terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, Polícia Militar Ambiental apreende arma de fogo

Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) foi ao local e apreendeu uma arma e munições.

O caso aconteceu nesta terça-feira (21), na reserva legal e nas matas do entorno do assentamento São Sebastião. Policiais militares ambientais foram até o local e lá se depararam com um caçador, que fugiu.

Ele não foi alcançado, já que ao avistar a equipe da PMA, correu por entre a mata fechada, não sendo possível alcançá-lo. No local não havia sinal de nenhum animal abatido ainda.

Apesar de escapar da prisão, o caçador deixou para trás uma espingarda especial para caça de animais silvestres e munições. Além dos projeteis no armamento, também haviam 10 cartichos calibre 32 carregados em uma sacola.

Diversos petrechos usados para auxiliar o recarregamento das munições também foram apreendidos. Todo o material foi apreendido pela PMA e encaminhado à DP (Delegacia de Polícia Civil) de Ivinhema, que investigará o caso.

Nenhum comentário: