregado de pedir, receber e gerenciar ao menos 11,5 milhões de reais em pagamentos irregulares da empreiteira ao longo dos três últimos governos federais.

O ministro, que teve pedidos de inquérito autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações da Odebrecht, disse à Folha em resposta às acusações, por meio da assessoria de imprensa, que "confia nas instituições brasileiras, razão pela qual registra que tem certeza de que com a abertura das investigações lhe será garantida a oportunidade para exercer amplamente seu direito de defesa".

Cartes cede à pressão popular e desiste de reeleição no Paraguai

O presidente do Paraguai, Horacio Cartes, desistiu de se candidatar à reeleição, a qual promovia com uma reforma constitucional que gerou tensão política e social no país.

Com isso, Cartes tenta aplacar a tensão política e social gerada por essa iniciativa.

Em um comunicado, Cartes garantiu que não se apresentará, "sob circunstância alguma", às próximas eleições gerais de abril de 2018. No final de março, a tentativa de restabelecer a reeleição deflagrou violentos protestos que deixaram um morto, pelo menos 100 feridos e vários detidos.

O anúncio foi feito antes da chegada, nesta terça, de um enviado do presidente americano, Donald Trump, e, na quinta, do secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro. Segundo analistas, este último pretende interceder para retomar a institucionalidade no Paraguai.

No início de abril, tanto a OEA quanto a embaixada de Washington fizeram um apelo ao diálogo e pediram que qualquer mudança sobre a reeleição seja feita conforme a Constituição em vigor. A Carta Magna atual proíbe a reeleição consecutiva e alternada.

A tentativa de Horacio Cartes e de seu rival de centro esquerda, o ex-presidente Fernando Lugo (2008-2012, destituído após sofrer um processo de impeachment relâmpago), de restabelecer a reeleição provocou a invasão e o incêndio do prédio do Congresso em 31 de março passado. O episódio terminou na morte por parte da Polícia de um ativista do Partido Liberal, de oposição.

Em suas contas no Facebook e no Twitter, Cartes disse que comunicou ao arcebispo de Assunção, monsenhor Edmundo Valenzuela, nesta segunda, que decidiu não lançar sua candidatura no ano que vem.

"Tomei a decisão de não me apresentar, sob circunstância alguma, como candidato a presidente da República, para o período constitucional 2018-2023", declarou.

"Espero que esse gesto de renúncia sirva para o aprofundamento do diálogo dirigido ao fortalecimento institucional da República, em harmônica convivência entre os paraguaios", expressou o governante.

O monsenhor Valenzuela atuou como moderador na busca de diálogo, que não contou com a participação da oposição majoritária.

Na terça, o subsecretário de Estado para Assuntos Hemisféricos dos Estados Unidos, Francisco Palmieri, deve se reunir com o presidente da Câmara dos Deputados, Hugo Velázquez. É nesta Casa que está um projeto de emenda para restabelecer a reeleição, proibida pela Constituição em vigor desde 1992.

Naquele ano, uma Assembleia Constituinte resolveu proibir a reeleição presidencial para blindar o país das ditaduras, após o regime linha dura de 35 anos do general Alfredo Stroessner (1954-1989).

A oposição alega que a reeleição pode ser resolvida apenas por outra Assembleia Constituinte, e não por meio da aprovação de uma emenda por parte do Congresso.

Não deixe nada impedir seus sonhos . . .

Às vezes nossos problemas nos deixam perdidos, sem saber para onde ir. Mas você não pode ficar paralisado perante seus receios. O futuro estará sempre em suas mãos. Não deixe que nada o impeça de concretizar seus sonhos.

Ame sua vida pois é o bem mais valioso que você pode ter. E acima de tudo, faça da alegria uma constante dos momentos que vai usufruir.

Regra do dia: Esquecer o que não deu certo ontem. Hoje é um novo dia! Tenha uma excelente Terça-feira e que Deus abençoe esse teu novo dia e que seja de vitórias e conquistas. Bom dia!

VIDA PLENA

A vida nos ensina o quanto precisamos ter serenidade, sabedoria, espiritualidade e compreensão.

Compreender que o ser humano tem muitas limitações e mesmo assim não quer enxergar. A principal limitação é a espiritual, quando não estamos abertos para as mudanças com certeza não conseguiremos atingir as duas peças fundamentais da vida: respeito e justiça.

Que Deus ilumine e abençoe a todos para que possamos encontrar a vida plena no ritmo do amor e da paz interior.

Uma ótima terça-feira!!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Presidente da AOFMS destaca a forma brilhante que a Polícia Militar Ambiental esta sendo conduzida

O presidente da Associação dos Oficiais Militares Estaduais de MS (AOFMS), Coronel PM Alírio Villasanti Romero, participou da entrega de oito novas viaturas para 15º Batalhão de Polícia Militar Ambiental (PMA).

Com as novas viaturas a Unidade irá reforçar os trabalhos de fiscalização e prevenção na região da Bacia do Rio Paraná. Os veículos foram adquiridos pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) com recursos de compensação ambiental, ao custo total de R$ 1,1 milhão.

“Quero parabenizar o Tenente-Coronel PM Jefferson Vila Maior pela forma inovadora, criativa e competente que ele tem conduzido os trabalhos desta importantíssima unidade operacional, junto com os seus principais assessores o subcomandante Major PM Lane e o biólogo, Tenente-Coronel PM Queiroz. destacou o presidente.



Senhor, clareia-nos o entendimento . . .

Senhor, clareia-nos o entendimento, a fim de que conheçamos em suas consequências os caminhos já trilhados por nós; entretanto, faze-nos essa concessão mais particularmente para descobrirmos, sem enganos, as estradas mais retas que nos conduzem à integração com os teus propósitos.

Alteia-nos o pensamento, não somente para identificarmos a essência de nossos próprios desejos, mas sobretudo para que aprendamos a saber quais os planos que traçaste a nosso respeito.

Não pense que alguém dá o primeiro passo sem pensar no segundo. É sempre adiante que se pensa!

Desejo que a tua segunda-feira e a tua semana seja abençoada, leve e serena, cheia de bons sentimentos, pensamentos, fé e muito amor. Bom dia!

SUPERAÇÃO

Que esta jornada efêmera transforme nossas vidas e que possamos pela sabedoria encontrar mesmo nos momentos de dor, a alegria; na solidão o conforto de Deus; nas lágrimas renovemos a esperança; no cansaço a certeza de que conseguiremos recuperar nossas forças com fé e perseverança.

Que em cada passo continuemos a almejar a paz interior, a espiritualidade, a sabedoria, o amor, a tolerância e a bondade.

A superação será a base, o alicerce para que possamos seguir em frente, pois, no cansaço, na dor, no choro e na solidão, Deus estará sempre presente em todos os momentos da vida.

A felicidade está dentro de nós, na alegria de viver a vida em cada milésimo de segundo e na capacidade de compreender e respeitar o nosso semelhante.

Um ótimo dia iluminado, criativo e transformador e uma semana com muitas realizações.

sábado, 15 de abril de 2017

A Lista

Senador Antonio Anastasia do PSDB
(Investigado pelo STF)
Bom, parece que não se fala de outra coisa: a lista. A lista que agora não é do Janot, é do ministro Fachin da Corte Suprema. Eu acho bom a gente ter muito claro que são nomes que serão investigados, não é? Quer dizer, por enquanto, ninguém é culpado.

Agora, francamente, alguns nomes são divertidos. Porque são bandoleiros notórios e notáveis. Aqui no Rio a gente conhece muito bem Wellington Moreira Franco. O Brasil inteiro conhece Eliseu Padilha. Agora, tem gente que vamos ver o que acontece. Vamos ver o que prova e o que não prova. O que vai acontecer? De uma coisa todos nós podemos ter certeza: virão mais delações, mais nomes, mais denúncias e possivelmente mais investigações. Ou sobre os que já estão na lista do ministro Fachin ou vai saber.

Eu, particularmente, me diverti muito vendo na lista dois senadores. Um que se chama Cássio Cunha Lima que foi de uma virulência na defesa da moral e dos bons costumes contra a presidente Dilma, que aliás não é acusada de enriquecimento pessoal, nem de ter tido nenhum benefício direto. As campanhas, sim. E o outro, vejam vocês, Antonio Anastasia, aquela figura maneirada que com muita veemência de menino primeiro da classe acusava a presidente Dilma de ter cometido três crimes fiscais. Ou seja, ela teria assinado três suplementações de orçamento sem passar pelo Congresso. Esse camarada quando governou Minas fez 56 medidas iguais.

O camarada do Tribunal de Contas da União, Vital do Rêgo, esse Tribunal, nem deveria chamar Tribunal porque afinal é um órgão assessor do Congresso. Quem integra esse Tribunal? Os apadrinhados. Apadrinhados de quem? Dos senadores. Que senadores? Os que estão na lista. Curiosamente não há ninguém de Tribunal de primeira instância, segunda instância, quem dirá de instâncias superiores, anunciados. Todos anjos. Será?

Enfim, e as reformas do Michel Temer? Nessa quarta-feira o vice-presidente da Câmara, um camarada chamado Fábio Ramalho, do mesmo PMDB do Temer, só que de Minas Gerais, disse que se ele fosse o presidente tirava a reforma da Previdência da votação. Tira que não tem clima pra isso não. 

O que vai acontecer? Não sei. Agora, coisa boa não vai ser não.

AOFMS participou de diversas atividades na semana

O presidente da Associação dos Oficiais Militares de MS (AOFMS), Coronel Alírio Villasanti Romero, participou de diversas atividades nesta última semana, com a finalidade de representar, propor e cobrar mudanças que influenciam a categoria e as instituições Polícia Militar e Corpo de Bombeiro Militar.

Na manhã do dia 11, o presidente se reuniu na governadoria, juntamente com os representantes das entidades de classe dos órgãos de segurança pública, da OAB/MS, ACICG/MS, Conselhos Comunitários de Segurança e os deputados estaduais Renato Câmara e Coronel David.

Na ocasião, foi apresentada ao secretário especial do governo, responsável pela parte legislativa, Felipe Mattos, uma sugestão de emenda que retire os órgãos de segurança pública da PEC 01/2017, que limita os gastos ao setor por 10 anos. O governo ficou de estudar a emenda com sua equipe técnica e responder as entidades e aos deputados com brevidade.

Pela tarde, as entidades representativas da PM e CBM se reuniram pela segunda vez para tratar da proposta que será apresentada ao governo no que tange a questão salarial e reestruturação das carreiras do policial e bombeiro militar. A proposta já está sendo finalizada. A reunião aconteceu na sede da ACS.

“Foi uma reunião para definir índices de reajustes que serão solicitados. É importante a união entre as entidades classistas, já que vamos buscar maior valorização dos policiais e bombeiros, independente do posto ou graduação. Nossa expectativa é sermos atendidos no nosso pleito, pois estamos sem reajuste desde o início do atual governo”, destacou o Coronel Alírio Villasanti.

Nesta mesma semana, na tarde de segunda-feira (10), o presidente da AOFMS participou da reunião entre os coronéis da ativa e da inatividade da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, na sede do Quartel do Comando Geral - Palácio Tiradentes - para tratar de assuntos institucionais das duas corporações.

Pela noite, o Coronel Alírio Villasanti esteve na comemoração do 4º aniversário do projeto social Judô Futuro - Polo Ypê, fundado e coordenado pelo policial militar Márcio Inácio. “Parabéns ao projeto, uma belíssima iniciativa que aproxima a Polícia Militar de crianças e adolescentes e orientam para um futuro mais digno e melhor”, parabenizou o presidente da AOFMS.

Projeto Social ABSSMS: Dia de Lazer aos estudantes de escolas públicas da capital

Cumprindo seu papel social, a diretoria da ABSSMS tem desenvolvido um Projeto, junto aos estudantes das escolas públicas de Campo Grande, com o objetivo de propiciar lazer a crianças e adolescentes da nossa capital.

Dentro de um calendário mensal é estabelecido pela diretoria da entidade, um dia da semana, onde o projeto visa oferecer lazer a juventude campo-grandense, o espaço do complexo de multi atividades da ABSSMS, que conta atualmente com três piscinas e um tobo-água.

“Nós que representamos os Policiais e Bombeiros Militares, entendemos que nosso dever vai muito além de cumprir o nosso papel estatutário, por isso, temos nos empenhado em realizar também a parte social e com isso proporcionar lazer aos estudantes da capital”. Declarou o Tenente PM Thiago Monaco Marques Presidente da ABSSMS.

Esta iniciativa já atendeu centenas de crianças das Escolas Municipais e Estaduais de Campo Grande. Maiores informações podem ser feitas com o Tenente BM Fernando Jorge Brandão Ferreira, Gestor do Clube e Diretor de Patrimônio e Obras da ABSSMS, pelo telefone 3027-1434.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

SORRIA, VOCÊ ESTÁ SENDO VIGIADO!

Se você passa a maior parte do dia navegando com desenvoltura sobre as água caudalosas da internet, saiba que tudo está registrado.

Todos os seus passos, escolhas, acessos, conteúdos e histórico de compras, vendas, trocas, posts enfim, tudo, absolutamente tudo está devidamente gravado na memória tecnológica.

Você é, sem querer, o protagonista das infinitas versões da onipresença do universo cibernético: basta escrever o seu nome e apertar a tecla enter.

Mas se você é exceção e não tem por hábito trafegar pelo mundo virtual, saiba que também está sendo vigiado. Suas compras no débito, no crédito, parceladas ou não, estão devida e detalhadamente contabilizadas, registradas, arroladas e cronologicamente organizadas.

Se, mesmo assim, exceção das exceções, você não acessa a internet e só usa dinheiro em espécie no dia-a-dia, não pense que está fora da estufa digital.

Câmeras nas ruas, nas avenidas, nas esquinas, nos prédios, nas lojas, nas casas, nos escritórios, nos hotéis, nos motéis, nas fábricas, nas Igrejas, nas escolas, nas praças e nos parques também acompanham seus passos nos mínimos detalhes.

Drones em cima, câmeras embaixo e você no meio!

Visibilidade máxima, vigilância extrema, exposição permanente e detecção pormenorizada de seus atos, gestos, falas, textos, fotos, imagens, sons, tudo o que diz respeito a você foi, está e será captado na rede. Não tem escolha. Você não pode se tornar invisível ao poder ocular da tecnologia.

A rede vigia o seu presente, possui o seu passado e condiciona o seu futuro. A cobertura diária em tempo real dos seus movimentos, ainda quando dorme o sono dos justos, maximiza a segurança a ponto de sufocar a liberdade.

Você não pratica crimes, mas está sendo vigiado.

Você respeita as leis, mas está sendo vigiado.

Não existe liberdade sem segurança, mas que nome se dá à segurança que não lhe dá liberdade?

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Mensagem de Páscoa do Comandante da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul


Motivos...

Há muitas pessoas que necessitam de vários motivos para permanecerem vivas. Para essas não há o instinto, somente o motivo. São aqueles que acordam já com diversas atividades programadas em mente, e se por um acaso algo não sair como o planejado, pode deixá-la totalmente perdida.

Um café da manhã balanceado para continuar com o peso adequado, ter determinada profissão para manter certa posição social, ou ainda continuar casado pelos simples fato de ser mais fácil. O que pode ter sido referido como motivação, neste caso não passa de estagnação.

Quando fazer algo de uma forma diferente passa a ser tão distante que nem é mais lembrado, talvez toda essa falta de vontade deve ser repensada. Todos os motivos que movimentam nossa vida devem ser sempre alterados à medida que são alcançados, mas se no meio do caminho percebeu que algum já não é mais válido, tenha a certeza que mais vale dispensá-lo.

Tenha uma excelente Quinta-feira e neste momento desejo a ti que os anjos de Deus faça desse dia que nasce toda a paz, sabedoria e felicidade necessária para administrar suas grandes conquistas. Bom Dia!

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Polícia Militar de Mato Grosso do Sul realiza “Operação Semana Santa”

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul realizará de 11 a 17 de abril de 2017, a Operação Semana Santa, com foco no policiamento ostensivo e repressivo em todo o Estado. O objetivo é coibir crimes a comércios, residências, roubos e furtos de veículos, prática de crimes ambientes e tráfico de drogas.

“Vamos intensificar o policiamento para que o cidadão de bem tenha um feriado seguro de norte a sul do estado”, afirmou o Comandante Geral da PMMS, Coronel PM Waldir Ribeiro Acosta.

A operação ocorrerá em toda capital por intermédio do Comando de Policiamento Metropolitano, com intensificação de abordagens e blitzes. “ Estaremos nas ruas para garantir um feriado tranquilo a toda população campo-grandense”, afirmou o Comandante do Policiamento Metropolitano, Coronel PM Renato Tolentino Alves.

Os Comandos de Policiamento de Área I, II e II também realização operações por todo o interior. O Comando de Policiamento Especializado, especialmente o 14º Batalhão de Polícia Militar Rodoviário intensificará as ações nas rodovias estaduais.

STF investigará NOVE ministros de Temer na "Lava Jato"

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou pedidos de abertura de inquérito envolvendo nove ministros do presidente Michel Temer pela operação "Lava Jato" - revelaram nesta terça-feira (11) documentos publicados pelo STF.

Esse processo inclui alguns dos principais membros do gabinete e boa parte da cúpula do Congresso.

A longa lista divulgada à noite pelo STF inclui Eliseu Padilha, ministro-chefe da Casa Civil; Wellington Moreira Franco, Secretário-geral da Presidência; e o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes. Todos são integrantes do núcleo duro do governo conservador de Temer, que sucedeu a Dilma Rousseff, deposta em 2016 por manipular as contas públicas.

Também estão na lista os ministros da Agricultura, Blairo Maggi; da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab; da Integração Nacional, Hélder Barbalho; das Cidades, Bruno Araújo; da Cultura, Roberto Freire; e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira.

Segundo reportou o portal do jornal Estado de S. Paulo com exclusividade, a nova onda da Operação "Lava Jato" abrange 29 senadores, 42 deputados e três governadores.

O processo atinge em cheio os principais partidos do País.

A lista de Fachin inclui o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), o líder do partido no Senado, Romero Jucá, o senador Aécio Neves, líder do PSDB, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Os pedidos para indagar os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) e Dilma Rousseff (2011-2016) foram enviados a tribunais de instâncias inferiores.

A nova onda de investigações se baseia nas denominadas "delações da Odebrecht", empreiteira que desempenhou um papel central no esquema, desviando US$ 2 bilhões para a política.

Segundo quem teve acesso ao conteúdo, as delações têm potencial para mudar o já atribulado cenário político brasileiro.

Fuja da zona de conforto

Fugir da zona de conforto, sair da rotina, renovar as expectivas. Tudo isso pode nos fazer ganhar um novo estímulo para trabalhar e viver.

É muito importante fazermos alguma coisa que realmente gostamos, e também fazermos do jeito que gostamos.

O problema da falta de motivação pode não estar propriamente no seu trabalho, mas na maneira como você trabalha. Mude aquilo que precisa e pode ser mudado!

Coragem, força, ânimo e determinação. E nunca deixe de sonhar, são os sonhos que nos movem.

Tenha uma ótima Quarta-feira e que coisas boas lhe aconteçam e que a chama do amor de Deus aqueça sempre o teu coração!

Bom dia!

PACIÊNCIA

Uma das virtudes que precisamos sempre desenvolver é a paciência. Nem tudo no mundo é exatamente do jeitinho que gostaríamos. As pessoas aprendem o valor da liberdade, da igualdade e do respeito ouvindo, discutindo e buscando a melhor forma da boa convivência.

Sabemos que as palavras são fortes quando colocamos em prática nas lutas diárias, quando perdemos temos que parabenizar o vencedor, quando vencemos o ideal é estender a mão como uma atitude que demonstra o quanto todos são importantes.

Nesta caminhada pelas estradas venho aprendendo o valor da paciência para ouvir mais, compreender mais e assim estabelecer uma conexão com o outro próspera e duradoura.

Uma relação na qual o processo de ensino-aprendizagem é continuo e capaz de contribuir para a evolução do nosso ser.

Que Deus ilumine nossa jornada com muitas alegrias. Um ótimo dia!!!