terça-feira, 15 de outubro de 2019

MESTRE: O CAMINHO DE UMA NAÇÃO

Professor é um tesouro de sabedoria e conhecimento incalculável que o Brasil ainda não descobriu.

A essência de uma nação nasce na família e depois na escola, quando as sementes são plantadas nos corações daqueles que estão sentados nas salas de aulas e depois saem para a escola da vida realizando as grandes transformações sociais, econômicas e políticas que o país precisa.

O Brasil está sendo descortinado diariamente nas escolas pela dedicação incondicional de cada professor, que sabe transmitir seu conhecimento, apesar de todas as mazelas existentes na nossa sociedade.

Ser professor é ensinar com a alma, transformando corações e deixando um legado de amor e de cidadania.

Parabéns aos meus colegas que lutam todos os dias por um ensino de qualidade e de respeito não só aos alunos, mas a nação brasileira.

Uma ótima terça-feira aos professores que colocam luz na escuridão e alimentam sonhos e esperanças de um mundo melhor.

Coronel Rogério

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

RENOVAÇÃO

Que durante o nosso caminho possa brotar a fé que trará a serenidade ao coração e acalentará todos os que foram feridos pelas adversidades da vida.

Que continuemos na construção de um mundo que se transforma e nos impulsiona a vencer os seus desafios com vigor, força interior e sempre a serviço do bem comum.

Não esqueçamos que o pó que fica na rocha será levado pela chuva, mas a rocha continuará inabalável. ( Pó são as adversidades e a rocha nossa fé)

Devemos conduzir nossas vidas não como se estivéssemos carregando um fardo nos ombros; mas sim com a alegria para podermos buscar a paz interior que aliviará as angústias, tristezas e incertezas da vida, renovando a esperança na elaboração de projetos e reabastecendo nossos estoques de solidariedade, justiça e respeito.

Que a luz possa nos tirar da escuridão, iluminando nosso caminho com o compromisso e a certeza de que estamos fazendo o melhor.

Precisamos sempre realizar ações em defesa e promoção da vida, em especial dos que sistematicamente são excluídos e privados da dignidade e da verdadeira cidadania inclusiva, solidária, justa e distributiva.

Quando muitas palavras ruidosas poluem e desorientam nossas vidas é preciso encontrar no fundo da alma a certeza incondicional de que a fé e as ações corretas serão para nós o melhor caminho.

Que Deus abençoe nossa jornada. Uma ótima segunda-feira e uma semana com muitas alegrias.

Coronel Rogério

quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Carla Stephanini deixa o MDB e é recebida com honras no PSD



A ex-vereadora do MDB e atual subsecretaria municipal de Políticas Públicas para a Mulher, Carla Stephanini, deixou o partido do ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (MDB) e seguiu para a sigla do prefeito de Campo Grande e pré-candidato a reeleição, Marcos Trad (PSD). 

De acordo com Carla, o cargo que ela ocupa na administração municipal mostra a confiança que Marquinhos tem no seu trabalho e ela indo para o PSD retribui a confiança. “Eu já faço parte da gestão do prefeito, confio e acredito no trabalho que ele está fazendo em Campo Grande, aceitar o convite e estou me somando a esse projeto de reeleição e ao PSD”, destacou. 

Carla foi filiada ao MDB durante 20 anos, sendo que na maior parte do tempo o partido esteve à frente da administração de Campo Grande, com dois mandatos de Puccinelli e posteriormente dois do atual senador Nelson Trad Filho (PSD). Além disso, enquanto Nelson cuidava da Capital, André Puccinelli foi governador do Estado. 

“São 20 anos de história no MDB e ofereci o melhor de mim, sou grata aos destaques que recebi no MDB. Nesse momento eu entendo a importância da reeleição do nosso prefeito e para que eu tivesse a liberdade nesse sentido eu preferi mudar. Eu entendi que devo ajudar ele”, ressaltou Stephanini sobre o trabalho prestado no MDB e inclusive na gestão de Campo Grande quando Nelson Trad era prefeito pelo partido e ela esteve a frente das políticas públicas para mulheres. “Estou muito confortável no PSD”

“Operação Hórus” policiais do DOF apreendem quase 50 mil pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai



Em detrimento da Operação Hórus, que conta com forças federais e forças do Estado de Mato Grosso do Sul, Policiais Militares do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) avistaram, na tarde de ontem,enquanto realizavam saturação na região de Naviraí, uma carreta Bitrem Graneleira Mercedes Benz com placas de Iporã do Oeste (SC), que trafegava no sentido Naviraí/Ivinhema (MSe que, ao ser dada ordem de parada para que se realizasse uma melhor vistoria veicular, o motorista conduziu a carreta pela contramão de direçãoultrapassou o bloqueio policial e fugiu em alta velocidade.
 
Iniciou-se um acompanhamento tático pela equipe policial do DOF sendo que, alguns quilômetros à frente, os policiais visualizaram a carreta parada no acostamento da rodovia, com a porta do motorista aberta e o motor ligado. O condutor fugiu e não foi localizadoDurante a vistoria constatou-se o carregamento de 47.250 pacotes de cigarros contrabandeados do Paraguai.



Ao checar a numeração de chassi e motor os policiais descobriram que o veículo trator foi roubadono município de Palmeira (PR), no dia 29 de março de 2019. O reboque e o semirreboque estavam com as placas e chassis adulterados e não foi possível realizar suas identificações. Os policiais localizaram oito placas no interior da cabine.
 
A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia de Polícia Federal de Naviraí.


O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
 
Assecom/DOF/Sejusp

Vectra carregado de contrabando do Paraguai que iria para São Paulo foi apreendido pelo DOF



Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde deontem (quarta-feira), um veículo GM Vectra de cor azul, com placas de São Paulo (SP), carregado com 45 caixas de isqueiros e 4 pneus adquiridos no Paraguai sem a documentação de regularidade fiscal.
 
A apreensão ocorreu durante a Operação Hórus, em uma abordagem do policiamento para fiscalização na região de Dourados (MS). O condutor do veículo, E. J. B. de 27 anos de idade, disse aos policiais que revenderia a mercadoria em Jales (SP), cidade onde reside.
 
A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã.
 
O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e a ligação será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.
 
Assecom/DOF/Sejusp