sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Teoria sobre Teori

O ministro Teori Zavascki era o empecilho para estancar a Lava Jato.

Morreu em acidente aéreo na véspera de tornar pública a delação que envolve centenas de políticos e poderosos.

Foi vítima de acidente de avião, mesma estratégia usada pelo serviço secreto brasileiro para eliminar os inimigos da ditadura.

A investigação vai ser feita pela Polícia Federal, a mesma que não investiga políticos de determinado partido e já foi usada por alguns para detonar adversários, como Roseana Sarney em 2002.

O substituto de Teori vai ser indicado por Michel Temer, o presidente que deu o golpe e é citado 43 vezes em uma única delação (faltam mais 76), e será aprovado pelos senadores envolvidos até o último fio de cabelo na Lava Jato.

Apesar da misteriosa morte de PC Farias e Ulysses Guimarães, Collor não deve ser, porque já está muito enrolado.

É tanta coisa suspeita neste acidente, que, tenho convicção e timming, usando o mesmo recurso da turma da Lava Jato, de que a queda do avião foi qualquer coisa, menos acidente.

Nenhum comentário: