sábado, 4 de março de 2017

Em Dourados, ABSSMS e AOFMS apresentam palestra sobre o tema “O Militar Estadual na Reforma da Previdência”

Nesta sexta (3), as Diretorias da Associação Beneficente Dos Subtenentes, Sargentos E Oficiais Oriundos Do Quadro De Sargentos Policiais E Bombeiros Militares De MS - ABSSMS e da Associação dos Oficiais Militares Estaduais de Mato Grosso do Sul - AOFMS, reuniram-se com Policiais Militares do 3° BPM na cidade de Dourados para repassarem informações sobre o andamento da PEC-287/16 (Reforma da Previdência).

Os Presidentes da ABSSMS Tenente PM Thiago Mônaco Marques e Presidente da AOFMS Coronel PM Alírio Villasanti, palestraram ao efetivo sobre o tema “O Militar Estadual na Reforma da Previdência”, onde discorreram o conteúdo “nocivo” da Proposta de Emenda à Constituição 287/16, que retira direitos previdenciários dos militares estaduais.

Nacionalmente as entidades representativas, estão mobilizadas com objetivo de esclarecer a sociedade, sobre as particularidades da profissão, e na oportunidade os representantes estaduais, explicaram em entrevista a diversos meios de comunicação, que os órgãos de segurança não contam com os mesmos direitos do trabalhador civil, como adicionais por conta dos perigos da profissão, aposentadoria, FGTS e outros benefícios que garantem a segurança dos servidores.

“Hoje, o texto que trata a reforma da Previdência já retirou os militares do Exército da proposta, e estamos lutando para que isso se reflita também para as nossas classes, afinal, poucos são os nossos benefícios em relação a outras classes. Sem contar os riscos que corremos. Para se ter uma ideia, no ano passado aproximadamente 500 policiais morreram no Brasil”, pontuou o Presidente da AOFMS Coronel PM Alírio Vilasanti Romero, em entrevista ao site Dourados News

“Estamos mantendo contato com a base em Brasília para tentar retirar do texto de reforma nosso grupo e não está descartada uma grande mobilização nacional caso não haja maior compreensão do governo”, declarou Ten PM Monaco Presidente da ABSSMS também ao site Dourados News.

Nenhum comentário: