sábado, 31 de dezembro de 2016

2017: mais humanidade na tecnologia!

Pipocos de explosões eufóricas pululam nas mídias sociais (instagram, whatsapp, facebook, linkedin, e-mails, etc., etc., etc.) como gritos de clemência às forças sobrenaturais para que a desejada, mas quase nunca alcançada, FELICIDADE, possa, enfim, se revelar nua e crua todos os dias do ano que se inicia.

Uma grande nuvem de angústia coletiva se condensou difusamente no céu destes tempos em que a incerteza do futuro se funde à ansiedade da pressa moderna. Tudo está instantâneo e, o mais grave, automático. O improviso e a espontaneidade perdem espaço para os chavões do senso comum.

Vivemos um tempo que muda mais rápido que a nossa capacidade de adaptação, gerando uma sensação de déficit de vida vivida. O mundo virtual está nos virtualizando. É preciso virar o jogo.

Comecemos agora.

A minha sugestão é que transfiguremos a nossa relação com a tecnologia. Explico: ela deve ser a nossa refém, não o contrário. Vamos romper os grilhões que nos tornam objetos da superficialidade apressada do mundo virtual.

Em vez de a tecnologia nos usar como ferramentas de consumo dos seus predicados, devemos submetê-la a nossa vontade consciente para nos “reumanizar” (se é que algum dia fizemos jus à condição humana), manipulando as suas vantagens utilitárias em benefício de uma novo modelo de humanidade. Realço: em vez de sermos programados a agir como robôs de uma lógica que nos desumaniza, precisamos tomar as rédeas da vida como titular único e autor exclusivo do nosso software existencial.

Mas do jeito que a “coisa” caminha, estamos quase como o Mario Bross, personagem despersonalizado de um roteiro programado. Nas refeições, em família ou com amigos, reina o silêncio porque todos estão plugados nas ondas cibernéticas, sem prestar atenção até no que está no prato; relações iniciadas e terminadas na dimensão virtual sem nenhum contato físico; uso das mídias sociais para dar vazão aos transtornos de personalidade com a criação de fakes (múltiplas máscaras em um rosto só).

Vamos resgatar a aventura da vida real sem negar as maravilhas da inteligência virtual.

A cultura enciclopédica dos livros não pode se reduzir às mensagens enlatadas de whatsapp; a capacidade de análise contextual das conjunturas tem que prevalecer sobre as sentenças definitivas e totalitárias dos comentários de notícias nos sites; a paciência pela digressão discursiva não deve ceder à pressa dos diagnósticos arbitrários nas frases de facebook; a profundidade das relações humanas não pode ser estuprada pelo sexo sem significado com pessoas sem nome; a complexidade da política não deve ser substituída pelo palavrório simplista dos xingamentos; a sofisticação da inteligência acadêmica não pode ser ultrapassada pela ligeireza da produção de ideias estapafúrdias.

Comecemos, pois, o ano novo, dialogando mais suavemente com a tecnologia, lembrando sempre que os criadores somos nós, e ela, a criatura. Talvez assim, teremos mais maturidade para lidar com o vazio destes tempos em que povoamos nossa imensa solidão com pessoas que nunca vimos na vida.

Fabio Trad - Professor e Advogado

VIDA NOVA

O tempo é imperceptível, efêmero, passageiro e implacável. O tempo é a certeza de que em cada estação o ciclo se renova ou então não renascerá.

Com o tempo sabemos que nada será igual, tudo irá se transformar e seremos os próprios personagens a ver e sentir passo a passo esta transição do velho para o novo, da imaturidade para a maturidade, do por do sol ao nascer do sol, do plantio a colheita e da escassez a prosperidade.

Vamos seguir em frente pelos caminhos da estrada da vida observando e desfrutando esta linda jornada com seus detalhes enriquecedores, com seus personagens em cada ciclo e fortalecidos na fé e com muita perseverança alcançaremos o nosso destino.

Se aproveitarmos a vida com toda intensidade possível fazendo sempre o bem pelo bem, não haverá tempo para lamentações, fracassos e sofrimentos já que estaremos carregando dentro do nosso ser a capacidade de compreender que exceto o tempo, tudo nasce, cresce, desenvolve e renasce para uma nova dimensão além dos nossos sonhos e da nossa imaginação.

Não faça da vida um tempo sem tempo. Faça tudo sem pressa com uma atitude real de carinho e amor.

Que Deus ilumine e guie nossa jornada. Ótimo dia e um fantástico final de semana, aliás, o último do ano!!!

FELIZ 2017.

Coronel Rogério

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Pai dá bronca no filho preso [VÍDEO]

Uma prisão em Cambé no Paraná deu a maior repercussão.

O pai, decepcionado, ao ver o filho dentro da viatura deu a maior bronca no rapaz!

O jovem tinha usado a moto novinha, que ganhou do pai, para praticar assalto.

E você, o que faria?

Veja o vídeo:

Balanço Geral Maringá

NÃO IMPORTA O QUE VIRÁ: SEJA FELIZ

Ser forte, vigilante, ter energia positiva, saber ultrapassar as barreiras, fazer tudo com amor e carinho são algumas das maneiras de vencermos os desafios existentes nas estradas da vida.

Cotidianamente recebemos uma gama de informações com notícias boas ou ruins cabe a nós absorver aquelas que realmente irão contribuir para a nossa própria formação, dos nossos filhos e da sociedade.

Temos que colocar na balança o que realmente importa, sem agressividade, impulsividade ou arrogância. Precisamos abastecer nossos estoques de tolerância, humildade e solidariedade para uma perfeita harmonia em casa, no trabalho e nas ruas.

Na verdade o compreender a conviver, o amar e o viver a vida na sua intensidade plenitude, requer que busquemos na paz interior o equilíbrio para nossas vidas.

Sabemos que não existe, nem existirá vida fácil acredito que cada um tem suas aflições e angústias em maior ou menor grau, mas a certeza incondicional de que Ele estará conosco todos os dias nos protegendo e iluminando nossa trajetória de lutas, de derrotas e de muitas vitórias como uma alavanca a impulsionar nossos sonhos e projetos de vida.

Aprender a alimentar a alma na prática do bem enriquecendo a vida com novas amizades é o caminho que podemos fazer para irradiar com feixes de luz os corações a cada novo alvorecer.

Um excelente dia, um belíssimo final de semana e um 2017 com muita fé, luz e esperança.

ARCA - Atitude Real de Carinho e Amor obrigado a cada um pelo convívio diário e pela paciência de ler os textos emanados da alma e do coração.


Coronel Rogério

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Assembleia aprova aumento de até R$ 10 mil para policiais e bombeiros do Tocantins

De acordo com a nova tabela, um soldado que ganha R$ 4.250,70 vai ganhar R$ 6.419,09. O posto de major em fim de carreira que recebe R$ 14.497,11 vai receber 21.892,47. O maior aumento será para Coronel com 27 anos de carreira, o salário vai passar de R$ 17.897,67 para R$ 27.027,74.


"Até então a Polícia Militar não tinha progressão, nós agora conquistamos esse direito. Este é o reconhecimento que o Estado e o povo do Tocantins faz para Polícia Militar", disse o coronel Glauber de Oliveira, comandante geral da PM.

A correção vai beneficiar cerca de 8 mil PMs, incluindo inativos e pensionistas. O governo calcula um impacto de cerca de R$ 60 milhões até o fim de 2017.

O secretário de administração Geferson Barros, disse que mesmo com o impacto financeiro, o Estado precisa cumprir a determinação da Justiça pata o reajuste.

"Não é uma questão apenas de condições [financeiras], mas de cumprimento da lei. Houve uma decisão e o que o Estado está fazendo agora é cumprindo a lei do ano de 2013. É lógico, existe um preocupação do carater previdenciário e do impacto financeiro, mas tudo está dentro do nosso planejamento para 2017", afirmou.

Também foi votada a data-base dos servidores estaduais. O Governo pagará 2% em janeiro, mais 2% em maio e 5,56% em setembro.

O Governo ainda não informou quando paragará o retroativo para os servidores, policiais e bombeiros que tiveram os salários reajustados.

G1

Entidade que representa policiais e bombeiros recomenda à Prefeitura do Rio cancelar festa de Réveillon

Segundo a entidade, a possibilidade de protestos, devido à crise no Estado, durante os festejos pode ter 'dimensão e alcance incalculáveis'

Três dias antes da festa de Réveillon que deve reunir 2 milhões de pessoas na praia de Copacabana, na zona sul do Rio, uma entidade que representa os policiais militares e bombeiros do Estado do Rio divulgou nesta quarta-feira (28) carta aberta em que recomenda à Prefeitura do Rio que cancele esse evento e as outras nove festas organizadas pelo município para comemorar a chegada de 2017.

“Antevendo a possibilidade da ocorrência de manifestações que, pela amplitude e quantidade de pessoas envolvidas, poderão tomar proporções violentas e atentatórias à integridade da população presente ao evento”, a Associação de Oficiais Militares Ativos e Inativos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (AOMAI) “recomenda o cancelamento dos shows artísticos e pirotécnicos no município do Rio”, diz a carta, assinada pelo presidente da entidade, Adalberto de Souza Rabelo.

Para justificar a recomendação, a entidade - que reúne cerca de 200 oficiais, entre policiais militares e bombeiros - também cita “a grave crise política e financeira” do Estado do Rio e afirma que essa crise tem causado “sérios prejuízos financeiros aos servidores públicos e militares, inativos e pensionistas” e que “tal situação se arrasta há um ano e tem gerado inúmeros protestos contra a administração estadual, com reflexos na segurança pública”. Segundo a entidade, “a possibilidade de ocorrência desses protestos durante os festejos do Réveillon” pode ter “dimensão e alcance incalculáveis”, hipótese “factível (...) pelas ocorrências verificadas anteriormente antes e durante a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016”.

Ao encerrar a carta, a entidade afirma que faz a recomendação baseada “na prevenção e no dever de ofício, axiomas da polícia ostensiva e de preservação da ordem pública”.

Além do prefeito Eduardo Paes (PMDB), a carta também é destinada ao governador do Estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB), aos comandantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado, à população e à imprensa.

“A carta não é contra o governo, é simplesmente para garantir a segurança das pessoas”, afirma o coronel reformado da PM Paulo Ricardo Paul, que integra o conselho fiscal da entidade. “Muitos servidores públicos estão sem salário, em situação de desespero. E pessoas desesperadas tendem a adotar soluções desesperadas. Como a Guarda Municipal e a PM vão impedir que alguém jogue um rojão no meio da multidão?”, questiona Paul. “Tem muita gente insatisfeita. A prefeitura vai gastar cerca de R$ 5 milhões com esse evento, e se emprestasse esse dinheiro ao Estado permitiria o pagamento de muitos servidores que estão sem condições até mesmo para comprar comida”, afirma. “Se o evento for mantido, torcemos para que não haja nenhum tumulto, mas é inegável que essa é a fórmula para dar alguma coisa errada”, conclui o coronel reformado.

A Prefeitura do Rio informou que não vai se pronunciar sobre a recomendação da AOMAI.

A festa em Copacabana terá shows musicais a partir das 18 horas de sábado (31), com atrações como Léo Jaime, Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo, e um show de fogos de artifício com duração de 12 minutos, a partir da meia-noite do dia 31. A Prefeitura gastou cerca de R$ 5 milhões com o evento. Também haverá comemoração organizada pelo município em outros nove locais, entre eles a Barra da Tijuca (zona oeste) e o Parque Madureira (zona norte).

ESTADÃO

Entidades de classe PM e BM se articulam e direitos dos militares estaduais serão mantidos

Na semana que antecedeu a votação da PLP 257/16, que tratava da renegociação das dívidas dos Estados e do DF, a Associação dos Oficiais Militares Estaduais de MS (AOFMS), juntamente com as entidades representativas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, enviaram “Ofício Conjunto” a todos aos 08 Deputados Federais do Estado, solicitando apoio aos interesses dos servidores.

No documento enviado os representantes das entidades militares destacaram que com a aprovação do projeto de lei, os Militares dos Estados e DF seriam grave e irreversivelmente prejudicados, perdendo inclusive seus direitos de promoção, progressão e aumentos salariais, por muitos anos.

Na terça-feira (20) o Plenário da Câmara dos Deputados atendeu as reivindicações e aprovou o projeto sem prejuízos aos militares estaduais e do DF, com exclusão de todas as contrapartidas propostas pelo Senado.

Para o presidente da AOFMS, coronel Alírio Villasanti, a retirada dos pontos negativos foi fruto da união das entidades representativas. “Ficou bem patenteado a necessidade cada vez maior de união, a importância das articulações e a imprescindibilidade da representação política”, pontuou.

Nos últimos meses foram realizadas intensas mobilizações em Brasília pelas entidades classistas nacionais de praças e oficiais contra o projeto, com o apoio fundamental da bancada de Deputados Federais composta por policiais e bombeiros militares, bem como do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais (CNCG) e das assessorias parlamentares das corporações no Congresso Nacional.

Confira na integra o teor do “Ofício Conjunto” enviado aos 08 Deputados Federais de MS:

As Associações Reunidas de Oficiais e Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militares do Estado de Mato Grosso do Sul vem informar a V. Exª que os militares sul-mato-grossenses estão muito apreensivos com a votação do PLP 257/16, que trata da renegociação das dívidas dos Estados e do DF.

Nesta segunda-feira (19.02) e terça-feira (20.12) a Câmara dos Deputados votará o PLP 257/16, na versão alterada pelo Senado Federal, o que trará prejuízos significativos para todos agentes públicos, em especial ao Militar Estadual.

Assim, diante de eventual aprovação, na forma em que se encontra, os Militares dos Estados e DF serão grave e irreversivelmente prejudicados, perdendo inclusive seus direitos de promoção, progressão e aumentos salariais, por muitos anos.

Por esta razão, solicitamos os vossos valiosos préstimos no sentido de não comparecer ao plenário da Câmara dos Deputados na próxima semana (última antes do recesso) para votação do PLP 257/16. Não havendo o quórum necessário para a votação e a consequente não aprovação do citado Projeto de Lei Complementar, haverá mais tempo para que o debate seja aprofundado e que as injustiças propostas sejam corrigidas.

Diante de eventual existência de quórum, solicitamos que o vosso voto seja no sentido de rejeitar as alterações efetuadas pelo Senado, que configuram, repito, prejuízos graves e irreparáveis para os Militares dos Estados e do DF.

Para que a área de segurança não sofra prejuízos irreparáveis, solicito que apoie a retirada da expressão militares dos itens: Art. 4°, VII,f, Art. 15, VI e Art. 22, I do PLP 257/16

Por fim, afirmamos que as ASSOCIAÇÕES REUNIDAS sempre irão buscar o caminho da legalidade e do diálogo com as autoridades na luta pelos direitos e interesses legítimos dos seus associados e da tropa em geral. Entretanto, não podemos fechar os olhos para o fato das autoridades políticas somente terem efetivamente atendido aos principais pleitos dos militares estaduais após o estabelecimento do caos na segurança pública, por meio de manifestações e paralizações, o que acaba, lamentavelmente, passando à tropa a ideia de que só mediante tais expedientes ocorre a sensibilização das autoridades.

Derivam daí sérios e lamentáveis prejuízos a todos: aos policiais e bombeiros militares envolvidos nos atos de indisciplina; às Corporações, em razão da quebra da hierárquica e disciplina; e principalmente à população, pelo abalo à paz e à tranquilidade social.

Ante o exposto, as associações estaduais juntamente com as federações nacionais tem o compromisso de continuar a fazer a sua parte e, usando de meios democráticos, buscar junto aos nossos representantes o resguardo de nossos direitos.

Em nome dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul agradecemos antecipadamente.

CORONEL PM ALÍRIO VILLASANTI ROMERO
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS MILITARES ESTADUAIS DE MATO GROSSO DO SUL - AOFMS

SOLDADO PM EDMAR SOARES DA SILVA
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS DA POLÍCIA MILITAR E BOMBEIRO MILITAR DE MATO GROSSO DO SUL – ACS

TENENTE CORONEL BM FREDERICO REIS POUSO SALAS
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE OFICIAIS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL – AOCBMMS

SARGENTO BM FERNANDO FERRER
ASSOCIAÇÃO DOS PRAÇAS BOMBEIRO MILITAR – APBM

TENENTE PM THIAGO MÔNACO MARQUES
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DOS SUBTENENTES, SARGENTOS E OFICIAIS ORIUNDOS DO QUADRO DE SARGENTOS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES DO MS – ABSSMS

CABO PM RAFAEL RIBEIRO SOARES
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE PRAÇAS DA PM/BM DE MATO GROSSO DO SUL – ASPRA-MS

SUBTENENTE BM NILSON DA SILVA FREITAS
ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS MILITARES PRAÇAS E OFICIAIS ORIUNDOS DAS PRAÇAS - ABM/MS

por AOFMS

CAMINHAR COM FÉ

A vida é assim devemos agir pela observação, imitação ou experimentação e quando fazemos o bem, quando agimos pelos ideais da igualdade e da fraternidade e quando acreditamos que a união, a força interior e a serenidade são essenciais para nossas vidas nada impedirá que sigamos pelo caminho construindo pontes de amor, de fé e de solidariedade.

Uma ótima quinta-feira de luz e paz.

Coronel Rogério

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Presidente do Supremo suspende reintegração de posse da Fazenda Esperança, em Aquidauana MS

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, suspendeu reintegração de posse da Fazenda Esperança, em Aquidauana (MS), ocupada por índios da etnia Terena envolvidos em processo de demarcação de terras da Comunidade Taunay-Ipégue. Segundo a decisão, no âmbito da Suspensão de Liminar (SL) 1076, ajuizada pela Fundação Nacional do Índio (Funai), ‘o contexto da região revela provável uso de força para o cumprimento da ordem judicial, o que levaria a consequências socialmente nefastas’.

As informações foram divulgadas no site do Supremo. A decisão suspende a liminar concedida na ação de reintegração de posse até sentença de mérito na origem.

A reintegração de posse, determinada em junho de 2013 por liminar da 1.ª Vara Federal de Dourados (MS), foi logo depois suspensa pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF3).

Em 2016, porém, o Plenário do TRF3 restabeleceu a ordem do juiz federal de Dourados. Por causa disso, a Funai ajuizou a Suspensão de Liminar 1076 no Supremo alegando, entre outros argumentos, que ‘a situação coloca em risco a ordem e a segurança pública’.

Segundo a Funai, a ocupação indígena ocorreu há mais de três anos, ‘situação que afasta qualquer urgência do pleito, uma vez que não há qualquer dano às edificações da fazenda’.

A autarquia ponderou, ainda, que houve a conclusão do processo administrativo que resultou na Portaria 497/2016 do Ministério da Justiça, a qual declarou a área na qual está inserido o imóvel como de posse tradicional do grupo indígena Terena.

Ao examinar o pedido, Cármen Lúcia citou trechos de sua decisão na SL 1037, referente a terras ocupadas por índios da etnia Guarani-Kayowá, também em Mato Grosso do Sul, nas quais havia o risco do acirramento do conflito fundiário entre índios e não índios caso a reintegração de posse fosse efetivada mediante o uso de força policial. A mesma compreensão deve ser empregada, segunda ela, no caso dos índios Terena.

A presidente do STF observou que a ordem de reintegração de posse teve seus efeitos suspensos por três anos e já existe portaria do Ministério da Justiça declarando a área como posse tradicional dos Terena.

“Isso pode se traduzir em elemento encorajador da resistência dos indígenas, potencializando o clima de hostilidade e tornando inevitável o uso da força para o cumprimento da ordem judicial”, ponderou Cármen.

“O contexto parece demonstrar risco de acirramento dos ânimos das partes em conflito e consequente acirramento do quadro de violência, o que me conduz a reconhecer a plausibilidade do alegado risco à ordem e à segurança pública”, ela concluiu.

ESTADÃO

CNH ganha novo visual e mais itens de segurança a partir de janeiro

A partir do dia 2 de janeiro, a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) terá um novo visual e mais requisitos de segurança. Uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito, de maio deste ano, deu prazo até 31 de dezembro para que os departamentos nacionais de Trânsito dos estados e do Distrito Federal se adequem aos novos procedimentos.
Produzida por empresas credenciadas, em modelo único, a CNH terá papel com marca d´água, tintas de variação ótica e fluorescente e imagens secretas. Os itens de controle de segurança incluem ainda mais elementos em relevo e em microimpressão. O fundo do documento também ficará mais amarelado.

A tarja azulada que fica no topo do documento passará a ser preta e trará o mapa do estado responsável pela emissão do lado direito. No lado esquerdo, sob o Brasão da República, aparecerá a imagem do mapa do Brasil.

A nova CNH terá ainda duas sequências de números de identificação nacional - Registro Nacional e número do Espelho da CNH - e uma de identificação estadual – número do formulário do Renach (Registro Nacional de Condutores Habilitados).

As mudanças serão válidas para os documentos expedidos a partir de 2017. Mas os condutores não precisam fazer a troca, pois os documentos atuais serão reconhecidos até a validade ou até que o condutor solicite alguma alteração de dados.

Confira as mudanças (foto: Divulgação/Denatran)
A mudança impacta apenas a aparência da CNH. Os procedimentos para obter a habilitação permanecem os mesmos.

Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil

Pênalti !

Não sou homem de um sonho só. Tenho-os aos montes. Um deles é tão singelo que faço questão de compartilhar com o leitor nestes dias de soluço no trabalho.

Tenho o sonho de bater um pênalti em uma final de campeonato com estádio lotado. De preferência, com a torcida a favor do meu time.

O pênalti, de fato, é algo sublime, quase que uma categoria filosófica autônoma. De fato, sua complexidade perpassa vários ramos do conhecimento humano: a física, a psicologia, a matemática, a geometria, a medicina e até mesmo a metafísica.

Começa pela força emocional do grito do narrador após o movimento do árbitro apontando a penalidade máxima. Há quem diga, sou um deles, que o “É PÊNALTIIIIIIII” do locutor é mais emocionante que o gol em si.

Quando um pênalti é marcado, a favor ou contra o seu time (isso é detalhe), o ritmo cardíaco galopa rumo ao desconhecido. Dopamina, adrenalina, serotonina, enfim, tudo o que é hormônio se mistura em um caldo mágico e febril.

Quando o jogador pega a bola debaixo do braço e anda em direção à área, pipocam os palpites silenciosos nas arquibancadas: "caramba, esse cara não...”, “meu Deus, ele não, ele não, esse estrume vai errar...”, “ pode deixar com ele, esse é matador”, “boa, boa, esse não erra, deixa com ele...”

Uns fazem figas, cruzam os dedos, outros fecham os olhos, muitos fazem o sinal da cruz, vários invocam a presença de parentes mortos que torciam pelo time para inspirar o batedor, mas ninguém fica impassível. Os policiais do batalhão deixam de cuidar dos torcedores para fisgar o lance, o vendedor de picolé senta ao lado da criança que ia comprar que, por sua vez, deixa de lado o picolé, gandulas se ajoelham, jornalistas param de falar, cachorros, gatos, sapos, gafanhotos e grilos entram na onda também, e, todos, sem exceção, se voltam para a sincronia dos atos.

Todas as atenções para os passos do batedor, o jeito que ele coloca a bola na marca, a postura do goleiro, o confronto de olhares, a distância da bola, a forma como se posicionam, os códigos secretos de provocação entre ambos, a parada final antes do apito e ...

Dos 47 anos vividos, devo ter jogado uns 40 de futebol, querido leitor. Pode parecer brincadeira, mas não é: minha especialidade era o voleio. Sério, o voleio, assim com bola cruzada ou lançada, e, mesmo que pudesse dominá-la para chutar com mais facilidade, optava pela acrobacia elíptica para tentar um gol mais bonito.

Voltando ao pênalti, observem como o Galvão Bueno comemorou o chute abestado do Baggio em 1994: “É TETRAAAAAAA, É TETRAAAAAA....” Pois então, afirmo categoricamente que esta tempestade emocional que se abateu sobre ele – e sobre milhões de torcedores mundo afora - se deve à ebulição hormonal que só o instituto do pênalti é capaz de provocar.

Defendo a tese de que este fenômeno sociológico – o pênalti – deve merecer a atenção dos estudiosos de todo o mundo. Sim, um sério, complexo e profundo estudo multi e transdiciplinar sobre o pênalti e suas variantes nas ciências exatas, sociais-humanas e médicas.

Talvez, deste tratado, muitos mistérios seriam desvendados, inclusive metafísicos, por exemplo, o que leva ateus e agnósticos a cruzarem os dedos desejando que o batedor acerte o pênalti????

De minha parte, após quatro décadas de observação empírica, o pênalti não é questão de sorte ou falta dela, mas de treinamento disciplinado. Em suma: nenhum goleiro pega uma bola chutada no alto e no canto com média força. Nenhum. A explicação é simples: no pênalti, nenhum goleiro pula para o alto no canto. Nenhum!

De chapa, peito de pé, bicuda, três dedos, no meio, no canto, para o alto, rasteiro, com paradinha, correndo, andando, não importa... o que conta mesmo é o seguinte: se jogo de futebol fosse o que se faz na cama com que se ama, o pênalti exitoso seria o orgasmo.

Enfim, o gol é o máximo; mas o pênalti é sublime, mágico, extasiante!!!

Fabio Trad - Professor e Advogado

IRRADIE A PAZ

Que possamos estar sempre de braços abertos, um sorriso estampado e um coração bondoso para irradiar a luz por onde passamos, pois, a cada dia precisamos compreender que a vida são momentos inesquecíveis de belos ensinamentos para extrairmos a essência daquilo que iremos realizar com dignidade, respeito ao próximo e compromisso com a nossa sociedade.

Que Deus abençoe e nos conceda a alegria, a simplicidade, a gratidão, a bondade e a energia pura para grandes realizações sem nada pedirmos em troca.

Um ótimo dia!

Coronel Rogério

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Esse é Luiz Carlos Ruas

O homem que não se calou ao ver uma transsexual sendo perseguida por dois "machões" que queriam agredi-la.

O que ele fez por ela, ninguém teve coragem de fazer por ele!

Pessoas viram esse senhor sendo violentamente agredido no metrô de São Paulo e absolutamente ninguém interviu para evitar sua morte.

NEM A SEGURANÇA DO METRÔ APARECEU.

Esse homem era um ambulante, uma pessoa humilde que batalhava nas ruas para sobreviver.

Pagou com a vida por não se omitir.

Os "machões" estão foragidos, mas serão identificados em breve e certamente serão presos.

Luís Carlos, um homem de coragem e bom coração.

Descanse em paz e que a justiça seja feita!

Policiais Federais foram presos por suspeita de enviar bomba a advogado em Goiás

Os dois agentes aposentados da Policia Federal, Ovídio e Valdinho Rodrigues Chaveiro, que são irmãos foram presos pela Polícia Civil de Goiás, nesta terça-feira (27), eles são suspeitos de enviar um pacote com uma bomba para o advogado Walmir Oliveira da Cunha, de 37 anos, em Goiânia, em julho deste ano. Segundo a Polícia Civil, além dos dois mandados de prisão temporária contra eles, também foram cumpridos sete de busca e apreensão e três de condução coercitiva.


De acordo com o delegado Valdemir Pereira da Silva, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), a suspeita é que o crime tenha sido motivado por uma ação familiar ganha pelo advogado. "Neste momento a polícia está analisando todos os objetos apreendidos e posteriormente falará mais sobre os fatos. Queremos deixar claro que recebemos o apoio da Polícia Federal nesta ação e do Instituto de Criminalística", disse o delegado.

Além dos policiais detidos, um terceiro irmão deles também foi levado para a Delegacia por portar uma arma de fogo sem autorização.

As defesas dos suspeitos detidos ainda não foram localizadas para comentar o caso. Os jornalistas também tentaram contato com a assessoria de imprensa da Polícia Federal em Goiás, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

Policiais Federais foram presos suspeitos de mandar bomba para advogado (Foto: Murillo Velasco/G1)
O atentado aconteceu no último dia 15 de julho, quando o Walmir recebeu um pacote de uma bebida em seu escritório, mas o conteúdo explodiu assim que foi aberto. Um segurança que trabalhava em um estabelecimento próximo ao local socorreu o advogado. A vítima perdeu três dedos e quebrou o pé por causa da explosão.

A Superintendência Regional da Polícia Federal em Goiás informou em nota que a corporação “participou dos cumprimentos dos mandados de prisão”, “repudia o ato e reafirma seu comprometimento no combate à criminalidade em todas as suas vertentes, em respeito ao Estado Democrático de Direito”.

A nota diz ainda que “as ações conjuntas ratificam o compromisso de colaboração entre as forças de seguranças no Estado de Goiás no combate à criminalidade”.
Walmir Cunha também divulgou nota agradecendo à Polícia Civil por ter identificado os suspeitos do atentado. No texto, ele firma que espera que o “terrível fato” ocorrido com ele “sirva para se levantar um amplo e debate sobre as leis que tratam da segurança dos profissionais do direito no exercício de sua profissão”.

Em nota, ele afirma que o “atentado contra advogados, juízes, promotores e outros membros integrantes do sistema judicial brasileiro é um atentado contra a dignidade da Justiça”.

“Após a tramitação com uma complexa ação judicial, obtive excito em favor de meu cliente. Mas lamentavelmente, a parte derrotada, ao não aceitar a legítima decisão judicial, cometeu um crime hediondo para promover uma retaliação contra minha vida e minha atividade profissional, que foi exercida rigorosamente dentro da lei e segundo todos os preceitos éticos que regem a advocacia no Brasil”, disse no texto.

De acordo com o presidente da Comissão de Direitos Prerrogativos da OAB-GO, Erlon Fernandes Cândido de Oliveira, a instituição ainda não tem conhecimento sobre o teor da ação judicial que teria motivado o atentado.

“O objeto desta ação judicial nós não sabemos informar qual foi. O papel da Ordem é acompanhar para que o crime não fique sem resolução, a partir do momento em que for definida a autoria, a Ordem continuará atuando na acusação. A partir do momento em que um advogado é violentado no exercício profissional, a administração da Justiça é ameaçada”, disse.

Advogado Walmir Oliveira da Cunha perdeu três dedos em atentado, em Goiás (Foto: Sílvio Túlio/G1)
Investigação
Câmeras de segurança flagraram a movimentação de um homem que entregou o pacote para um motoboy, que o levou até o advogado. Segundo o delegado, o motoboy não tinha consciência do atentado e foi por meio do depoimento dele que a corporação chegou até o local e às imagens.

“O motoboy é inocente. Cabe dizer que a pessoa que entregou esta bomba ao motociclista usou de vários disfarces, colocou propositadamente uma tala no braço direito. Tudo indica que ele colocou isso para disfarce. Em outros momentos, quando ele percebia a câmera de vigilância ele abaixava a cabeça”, disse.

Silva já havia informado sobre a suspeita de que um policial estivesse envolvido no atentado. “Pelo estágio da investigação, percebe-se que o crime foi muito bem planejado, praticado por um profissional, e tudo indica que há um policial envolvido nesta trama criminosa”, afirmou.

O delegado ressaltou o alto poder de destruição da bomba enviada ao advogado. “A intenção da pessoa que encaminhou o artefato explosivo era matar o advogado. Esta bomba tinha poder para isso, só não o matou porque o advogado, ao ouvir o barulho, ele tirou a bomba de perto do seu peito, e foi nesse momento, em que ela estava distante, é que houve a explosão”, revelou.

Os responsáveis pelo atentado devem responder por tentativa de homicídio qualificado, por crime de explosão e também por crime de dano contra o escritório do advogado, que ficou destruído.

G1

A Mediocridade deu Lugar ao Silêncio

Está chegando ao fim quatro anos de uma gestão medíocre e incapaz que assolou Campo Grande por inteira.

Buracos estão espalhados milimetricamente por todas ruas, avenidas e calçadas causando desconforto em todos motoristas e pedestres.

Postos de Saúde se dissolvendo como farelo e uma constante falta de medicamentos, manutenção e material permanente para que funcionários possam exercer dignamente o seu trabalho diário.

Não há merenda escolar em estoque. O que tem não alimenta decentemente meia dúzia de crianças. Não tem pagamento de décimo terceiro muito menos de fornecedores.

Não tem alegria de festa de final de ano na cidade. Não tem luzes muito menos cores. O caos tomou o lugar da alegria e do sorriso da população da cidade.

Uma mediocridade que se entregou ao silêncio daqueles que poderiam fazer algo pela população edição. Cito aqui os Conselhos Municipais que batem o pé quando o assunto é salário e que deixaram de lado a fiscalização para abraçarem o que fazem questão de não enxergar.

É de se lamentar a postura do Conselho de Saúde da cidade que faz vistas grossas em assuntos da mais alta relevância sem ao menos cobrarem de quem de direito o dever de casa.

Estamos acompanhando a questão da Santa Casa e do Hospital do Câncer que até agora são feitos de bumerangue pela atual gestão municipal que se quer dá uma resposta positiva aos intermináveis questionamentos da diretoria das duas entidades em questão.

Nesse processo todo quem está pagando o alto preço da incompetente gestão municipal são os usuários e funcionários dos hospitais. Não existem remédios muito menos recursos para pagamento de décimo terceiro salário.

A Prefeitura de Campo Grande sucumbiu. Ela definha a cada dia e vai chegar no dia 31 completamente esfarelada.

O advogado, professor, deputado estadual e Prefeito eleito da cidade Marcos Trad já imagina o tamanho do rombo que vai herdar. Tanto Alcides Bernal como Gilmar Olarte não deram conta do recado. Foi um fiasco só, em matéria de gestão pública.

O preço da mudança será pago durante muito tempo até que Campo Grande possa voltar aos trilhos novamente.

Tivemos um Legislativo com sérios problemas nesses quatro anos e nessas eleições o eleitor colocou muitos para fora do mandato. Foi um rapa geral!!!

Ao começar o novo ano será preciso enxergar todos os problemas que assolam a capital para que o Prefeito e sua equipe possam amenizar o caos. Vão tentar fazer o trem andar nos trilhos num prazo nada curto. Voltando a herança que a atual gestão vai deixar é bom saber que os problemas são por demais complicados.

Faltou equipe competente para fazer de Campo Grande uma cidade cuja intenção era cuidar das pessoas em primeiro lugar. Não deu certo. Falar sobre esses quatro anos não é tarefa que agrada esse ou aquele. São quatro anos praticamente inexistentes na história desenvolvimentista da cidade. Nada se fez, nada se construiu e nada se idealizou. Uma pena.

Restam apenas algumas horas para a população se despedir da atual gestão. Tchau, querido! Nunca foi tão esperada essa saudação por parte de toda população de Campo Grande. Falta pouco.

Aguentem firme!

João Carlos da Silva - Midiamax

Servidora do Ministério Público e Policial do Paraguai sofrem atentado a tiros na fronteira

Pistoleiros atacaram a tiros uma assistente do Ministério Publico e um agente da Policia Nacional do Paraguai, um dos pistoleiros acabou atropelado pela vitima na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, fronteira com Ponta Porã.

A vitima identificada como Celia Eulalia Gomes (28), funcionaria do Ministério Publico, foi atacada a tiros na tarde de terça feira (27) por volta das 12:30hs, quando se encontrava transitando a bordo de um veiculo em companhia de um agente da Policia Nacional identificado como Cristino Centurion, que conduzia o veiculo Fiat Strada, cor prata, quando os pistoleiros a bordo de uma motocicleta estrangeira cor preta, interceptaram o veiculo e realizaram 18 disparos de pistola 9mm contra o veiculo ferindo gravemente a acompanhante, o policial perseguiu os pistoleiros e terminou atropelando e identificando como Julio Cesar Romero (33) que foi socorrido e levado ao Hospital Regional ferido já o comparsa conseguiu fugir do local deixando a motocicleta abandonada.

Julio Cesar Romero (33) foi atropelado pela vítima
Célia foi socorrida e levada para uma clinica particular de Pedro Juan Caballero, onde minutos apos dar entrada faleceu por não resistir os ferimentos, segundo informações a mesma teria saido da sede do Ministario Publico em companhia do sub oficial da Policia Nacional de Pedro Juan Caballero e duas quadras apos foram atacados pela dupla que chegaram atirando contra o veiculo,o pistoleiroque foi capturado se encontra em observação no Hospital Regional da cidade de onde posteriormente sera encaminhado a comisaria de Policia local, onde devera prestar esclarecimentos aos agentes da Seção de Investigação de Delitos da Policia Nacional.

Porã News

Feliz 2017: ano da verdade e do trabalho!


por Fabio Trad

APRENDER SEMPRE

Na verdade o compreender a conviver, o amar e o viver a vida na sua intensidade requer que busquemos na paz interior o equilíbrio para nossas vidas.

Sabemos que não existe, nem existirá vida fácil acredito que cada um tem suas aflições e angústias em maior ou menor grau, mas a certeza incondicional de que Ele estará conosco todos os dias nos protegendo e iluminando nossa trajetória de lutas, de derrotas e de muitas vitórias servirá como uma alavanca para impulsionar nossos sonhos e projetos de vida.

Que Deus esteja sempre nos mostrando o caminho a ser seguido.

Um ótimo dia!

Coronel Rogério

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Mulher se apresenta como policial federal e é presa por injúria racial no Paraná [VÍDEO]

Ela ainda afirmou que trabalhava com o juiz Sérgio Moro; o que foi desmentido pela polícia.

A mulher presa por cometer injúria racial contra um policial militar negro em Campo Mourão, na região centro-oeste do Paraná, se apresentou aos policiais como agente da Polícia Federal e disse que trabalhava na equipe do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato em 1ª instância. Segundo a Polícia Militar (PM), nenhuma das informações é verdadeira.

O caso aconteceu na tarde de domingo (25), quando a mulher tentava defender o filho, preso por dirigir embriagado e por desacato, de acordo com a Polícia Civil.

Tudo começou após um motorista derrubar a porta de um estabelecimento comercial ao rodar durante manobra conhecida como “cavalo-de-pau”. Com a colisão, o veículo, um Audi A3, chegou a entrar no estabelecimento. Apresentando sinais de embriaguez, o homem se recusou a fazer o teste do bafômetro.

Foi então que a mulher, mãe do motorista, se apresentou como agente da Polícia Federal (PF), da equipe do juiz Sérgio Moro, que comanda da Operação Lava Jato, e passou a ofender o policial que atendeu a ocorrência o chamando de “negão, macaco e porco”.

Joana Stachin, dona da confeitaria atingida pelo veículo, disse que o estrago foi grande e que, por sorte, o comércio estava fechado. "Poderia ter sido uma tragédia", disse.

Segundo o tenente da PM José Carlos Francelino, policiais que atendiam a ocorrência perceberam que o motorista do carro apresentava sinais de embriaguez e ele foi detido ao se recusar a fazer o teste do bafômetro.

"Pelos olhos vermelhos, o odor etílico que saia da boca dele, são sinais que a gente consegue perceber, típicos do indivídio alcoolizado", explicou o tenente.

Ainda segundo Francelino, o jovem, de 23 anos, também desacatou os PMs que atendiam a ocorrência.

A confusão aumentou depois que a mãe do rapaz chegou ao local do acidente. Segundo o B.O., ela começou a discutir com os policiais. Foi quando a mulher teria se apresentado como policial federal e disse que trabalhava na equipe do juiz Sérgio Moro.

O policial que estava atendendo a ocorrência pediu os documentos da mulher para confirmar a informação, mas a ela se recusou. Em seguida, ela fez ofensas racistas ao policial militar, que é negro.

O tenente Francelino contou que a mulher proferiu palavras que ofenderam a honra do PM, o que configura injúria racial. "Chamando, entre aspas, de macaco, negão, e outros nomes, até quando chegou aqui no nosso batalhão", relatou.

Mãe e filho permanecem presos na delegacia de Campo Mourão. Ela foi indiciada por injúria racial e o filho por embriaguez ao volante e desacato.

Parte da situação foi gravada por populares assista:

Polícia Militar realiza operação “MS Seguro XXlV” durante feriado de natal na Capital

A Polícia Militar através do Comando de Policiamento Metropolitano e suas unidades subordinadas, divulgou o resultado das ações da Operação “MS Seguro XXlV” nesta segunda-feira (26). As ações de segurança foram deflagradas no último dia 23 e executadas durante todo o feriado de Natal na capital.

A operação esta dentro do plano de policiamento fim de ano “Cidade Segura”, onde conta com 400 homens, o efetivo policial de todas as unidades subordinadas ao Comando de Policiamento Metropolitano (CPM). Atualmente, o CPM conta com 900 policiais que também atuarão na operação, totalizando 1.300 policiais circulando pelas ruas da cidade.

Confira os resultados:

Pessoas abordadas – 1.198
Veículos abordados – 573
Mandados de Prisão cumpridos – 11
Pessoas conduzidas à Delegacia da Polícia Civil – 75
Veículos removidos ao pátio do Detran– 26
Auto de Infração – 93
Auto de Recolhimento Documentos – 20
Veículos roubados ou furtados recuperados – 06


A principal preocupação da Polícia Militar continua sendo a de prevenir ações criminosas por parte de infratores, em razão da movimentação natural que ocorre neste período com as festas de fim de ano. “Daremos como sempre, as respostas da polícia às ações criminosas e cumprir nossas metas de garantir o direito de ir e vir dos cidadãos de bem, prevenindo e reprimindo crimes contra o patrimônio e contra a vida, além de preservar e manter a ordem pública na capital e nos municípios do interior,” assegurou o Comandante do Policiamento Metropolitano, Coronel Waldir Ribeiro Acosta.

Informações CPM
Frederico Miranda – Comunicação Social

Cidadão com deficiência é multado por estacionar o veículo em vaga de "deficiente" em Goiânia.

Não, não é piada, a AMT Goiânia praticou esse abuso com o paratleta brasileiro Elcirley Luz Silva que foi cruelmente exposto diante de sua família por uma atitude irresponsável. Veja o relato do cidadão: "...hoje em dia para explicar o Brasil para os filhos é meio complexo demais!!!

Viajando com minha família, na cidade de Goiânia, no Shopping Flamboyant, de frente ao comércio Outback, um restaurante no estacionamento para ficar mais fácil entender, estacionei o carro numa vaga de PNE (PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS), meu carro tem registro e é adesivado, cedido aos interessados na Prefeitura de Barra do Garças, sou usuário de uma prótese na perna esquerda, resumindo, preencho todos os requisitos para estacionar o carro com minha família no lugar indicado!!!

Acontece que quando cheguei no estacionamento após o almoço de hoje verifiquei que meu carro tinha sido multado! Com muita dificuldade (um verdadeiro suplício com o shopping) consegui fazer que os fiscais da SMT, voltassem para explicar a situação, fui advertido que eu estava errado, pois tinha que ser um adesivo da prefeitura de Goiânia e não o que prevê o CONTRAN!!! Pior!!! Na frente de minha família! Colocaram o carro da fiscalização bloqueando meu veículo e diziam que chamariam o guincho para apreender meu veículo!!!

A sorte que sabia do 190!!! Liguei e a Policia Militar de Goiás esteve presente! O proprietário do OUTBACK também demonstrou total apoio no momento!

Enfim, depois de horas no estacionamento e Delegacia para registrar tudo, afinal terei que me defender junto a JARI (junta administrativa de recursos de infração para não ser multado), Fora o constrangimento, um dano moral quase irreparável pois estava em curso de Viagem até o DF.

Enfim, meus filhos me perguntaram o porque daquilo tudo? VAI EXPLICAR NÉ! O total despreparo dos fiscais para com um PNE foi impressionante tanto com a Administração daquele local e os Fiscais da SMT - SECRETARIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO de Goiânia foi tamanha que me pergunto? QUANTOS PNEs do Brasil passam por isso?

Além da vaga às vezes não estar disponível por estar ocupado por um espertão no trânsito! FUI MULTADO!!! Mas questionarei todos em nome dos deficientes!!! Levarei essa bandeira!

Aos meus amigos resta pedir compartilhamento para divulgar as ações do shopping FLAMBOYANT em Goiânia, bem como a SMT!!!

Por fim agradeço a Policia Militar de GO que interviu e ao restaurante OUTBACK pelo apoio!!! ...

por Elcirley Luz Silva - Paratleta e Policial Militar (reformado)

SINTA-SE BEM: DÊ SEMPRE O SEU MELHOR

A melhor experiência das nossas vidas é aquela que fazemos com amor, procurando doar e se conectar durante a caminhada de fé e de esperança.

Nossa luz brilhará na escuridão e ninguém poderá apagar, exceto Ele que nos proporciona o sentimento eterno de gratidão pela vida a cada novo amanhecer.

Viver a vida com entusiasmo diariamente é um verdadeiro espetáculo que carrega consigo a alegria, a bondade, a ternura, o acolhimento e a simplicidade.

O que faremos agora que o ano está terminando? A resposta é simples e de coração. Ninguém poderá cantar a sua música, dançar a sua dança ou escrever sua história.

Nossa alma é ilimitada, apenas habitamos temporariamente e cada passo dado até agora com alegria, sofrimentos, dor ou desilusões servirão para preparar este momento ímpar, e vivermos o hoje de forma intensa, magnífica, inesquecível e vibrante, pois, o poder interior é o maior poder do Universo.

A chama que habita em nossos corações alimentará nossa jornada, nos guiando, protegendo e direcionando o nosso caminho.

Sinta-se bem, Ele foi, é e continuará sendo o caminho, a verdade e a vida.

Um ótimo dia e uma semana para fazermos o bem, quanto mais fizermos, mais entenderemos a real razão da nossa própria existência. 

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Comandante do 4ºBPM Ponta Porã agradece à tropa e deseja boas festas a toda população

Estamos chegando ao final de mais um ano, um ano de vitória para nós, pois estamos encerrando esse ano, apesar das incontáveis adversidades e desafios que vivenciamos, com o privilégio de termos ainda o prazer de comemorarmos o Natal e a chegada do Ano Novo, sob a proteção de Deus e pelo seu infinito amor.

Razão pela qual devemos agradecer, cotidianamente, porque ser um Policial Militar é um sacerdócio, e honramos o juramento que fizemos perante a sociedade, que mesmo com o sacrifício da própria vida, iríamos defendê-la e assim fizemos e fazemos, diuturnamente, mesmo diante das intempéries, proporcionamos inúmeros resultados que apontam para a eficiência.

Oportunidade em que registro o meu carinho, o meu respeito e minha admiração pelos integrantes do 4º BPM, que me enche de orgulho e de realização, por tê-los como Comandados, homens e mulheres abnegados, aguerridos, com elevado grau de profissionalismo, merecedores de reconhecimento e de respeito pela sociedade sulmatogrossense, que constroem as suas histórias calçadas em realizações no combate a criminalidade fronteiriça.

Atuação essa que não se desponta pela cor da farda ou da viatura, ou tão pouco pelo número de policiais que fazem frente às ocorrências de menor ou maior potencial ofensivo, mas sim pelos resultados que apresentam a sociedade no dia a dia, o que coloca inquestionavelmente a Unidade em um patamar de reconhecimento e de valorização.

Feitas essas considerações quero agradecer a Deus pela sabedoria e inteligência que tem me proporcionado para conduzir a Gestão do 4º BPM, bem como pelo apoio e comprometimento de todos os integrantes dessa renomada Organização Policial Militar, bem como a todos os Militares da Reserva Remunerada, Reformados, que também fizeram as suas histórias nessa Unidade e que mesmo estando na inatividade sempre procuram estarem presentes, prontos para somar e para continuar contribuindo para o fortalecimento da Instituição Policial Militar, UMA VEZ PM, SEMPRE PM! 


Aos familiares desses Policiais, da ativa ou da inatividade, meus parabéns, que Deus os abençoe e os proteja que neste Natal o amor de Jesus aflore em todos os corações, de forma que a união seja consolidada e o perdão se evidencie, e com isso a paz social venha reinar e prevalecer a fim de que a dignidade da família castrense também seja fortalecida. Aos amigos, parceiros, enfim a toda a população da Região Fronteiriça, Feliz Natal e um Próspero Ano Novo, um abraço fraterno a cada um.

Que o ano a iniciar seja repleto de realizações para todos indistintamente, que as dificuldades se tornem oportunidades, que os obstáculos se tornem alicerces para o nosso crescimento e que não sejamos como um rio satisfeito com seus limites, mas sim como um oceano sempre a procura de novos horizontes, que esbanjemos saúde e muitas felicidades, e que Deus esteja sempre conosco. 


FELIZ NATAL! FELIZ 2017!
 
Tenente Coronel Waldomiro Centurião Machado 
Comandante do 4ºBPM Ponta Porã - MS

Policia Militar aumenta efetivo com mais 100 policiais para fiscalizar rodovias estaduais

Operação Rodovia Segura vai durar até final de janeiro no Estado

A Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE) vai desenvolver trabalho intenso de fiscalização em rodovias até final de janeiro. O efetivo que trabalha na área administrativa foi deslocado para realizar operações. O reforço garante mais 100 policiais nas estradas.

A operação teve início em dezembro e vai atuar principalmente na exigência do uso de cinto de segurança, mas também fiscalizará outras infrações.

“É muito triste nós observarmos o grande índice de acidentes ocasionados pelo próprio condutor, que não tem a sensibilidade de respeitar o limite de velocidade, usar o cinto de segurança e fazer o uso do álcool, que é proibido", analisou o tenente Luiz Duarte.

A PRE conta com 10 postos nas rodovias estaduais e neles haverá também campanha de conscientização para que motoristas não cometam infrações. Os policiais estão com material educativo para ser distribuído.

O uso do farol aceso na estrada, mesmo durante o dia, também será vistoriado. Tenente da PRE advertiu que as multas também ficaram mais caras a partir de norma do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

"Uma infração de natureza leve, que tinha valor de R$ 53, passou para R$ 80,38. A infração média de R$ 80 passou para R$ 130,16, a grave está em R$ 195,23 e a gravíssima em R$ 293,97. Existe um agravante, uma ultrapassagem proibida é multiplicada por dez, ou seja, basta multiplicar o valor da multa gravíssima e o resultado é de R$ 3 mil aproximadamente, assim como no caso da alcoolemia”, ressaltou o policial rodoviário estadual.

fonte Correio do Estado

FELIZ NATAL

Nada acontece por acaso sempre haverá uma explicação, lógico que queremos que a nossa argumentação prevaleça, mas não é assim e nunca será já que não existem verdades absolutas, tudo deve ser relativizado.

Por isso é que precisamos ter a serenidade para perceber que a vida é transitória e cada milésimo de segundo deve ser muito bem vivido.

Para nós a jornada pela estrada da vida já começou e a cada novo amanhecer estaremos aprendendo que a nossa essência consiste em nos conhecermos melhor, praticarmos o bem e encontrarmos na simplicidade da alma a sabedoria para conduzir nossas vidas.

Uma ótima sexta-feira e que Deus ilumine e nos guie nesta jornada!!!

Um feliz natal com muita luz e amor.

Meu presente é poder partilhar e compartilhar a alegria da vida, da fé, do amor e da esperança e assim minha gratidão pela força da amizade .

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

O SILÊNCIO

As dúvidas nos ajudam a revolucionar o meio no qual vivemos, e as respostas acabam gerando novas dúvidas.

Assim conseguimos criar os ambientes, planejar outras viagens e aprender a encontrar as respostas para os nossos problemas.

Acontece que nem todas as dúvidas se resolvem como desejamos, muitas são profundas e internalizadas e cada resposta para evitarmos o sofrimento, o choro e as angústias encontramos na forma como decidimos viver nossas vidas.

Quando aprendermos a compreender, aceitar e perceber que a mudança interior é o primeiro estágio da evolução, e que ao ficarmos em silêncio conseguiremos identificar aquilo que nos faz mal e afeta os outros, estaremos atingindo o segundo estágio para eliminarmos todos os pensamentos ruins que corroem o nosso ser.

É o momento oportuno de reavaliarmos nossas vidas e estabelecermos uma conexão interior intensa e constante para realizarmos boas obras com a mente purificada e a alma renovada para um novo amanhecer.

Que Deus nos oportunize o silêncio para crescer na fé, no amor e na esperança.

Coronel Rogério

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

REPENSAR O CAMINHO

Em qualquer lugar irradiamos a alegria, a dedicação e a vontade de viver a vida, construindo desta maneira, alicerces sólidos e ambientes saudáveis para termos sempre uma vida melhor.

Quando tornamos nossas vidas mecânicas, automatizadas viramos escravos daquilo que produzimos.

Quando acordarmos para a realidade veremos que o tempo não volta mais, instante que devemos refletir e repensar nosso modo de vida para iniciarmos um projeto de reconstrução, para que consigamos enxergar uma nova dimensão cultivando a paz interior e a perspectiva de voltar a sonhar com um mundo melhor.

A cada novo dia nos apegamos a tantas coisas fúteis que nos conduzem a lugar algum, que deixamos de apreciar as belezas que a vida nos oferece.

Tem horas que é preciso ter atitude, tomada de decisão e ação para nos desapegarmos e partirmos para um novo horizonte carregando conosco a sabedoria, a fé, a serenidade e o equilíbrio para vermos o sol brilhar com tamanha intensidade alegrando assim nossos corações.

Que assim sigamos abençoados por Deus sempre. Excelente dia!

Coronel Rogério

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Carta aberta aos excelentíssimos Senhores Deputados Federais do nosso Brasil

Assunto: Renegociação da dívida com os Estados – PLP 257/2016 –
Solicitação de apoio.


Excelentíssimos Senhores Deputados Federais do nosso Brasil,

As Associações Reunidas de Oficiais e Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militares do Estado de Mato Grosso do Sul vem informar a V. Exª que os militares sul-mato-grossenses estão muito apreensivos com a votação do PLP 257/16, que trata da renegociação das dívidas dos Estados e do DF.

Nesta segunda-feira (19.02) e terça-feira (20.12) a Câmara dos Deputados votará o PLP 257/16, na versão alterada pelo Senado Federal, o que trará prejuízos significativos para todos agentes públicos, em especial ao Militar Estadual.

Assim, diante de eventual aprovação, na forma em que se encontra, os Militares dos Estados e DF serão grave e irreversivelmente prejudicados, perdendo inclusive seus direitos de promoção, progressão e aumentos salariais, por muitos anos.

Por esta razão, solicitamos os vossos valiosos préstimos no sentido de não comparecer ao plenário da Câmara dos Deputados na próxima semana (última antes do recesso) para votação do PLP 257/16. Não havendo o quórum necessário para a votação e a consequente não aprovação do citado Projeto de Lei Complementar, haverá mais tempo para que o debate seja aprofundado e que as injustiças propostas sejam corrigidas.

Diante de eventual existência de quórum, solicitamos que o vosso voto seja no sentido de rejeitar as alterações efetuadas pelo Senado, que configuram, repito, prejuízos graves e irreparáveis para os Militares dos Estados e do DF.

Para que a área de segurança não sofra prejuízos irreparáveis, solicito que apoie a retirada da expressão militares dos itens: Art. 4°, VII,f, Art. 15, VI e Art. 22, I do PLP 257/16

Por fim, afirmamos que as ASSOCIAÇÕES REUNIDAS sempre irão buscar o caminho da legalidade e do diálogo com as autoridades na luta pelos direitos e interesses legítimos dos seus associados e da tropa em geral. Entretanto, não podemos fechar os olhos para o fato das autoridades políticas somente terem efetivamente atendido aos principais pleitos dos militares estaduais após o estabelecimento do caos na segurança pública, por meio de manifestações e paralizações, o que acaba, lamentavelmente, passando à tropa a ideia de que só mediante tais expedientes ocorre a sensibilização das autoridades.

Derivam daí sérios e lamentáveis prejuízos a todos: aos policiais e bombeiros militares envolvidos nos atos de indisciplina; às Corporações, em razão da quebra da hierárquica e disciplina; e principalmente à população, pelo abalo à paz e à tranquilidade social.

Ante o exposto, as associações estaduais juntamente com a federações nacionais tem o compromisso de continuar a fazer a sua parte e, usando de meios democráticos, buscar junto aos nossos representantes o resguardo de nossos direitos.

Em nome dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul agradecemos antecipadamente.

Saudações Pantaneiras,
Um grande abraço.

CEL PM ALÍRIO VILLASANTI ROMERO
PRESIDENTE DA AOFMS – ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS MILITARES ESTADUAIS DE MATO GROSSO DO SUL

SOLDADO PM EDMAR SOARES DA SILVA
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE CABOS E SOLDADOS DA POLÍCIA MILITAR E BOMBEIRO MILITAR DE MATO GROSSO DO SUL – ACS

TENENTE CORONEL BM FREDERICO REIS POUSO SALAS
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE OFICIAIS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL – AOCBMMS

SARGENTO BM FERNANDO FERRER
ASSOCIAÇÃO DOS PRAÇAS BOMBEIRO MILITAR – APBM

TENENTE PM THIAGO MÔNACO MARQUES
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DOS SUBTENENTES, SARGENTOS E OFICIAIS ORIUNDOS DO QUADRO DE SARGENTOS POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES DO MS – ABSSMS

CABO PM RAFAEL RIBEIRO SOARES
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE PRAÇAS DA PM/BM DE MATO GROSSO DO SUL – ASPRA-MS

SUBTENENTE BM NILSON DA SILVA FREITAS
ASSOCIAÇÃO DOS BOMBEIROS MILITARES PRAÇAS E OFICIAIS ORIUNDOS DAS PRAÇAS - ABM/MS

SEM PRESSA

Nesta vida um dos grandes ensinamentos é não ter pressa. Não ter pressa é ter a possibilidade de encarar a vida de frente, de assimilar cada conteúdo, de vivenciar cada milésimo de segundo ouvindo a sinfonia dos pássaros, olhando a natureza e sua exuberância e poder compartilhar com os outros a alegria de viver.

Não ter pressa significa também dizer que podemos fazer muito mais quando realizamos o planejamento mental, organizando o cotidiano e evitando que a quantidade de assuntos ocupe simultaneamente o mesmo tempo e lugar.

É o momento oportuno de desacelerarmos para ouvir mais, compreender o outro, olhar para dentro de nós e assim prosseguirmos pelo caminho com serenidade, paz interior e fé.

Mas como na vida tudo sempre tem um começo, quem sabe é o momento exato para mudarmos o nosso modo de viver e utilizarmos mais um lema em nossas vidas: sem pressa.

Sem pressa ao proferir palavras que ficam marcadas para o resto da vida, sem pressa para discussões e brigas, sem pressa para compreender que a vida é um espetáculo ímpar onde somos os artistas indomáveis, lutando bravamente sol a sol para que a esperança de um mundo melhor alcance a todos.

Que Deus ilumine, guie e nos proteja nesta jornada que ora iniciamos. Um ótimo dia!

Coronel Rogério

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Caminhão invade feira de Natal em Berlim e deixa mortos e feridos

Um caminhão invadiu uma feira de Natal nesta segunda-feira (19) em Berlim, na Alemanha. Segundo a polícia, há nove mortos e "muitos feridos". De acordo com a rede CNN, são mais de 50 pessoas feridas.



Um porta-voz da polícia informou que uma pessoa foi presa perto do parque Tiergarten, suspeita de ser o motorista do caminhão, e que outra pessoa que estaria no caminhão morreu no local.

Ainda não está claro por que o caminhão saiu da avenida em que estava e entrou na área da feira, que acontece na praça Breitscheid, perto da avenida Kurfürstendamm, na parte Ocidental de Berlim.

Um vídeo postado pelo jornal "Berliner Morgenpost" em sua página no Facebook mostra pessoas no chão, objetos destruídos no local e o caminhão danificado. A polícia está na cena. O caminhão entrou na feira por volta das 20h locais (17h, no horário de Brasília), quando muitos turistas e moradores faziam compras.

A agência de notícias dpa afirma que foi informada pela polícia que o caso está sendo tratado como um ataque. Mas a informação ainda não foi confirmada oficialmente.

A polícia de Berlim pediu que os moradores fiquem em casa, deixem as ruas da região livres e não espalhem rumores.

fonte G1

Embaixador russo morre ao ser baleado na Turquia [VÍDEO]

Atirador abriu fogo contra diplomata em galeria e gritou 'Aleppo' e 'vingança' em Ancara; ele seria policial fora de serviço. Assista:


O Kremlin confirmou que Andrei Karlov faleceu após ser levado ao hospital e classificou o ataque de terrorista. O diplomata fazia um comunicado em uma exibição de fotos chamada "A Rússia vista pelos turcos" quando foi acertado pelos tiros. O atirador gritou "Aleppo e "Vingança" após entrar no local se fazendo de segurança. Pouco depois, o terrorista — que, segundo a prefeitura de Ancara, era um policial chamado Mevlut Mert Altintas, de 22 anos — foi morto pela polícia.

Um vídeo mostra que o atirador mirou especificamente em Karlov após ouvi-lo falar, atuando aparentemente como segurança. De acordo com a rede BBC, ele gritou "Não esqueçam de Aleppo, não esqueçam da Síria" antes de usar a frase islâmica "Deus é grande". Já o "Independent" diz que ele gritou: "Nós morremos em Aleppo, você morre aqui".

— Até que nossas cidades estejam seguras, vocês não terão segurança. Só a morte pode me levar daqui. Todo mundo envolvido neste sofrimento pagará o preço — diz o atirador, em um vídeo que circula nas redes sociais.

A embaixada afirmou acreditar que este foi um ataque de radicais islâmicos. Segundo a "NTV", três outras pessoas ficaram feridas. Já a unidade da rede CNN na Turquia afirma que os tiroteios continuaram no mesmo edifício por mais um tempo, mas logo cessaram — segundo a imprensa local, quando a polícia invadiu a área e matou o terrorista.

De acordo com jornais pró-governo, o assassino era um policial da força de choque da polícia de Ancara.

Como habitual em recentes ataques terroristas no país, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, impôs um blecaute informativo no país. As atividades de redes sociais foram suspensas e redes de TV foram proibidas de veicular mais informações e imagens sobre o caso.

Segundo a CNN turca, a mãe e a irmã de Altintas foram detidas na província de Aydin, sudoeste do país.

PUTIN TEM REUNIÃO DE EMERGÊNCIA

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, confirmou o episódio e disse estar em contato com autoridades turcas. O presidente Vladimir Putin conversou com Erdogan e faria uma reunião de emergência com seu Gabinete de crise para debater o caso.

— Queremos saber quem comandou a ação do assassino — afirmou Putin na TV local. — O crime cometido é sem dúvida uma provocação que busca entorpecer a normalização das relaçoes russo-turcas e o processo de paz na Síria.

Já a Turquia disse que há indícios de o atirador ter laços com Fethullah Gullen, o clérigo que vive nos EUA e a quem o governo turco atribui a rsponsabilidade pela tentativa de golpe militar este ano.

Karlov tem uma longa carreira como diplomata (começou em 1976) e ocupou o cargo de embaixador na Coreia do Norte por vários anos. Estava em Ancara desde 2013 e é o primeiro enviado russo a ser assassinado em serviço desde 1927.

— Hoje em Ancara, como resultado de um ataque, o embaixador da Rússia na Turquia, Andrei Gennadyevich Karlov, ficou ferido e morreu — disse a porta-voz. — Nós consideramos este um ataque terrorista.

O episódio acontece um dia antes de o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlüt Çavuşoğlu, viajar a Moscou para conversar com a Rússia e o Irã sobre a grave situalção na Síria e dias depois de protestos na Turquia contra o papel da Rússia na guerra.

O Departamento de Estado dos EUA alertou para a segurança dos cidadãos americanos no local e condenou o ataque contra o embaixador: "Nós condenamos este ato de violência, seja qual for a sua fonte".

O aumento da violência em Aleppo, com uma ofensiva síria apoiada pela Rússia que retomou todo o controle das áreas ainda dominadas por rebeldes, fez autoridades ocidentais condenarem Putin e o regime de Bashar al-Assad por supostos bombardeios contra civis no processo. Manifestações pelo mundo cobraram os presidentes a favor do respeito aos direitos humanos na cidade sob cerco.

Após atritos diplomáticos pela derrubada pela Turquia de um jato russo na fronteira síria, os dois países se reaproximaram nos últimos meses. Juntos, chegaram ao acordo que garantiu o recente cessar-fogo para esvaziar Aleppo e permitir a saída de rebeldes para consolidar a vitória militar.

"A bala no embaixador Karlov não mirou somente nele. Mirou também na relação turco-russa", avaliou no Twitter Fatih Öke, ex-secretário de imprensa da embaixada turca em Washington.

fonte El País

O BRILHO

A cada dia renovo a esperança de um mundo melhor, sei que podemos de coração aberto balizarmos nossa jornada semeando a concórdia, o diálogo e a fé.

Sabemos que o relógio do tempo é implacável, o que lemos agora se torna passado e nossas ações geram o presente e consolidam o futuro daqueles que buscam a paz e a renovação profunda.
A cada dia o tempo nos mostra as cicatrizes, as marcas, os sonhos perdidos e outros criados, as pessoas desembarcando nas estações do trem da vida e seguimos adiante ora amparados, ora acolhidos e por outrora vibrantes de energia que alegra e embeleza nossa caminhada.

Quero poder na constância das boas ações, do respeito, da inspiração, da humildade e da simplicidade, olhar para o mundo e externar que podemos sim viver bem, se aprendermos a partilhar e compartilhar o amor que eleva nosso espírito ao Criador.

Que Deus nos conceda calçar diariamente as sandálias da humildade para superarmos as lutas diárias.

Um ótimo dia e uma semana repleta de luz e de fé para contagiar os corações e mentes.

Coronel Rogério

Homem é preso após agredir mulher com socos e chutes em Minas Gerais [VÍDEO]

Um homem foi detido após agredir com socos e pontapés a segurança de um clube, na cidade de Três Corações, em Minas Gerais, neste sábado. Ele foi identificado como Felipe Neder, de 34 anos, e já havia agredido a mulher Ana Paula, que é uma delegada de policia da cidade, antes de bater em Edvania Nayara Rezende, de 23 anos.

Ele também é acusado de agredir um outro homem no local logo após agredir a esposa e a segurança. Nas redes sociais, internautas publicaram fotos e informaram o nome completo do agressor. Pessoas ligadas a mídia como Tico Santa Cruz, Felipe Neto e Alexandre Frota demonstraram indignação e solidariedade com as vítimas do valentão. De acordo com Edvania Nayara, Felipe e a esposa estavam discutindo no carro quando passaram por ela.

"Ela (Ana Paula) se jogou do veículo e começou a gritar. Ele parou o carro mais a frente e partiu para cima dela, deu um tapa nela. Muita gente começou a filmar e ficou em cima, tentando acalmar. Ela pegou a chave do carro dele, jogou longe e fugiu. Eu falei que ia chamar a polícia e ele veio falar que só queria levar ela para casa. Eu falei que isso não dava e que ele não tinha o direito de bater em uma mulher e ele me socou. Caí no chão e ele ainda me chutou" - contou Edvania.

Um vídeo que circula pelas rede sociais mostra o momento em que Felipe agride Edvania, após gritar com ela. Nas imagens, é possível ouvir Edvania pedindo para que ele "abaixe a bola". Felipe então responde: "abaixa a bola você!". Ele toca a segurança, que pede: "tire a mão de mim". Nesse momento, ele acerta um soco no rosto da jovem. Na sequência, ela cai e recebe um chute na cabeça. Felipe se afasta e Edvania é amparada por algumas pessoas, chora e grita: "Você vai pagar na cadeia!".

Logo após a agressão, outras pessoas tentam conter o rapaz. Ele, então, faz menção de tirar algo do bolso.

"Era um canivete. Ele pegou um canivete e o rapaz que tentou controlar ele disse que ele não precisava fazer aquilo. Ele, então, deu um soco no rapaz que perdeu dois dentes" - contou, Edvania.

De acordo com um dos funcionários do clube, que não quis se identificar, acontecia uma comemoração de aniversário no local e Ana Paula e Felipe eram convidados.

"Todo mundo viu. A confusão só acabou quando a polícia chegou" - contou.

De acordo com Edvania, Felipe foi levado para a delegacia da cidade. A esposa dele só apareceu no local no fim do dia. A segurança lamentou o ocorrido.

"Fiquei bastante machucada, com o joelho roxo e o rosto inchado. Já fui ao médico e fiz exame de corpo de delito e prestei queixa. A gente tá acostumado a ver isso na televisão, nunca achei que fosse acontecer comigo. Mas eu não podia deixar impune. Ele já fez isso muitas vezes e, se eu deixasse, ele poderia fazer com mais gente" - disse.

Procurada pelo EXTRA, a esposa de Felipe não retornou às mensagens. A Polícia Civil de Minas Gerais ainda não se pronunciou oficialmente sobre o caso, mas confirmou a detenção.


fonte EXTRA